Archive for the 'Ódio' Category

JUSTIÇA ORDENA QUE GENTILI EXPLIQUE ACUSAÇÃO INFUNDADA CONTRA LULA

Resultado de imagem para imagens do humorista gentili

 Gentili é obra teratogênica da indigente televisão feita para manter mentes aprisionadas, sem vida, como suporte delusivo do anti-gozo da sociedade de consumo capitalista. Acusou Lula de simular ataque à sede do Partido dos Trabalhadores para se fazer de vítima. Exemplo de imoral de carência de criatividade. Agora, Justiça exigue que ele explique sua criatividade inútil e miserável.

       Texto do site Lula.com.br  

Uma decisão em segunda instância do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o humorista Danilo Gentili explique formalmente de onde tirou a informação que baseou uma mensagem publicada por ele nas redes sociais no ano de 2015. Trata-se de um “tuíte” divulgado na conta pessoal do humorista, onde Gentili afirmou que Lula “forjou um ataque (à bomba, na sede do Instituto Lula) para sair de vítima”.

De fato, no dia 30 de julho de 2015, uma bomba foi arremessada na entrada do Instituto Lula, e a autoria do atentado segue sendo investigada até hoje. No dia seguinte ao fato, Gentili publicou a frase acusatória em questão em sua conta no Twitter. Os advogados de Lula, então, ingressaram na Justiça com o chamado “pedido de explicações”, que é uma medida jurídica que antecede um processo penal por calúnia ou difamação. 

Quer dizer, agora que a Justiça ordenou que Gentili explique de onde tirou a informação que eventualmente sustente sua acusação, caso ele não consiga explicar, será processado por difamação. Se condenado, a pena será de três meses a um ano de detenção. 

 

LULA CONVOCA PETISTAS PARA VOTAREM NO DIA 9 DE ABRIL, NO SEXTO CONGRESSO, PORQUE NO BRASIL “NÃO EXISTE PARTIDO MELHOR QUE O PT E O BRASIL PRECISA DELE”

 Resultado de imagem para imagens de lula

       A maior demonstração de indigência política tem sido posta pelos que acreditaram e acreditam que o Partido dos Trabalhadores acabou. Muitos invejosos, como Fernando Henrique, expressaram essa indigência. Claro, que essa indigência era para corroborar com a indigência política das mídias reacionárias, muitas delas nazifascistas, que compulsivamente manipulam factoides tentando enxovalhar o Partido dos Trabalhadores, mas sem conseguir.

         Essas indigências políticas não sabem que um partido não se resume em suas representações legislativas e executivas. Partido como PT tem em seu quadro pessoas com notória posição sensorial, epistemológica e ética. O PT foi o primeiro e único partido político concebido por um devir-político heterogêneo. Heterogêneo não no sentido quantitativo, mas como potência-polivocidade. Cartografia de desejos revolucionários, como diz o filósofo-psiquiatra Félix Guattari. Composição de potências singulares expressadas como estética-ontológica de vários enunciados.  

         O ódio e a inveja, taras degeneradas da burguesia que alimentam a paranoia da vingança contra o PT, vem do fato incontestável que o PT nasceu além da psicopatologia-social que serve de sedimento para a fixação dos partidos burgueses. Esse ódio e inveja é para os reacionários suas grandes taras que lhe impulsionam a querer vingança contra o PT – lembrete: o PT não cometeu crime nenhum contra esse biltres, a não ser um partido político sui generis -, porque embora limitadíssimos, eles sabem que todos as pessoas são inteligentes, a inteligência é uma questão de graus. O PT é constituído de inteligência de grau superior. Os reacionários também sabem que toda pessoa é dotada de um aparelho sensorial, mas eles também sabem que algumas, em virtude de suas frustrações, como o caso deles, tem os sentidos menos sensíveis, o que lhes impede de terem experiências sensoriais elevadas. O filósofo Deleuze diz que falta nelas a educação de seus sentidos. Elevação transcendente dos sentidos. Imaginemos um golpista com os sentidos em grau de elevação transcendente. Impossível. Não seria golpista. E eles também sabem que qualquer pessoa pode se expressar eticamente como ser-político em suas relações sociais, mas eles sabem também que ética é também questão de grau. Quem teve vivências embrutecidas pela repressão na infância, desenvolveu um baixo grau de comprometimento social. O que significa: baixíssimo grau ético.

       É em função desses saberes, que eles odeiam neles mesmos, que os reacionários deliram com o PT fora dos territórios moventes da política brasileira, mas ele se mantém. E o pior, ele se mantém não só por si mesmo, mas pelos encadeamentos de potências do movimento real que manifesto como Devir-Povo.

        Para entender esses graus de elevação sensorial, epistemológica e ética é só escutar e analisar o que mostra nessa convocação do partido para o Sexto Congresso do partido a ser realizado no dia 9 de abril.

        Vamos nessa, moçada!

 

A GRANDE CONTRIBUIÇÃO DO GOLPE É NOS FAZER RIR. O MINISTRO CELSO MELLO LIBEROU M. FRANCO PARA DUBLAR MINISTRO

Resultado de imagem para imagens de temer com moreira franco 

      É demasiadamente, simplesmente, demasiadamente simples de entender, porém – sempre tem o tal do porém, que coisa mais coisa-, não há como simplesmente acatar.

     O “cientista-social” Romário Juca (PMDB/RO), afirmou que era preciso tirar Dilma Vana Rousseff do governo para estancar “a porra da sangria”. Fora do sentido hematológico, o “cientista-social” se referia a Operação Lava Jato, onde ele e seus comparsas Temer, Renan, José Sarney, Eduardo Braga, Eduardo Cunha, entre outras figuras ilibadas do partido que um dia teve Ulisses Guimarães, aparecem sorrindo junto com a turma do PSDB como Serra, vulgo Careca, Alckmin, vulgo Santo, Aécio, vulgo Mineirinho, e etc.

        O “cientista-social” Jucá afirmou que já rolava um pacto nacional envolvendo quase todos os parlamentares, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), empresários, as mídias capitalizadas, entre outros grupos que queriam tomar o governo de mais de 54 milhões de eleitores democratas. Por quê? Porque com Dilma presidente “a porra da sangria” continuava. Ou seja, em linguagem simplesmente simples: a Operação Lava Jato continuaria e não ficaria “pedra sobre pedra”. Imperativo-jurídico expressado por Dilma.

     O golpe ocorreu e a lambança tomou conta da administração das coisas públicas do país. Como se sabe que da subjetividade golpista não se pode esperar honradez, já que o próprio golpe é a materialização do ódio antidemocrata, todo dia, toda hora, todo minuto, todo segundo, os golpistas mandam para os ares do Brasil suas verves piadistas. E nós, hein, só aproveitamos, porque rir faz bem a saúde. Mas rir atenciosamente, porque o riso é político, como diz Brecht. Rir sem deixar que a emoção desconcertante paralise a práxis e a poieses produtoras da democracia. Rir constituindo a política como movimento real.

       Foi então, que para proteger seu parceiro de golpe, Moreira Franco – alguns lhe antropomorfizam chamando de Gato Angorá, é erro, já que os animais, para seus bens, não tem qualquer sentimento humano, demasiado humano, ainda mais demasiado humano golpista -, Temer, inventou um cargo no desgoverno golpista: Secretaria-Geral da Presidência da República. As consciências democráticas protestaram, porque sabiam que o cargo inventado era para proteger Franco que é citado 30 vezes na Lava Jato, e o cargo lhe possibilitaria foro privilegiado.

      Foram liminares e mais liminares contra a nomeação, mas ontem, dia14, o ministro Celso de Mello, do STF, resolveu o sofrimento de Temer/Franco e Cia: liberou a figura das 30 citações.

     “A nomeação de alguém para o cargo de ministro de Estado, desde que preenchidos os requisitos previstos no Artigo 87 da Constituição da República, não configura, por si só, hipótese de desvio de finalidade. Eis que a prerrogativa de foro –que traduz consequência natural e necessária decorrente da investidura do cargo de ministro de Estado não importa em obstrução e, muito menos, em paralisação dos atos de investigação criminal ou de persecução penal”, disse Celso de Mello.

       E o riso continua com suas contagiantes fluências nas glebas tupiniquim.

 

SÓ HÁ UMA SAÍDA CONTRA OS DEGENERADOS E AS ABERRAÇÕES: ELEIÇÕES DIRETAS PARA PRESIDENTE, SENADORES E DEPUTADOS FEDERAIS. E O POVO TEM UM CANDIDATO

O Brasil está muito mal. Há entre nós nazi-facistas. A violência urbana está fora de controle. Os golpistas por serem aberrações não inspiram segurança a ninguém. Causam mais insegurança. Isto está demonstrado com a indicação do dublê de ministro policial para o STF. De golpista não podemos esperar nada que promova o bem estar da população. Os golpistas que  derrubaram Dilma Rousseff tinham um objetivo. “Estancar essa porra da Lava Jato.”

O enredo foi pensado tendo como personagens Aécio Never, Eduardo Cunha, Renan Calheiros, MT, STF, PGR, Moro e mais de 300 picaretas que compõem o Congresso Nacional.

O resultado do golpe de Estado está ai. Quebradeira geral da Engenharia brasileira. Sucateamento das grandes empreiteiras. Desemprego. Mais de 12 milhões de trabalhadores desempregados. Fome, muita fome. Necessidade que nos governos de Lula e Dilma foi varrida do mapa da fome do Brasil.

A violência nos presídios, hoje no Espírito Santo, demonstra o país que temos. Um país fruto de um desgoverno predatório, entreguista, que deve ser responsabilizado nas cortes internacionais porque todos seu membros são ladrões, corruptos e estão citados na Lava Jato que só persegue o presidente Lula porque Lula é do povo e eles tem medo do povo.

Neste momento só há uma saída para o Brasil e para os brasileiros e brasileiras. Lutar por eleições diretas para todos os cargos já, não aceitar as indicações do ministro policial para o STF, não aceitar o gato angorá com status de ministro, não aceitar as reformas da previdência e trabalhista e nas ruas, em casa, na escola, no trabalho, no campo, onde o povo estiver, debater, questionar tudo que esses lacaios, vendilhões da pátria estão fazendo para prejudicar milhares de brasileiros e brasileiras.

E o povo tem um candidato. Um candidato que nas horas felizes e tristes como nesta imagem registrada pela lentes do fotógrafo Ricardo Stuckert durante o funeral de Marisa Letícia, comprova que na equação Lula, povo, trabalhadores temos uma subjetividade que a fotosofia clicou e que chamamos de TRANSLULAÇÃO.

É isso isso golpistas, degenerados, aberrações. Lula é superior. Lula será o  futuro presidente da República do Brasil.

PRISÃO DE BOULOS CONFIRMA A FILÓSOFA HANNAH ARENDT: ONDE FALTA A RAZÃO PREVALECE A OPRESSÃO

É muito simples de entender, mas impossível de aceitar.

  O homem é um ser composto por corpo (soma) e mente (espírito), distribuídos em sentidos, inteligência e ação. Para alguns um dualismo, para outro monismo, já, como diz o filósofo Spinoza, o corpo não foge da mente. Ou seja, todo afeto se manifesta tanto no corpo como na mente.

   Ocorre, porém, que embora o homem seja um ser de sensibilidade, inteligência e ação, nem sempre todos expressam em seus atos esse monismo filosófico. Um grande número de indivíduos, por motivos genéticos ou por força de uma infância sofrível, expressam seus atos simplesmente como materialidade. Neles não se revelam a sensibilidade, a inteligência e ação coletiva em forma de ética.

    O filósofo Guilherme Boulos, presidente do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) foi preso quando intercedia a favor de moradores da Ocupação Colonial na ação de reintegração da área na Região de São Mateus na zona leste de São Paulo. O filósofo foi levado ao 49° onde prestou depoimento.

    Boulos afirmou que foi uma “prisão política, evidente”. Não foi “prisão política”. Foi uma prisão partidária que confirma a força da subjetividade capitalista manifestada pelo PSDB que há mais de vinte anos domina o estado de São Paulo. Não foi prisão política, porque onde há a práxis e poieses política, o movimento real da potência constituinte que cria as relações reais entre os homens comprometidos democraticamente, não há arbitrariedade. Onde há política há razão e não opressão.

  A filósofa Hannah Arendt, uma das que mais entende do sentido filosófico de política, afirma que onde a razão falta predomina a opressão, a irracionalidade em forma de força. Para ela a força é o recurso de todos que perderam a capacidade de dialogar, já que o diálogo é a concretude do pensamento. E pensamento é racional. Só nas ditaduras a razão é obstruída pela força opressora. A força é a única de linguagem usada onde faltam as faculdades sensível, intelectiva e ética coletiva.

    Diante da violência sofrida por Boulos os deputados do Partido dos Trabalhadores publicaram nota de repúdio. Leia trecho da nota.

   . “Além de negar o direito constitucional à moradia o governo Alckmin patrocina cenas lamentáveis de violência, ataca e despeja nas ruas mais 700 famílias neste no momento de recessão e desemprego que assola o país, numa demonstração de insensibilidade com a situação da população carente”, diz a nota. 

      A Central de Movimentos Populares (CMP) também publicou nota de repúdio. Leia.

                                                                   NOTA DA CMP

          boulos 

As cenas de violência da PM contra moradores, que assistimos na amanhã desta chuvosa terça-feira, 17/01, na região leste da cidade de SP, durante reintegração de posse de área ocupada por 700 famílias, são imagens típicas de uma zona de guerra.

A violência do Estado contra famílias sem teto é prática recorrente, mas agora o governador Geraldo Alckmin tem respaldo dos aliados  governos Doria e Temer, para descer a porrada nos trabalhadores(as).

Os golpistas Temer, Alckmin e Doria são a favor da especulação imobiliária em detrimento da moradia popular. A Central de Movimentos Populares e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, há tempo estão atuando na defesa dos moradores, por intermédio dos companheiros Boulos, Dito e Sidnei, tentando articular uma saída negociada que evitasse a reintegração de posse com despejo de mais de 3 mil pessoas, mas infelizmente não encontramos apoio dos governantes.

A CMP repudia a detenção do companheiro Guilherme Boulos. Moradia não é caso de polícia. Não criminalização dos movimentos sociais. Vamos resistir e lutaremos.

Nenhum Direito a Menos. 

Central de Movimentos Populares
Raimundo Bonfim, coordenador geral da CMP e integrante da coordenação da Frente Brasil Popular

  Veja e ouça o vídeo publicado pelo site Brasil de Fato que mostra Boulos falando sobre sua prisão.

 

DIÁLOGO DO ILUSTRE SUBPROCURADOR-GERAL E EX-MINISTRO DA JUSTIÇA, EUGÊNIO ARAGÃO, MOSTRA A CONSCIÊNCIA ILIBADA DE JANOT SUSTENTADA POR PORNOFONIAS

janot-e-aragao

 O ilustríssimo ex-ministro da Justiça do governo Dilma Vana Rousseff e subprocurador-geral da República, Eugênio Aragão, concedeu entrevista a um jornal burguês de São Paulo e contou como foi que ele se separou da presença do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que ele ajudou a ser indicado por Dilma para ocupar o cargo na Procuradoria-Geral da República e mudou completamente de comportamento em relação ao que antes apresentava como seu ideal ao ex-ministro da Justiça, inclusive sua relação com Genoíno, onde chegou a afirmar, para Eugênio Aragão, que ele, Genoíno, não era culpado.

  Só para mostrar a consciência ilibada de Janot, transcrevemos somente a parte em que ele, como toda consciência ilibada, chama Lula de “bandido” e manda Eugênio Aragão “a puta que o pariu” além de ir a “merda”. Coisa de gente de consciência ilibada. Só que Eugênio Aragão conhecedor dos percursos que descaminham a homologia democrática, não foi a nenhuma das duas indicações pornofônicas.

“Janot: Você me deu um soco na boca do estômago com aquela mensagem (“não estou interessado em cargos”).

Aragão: É aquilo mesmo que está escrito lá.

Janot: Então considere-se desconvidado.

Aragão: Ótimo. Eu não quero convite (para função), tudo bem, não tem problema. Olha, Rodrigo, nós somos diferentes. É isso mesmo. Para mim, você foi uma decepção…

Janot: O que você está querendo dizer? Vai me chamar de traíra?

Aragão: Não, traíra não. Não chega a tanto. Desleal, mas traíra não. (No caso Operação da Lava Jato) você foi extremamente seletivo… 

Janot: Você vem aqui no meu gabinete para me dizer que eu estou sendo seletivo?

Aragão: É isso mesmo.

Janot: Você vai para a p… que o pariu… Você acha que esse (ex-presidente) Lula é um santo? Ele é bandido, igual a todos os outros…

Aragão: Você foi muito mesquinho em relação ao Lula, só porque ele disse que você foi ingrato (em razão da indicação para a função)… Não tinha nem de levar isso em consideração. 

Janot: Isso é o que você acha. Eu sou diferente. O Lula é bandido, como todos os outros. E você vai à m…

Aragão: E os vazamentos das delações? Eu tive informações, quando ministro da Justiça, pelo Setor de Inteligência da Polícia Federal, que saíram aqui da PGR…

Janot: Daqui não vazou nada. E eu não te devo satisfação, você não é corregedor.

Aragão: É, você não me deve satisfação, mas posso pensar de você o que eu quiser.

Janot: Você vá à m…, você não é meu corregedor.

Aragão: Eu não vim aqui para conversar nesse nível. Só vim aqui para te avisar que estou de volta”.

“MULHERES APANHAM PORQUE NÃO RESPEITAM MARIDOS”, AFIRMA MÉDICO DO DF. SIMONE DE BEAUVOIR DIZ ELAS NÃO FIZERAM ESCOLHA UNIVERSAL

luiz2

 O homem é livre para escolher. Sendo assim, ele é responsável por suas escolhas, por isso não há desculpas, visto que todas as escolhas são realizadas como ação em situação. O que confirma que a consciência que escolhe, escolhe comprometida. O que faz com que toda escolha seja um compromisso universal, já que a realidade humana é para todos. É o que nos mostra a filosofia existencialista.

  O médico cardiologista do Distrito Federal, de 63 anos, Luiz Antônio Rodrigues Águila, afirmou, em defesa de seu filho que agrediu sua mulher grávida de quatro meses, postou em seu Facebook a afirmação, (depois apagou) que “as mulheres apanham, porque desrespeitam seus maridos”.

   “Sabem porque (sic) tantas mulheres apanham? Porque desrespeitam seus companheiros. Respeitem e serão respeitadas. Nossas avós não apanhavam porque respeitavam. Respeitar é fundamental”, afirmou o médico falocrático, inimigo de Hipócrates.

     Não precisa discorrer sobre o sintoma apresentado pelo médico, já que esse tipo de discurso e prática se viu e ouviu sendo expressado pela parte reacionária, invejosa e odiosa da sociedade brasileira contra a presidenta Dilma. Trata-se de misoginia. O conflituoso ódio contra as mulheres. Sintoma resultante de experiências cruéis com a representação da mãe, sempre coadjuvada com o auxílio do símbolo falocrático: o pai. Para Lacan: a Lei. O menino, ou a menina, que não pôde construir uma imago oblativa da representação da mãe, em sua vida adulta, se apresenta em companheirismo às mulheres. O amor compromissado. Não compromisso reduzido à família, “o que se fecha no casal ou na família”, como diz o filósofo Toni Negri, mas o amor que “constrói comunidades mais vastas”.

    O misógino odeia as mulheres como reflexo da humilhação que sofreu da mãe. Daí que todas as mulheres surgem como investidas da mãe-cruel. Eles casam, têm filhas, porque coito e esperma não significa adoção filial, mas não são felizes com elas. Elas são mulheres. Entende-se que todo misógino tem conflitos fortíssimos em relação a sua sexualidade. O conflito com a mãe impediu o transcurso sexual que lhe levaria a sexualidade adulta. A vingança-sádica-erótica é perseguir as mulheres e espancá-las. Elas são frágeis fisicamente agora que eles a agridem, mas a mães era forte. Aí o nascedouro do ódio contra as mulheres. O que é diferente em relação a agressão a um homem. Aí a misoginia não tem função, posto que o homem, ameaça inimiga, é o prolongamento de seu desejo investido no Pai-Lei.

     O médico, denegação de Hipócrates, afirma que às “avós não apanhavam porque respeitavam”. Moralina falocrática-fálica. Essas mulheres que ele mostra como “respeitadoras”, apanhavam e calavam. Tinham medo. Ou não apanhavam porque era anuladamente submissas. Além de que havia toda uma subjetividade hominista – nada a ver com macho. Macho é gênero, assim como fêmea, mas com homem e mulher que é cultural – que respaldava a violência do alcunhado marido. Uma subjetividade de homens frustrados, recalcados, apavorados com a potência do sexo, sublimavam ou batendo nas mulheres ou acusando-as de responsáveis por suas impotências. Um verdadeiro desfilar da ordem que foram submetidos quando crianças ao agenciamento coletivo de enunciação que os tornaram eunucos ontológicos. E que ainda persiste ainda hoje. 

   O enunciado hominista do médico cardiologista, que é de travar o coração, explica porque seu filho espancou sua mulher grávida de quatro meses ( se não tivesse grávida, mesmo assim a psicopatologia misógina ficaria caracterizada). Mas tem um enunciado que também deve ser sentido como preocupante: a criança que vai nascer. Um avó e um pai misógino. Como perguntaria Marx: qual mundo social vai servir de elementos constitutivos para a criação dessa criança? Qual mundo social vai troná-lo herdeiro da Terra? Segundo a mãe-gravida, Luiz Antônio Rodrigues Águila também bate em sua sogra. Na sabedoria popular: tal pai ta filho. Ou segundo Freud: A criança é o pai do homem.

        “No dia 27 de novembro ocorreu a agressão. Ele me chutou, me agrediu na barriga e na nuca. Quase oerdi meu filho. Estou em cima de uma cama pelo menos 30 dias para salvar o meu bebê.

         O pai dele estava tentando justificar a agressão do filho. O pai dele batia na minha sogra. O filho reproduz o que aprendeu em casa”, afirmou a mãe-agredida, Luciana Chaves.

     A filósofa Hannah Arendt diz que só deve ter filhos e participar em sua educação, como professores, quem for responsável pela história do mundo. Caso contrário, procure outra ocupação. O misógino não tem qualquer preocupação com o mundo. A preocupação com o mundo significa comprometimento coma a vida. O misógino, que é um dos corpos básicos do nazifascismo, cultua, através de seu estado misógino-paranoico, a destruição do outro, a tanatosfilia. O amor pela morte. Ele não acredita em uma sociedade justa em que todos sejam sujeitos-criativos da história.

     O médico foi mais um tagarela que impulsionado pelo corpo misógino se projeta sobre a mulher. Não qualquer diferença do seu tagarelar do tagarelar “mulher é estuprada, porque provoca o homem com essas blusinhas, essas sainhas curtas”. Tagarelar que confirma a impotência sexual do estuprador virtual ou real.

      Já para a filósofa existencialista, amor necessário do filósofo da liberdade Sartre, Simone de Beauvoir, é questão é de escolha. Como toda escolha compromete a totalidade da realidade humana, uma mulher quando escolhe um homem escolhe por todas as mulheres. Assim, como todo homem que escolhe uma mulher escolhe todas as mulheres. Toda escolha é universal. Esse o comprometimento da escolhe em liberdade.

     Se uma mulher escolhe um canalha, um golpista, um trapaceiro, um um cafageste, um corrupto, um, um vaidoso, um ambicioso, um exibicionista, etc., ela, como é um ser universal, escolhe para as outras mulheres esses tipos de cúmplices. Porque é assim que ela ver e entende sua realidade particular que é transferida para as outras mulheres. É por tal comprometimento que essa história de amor compensatório, eu vi nele um “quê” que não vi em outros, é pura sublimação fantasiosa. O amor, como diz Spinoza/Marx/Sartre, é produção. E produção é práxis e poises racionais.

     Se não houver razão comprometida com a realidade humana, o mundo-historicizado, mas impulso pessoal, não há amor. Aí se mostram Hannah Arendt e Beauvoir, não há compromisso histórico e nem engajamento otológico. 

     Enquanto o engajamento histórico-ontológico não se faz realidade necessário, a justiça, através da Delegacia de Atendimento à mulher (Deam) da Polícia Civil investiga o caso. Que já encontrou duas ocorrências contra o médico cardiologista que dissipou o coração como símbolo da amizade.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,912,020 hits

Páginas

março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031