Archive for the 'MST' Category

ARTISTAS E POLÍTICOS DEFENDEM REFORMA AGRÁRIA E AGROECOLOGIA EM FEIRA DO MST

Os conferencistas no Parque da Água Branca, zona oeste na capital paulista - Créditos: Pablo Vergara

Os conferencistas no Parque da Água Branca, zona oeste na capital paulista / Pablo Vergara

José Mujica, Letícia Sabatella, Alexandre Padilha, Bela Gil e João Pedro Stedile participaram de conferência

A Conferência “Alimentação Saudável: um Direito de Todos e Todas”, que ocorreu neste sábado (6), se transformou em ato político em defesa da reforma agrária e da agroecologia. Segundo o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), cerca de 10 mil pessoas acompanharam, presencialmente, a atividade — que é parte da programação da 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária.

O ex-presidente do Uruguai José Mujica; a atriz Letícia Sabatella; o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha; a apresentadora Bela Gil e; o dirigente nacional do MST João Pedro Stedile, participaram do evento.

Na abertura da conferência, Stedile destacou a importância do MST e do evento para a soberania alimentar no país. O movimento é o maior produtor de arroz orgânico da América Latina, com mais de 600 mil sacas produzidas pelo movimento. “A reforma agrária e o apoio à população camponesa são fundamentais para a política da soberania alimentar”, pontuou o dirigente.

Bela Gil falou sobre importância da agricultura familiar para a base alimentar do país. Segundo dados do extinto Ministério do Desenvolvimento Agrário, em 2015, a agricultura familiar respondia por cerca de 70% dos alimentos consumidos em todo o país. Ainda assim, por causa da presença extensiva do agronegócio e o uso de venenos na produção, a apresentadora avalia que o Brasil está atrasado no tema.

“A gente precisa do apoio da sociedade civil porque, se depender do apoio do governo e do Estado, a gente fica totalmente dependente do agronegócio. O brasileiro precisa enxergar a importância do trabalho do MST e da importância de uma reforma agrária urgente”, declarou a apresentadora.

Para a ativista, as alternativas ao agronegócio passam pelo cuidado com a terra, a agricultura familiar e o menor consumo de produtos ultraprocessados. E, para driblar grandes empresas e diminuir os agrotóxicos nos alimentos, Gil aposta na criação de uma taxação para compra e uso de venenos no país.

Na mesma linha, o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha defendeu uma aliança entre a saúde pública e a agricultura familiar. Para ele, a questão essencial do direito à alimentação, atualmente, é a proteção da cultura e diversidades locais. Entre os dez países do mundo que têm menor taxa de obesidade, a explicação é o menor consumo de produtos padronizados, analisou o ex-ministro, .

“Ou seja, onde a comida afeta menos a saúde das pessoas é exatamente aqueles países com pratos tradicionais, uma comida diversificada, onde as pessoas não caíram na fantasia do fast food e dos produtos ultraprocessados”, disse o ex-ministro.

Já a atriz Letícia Sabatella se posicionou pelo empoderamento dos pequenos agricultores. “São muito bacana iniciativas como essa [a Feira da Reforma Agrária], que nos lembra que somos uma comunidade, que nos colocam em sintonia com a sustentabilidade”, disse a atriz.

O ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica também participou da conferência. Mujica afirmou que a crise ecológica é uma consequência de uma crise política e cultural. “A civilização baseada na ganância produz o consumidor que trabalha permanentemente; ele não tem tempo para os afetos e para o amor”, disse.

No evento, o ex-presidente do Uruguai elogiou o MST: “Lutam por uma causa justa em um país feudal”. Antes da conferência, o político havia participado de uma entrevista coletiva com jornalistas de veículos independentes.

A Feira Nacional da Reforma Agrária ocorre até este domingo (7) no Parque da Água Branca, São Paulo (SP).

Edição: Anelize Moreira

PÁSCOA: A PASSAGEM DEMOCRÁTICA QUE CORTA O GOLPE

Construindo a democracia brasileira, e com um nome que continuará o desenvolvimento do nosso país. Lula pede passagem. Ele vem aí.

O golpe foi consolidado com a deposição da presidente Dilma eleita com 54.501.118 votos. Foi eleita, escolhida. Toda uma força antagônica da direita trabalhou para derrotá-la, mas uma força que saiu do povo venceu e a democracia brasileira em produção coletiva se construia tendo tiranos, golpistas a rondá-la.

Todas as forças progressistas apresentaram os motivos do golpe. Os interesses dos grandes capitalistas, de empresas nacionais e internacionais, governos, quebra de monopólios agiam para derrubar a presidente eleita pelo povo.

Neste momento não nos venha o dublê de presidente, Michel Temer tirar o corpo de fora, dizendo em entrevista numa emissora de televisão que um dos responsáveis pelo golpe foi o senhor golpista Eduardo Cunha quando não teve os votos que necessitava para escapar do processo de cassação na comissão de ética.  Isso foi uma das causas.

O dublê de presidente, como vice-presidente tramou. Ele queria o poder. Ele tramou o golpe. Muito antes, andava se queixando de isolamento. Tanto que escreveu uma carta se queixando da presidente. Ali estava uma das senhas para o golpe.

Outra desculpa está de que o golpe foi organizado quando a presidente da Petrobras Graça Foster demitiu todos os ladrões que operavam na estatal.

Agora se sabe que não é de hoje que interesses não republicanos operavam para quebra de monopólios da Petrobras e das telecomunicações estando por trás a Odebrecht e a Rede Globo de Televisão.

A Lava Jato iniciou a operação em em 2014. Muito do que está sendo revelado agora, que segundo Emílio Odebrecht questiona, porque não revelaram isso a 30, 20, 10 anos. A Lava Jato não tinha como revelar isso nesse tempo. Mas de março de 2014 para cá sabia de muita coisa. E por fazer parte do sistema jurídico do Brasil e aí capitaneado pelo STF não poderiam ter permitido que os brasileiros vivessem o que estão vivendo hoje. Desemprego, fome e o retorno da miséria.

O STF foi provocado, se pediu para interferir no que estava acontecendo e nada foi feito. Agora mesmo, com a divulgação das delações o STF e outros colegiados como Tribunais de Contas, CNJ estão ilesos. Para a ministra aposentada do STJ, Eliana Calmon, ratifica o que afirmou em 2011 de que havia bandidos escondidos atrás de togas, declara: “entendo que a Lava Jato pegará o Judiciário, mas só numa fase posterior, porque muita coisa virá à tona. Inclusive, essa falta tem levado a muita corrupção mesmo. Tem muita coisa no meio do caminho. Mas por uma questão estratégica, vão deixar para depois”, diz.

O judiciário nunca, nunca mesmo deve agir depois. O judiciário deve agir antes das injustiças serem praticadas. O golpe que a presidente Dilma Rousseff sofreu é um exemplo disso. O golpe teve o aval. O golpe foi presidido pelo Presidente do STF. Recursos chegaram ao STF para evitar o golpe. O STF impediu a posse de Luis Inácio Lula da Silva como ministro de Dilma Rousseff.

O golpe já aconteceu e as consequências estão ai. Inúmeros deputados, senadores que votaram a favor do golpe estão delatados por vários executivos de grandes empresas. Senadores, deputados, governadores que ganham eleições quantas disputam. Por quê?

Possuem muita grana. Recebem verbas oficiais, registradas no TSE. Recebem caixa 2 e por fora, sem nenhum registro há informações de mensalões, mensalinhos de acordo com o acerto entre o executivo, lobista e o candidato para facilitar favorecimentos em licitações e medidas provisórias.

A passagem para a democracia, a mudança, o novo só surgirá numa produção do povo. É necessário a compreensão de tudo isso, mas ir à práxis. E neste momento só temos uma saída. Eleições diretas para presidente da República, Senadores, Deputados Federais, governadores, estaduais, prefeitos e vereadores. Eleições para uma nova Constituinte e um reforma política que reveja, reavalie tudo de errado, de roubo, de corrupção que vivemos. É difícil acabar com esse mal, mas precisamos rever nossa forma de votar e escolher os homens que carregam novas formas de ver, propor mudanças para que nosso povo não sofra.

Isso só vai acontecer com a participação de todos. No dia 28 de abril de 2017 haverá uma greve geral contra todas as medidas que os golpistas já aprovaram e pretendem aprovar e corroborando conosco nessa caminhada estão todos os movimentos sociais, blogs sujos e a Igreja Católica que assumiu junto com milhões de brasileiros uma passagem democrática que corta o golpe.

 

O GOLPE PARLAMENTAR-JURÍDICO-EMPRESARIAL-MIDIÁTICO É TÃO ABERRANTE QUE NÃO CONSEGUE NEM SER A FARSA DE 1964. A SAÍDA É LULA DE NOVO

Resultado de imagem para Turma do temer

Cinquenta e três anos não passados nos colocam novamente no turbilhão da luta contra nossos algozes.

Os degenerados, os abjetos seres que levaram a 53 anos nosso país à ditadura estão atuando e entregando tudo o que conseguimos nesses últimos 14 anos à derrocada.

Derrocada da classe trabalhadora. A principal prejudicada com esse golpe parlamentar-jurídico-empresarial-midiático. Derrocada da democracia brasileira, dos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras através das Emendas Constitucionais que nem Lula nem Dilma ousaram fazer porque defendiam a classe contra os estúpidos, gananciosos e privilegiados capitalistas brasileiros e internacionais.

São 53 anos. 1964-2017. Para não esquecermos o que fizeram com o Brasil e com os brasileiros. Prenderam, torturaram, assassinaram, desapareceram com corpos de todos que eram contra o regime. Dentre os que estão hoje no comando desse novo golpe muitos fugiram, medrosos, degenerados, depois voltaram para concretizar a continuidade daquele golpe a mando a mando dos yankes.

Os degenerados, dizem, jornalistas, estão na lama. De minuto em minuto saem notícias de ladroagem. É dinheiro em condado na Alemanha, Cingapura, Nova York. Dinheiro na Suíça. Senador golpista dando surra na  mulher e ficando proibido de voltar para casa pelo STF. É o primeiro rico, golpista  um sem teto. Mas eles não estão na lama não. Ao dizer que estão na lama estamos antropomorfizando e comparando aos porcos. Os porcos não tem nenhuma relação com seres abjetos. Os porcos tem mil vezes mais valor de que um ser degenerado, um não ser, uma gente miúda. Isso faz diferença com os militares de 64, digo com os militares. Os civis, estão aí.

Não  chore Andrea Neves e nem diga que é mentira o que a ignota Revista Veja publicou ontem. Um delator da Odebrecht depositou dinheiro para o Mineirinho na sua conta em Nova York. Seu irmão é o mais delatado na Lava Jato e até antes da Lava Jato. Como foi construída a Cidade Administrativa de BH? E a lista de Furnas? Porque Mineirinho intimidava tanto policiais, funcionários públicos quando governador em Minas. Porque o policial se suicidou?

No dia da eleição presidencial, Andrea, o seu apartamento em Belo Horizonte estava lotado de gente miúda. Vocês já festejavam a vitória de Mineirinho frente a Dilma eleita com 54.501.118. Vocês já tomavam champanhe francesa, comiam caviar iraniano e do mar negro, vocês se abraçavam. Aviões e helicópteros se prepararam para decolar com politicofastros de várias capitais e cidades brasileiras para o regabofe em BH. Só que os brasileiros jogaramo votos em cima do coquetel de vocês. Os brasileiros ganharam as eleições com uma enxurrada de votos vindo do Nordeste brasileiro e de outras bandas. Vocês não aceitaram. Mas aquela imagem de vocês cabisbaixa tramaria o medonho contra a democracia e agora contra vocês. O povo não quer olhar no seu olho,  ele quer distância de você e do Mineirinho. Nenhum trabalhador quer aproximação com vocês. Vocês são propagadores de maus encontros. Vá pra lá com as suas… O trabalhador só olha no olho de trabalhador. O trabalhador se identifica com quem é da sua classe e Lula é o representante do trabalhador. Lula fala como trabalhador e atua como trabalhador.

Nestes 53 anos vocês, golpistas, continuam aprontando. O dublê de chanceler, Aluysio Nunes, mais conhecido como 300, ptbul, ainda não engoliu ter sido expulso pelo povo da Venezuela naquela fatídica viagem que foram levar solidariedade aos golpistas de lá. O dublê de chanceler quer porque quer expulsar a Venezuela do Mercosul. Com ele está a Argentina,  Paraguai e Uruguai trabalhando para a exclusão desse país Bolivariano. Há por trás de tudo isso interesse do governo e do capital norte americano em promover a política da terra arrasada para depois surgirem como salvadores da pátria.

Nestes 53 anos de golpe, e mais este 2016, vocês golpistas, deram mais uma demonstração de que o pobre, o trabalhador deve mesmo “comer o barro que Deus amassou”. Não bastasse a PEC da Morte, Deforma da Previdência, Terceirização, agora vocês extinguiram o Ciência Sem Fronteira projeto do governo Dilma que beneficiava estudos no exterior para os filhos de trabalhadores. Ali tinha, negros, índios, brancos. Com esse projeto na área de Educação, Ciências nós estávamos formando pessoas para no retorno ao Brasil aplicar os conhecimentos conseguidos para nosso desenvolvimento. Como neste momento se sentem nossos estudantes, em Portugal, Espanha, Canadá, Angola, Moçambique, Inglaterra, Rússia, Cuba, Haiti, Cairo, Teerã? Assim também como estão os filhos de trabalhadores africanos, asiáticos que estudam nas nossas Universidades em convênios com o desgoverno brasileiro? É um catástrofe.

Sob um golpe não podemos esperar nenhum benefício de golpista. Eles como não possuem inteligência e a ideia fixa está em se dar bem, eles estão a tomar decisões que lhes parecem normais. Neste momento, prestes o julgamento do ilegítimo no TSE, as informações de que o amigo Gilmar Mendes vem orientando os advogados do golpista e há possibilidades muito grande de desvincularem Dilma do golpista. Dilma ficaria inelegível e como não se pode investigar o gente miúda por ser detentor do cargo de dublê de presidente é intocável. As leis e nem a Constituição permitem.

Nestes 53 anos, de 2003 até o novo golpe não tínhamos 13,5 milhões de desempregados. Tínhamos a preocupação e o atendimento do governo na área de educação, saúde, habitação, transportes, saneamento. Foi o período que mais se criou Universidades e Institutos Federais de Educação. E também o que mais ganhamos títulos de Doutor Honoris Causa. Erramos, sim nalgumas, coisas e não podemos deixar de mencionar. Faltou dialogar mais com o povo. Faltou se aproximar dos movimentos sociais. Faltou taxar as grandes fortunas, faltou uma reforma política, reforma agrária, faltou regularizar as mídias e quebrar com a Globo e sua afiliadas. Quebrar mesmo, porque a Globo é a principal incentivadora do Golpe e uma das empresas que mais sonegam impostos.

Nestes 53 anos, com todas essas medidas antipopulares, antipovo só resta aos trabalhadores, fortalecidos, depois de uma análise daquilo que está acontecendo trabalhar para mudar tudo isso, ativando nas fábricas, nas escolas, nos sindicatos, em casa, na favela, no cortiço, na vila, no campo, no ônibus, na canoa, no avião, por todos os cantos, lados e beiras o nome do melhor e maior presidente do Brasil. Luís Inácio Lula da Silva.

Só, com esse brasileiro, depois de Getúlio Vargas e João Goulart construiremos um Brasil democrático, livre e soberano, novo e com rima, para  seu povo.

 

CONDUÇÃO COERCITIVA DE EDUARDO GUIMARÃES PELA PF É UM ATENTADO CONTRA A LIVRE MANIFESTAÇÃO DE PENSAMENTO E PERSEGUIÇÃO POLÍTICA

Blog da Cidadania por Eduardo Guimarães

Nós, da Associação Filosofia Itinerante – AFIN e seus Blogs Afinsophia e Esquizofia queremos nos solidarizar com o blogueiro Eduardo Guimarães do Blog da Cidadania pela condução coercitiva feita pela Polícia Federal hoje, de manhã, na cidade de São Paulo para depor sobre a condução coercitiva que o presidente Lula sofreu no dia 4 de março de 2016 por determinação de Sérgio Moro.

Eduardo Guimarães não tinha recebido nenhuma intimação. Ao acordar hoje de manhã os federais já estavam às 6 horas na porta de sua casa. Conduziram-no coercitivamente, prenderem seu notebock, telefone celular e o de sua esposa. O blogueiro neste momento está sem seus instrumentos de trabalho.

A condução coercitiva foi para Eduardo informar aos federais quem tinha lhe repassado as informações da condução coercitiva de Lula no dia 04 de março do ano passado. Como diz Eduardo, eles sabem quem é a pessoa, mas fizeram isso para dizer quem era, não respeitando o direito de ser mantida em sigilo a fonte.

Eduardo Guimarães não é jornalista e mantém a 12 anos o Blog da Cidadania. No Brasil não existe mais a exigência de só jornalista produzir informações, notícias. Principalmente num pais, como diz, Mino Carta, onde jornalista chama patrão de companheiro.

A informação repassada por Eduardo Guimarães sobre a condução de Lula foi muito importante. Denunciava com isso uma arbitrariedade do juiz Sérgio Moro e da Polícia Federal contra o maior e melhor presidente do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva. Se não fosse essa notícia e mais a determinação do “Brigadeiro Rossato, gaúcho de Caxias do Sul, para quem o ex-presidente da República continua carregando a simbologia de Chefe das Forças Armadas. Ele não permitiu que a Polícia Federal levasse Lula para Curitiba. Foi algo civilizatório”, segundo João Pedro Stédile, a condução coercitiva de Lula teria se consumado.

Foram dadas muitas asas de Ícaro para a Polícia Federal. Está na hora do Diretor Geral dessa polícia chamar seus delegados e dizer o seguinte: Vamos acabar com o glamour. Chega de entrevistas coletivas após operações. Só devem se pronunciar, quando tiver operação para prender golpista, por exemplo, o Ministro da Justiça (não serve dublê) e o Diretor Geral e ninguém mais. Afinal, não se fala tanto em segredo de justiça.

É companheiro Eduardo, fica aqui nossa solidariedade, nosso apoio a você e a todos os que sofrem perseguição por divulgar seus pensamentos. Seguimos o que Voltaire disse: Posso não concordar com o que você pensa, diz, mas jamais vou proibir que o manifeste. É isso.

        Assista o vídeo dos Jornalistas Livres

STF RATIFICA AFASTAMENTO DE CUNHA, MAS NÃO FALA SOBRE O IMPEACHMENT DE DILMA

images|cms-image-000495742.jpg (1000×357)

“Jesus chegará um dia depois do juízo final.” Kafka.

O STF acaba de fazer a última cesta para a o afastamento de Eduardo Cunha do mandato de Deputado Federal e da presidência da Câmara dos Deputados. Mas não citou o impeachment (golpe) da Presidente da República. Isso é bom para a democracia porque oportuniza condições de se recorrer ao STF ratificando o que disse o Ministro Ricardo Levandovisk. As portas do STF estão abertas para julgar qualquer ilegalidade.

O réu, independente, da vontade de Deus, de Feliciano, Malafaia a seu favor, deve se preocupar com a mulher e a filha que a partir de agora podem ser presos a qualquer momento e sentirem aquele odor além de Coco Channel, lá na Papuda que quer degustar caranguejo.  

Não adianta mais expressar seu ódio contra o PT, contra a presidente Dilma.

Não adianta querer recorrer ao STF porque o cacete foi de 11 a zero. Uma verdadeira cacetada.

Não adianta questionar a interferência do judiciário no poder legislativo ou executivo. Os três poderes são independentes. O legislativo faz as leis, o executivo pratica e o judiciário é o árbitro que deve atuar quando uma pessoa ou ente federado, instituição comete um crime.

Eduardo cunha cometeu inúmeros crimes.Suposto desvio de 5 milhões para “Michel”, segundo, Teori. Evasão de divisas. Contas na Suíça. Recebimento de propinas, intimidações e ódio a democratas deste país e o pior de todos, deu prosseguimento num processo de afastamento de uma presidente eleita com mais de 54,5 milhões de votos constituindo-se num verdadeiro desvio de finalidade que cabe agora à AGU recorrer ao STF da decisão da admissibilidade do golpe  da presidente por uma casa comandada por um ladrão e seus 367 picaretas não tendo cometido crime algum.

A presidente não cometeu crime, mas no imprestável relatório de Jovair lá estava. Foi pro Senado e lá um outro imprestável relatório de um impoluto Anastasia confunde julgamento administrativo com penal dando sua interpretação de crime onde não há. Mas a nosso favor, o relator que por estar afoito para escrevê-lo não ouviu os depoimentos dos contra o impeachment e tipificou errado os crimes que não foram cometidos o que já dá condições para cancelamento do processo no Senado, claro, que se aí passar, o jeito é ir ao STF.

Cabe ao povo agora atender o chamado do deputado Paulo Pimenta e da procuradora Eugênia Augusta Gonzaga, da Frente Brasil Popular, CUT, CTB, INTERSINDICAL, Associação Filosofia Itinerante – AFIN e ir às ruas e se manifestar mesmo, contra o golpe. É urgente a reação do povo. Não devemos ser condescendentes com essa elite ignara que quer acabar com tudo que foi conquistado nos últimos governos populares comandados por Lula e Dilma.

Mantemos ainda nossa posição de desobediência Civil nos moldes de Thorreau. A presidente, por estar sendo julgada sem ter cometido crime nenhum não deve acatar a decisão do Senado. Seus ministros devem permanecer nos postos e a presidente deve governar com as ruas. Cada brasileiro, democrata deve ser um soldado da legalidade que nem aquele Coronel da Aeronáutica, em Congonhas, que impediu que os marines da Federal prendessem Lula e o levasse a Moro em Curitiba.

Aécio, Temer, Agripino, Cássio, Carlos Sampaio e todos os demais golpistas, a hora de vocês está chegando. As portas do STF estão abertas para julgar os traidores da pátria. “É chegada a hora dos ladrões pedirem reza.”

 

OS CANALHAS NÃO ENVELHECEM, REPRODUZEM

As cenas vistas na Câmara dos Deputados Federais do Brasil no último domingo, dia 17 de abril de 2016 receberam por parte de jornalistas, articulistas, políticos estrangeiros, da imprensa internacional os mais diversos adjetivos. Ladrões, bandidos, gangsteres.

Os deputados que autorizaram o golpe contra a democracia, contra a presidente Dilma e contra o povo brasileiro foram presididos por um deputado que é réu no STF e passa agora a responder seis processos naquela corte que dorme em berço esplêndido.

Mas, o que nos chama a atenção é a canalhice. Todo canalha se reveste de uma imagem de integridade. É defensor da família, de Deus e da propriedade. No domingo, todos, exceto os democratas verdadeiros, não os do DEM, apresentaram esse comportamento. Ao proferir seus votos invocavam a família, citavam da mãe à avó.

Foi essa atitude calhorda, nefasta, que levou para o Senado o prosseguimento do golpe sem crime, porque, dos 367 deputados e deputadas, só dois  mencionaram a tipificação da denúncia. Os demais votavam com ódio, rancor, inveja, contra a CUT, contra o PT o que determina que o processo é cheio de vícios e o relatório é imprestável. 

O imprestável chega ao senado e vários senadores já declaram ser favorável ao golpe. Para nós defensores da liberdade, da democracia, só cabe uma alternativa ir para o front, ir para a rua como milhares de brasileiros já estão fazendo em várias cidades do nosso país.

Ou será que nós vamos deixar se consumar o golpe para depois chorar. Não podemos dar tréguas para canalhas. Sugerimos que o Advogado  Geral da União, diante das declarações de voto dos senadores entre com uma ação no STF para anular o golpe. Acorda, estás sonhando! Os senadores não poderiam se manifestar, claro que sabemos quais são suas decisões. Há senador que admitia o processo, mas que agora está indeciso.

Senadores que defendem a democracia, não caiam em canto de lobo. Falem, não deem chances para os inimigos. Anastasia como relator é nossa decapitação. Se já há um presidente que defende o golpe coloquem um relator do PT. Lá na Câmara, nossos deputados foram confiar no Rosso, Jovair, Carlos Sampaio e olha no que deu. Guerra é guerra. Canalhas não têm respeito por ninguém. Ah! que sono.

Já se passaram mais de 172 dias que o processo do picareta, canalha-mor, Eduardo Caranguejo Papuda Cunha está no STF. Ele se vingou da presidente, os ministros do STF viram o horror, permitiram que um réu do STF comandassem um atentado terrorista contra a democracia brasileira. Onde anda o Conselho Nacional de Justiça para fazer esses ministros colocarem em pauta processos que podem levar o país a uma guerra civil por causa de suas procrastinações com Cunha, por exemplo?

Sabem porque eles deixaram que isso acontecesse? Porque o golpe está previsto na Constituição. Eles dormem no plenário, passam horas em digressões sobre fatos irrelevantes (longitude, latitude) e são incapazes de dizer, sim, o golpe está previsto na Constituição, mas as pedaladas fiscais não são crimes de responsabilidade da presidente Dilma Vana Rousseff.

Conhecendo tudo isso só resta ao povo ir às ruas, bloquear rodovias, fazer greve nas indústrias, comércio, escolas, bancos, aeroportos, ônibus, trens, metrôs. Porque se não for feito  isso, se não houver radicalização, poderemos estar perdendo tudo o que conquistamos como legado de Lula e Dilma: PROUNI, PRONATEC, Minha Casa Minha Vida, aumento real do salário mínimo, Zona Franca de Manaus, Luz para todos, Bolsa Família, TV Brasil, NBR, dentre outras séries de políticas sociais que são marcas de nosso governo popular.

Insistimos, povo brasileiro, nenhuma trégua aos canalhas, aos golpistas que são calhas e que passam suas canalhices para os filhos que entram na política repetindo as mesmas calhordices dos pais e isso ficou demonstrado naquele domingo de abril que nunca mais queremos ver se repetir na nossa pátria, no nosso Brasil.

Canalhas! Canalhas! Canalhas! Facistas! Facistas! Facistas! Não Passarão… eu passarinho.

 

 

GOLPISTAS: NÃO PERMITIREMOS ATENTADO À DEMOCRACIA BRASILEIRA

A Presidente Dilma Vana Rousseff pediu em entrevista aos blogueiros, quarta-feira, no terceiro andar do Palácio do Planalto que todos nós, cidadãs e cidadãos lutemos contra o golpe. Já estamos nas trincheiras armados com nosso parabelo: o verbo.

Todo degenerado, corrompido, religioso ao extremo esconde patologias nocivas a si e o que é pior, prejudicial aos outros. O corrupto quando fala demais contra a corrupção é porque é uma forma de sublimar essa patologia de se apropriar do dinheiro público e privado.

Os golpistas despacharam para vender o Brasil à terra de Tio Sam, o senador Aluísio Nunes Ferreira, aquele envolvido nos escândalos dos 300 paus. Como já aconteceu com Alkmim foi recebido por várias brasileiras que depois de falsa bajulação estamparam: não ao golpe no Brasil. Isso é uma demonstração de como essa turma de golpistas é “amada” pelo povo e como golpistas esse pessoal da burguesia ignara é campeã de ser trolada por pessoas que os reprovam.

Os golpistas vão à América tramar, arquitetar, trair a pátria e agora estão querendo inviabilizar a ida da presidente à ONU para assinatura do Acordo de Paris sobre mudança do clima que teve a participação de destaque do nosso país. Temem os indigentes que ela denuncie para mais de 60 chefes de Estados o golpe que nossa democracia vem sofrendo. Dizem, os usurpadores que a presidente vai denunciar o golpe e deixará a imagem do país prejudicada e em situação constrangedora.

A presidente deve denunciar, ratificar o que a imprensa internacional está mostrando do ato golpista capitaneado por Aécio Cunha, pelo conspirador-mor, Temer, Serra, Agripino, Rede Globo, os 367 deputados picaretas , Padilha e demais sórdidos para que o mundo saiba que a presidente não cometeu crime de responsa. Ela falará como chefe de Estado e como tal deve denunciar sim, estes golpistas. E se continuarem achando ruim a presidente já devia era denunciar ao Tribunal de Haia.

Se o pior acontecer no Brasil todas as instituições serão responsabilizadas. Os poderes da República são independentes, mas na nossa compreensão, se os dois poderes, executivo e legislativo cometerem algum crime o judiciário tem que ser o árbitro do litígio. Não é o que está acontecendo. No STF seus ministros estão subestimando o poder do povo. O ministro frequentador de Shopping, Celso Melo fala  que o tribunal estabeleceu o rito do impeachment, só que insistimos dizer que esse recurso está na Constituição sim, mas  só pode ser usado em crime de responsabilidade.  A presidente Dilma Rousseff não cometeu esse crime,  por isso ela deve denunciar o atentado à violação dos direitos da Presidente da República e que os conspiradores atuam como se golpe já tivesse concretizado.

Temer forma Ministério. Isso é um atentado. Eduardo Cunha, réu no STF está pressionando o presidente do Senado pra apressar o golpe no Senado, mas Renan já deu um pito no Caranguejo que não apressará e nem procrastinará. O TSE já está tramando para desvincular Temer da chapa de Dilma para possível cassação da presidente porque o PT recebeu dinheiro na campanha de 2014. O STF adia julgamento da liminar que liberara Lula para assumir como Ministro da Casa Civil de Dilma  e para comprovar que o judiciário representa os interesses da classe dominante brasileira aceitou a delação premiada de Delcídio nas falas que aparecem Dilma e Lula

Lula foi condescendente com esses ministros, com o judiciário ao chamá-los de acovardados. Eles não são acovardados, eles representam a elite brasileira, eles julgam para beneficiar o grande capital. Mas se o povo se meter numa guerra civil não foi por falta de aviso do Ministro Marco Aurélio de Melo. Os ricos que eles defendem são 1% da população. O povo são milhões. Só o exército de Dilma conta com mais de 54 milhões de soldados eleitores. Milhares de outras pessoas que não votaram na presidente são contra o golpe.

STF é hora de prender Eduardo Cunha, todos os traidores da pátria e o senado arquivar o relatório imprestável que admitiu o golpe.

Infelizmente é pedir demais, vocês nunca farão isso. Vocês são da mesma classe. Na classe de vocês não há traição, não há brigas.

Mas a partir de amanhã a massa vai começar a se movimentar, aquele povo que viu aquela barbárie domingo na Câmara dos deputados aguentou porque seu líder Lula pediu paz nos acampamentos, mas muita gente ali não aceitou a continuidade da aberração e ontem em São Paulo já organizaram as manifestações pra balançar o Brasil tendo como culminância o dia 1º de maio – Dia do Trabalhador. Depois disso não estão descartadas invasões de terras, bloqueio de rodovias, greve geral, e inviabilidade do impossível governo golpista de Michel Temer. Não reconheceremos governo golpista.

O próprio Diretório Nacional do PT aprovou dia 19 de abril, em São Paulo, uma Resolução que no seu final diz: “Se a oposição de direita insiste na rota golpista, reafirma que não haverá trégua, nem respeito a um governo ilegítimo e ilegal.”

 


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,958,438 hits

Páginas

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031