Classificações Argentina – Arábia Saudita. Como Lionel Messi e companhia classificaram?

A Arábia Saudita teve uma das maiores surpresas da história da Copa do Mundo ao derrotar a favorita Argentina por 2 x 1 na terça-feira.

No início do segundo tempo, gols de Saleh Al-Shehri e Salem Al-Dawsari viraram a disputa após o pênalti inicial de Lionel Messi e o domínio da Argentina no primeiro tempo.

Correio esportivo: Trazendo para você as avaliações dos jogadores do emocionante confronto no Lusail Iconic Stadium.

A Arábia Saudita venceu a Argentina por 2 a 1 na Copa do Mundo

ARGENTINA

Emiliano Martinez – O goleiro do Aston Villa não foi testado até a dobradinha da Arábia Saudita no início do segundo tempo. Ele não teve culpa no primeiro gol, mas talvez tenha se saído melhor no segundo, em remate de Al-Dawsari, que conseguiu enfiar uma luva, mas não conseguiu parar, chegando ao canto superior. 5:00

Nahuel Molina – Avançou pela direita em todas as oportunidades, principalmente no primeiro tempo, quando armou Di María para uma boa finalização no terço final. Não foi imediatamente culpado por sofrer gols, mas tornou-se menos eficaz quando a Argentina buscou desesperadamente o empate. 6:00

Cristiano Romero – Interpretou completamente mal a situação e foi superado pelo primeiro gol de Al-Shehri, que conseguiu roubar o remate de Romero dentro da área. Ele foi substituído pelo mais em forma Lisandro Martinez pouco antes da hora e Lionel Scalloni vai se arrepender de sua decisão de contratar o zagueiro do Tottenham, especialmente à luz dos recentes problemas de forma. 4:

Cristian Romero não conseguiu evitar Saleh Al-Shehri quando marcou o primeiro gol de sua equipe.

Cristian Romero não conseguiu evitar Saleh Al-Shehri quando marcou o primeiro gol de sua equipe.

Nicolau Otamendi – Uma oportunidade para esquecer o homem do Benfica, que por vezes parecia perder a sua vasta experiência internacional. A Argentina, normalmente tão resoluta na defesa, desmoronou aos primeiros sinais de pressão de seu modesto adversário. Talvez ele quisesse Martinez ao seu lado aqui, em vez de Romero. 5:00

Nicolau Tagliafico – Parecia uma ameaça licenciada para avançar no primeiro tempo, mas acabou fazendo parte de uma defesa que murchou de forma espetacular nos primeiros minutos do segundo tempo. Ele também perdeu a chance de empatar quando a bola atingiu seu joelho e permitiu que o goleiro saudita Al-Owais defendesse. 5.5:

Rodrigo de Paulo – Contribuiu para o controle total do meio-campo da Argentina no primeiro tempo, mas essa influência diminuiu e o jogador do Atlético de Madrid não conseguiu fazer passes certeiros ou entrar em posições de gol para ligar a defesa e a frente. O mais perto que ele chegou foi quando disparou em uma tentativa no final do primeiro tempo. 5.5:

Leandro Paredes – Ele tocou no chão aos 10 minutos, após o que Messi deu a liderança à Argentina. Dada a aparente inconsistência com as decisões do VAR sobre tais faltas, ele pode não ter vencido outro dia. Apesar de algumas dicas, ele lutou para afirmar seu domínio contra um meio-campo saudita e foi substituído na marca de uma hora. 5:00

Leandro Parades conversa com Papu Gomez durante a derrota chocante da Argentina na terça-feira

Leandro Parades conversa com Papu Gomez durante a derrota chocante da Argentina na terça-feira

Papu Gomez – Ele estava em seu elemento tentando jogar aquelas bolas longas para tirar Lautaro Martinez e Lionel Messi da linha de defesa saudita. De fato, ele completou um dos passes que levaram a um dos gols de impedimento de Martinez. Mas, tal como os que o rodeavam, foi absorvido aos 59 minutos, cumprindo o seu propósito. 5:00

Lionel Messi – Dificilmente como sua final de Copa do Mundo de conto de fadas deveria ter começado. Deveria ter marcado quando estava em uma posição brilhante apenas dois minutos de jogo, mas rapidamente se redimiu com um pênalti convertido de 12 jardas. Outras oportunidades surgiram e ele também não conseguiu permanecer em campo quando era importante. Mas no segundo tempo, ele simplesmente não conseguiu passar por uma defesa saudita que grudou nele como moldes. 5:00

Lionel Messi converteu um pênalti no início, mas acabou perdendo sua última Copa do Mundo na derrota

Lionel Messi converteu um pênalti no início, mas acabou perdendo sua última Copa do Mundo na derrota

Angel DiMaria – O criador mais provável da Argentina, Di Maria, fez o que faz e enviou cruzamentos tentadores por toda parte, apenas implorando pelo toque revelador. Dificilmente foi culpa dele, mas isso ainda estava longe de seu melhor desempenho. 6:00

Lautaro Martinez Produziu grandes finalizações em situações de um contra um, sentando-se no ombro do último zagueiro, apenas para olhar para cima e ver a bandeira levantada. Está dentro de sua capacidade e inteligência fazer essas corridas na fração de segundo necessária para evitar esse problema. Finalmente, a decepção apareceu. 5:00

Foi uma ocasião totalmente decepcionante para Martinez, pois viu dois gols sofridos

Foi uma ocasião totalmente decepcionante para Martinez, pois viu dois gols sofridos

ALTERNATIVAS

Lisandro Martinez – Melhorou imediatamente quando entrou no lugar de Romero. Era realmente necessário começar. 6:00

Enzo Fernandez – Reunidos para tentar encontrar o empate que teria poupado as vergonhas da Argentina, mas sua melhor chance só poderia passar por cima da barra. 6:00

Julian Alvarez Parecia realmente perigoso quando entrou, vendo um cabeceamento desviado da linha e outro remate defendido pelo guarda-redes. 6:5

Marcos Acuna – Entrou no lugar de Tagliafico, mas não conseguiu melhorar muito na última passagem. 6:00

ARÁBIA SAUDITA

Mohammed Al-Owais – Foi quase sem esperança no primeiro tempo, já que a Argentina continuou passando a bola por ele, apenas para se encontrar impedido. Mas ele foi excelente no segundo, fazendo uma série de defesas cruciais para preservar a liderança, principalmente uma recepção aérea que negou Taliafico. 08:00

Mohamed Al-Owais fez várias defesas cruciais no segundo tempo para garantir a vitória de sua equipe

Mohamed Al-Owais fez várias defesas cruciais no segundo tempo para garantir a vitória de sua equipe

Saud Abdulhamid – Culpado por agarrar a camisa e lutar contra Paredes, que sofreu um pênalti cedo, mas mais do que se redimiu depois disso para manter a Argentina afastada. 7:00

Hasan Al-Tambakti – Absolutamente notável. Defendeu heroicamente, ficando na posição certa para desarmar Messi e Martinez quando ambos pareciam destinados a marcar. Cada intervenção defensiva importante foi marcada como um gol. 9:00

Hassan Al-Tambakti foi excelente no centro da defesa saudita, fazendo interceptações importantes

Hassan Al-Tambakti foi excelente no centro da defesa saudita, fazendo interceptações importantes

Ali Al-Buleihi – Uma rocha sólida no coração da defesa saudita que sofreu uma barragem de pressão com o passar dos minutos. Muito boa posição para eliminar a ameaça dos talentosos atacantes argentinos. 08:00

Yasser Al-Shahrani – Houve uma ansiedade real no estádio quando ele bateu no joelho de Al-Owais no final da partida. Resumiu uma demonstração de verdadeira bravura. 08:00

Abdulelah Al-Malki – Ultrapassou a marca em alguns de seus desafios em alguns momentos, mas isso talvez fosse necessário para qualquer tipo de posse de bola no meio-campo. 7:00

Saleh Al-Shehri – Foi a primeira chance da Arábia Saudita de agarrar o gol de Romero para receber a bola do centro. Um momento que ele jamais esquecerá. 7:5

Saleh Al-Shahri comemora após marcar o gol de empate logo após o intervalo

Saleh Al-Shahri comemora após marcar o gol de empate logo após o intervalo

Mohamed Kanno Energia impressionante enquanto ele comia o terreno para pressionar os armadores da Argentina antes que eles entrassem em posições perigosas. 08:00

Salem Al-Dawsari – Marcou grandemente seu gol, limpando o cruzamento, depois entrou para chutar e acertar o canto superior. Um gol que será jogado até a Copa do Mundo ser disputada. Acrobacias espetaculares com a celebração também. 08:00

Al-Dawsari marcou o gol da vitória e marcou seu momento histórico com um chute soberbo

Al-Dawsari marcou o gol da vitória e marcou seu momento histórico com um chute soberbo

Salman Al-Faraj – O capitão parecia arrasado quando saiu lesionado pouco antes do intervalo e quem pode culpá-lo. Espero voltar mais tarde na fase de grupos. 6:00

Comemore Al-Buraika – Trabalhar sozinho contra a defesa argentina encarou uma tarefa quase impossível, mas se saiu muito bem. 7:00

Leave a Comment