Archive for the 'Malhação do Judas' Category

MALHAÇÃO DOS AMIGOS DA CRIANÇADA JUDAS E JUDINHA

DSC01002

Como já é uma grande festa anual no Bairro do Novo Aleixo, as crianças de todas as redondezas aparecem para a grande festa dos companheiros Judas e Jesus. E o domingo de Páscoa se encheu de alegria com a presença de Judas que neste ano veio com o rosto repleto de pirulitos e outros doces e trouxe junto um seu companheiro, o Judinha.

A festa afinada não carrega o ressentimento do cristianismo em culpabilizar Judas, e a brincadeira não busca expressar raiva ou agressividade contra este personagem expiado pela história. Pelo contrário Judas vem trazer sua alegria e festividade e no auge da noite é malhado e deixa doces e afetos que estão em seu corpo. Assim Judas não é abominado ou violentado, mas se desfaz no ar junto com seu mito de corpus histórico e faz com que a criançada espere um novo encontro no ano seguinte. Mas como a vida é produção contínua sempre é um novo Judas, uma nova noite, uma nova composição.

IMG_2722

IMG_2728

E para começar a noite alegre as crianças afinadas começaram uma encenação envolvendo Judas, Jesus, Madalena, os centuriões romanos e outros personagens bíblicos para que com os próprios diálogos das crianças, houvesse uma resignificação da história bíblica.

Aos poucos várias crianças iam chegando e encenavam a relação de Jesus com Judas, Madalena, com o povo e com os apóstolos. E assim a brincadeira envolveu diversos atores que entraram na cena pascal em suas atuações vívidas. Além disto algumas crianças também cantaram músicas de páscoa e

IMG_2711

IMG_2739

IMG_2746

IMG_2751

DSC00992

Depois da encenação chegou a hora da tradicional foto com o Judas. Neste ano também o jovem Judinha fez um grande  sucesso com a criançada.

A fotografia junto a Judas também é um recurso que diminui a raiva que existe na representação cristã de Judas, algo que não existiu em Cristo e nem em seus verdadeiros seguidores. Na foto com Judas e Judinha vemos a lembrança destes companheiros que aparecem na celebração da páscoa.

IMG_2783

IMG_2765IMG_2775

IMG_2783IMG_2757

DSC01009

IMG_2771

IMG_2787

IMG_2802

Chegou então a hora da transubstanciação do corpo de Judas em doces que trazem mais júbilo para as crianças. Aos poucos as crianças foram tirando a cabeleira de pirulito do Judas e se aquecendo para pegar os outros doces que estavam por dentro do companheiro.

Neste ano o Judinha apareceu como uma forma das crianças menores também poderem brincar tranquilos com um Judas pequenino. Então chegou o grande momento. Primeiro com o lançamento do Judinha.

DSC01020

DSC01022

Com todos os bombons recolhidos e o chão limpo novamente chegou a hora do Judas grande se encontrar com as crianças. Os maiores não viam a hora de entrar na brincadeira, e é claro também conseguir vários doces deixados pelo companheiro pascal.

DSC01026

IMG_2823

Depois de tantos doces e brincadeiras a grande hora do mata-broca pascal chegou e trouxe os afinadadíssimos sanduiches, biscoitos e a trufa de chocolate com castanha do Pará e de Caju  preparada especialmente pelo mestre chocolateiro afinado que esteve inspirado na festa de Jesus e Judas.

E assim a festa da Páscoa e da Malhação do Judas trouxe muitas atividades e produções, e no ano que vem Judas e Judinha voltam como o novo, assim como é a renovação de Cristo.

IMG_2849 IMG_2842 IMG_2789

MALHAÇÃO AFINADA DE JUDAS 2012

No último domingo o bairro do Novo Aleixo em Manaus se reuniu afinadamente mais uma vez em sua produção do afeto criança. Desta vez não foi voltado ao cinema Kinemasófico, mas a uma festa especial ao grande companheiro Judas Iscariot.

Acusado injustamente de ser o algoz de Jesus, é sabido do povo que Judas sempre foi um amigo de Jesus e quem assassinou Jesus foi o Império Romano e os judeus que queriam ele para rei. E neste ano não foi diferente. Judas foi chegando diretamente da Palestina, distribuindo seus bens no testamento, promovendo um encontro alegre e deixando o seu corpo fazer parte da festa e comunhão.

Antes da tradicional malhação de Judas as crianças participaram de uma série de atividades, brincadeiras e produções, sendo que a primeira delas foi a leitura dos bens de Judas que foram criados pelas crianças e dados aos amigos de Judas da forma: Ao meu amigo____, deixo como lembrança______…

Logo depois foi a hora de se tirar a foto com o amigo Judas que veio de tão longe para passar algumas horas com a criançada. E como o Judas de cada ano é um novo Judas, sempre as crianças podem ser outras também.

E a festa não pode parar. Depois de várias poses e fotos, o Judas colocou todo mundo em cena para que não se deixem ser colocado de lado de suas história e passem a serem atuantes em seu tempo e seu espaço, assim como não conseguiram apagar o Judas e seu evangelho.

ATUAÇÕES CENICAS JUDASAFIN

A criançada entrou em cena nas mais diversas representações. Primeiro delas que o palestino Judas sugeri foi de um dialogo onde um dos atores representaria ele, Judas, enquanto outro faria seu amigo Jesus. A dupla Vizinho e Tiago mostraram que assim como bons de break e de pião são também ótimos atores criando a conversa na hora… Quem é bom….

Outra encenação que Judas desafio era quem fazia a melhor cruz. Mas não podia ser uma cruz enterrada pela tristeza milenar criada a partir da dívida de Jesus levado a cruz por nós. A cruz de Judas tinha que ser criadora,uma cruz que se movimente e transforme.

E Judas decidiu tirar um sarro com os que acreditam na sua culpa e pediu pras crianças enforcar toda esta estória. E em cena os atores mandaram ver.

Por fim Judas pediu que fizessem a última encenação para ver quem era bom mesmo. E a cena tinha que sair divina e de uma criação poderosa, já que a cena é Jesus conversando com Deus nas montanhas.

MALHAÇÃO DE JUDAS

Por fim Judas deixou seu corpo cheio de muitos bombons e alegrias para a renovação pascoal e chamou para vir a si as criancinhas, primeiro…. E os pequeninos conseguiram tirar os braços e pegar vários bombons deixados por Judas.

Daí o Judas pode ser por fim disseminado e deixar toda sua alegria entre todas as crianças e renovar a festa em que ele e Jesus foram mortos. E seu amigo Jesus também continua sendo lembrado como o revolucionário que buscou condenar todos os homens a liberdade.

Por fim chegou a hora da distribuição do matabroca do Judas, que este ano veio da Palestina especial trazendo o bolo da resistência, a pipoca cristiana de todas as horas e o chocolate temperado pascoalmente que se multiplica e constroi em cada dia.

A MALHAÇÃO INTEMPESTIVA DO JUDAS CAMARADA 2011

foto

Dizem por aí as línguas maléficas – não pelo poder de causar malefícios, mas pela sua impotência em colocar qualquer tese – que a catártica brincadeira da Malhação do Judas no Sábado de Aleluia está se acabando. Quem diz isso é a ecolalia da mídia sequelada, porque nos bairros e comunidades a tradição continua tanto em sua forma ortodoxa quanto com novos elementos de atualização da festa do discípulo preferido de Cristo, o filho de Maria.

foto

E é nesse sentido de inovação que a Afin realiza todos os anos com uma garotada da zona leste de Manaus e outras áreas. A começar que o evento se realiza no domingo e não no sábado, o que não tem mesmo importância depois que um historiador descobriu que a última ceia não ocorreu numa quinta, mas sim numa quarta-feira. Para a moçada afinada quem faz a data é a afecção produtora da alegria de se encontrar com o Judas camarada.

foto

Pra começar, foi feita uma encenação improvisada na rua Rio Jaú por dois atores da Afin, mais a talentosa atriz Pollyana, que interpretou Maria Madalena e mais o Anderson e o Erick, que fizeram um centurião romano e uma criança respectivamente.

foto

JUDAS (Gritando de um lado) – Jesus! Jesus!

JESUS (Gritando de outro lado) – Judas! Judas!

JUDAS – Eu estava te procurando.

JESUS – Eu também estava te procurando.

JUDAS – Estão querendo me colocar contra ti.

JESUS – Já escolheram até a árvore onde deves te enforcar.

JUDAS – Eu sei.

JESUS – Estão propagando que vais me trair por 30 denários.

JUDAS – Que aqui no Brasil equivale a 30 reais.

JESUS – Uma revolução não vale 30 reais; vale a dignidade de um povo.

foto

MADALENA (Entrando) – Jesus! Vem nos salvar! Vem salvar teu povo!

JESUS – Eu vou salvar, mas não só eu. Eu vou com você, Madalena. Eu vou com você, companheiro Judas!

UMA CRIANÇA (Vindo da plateia) – Jesus, as crianças estão contigo.

JESUS – Então vamos todas as crianças, todas estas senhoras que estão aqui, toda a população, porque um povo revolucionário salva a si mesmo.

TODOS – Abaixo à tirania! Abaixo à tirania! Abaixo à tirania!

foto

Depois deste entendimento de uma verdadeira Páscoa como libertação, passou-se às brincadeiras envolvidas na ludicidade-judas, onde todas as crianças participaram, dançando, cantando, pulando, de acordo com os afetos que passaram sem bloqueio pela dor das paixões tristes ao livre movimento dos corpos.

foto
foto
foto

foto

Depois dessa movimentação toda, era hora de repor as energias com um desbrocante, também chamado mata-broca, um cachorro-quente preparado pela companheira Ana Cristina e a Bianca.

foto

Então veio o momento da malhação, que, como a Afin tem feito um trabalho pedagógico ano a ano de desmitificação e desmistificação da traição de Judas, assim como nada há de ver com Cristo quanto a uma vingança movida pelo ressentimento, a malhação se dá entre risos e gargalhadas, como uma brincadeira e não pelo ódio que move os impotentes.

foto
foto


E pra finalizar a festa, quando cada criança já tinha pegado um pedaço, uma peça de roupa do amigo Judas, além dos bombons e outras guloseimas que haviam em sua vestimenta, veio aquele sorvelito do Noelson e as bolotas de chocolate feitas pela Lucicleia e outros afinados.

foto

Numa Páscoa com essa produção alegre da liberdade, com um Judas companheiro desses é que a moçada Afin e toda a criançada vão tecendo os encontros para realizar uma outra cidade, um outro mundo possível. Valeu, manô!

foto

A MALHAÇÃO DO JUDAS CAMARADA 2010

De conformidade com que já vem mandando à tradição das crianças e adolescentes que compõem alegrias na sede da Associação Filosofia Itinerante (AFIN), na Rua Rio Jaú, N° 48, bairro Novo Aleixo, o Domingo de Páscoa foi além de pascoal. Foi, mais um domingo de encontro com o Judas Camarada.

Camarada, porque, ao invés de ser um simples ato muscular de desmonte do boneco que se passa pela indicação Judas, é uma composição lúdica, onde às crianças e os adolescentes distanciam o Judas, a-histórico, tido pela tradição dogmática como traidor, e passam à contracenar com o boneco por meio de diálogos, travessuras, além, é claro, de ter direito à fotos com o Judas Camarada.

Os percursos criativos das crianças e adolescentes, com o Judas Camarada, começam na apresentação dele para o público. Em seguida o público faz perguntas sobre o que ele traz de bom para platéia em seu Testamento, e ele responde. As respostas são dadas, algumas vezes, por um ator do Teatro Maquínico da Afin, ou por uma criança.


Depois o público faz varias perguntas sobre temas gerais. Como, qual seu time; por que a rua está esburacada, e cheia de mato, e lixo; quem vai ganhar as eleições para presidente – nessa Judas não vacila: Dilma! -; o que eles vão comer, e por aí vai.

Entrando em outra convenção, é a vez do Judas Camarada, fazer perguntas para a platéia. Perguntas como, qual a diferença dele, deste ano 2010, para o Judas de 2009; o que as crianças vão lhe dá de lembrança – em coro: couro! -; quem quer cantar uma música para ele, entre outras.


Em seguida, ocorre a apresentação dos bonecos criados pelas próprias crianças, com orientação artística do afinado-artista, Alci Madureira, também criador do boneco Judas, que esse ano, segundo às crianças, estava horrível, comparado com o do ano passado. Na apresentação dos bonecos as crianças mantém diálogos com a platéia seguindo tema do momento.

Chega, então, o primeiro grande movimento. A leitura do Testamento do Judas. Esse ano as crianças receberam envelopes com um bilhete onde o Judas Camarada, deixa escrito a lembrança que o seu amigo vai ganhar.

Exemplo:


Para meu amigo Guilherme (Guilherme, tem 4 anos).

Que o cinema é sua arte preferida

Deixo minha filmadora

Para filmar minha vida.

Depois do Testamento vem o momento lúdico-gastronômico, posto que criança brinca, mas precisa comer. Esse ano, além dos chocolates, teve especialidades da Afin. Uma bola-gigante transada pela geógrafa-atriz, Lucicléia, e dois bolaços de chocolates, transados pelo filósofo-economista, Anderson, acompanhado de refrigerante, nada das Colas. Tudo com direito à reprise. “É preciso comer para aprender e brincar”.


Barrigas cheias, hora das fotos para posteridade. Foram várias, como mostra o painel. Fotos com poses de quem tem intimidade com o Judas Camarada. O mais importante: ele atendeu todos. Em nenhum momento se sentiu chateado com tanta criança e adolescente. Que se diga, no momento, tinha mais do que nos dois anos passados. Prova que o Judas Camarada, está fazendo boas amizades.

Eis, que chegou o momento mais esperado. A malhação. “Afasta os menores que vai começar a porfia judalina”. Mas, já não era mais o Judas Camarada, era apenas o boneco de pano e de cabeça de isopor. Aí, o boneco voou no meio da arena. E tome correria, puxa pra cá, puxa pra lá, os menores já entraram, também, na fuzarca, todos querem uma parte do boneco, e o boneco, em sua santa disposição, aceita se oferecer, mesmo em pedaços.


E tudo terminou bem, como sempre ocorre quando são às crianças e os adolescentes quem comandam suas criações. Foi mais um ano de malhação-criativa. Ano que vem, mais encontro, porque o mais necessário é criar perceptos: novas formas de ver e ouvir. E criar afetos: novas formas de sentir. Para depois se construir novos conceitos existenciais. O que pode processar democracia.


Depois das crianças e os adolescentes rumarem para sua casas, ficaram os adultos da Afin, para realizar a faxina. Sem qualquer cansaço. Afinal, ia rolar um saboroso porco assado transado no mel e canela, acompanhado com umas geladas amargosas. “Pô, meu! A gente também ‘somo’ camarada do Judas Camarada, sacou, brother?”

PÁSCOA DO KINEMASÓFICO-CRIANÇA: MALHAÇÃO INTEMPESTIVA DO JUDAS

Malhação do Judas 01 por você.

Domingo, ao invés dos Planos Sequências Kinemasófico-Criança, o curso de cinema, e projeção de filme, as crianças realizaram uma festiva altercação sobre o sentido da Páscoa para além do já estabelecido como verdade imutável, principalmente com referência ao ato de malhar o Judas.

De acordo com cada inviduação, criada em seus percursos existenciais, as crianças alternaram idéias sobre a Sexta-Feira Santa, a Ressurreição, a Páscoa como passagem para o Novo, e Judas abstraído da concepção paulínea.

Malhação do Judas 03 por você.

Como o Judas trazia a legenda, “CORRUPTO, EU?”, elas trouxeram para o presente, em forma analógica, o ato de traição, atribuído pelos evangelistas à Judas, e que permaneceu no consciente coletivo como verdade. Neste deslocamento comentaram algumas formas de traição que, hoje, muitos realizam. Assim, encadearam a corrupção como forma de traição à democracia. Então, não deu outra: foram saltando nomes vários, principalmente de políticos locais e nacionais.

Malhação do Judas 02 por você.

Todavia, apesar da gana de querer trucidar o Judas, as crianças entenderam o elemento cultural-cristão de malhar o Judas/Boneco mais como uma manifestação festeira que propriamente uma vingança contra o apóstolo de Jesus, segundo Paulo. Entenderam que, em um cristão, a vingança é tão desprezível como qualquer traição. Além de que, não podiam transferir Judas de mais dois mil anos passados para o momento atual, para realizarem a vingança. E entenderam, também, que os propósitos de Judas eram outros, não religiosos, mas políticos.

Malhação do Judas 04 por você.

E assim, carregados pelas suas próprias vivências, tiraram fotos abraçados ao companheiro,Judas, brincaram, escutaram o Testamento de Judas, com seus bens deixados a todos presentes e ausentes, em contagiante alegria. Comeram, tomaram refrigerantes e, como a Páscoa é uma festa, e elas em seus devires, são festeiras, partiram para a malhação. Uma malhação muito difícil de ser realizada, destroçar o Judas, já que o bonequeiro, o afinado Alci Meu Bichinho Madureira, fez o boneco com roupas de tecidos grossos e costurou com linha 2. Elas penaram, parecia que era o Judas quem estava malhando-as. Penaram, mas conseguiram. E o que é que uma criança não consegue quando encontra-se livre da castração dos adultos?

Malhação do Judas 09 por você.

Vejam as foto, e lembrem dos bons e velhos tempos. Se sentirem saudade, façam festa. Como poderia afirmar o filósofo Epicuro: para filosofar e ser feliz não há idade.

Malhação do Judas 06 por você.

Malhação do Judas 05 por você.

Malhação do Judas 07 por você.

Malhação do Judas 08 por você.

Malhação do Judas 10 por você.

Malhação do Judas 13 por você.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Leitores Intempestivos

Juliana em CONVERSA COM A MARIA PADILHA D…
Anônimo em O CASUÍSMO DE FERNANDO HENRIQU…
Zeina Miranda Correa em EMPRESA DEGELO, ASSISTÊNCIA TÉ…
Luciana do nasciment… em CONVERSA COM A MARIA PADILHA D…
Elizandra gomes em CONVERSA COM A MARIA PADILHA D…

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,979,737 hits

Páginas

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930