Archive for the 'Esopo' Category

O SÁBIO FHC E A FÁBULA DO CONSELHO DOS RATOS

Saber é saber que se sabe! Fernando Henrique Cardoso parece insistir no fato de que sabe que não sabe. O Farol de Alexandria continua a pronunciar que “O Brasil está hoje sem rumo”, como forma de atacar os governos da presidenta Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula. FHC parece ser o guardião de um rancor tão grande que lhe impede de poder perceber todos os benefícios que a população brasileira alcançou nos últimos 9 anos com a conjunção de distribuição de renda e desenvolvimento econômico. FHC, assim, inocula a política na “má consciência” (Nietzsche), pois faz da política a ausência de alegria e a afunda na tristeza do julgamento.

O julgamento de FHC contra Lula e Dilma se deu na noite de domingo, em Belo Horizonte, em evento do tucanato. FHC disparou seu arsenal: “o que era interferência do partido no governo passou a ser norma”.  “O governo passou a se imiscuir em tudo, cooptando organizações. O nome disso ainda é democracia , mas ela tem arranhões, sufoca o município, sufoca os Estados”. Para FHC, a Petrobras e o setor elétrico são exemplos dessa ocupação do Estado e o “desastre é imenso”. “E a isso daremos um basta elegendo um novo presidente do Brasil”.

 Contudo, para se eleger este novo presidente do Brasil, FHC, antes de afirmar a prática da privatização como necessária para colocar o Brasil novamente no caminho certo, deixou bem claro que “Quem está no governo usurpou e deturpou o nosso projeto nesse momento”, acusando de fisiologismo o que se faz no governo federal atual.

Mas nada disso foi suficiente para apagar a principal meta, declarada por FHC, do PSDB para poder ganhar as eleições de 2014: o partido dos tucanos deve se aproximar mais do povo.

Sabemos o quanto esta aproximação com o povo em nada combina com a história do PSDB. Mas FHC tem seu trunfo na manga: uma candidatura “mais dinâmica e mais jovem”. Claro que já sabemos que FHC está falando de Aécio Neves, o autor desta fala no mesmo evento: “A agenda que está hoje no Brasil é a que foi proposta lá atrás pelo PSDB com a estabilidade da moeda, com as privatizações, com a Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Toda esta história nos leva a comparar a sabedoria de FHC para ganhar as eleições presidenciais em 2014 com a fábula do Conselho dos Ratos:

Sabe-se que em Esopo a seguinte narrativa fabulosa é contada:

Os Ratos resolveram organizar um conselho para decidir, qual seria a melhor alternativa, para que eles pudessem saber com antecedência, quando o inimigo deles, o Gato, estava por perto.

Dentre as muitas ideias apresentadas, uma delas, que logo foi aprovada por todos, considerava que, um sino deveria ser pendurado no pescoço do Gato. Assim, ao escutarem o tilintar do mesmo, todos poderiam correr a tempo para seus buracos. Além de gostaram do plano, todos ficaram extasiados com tão criativa solução.

E um velho Rato então questionou:

“Meus amigos, percebo que o plano é realmente muito bom. Mas, quem dentre nós prenderá o sino no pescoço do Gato?”

E nenhum voluntário se fez presente.

Não fosse FHC um enganador da velhice e deixasse toda a suavidade da experiência avançada lhe inundar de intrépida sabedoria, poderia ser ele o sábio velho a alertar os mais jovens tucanos que se aproximar do povo não é coisa tão fácil de fazer quanto é de falar. Mas FHC negando a sua velhice assim, parece negar sua sabedoria. Colocando por fim, todos seus camaradas de partido em perigo.

O próprio Esopo alerta: “Dizer o que deve ser feito é uma coisa, fazê-la, entretanto, é “coisa” bastante diferente”.

ADVERTÊNCIAS ELEITORAIS DE ESOPO

As fábulas de Esopo servem para variados entendimentos: moral, psicológico, social, religioso, etc. Entretanto, nesse tempo de eleições com candidatos anunciando qualidades pessoais que fogem as suas práticas com o fito de ganhar o eleitor incauto, um entendimento torna-se precípuo: o político. Desta forma, tomamos umas fábulas do fabulista grego para aplicar algumas equações referenciais que possibilitem mais clareza às anunciações desses candidatos.

1- Fábula: A Serpente Pisoteada

Uma serpente que era freqüentemente pisoteada foi pedir a Zeus que a ajudasse. Zeus lhe respondeu:

Se tivesse mordido o primeiro que te pisou, um segundo não teria feito o mesmo.

Se enfrentares os primeiros que te atacam, os outros te temerão.”

Interrogativas referenciais:

  • Neste momento, quem lamenta ter escolhido auxiliares errados?

R:…………………………………………………………….

  • Quem agora está sendo renegado por ex-aliados?

R:…………………………………………………………….

2- Fábula: Os Filhos do Camponês

A discórdia reinava entre os filhos de um camponês. Em vão, ele os exortava a mudar de comportamento; suas palavras não produziam nenhum efeito. Foi por isso que decidiu dar-lhes um lição na hora:

Tragam-me ― disse ele ― um feixe de gravetos.

Os meninos foram buscar. O camponês pegou os gravetos e os uniu num feixe compacto e pediu que eles o partissem. Apesar de toda a força que botaram, não conseguiram. O pai então desfez o feixe e deu a cada um deles um graveto. As crianças os quebraram com facilidade.

Vejam, meus filhos, o mesmo acontece com vocês: se forem unidos, não temerão seus inimigos, mas, se continuarem na discórdia, cairão na mão deles.”

Interrogativas referenciais

  • Quem é o camponês?

R:…………………………………………………………….

  • Quem são os filhos?

R:…………………………………………………………….

  • Quem é a união dos gravetos?

R:…………………………………………………………….

  • Quem são os inimigos?

R:…………………………………………………………….

3- Fábula: O Leão e o Touro

Um leão, que estava pensando em como dar cabo de um enorme touro, preparou-lhe uma armadilha. Convidou-o para comer um carneiro que ele tinha sacrificado aos deuses. Ele pensava se lançar sobre o touro assim que estivessem à mesa. Quando chegou, o touro viu muitos caldeirões e enormes espetos, mas nada de carneiro. Sem uma palavra,retirou-se. O leão repreendeu-o:

Não te fiz nada, por que vais embora assim sem dizer nada?

O touro, respondeu:

Tenho minhas razões: vejo que fizeram os preparativos não para um carneiro, mas para um touro.

As astúcias dos maus não atingem o homem sensato.”

Interrogativas referencias

  • Quem é o leão?

R:…………………………………………………………….

  • Quem é o touro?

R:…………………………………………………………….

  • O leão usa o animal carneiro para atrair o touro. Em uma campanha qual o referencial que se pode dar ao carneiro?

R:…………………………………………………………….

  • O que representam os caldeirões e os espetos referentes a uma campanha política?

R:…………………………………………………………….

4- Fábula: Zeus e a Serpente

Como Zeus ia se casar, cada um dos animais deu-lhe um presente de acordo com suas posses. A serpente, arrastando-se, foi até ele levando uma rosa na boca. Ao vê-la, Zeus exclamou:

Aceito os presentes de todos, mas de tua boca não aceito nada.

Cuidado com a bondade dos maus.”

Interrogativas referenciais

  • Quem é Zeus?

R:…………………………………………………………….

  • O casamento é o quê?

R:…………………………………………………………….

  • Quem é a serpente?

R:…………………………………………………………….

  • O que é a rosa?

R:…………………………………………………………….

  • Qual a referência, levar a rosa na boca que Zeus renega?

R:…………………………………………………………….

Moral de Esopo: Foi um escravo libertado. Que tal nestas eleições suas fábulas nos auxiliarem em nossa libertação democrática? Já que a única moral que serve ao homem é a moral que liberta.

ESOPO E OS HOMENS QUE NÃO MERECEM O HOMEM

O nó fundamental do homem: querer a certeza. Tresloucado, procura certeza para validar sua existência. Não sabe: a existência é justamente a incerteza. Não pára. Quer a certeza. Para isso tenta todo tipo de troca, só assim se conforta. Poder trocar sua existência, suas qualidades e seus objetos. Encontrar as equivalências destas notas ontológicas fora de si lhe faz seguro. O filósofo Baudrillard ironiza o pessimismo do homem, afirmando não existir outro mundo para ser trocado com nosso mundo, e o pensamento não pode ser trocado pela verdade e a realidade. Tudo é só em nós mesmos. O filósofo Nietzsche já havia admoestado: o homem não pode se considerar superior aos outros seres. Para que isso fosse possível alguém teria que vir de fora para lhe avaliar e o elevar a esta categoria que ele se auto nomeia.

A mais banal e estúpida tentativa de troca por semelhança que o homem procura realizar encontra-se em sua relação com os animais. Aí as comparações que faz com estes seres singulares. A lógica antropológica do homem e sua natureza. Percebendo a ridícula condição, Esopo mostra essa natureza humana em sua fábula: Os Seres Humanos e Zeus.

“Diz-se que os animais foram os primeiros a serem feitos. Uns se viram dotados pelo dom de força, outros de velocidade, outros ainda de um par de asas.

O homem, que permanecia nu, disse ao deus:

Só eu não fui aquinhoado com nada.

Mas Zeus lhe respondeu:

Não te dás conta do presente que te dei? No entanto, foste tu que recebeste o mais belo. Recebeste a razão, cujo poder é grande entre os deuses e os homens: quem pode mais e quem é mais rápido?

Reconhecendo que se tratava de um belo presente, o homem se inclinou e se afastou agradecido.

O deus honrou todos os homens dando-lhes a razão: mas alguns não se dão conta da honra que lhes foi concedida e preferem invejar os animais que não têm razão nem sentimento.”

Em seus cochilos antropomorfizantes, Esopo também invejou os animais: atribuiu aos mesmos sentimentos e atos humanos.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,016,431 hits

Páginas

agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031