Archive for the 'Economia' Category

QUANDO TEMER AFIRMA QUE “NÃO EXISTE CRISE ECONÔMICA” NO BRASIL ELE DELIRA DUPLAMENTE

temer_g20_2017_-_rogerio_melo_pr.jpg

Produção Afinsophia.

 O golpista-mor Temer, afirmou na Alemanha, entre outros corpos delirantes, que “não existe crise econômica” no Brasil. Uma afirmação que nos remete ao entendimento de dois tipos de delírios. Um delírio com conteúdo da economia política capitalista, e outro com conteúdo de sua estrutura-psicológica diante da realidade humana.

  Uma pessoa delira quando diante da realidade ela sobrepõe outra realidade. O que significa que diante da prova da realidade ela não consegue distinguir claramente a objetividade, como afirma Freud. Essa impossibilidade pode emergir de duas situações: como alteração psíquica interna e como medo da realidade. No primeiro caso o indivíduo retirou seus investimentos libidinais (narcísicos) da objetividade e realizou sua introvisão, fez voltar para si mesmo seus investimentos libidinais (narcísicos), como afirma Carl Jung. No segundo caso o indivíduo nega a realidade porque esta é muito dolorosa para ele. Daí sua fantasia. Na verdade, seu mecanismo de defesa para continuar acreditando que ainda existe como referente do real.

  Se Temer fosse uma pessoa estudiosa, poderíamos conferir com ele que “não há crise econômica”. Como ele não é nada estudioso, a não ser dos temas que lhe proporcionam ganhos, não podemos conferir veracidade à sua afirmação, já que o conceito real de crise é mudança, passagem, mutação e desterritorialização de códigos dominantes. Como o capitalismo é uma compulsiva tautologia, onde a perseguição-paranoica do lucro é sua realidade, não há crise, já afirmava Marx. Crise no capitalismo não passa de dificuldade de circulação de capital que gera o lucro do capitalista-burguês. Em verdade, dificuldade de interligar os estratos que compõem o sistema capitalista. Seus princípios, suas regras, suas normatizações.

   Assim, a afirmação de Temer de que “não há crise econômica” no Brasil é mentirosa, porque na lógica de crise econômica para o capitalismo, o dinheiro que deveria circular, sempre se desterritorializando pelos fluxos-financeiros, não ocorre. Daí o desemprego quase 15 milhões de brasileiro, a redução da produção, a inflação e outras situações provocadas e aceleradas por seu desgoverno.

   Na segunda forma de delírio, Temer, expressa claramente um quadro de dissipação da realidade provocado por sua estrutura psicológica calcada em corpos-ambiciosos-vaidosos que mostram sua insegurança diante do que lhe é adverso. Ele sabe, hoje, o que já sabia antes do golpe: que não tinha os corpos necessários para governar um país como o Brasil, mas sua ambição-vaidade pessoal estimulada por seus parceiros de golpe lhe pregaram a peça de que o mundo é aquilo que nós queremos que ele seja. Só que ele não sabia que é o mundo que se impõe a nós que o produzimos. E quando o mundo é perverso (como o mundo capitalista) a sua configuração só pode ser mudada coletivamente. Ou seja, ninguém, sozinho, pode dissipar o mundo para impor suas fantasias-individuais.  

  Síntese: o Brasil encontra-se em crise, assim como Temer também.

Anúncios

ROUBAR MILHÕES E ROUBAR UMA LATA DE SARDINHA EM TEMPOS DIFÍCEIS QUAL É A DIFERENÇA? COM A PALAVRA: TEMER, AÉCIO, GILMAR, DELLAGNOL, STF, OAB E MORO

A

 

Temer desiste de encontro com Gilmar e Aécio | Brasil 24/7

Produção Afinsophia

O dia 23, véspera de São João para Aécio Never foi de falsa alegria. Uma delas foi seu processo envolvido com a Odebrecht ter como relator o apolítico do PSDB, ministro Gilmar Mendes que matou no peito e disse: Deixa comigo esse trem mineirinho que essa é nossa. A segunda  alegria do indivíduo, do meliante senador afastado pelo STF foi o arquivamento do pedido de cassação feito pela Rede e pelo PSOL decidido monocraticamente pelo presidente da comissão de ética do Senado, senador João Alberto Souza (PMDB-MA), que para ele, não há “elementos convincentes para processar o senador”; “me parece que fizeram uma grande armação contra o senador Aécio”, declarou o amigo maranhense, que já rendeu inúmeras reações, como do senador Lindiberg Farias do PT que trabalha com a equipe jurídica para reverter esse arquivamento intempestivo, bem como reações da OAB e outros organismo jurídicos defensores da justiça e da vida contra o medonho.

A falsa alegria do senador, do ladrão, do indivíduo Aécio Never vai rolar pelos ares a partir de segunda-feira, quando, no STF, Rodrigo Janot der entrada no pedido de processo contra o coadjuvante e arquiteto do golpe contra Dilma, Michel Temer. O primeiro dublê de presidente a se tornar réu no Brasil.

Todos os golpistas estão envolvidos em roubo. E a Polícia Federal já concluiu que as gravações de Joesley Batista não foram editadas. O equipamento silencia e só funciona mediante os diálogos. A Folha de São Paulo poderá contratar quantas técnicos quiser para descaracterizar a gravação que não descaracterizará a insolência, a falta de ética, o desrespeito que foi o golpe que esses indignos homens cometeram contra uma presidente eleita democraticamente. O que fizeram foi um assalto, um atentado terrorista, um golpe.

Acusaram a presidente de pedaladas enquanto roubavam. E como viram que era fácil roubar, decidiram implementar o golpe que era para continuarem a roubar para si e ao mesmo tempo que, a mando do sistema capitalístico internacional, atendendo interesses norte americanos e outros mais, implementavam uma série de desformas a atingir direitos pétreos da classe trabalhadora como mudanças na Previdência Social, nas leis trabalhistas e na terceirização.

Dado o golpe e a Lava Jato a investigar só os membros do Partido dos Trabalhadores, a criar crimes para Lula e Dilma, esses ladrões tinham a ideia de paralisar “essa porra” (Romero Jucá) e com isso eles ficariam incólumes, protegidos. Só que os ladrões, a falsa máfia brasileira, do cada um por si e o diabo que leve o último perderam o controle e ai a casa caiu. Bastou a prisão do caranguejo.

E a perseguição contra Lula continuou. E as provas contra o comandante nunca apareceram. Só convicções, indícios.

Enquanto provas contra os ladrões estão aos montes. Mala com R$ 500 mil. Pedido de R$ 2 milhões de Aécio feito a Joesley Batista da JBS. Compra de prédio de um Jornal superfaturado em BH para beneficiar Aécio e o crime maior, inafiançável, que foi o golpe que esses ladrões deram na jovem democracia brasileira.

Tratar desse tema não é bom. Aécio já era. Temer não vai passar. Mas temos que falar sobre os mesmos porque se fosse um pobre que roubasse uma lata de sardinha para comer e dar de comer a seus filhos a gente miúda o trucidaria, incriminaria. É essa falta de consciência de classe que permite que ladrão da classe rica permaneça impune porque o roubo deles é corrupção. Só que os bancos (Bertolt Brechet) roubam o povo com suas cobranças de juros e o povo e seus clientes não questionam. Por isso, que é importante a tomada de posições, principalmente por parte da classe trabalhadora neste momento onde o desemprego e a insegurança política, social econômica provocada por esses ladrões precisa mudar. E a mudança virá com a tomada de consciência que é necessária a prisão de Aécio, Temer, Gedel, Moreira Franco e todos os golpistas para engordar a Papuda.

 

IVES GRANDA, PRESIDENTE DO TST, PROJETA EM VOCÊ, TRABALHADOR QUE NÃO DEFENDE SEUS DIRETOS

 

O presidente do Superior Tribunal do Trabalho (TST), Ives Granda, não precisa de apresentação quando se trata de defender as ideias mais reacionárias e antitrabalhista do capitalismo. Além de outras ideias ofensivas à democracia.

  Para não deixar o impulso conservador enfraquecer, ele ao participar de uma audiência conjunta das comissões de Assuntos Sociais (CAS) e de Assuntos Econômicos (CAE) no dia 10, no Senado, projetou a assertiva pessoal do que ele entende por trabalhador.

    “Se você começa admitir indenizações muito elevadas, o trabalhador pode acabar provocando um acidente ou deixando que aconteça porque para ele vai ser melhor”.

       Reage, trabalhador! Estão te tratando como crápula que tudo faz para se locupletar.

       Vídeo do site Justificando.

PREFEITO DE MANAUS ESTIMULA A PRODUÇÃO AGRÍCOLA URBANA: MORADORES PLANTAM BANANEIRAS NOS BURACOS QUE INFESTAM RUAS DO NÚCLEO 16, LOT. VITÓRIA E NOVO ALEIXO

IMG-20170513-WA0102[1]

O golpe de Estado jurídico, parlamentar, empresarial, norte americano e midiático que derrubou a presidente Dilma Vanna Rousseff eleita com 54.501.118 votos democraticamente vem impondo ao trabalhador brasileiro inúmeras consequências.

Os golpistas com as desformas que estão promovendo na área da Educação, previdência, trabalhista, na aprovação da terceirização e nenhum investimento que retome a volta do pleno trabalho e emprego faz com que o trabalhador brasileiro seja criativo. FHC foi o grande incentivador desse negócio. Enquanto ele, príncipe dos sociólogos comprava apartamento em Paris e em Higienópolis, na cidade de São Paulo, o povo percebeu que vender churrascos e outras iguarias era um grande negócio.

Nos anos de FHC nunca se vendeu tanto churrasco. Agora com o desemprego atingindo 14 milhões na era golpista, na cidade de Manaus, a população resolveu inovar. Deixaram o churrasco de lado porque a carne está muito cara. Os moradores do Núcleo, bairro Cidade Nova IV, Loteamento Vitória, Rua 7 e Rua 197 resolveram protestar contra o abandono da Prefeitura de Manaus que tem como prefeito do PSDB aquele que quis surrar Lula.

As ruas estão infestadas de buracos. Com as chuvas torrenciais dos últimos dias tem entupido bueiros, inundado casas e os esgotos estão despejando fezes e muito barro humano nas casas dos moradores que não suportam mais  o mal cheiro e o abandono que o poder público municipal legou aos cidadãos da terra de Ajuricaba.

Por isso, na tarde de ontem, dia 13 de Maio, para não esquecermos o golpista Salazar, na cova da Iria, Jesus aparece pra Virgem Maria na copa de uma bananeira que os moradores resolveram plantar nas ruas para chamar a atenção dos responsáveis dos serviços públicos e do mundo, porque é inadmissível que numa capital rica como é Manaus as ruas estejam nesse estado de calamidade.

Como a banana é uma fruta tropical muito consumida e a maior parte vem de outros Estados, os moradores resolveram investir nesse novo negócio implementando a política do III ciclo da era anacrônica de Arthur Neto.  Plantar bananeiras nos buracos do prefeito de Manaus, a  não-cidade. E o negócio é tão bom que já tem bananeira dando cachos. Em algumas ruas elas estão plantadas próximo ao acostamento como determina o código diretor da cidade, os moradores observaram esse critério, pois os buracos estavam nesses locais, noutros, não, como os buracos estavam no meio da rua lá foi plantada a pacovão. Há quem tenha até criado novos nomes de bananas: “Pracovão”. Não tem “Pracovinha”. As covas são grandes demais.

Os moradores da Rua 197 não só plantaram bananeiras como resolveram interditar o acesso à mesma amontoando geladeira velha, sofás, e muitos pedaços de paus.

Como já postamos aqui, a não cidade de Manaus é a cidade dos buracos. Os buracos são tantos que se um dia tivermos que ter túneis para metrô as construtoras quando deixarem de ser movidas a propinas para seus executivos lobistas, não vão ter muito trabalho. Por que os buracos comunicam-se entre si, como aparecem na peça do teatro maquínico da Afin “A farsa da verdade golpista”. Há buraco que vai do Jorge Teixeira IV até a Compensa, do centro até o Cemitério dos Índios, na Nova Cidade.

 

IMG-20170513-WA0104[1]

A cidade de Manaus nestes primeiros 5 meses da velha gestão do prefeito do PSDB está abandonada.

Para vencer a eleição contra o em fé zado, o candidato prefeito só falava em iluminação led. Manaus ia se transformar na cidade Luz, suplantaria Paris.

Para enganar analfabeto político, contratou várias empresas para tapar buracos. Era dia e noite as caçambas com asfalto a tampar buracos. Terminada as eleições esse serviço também acabou. Não se vê a bastante tempo nenhuma caçamba a carregar asfalto. O que se vê, são infiltrações nas grandes avenidas e os buracos a surgir a cada instante. Ora, na Torquato Tapajós, ora, na Paraíba. O morador desta não cidade deve ter muito cuidado porque a transitar por qualquer dessas ruas  pode ser sugado por uma cratera e ser despejado lá no Rio Negro ou no Solimões e ser engolido por uma piraíba ou por um jaú e ai “bau bau” dia das mães.

IMG-20170513-WA0105[1]IMG-20170513-WA0192[1]IMG-20170513-WA0228[1]

 

RESISTIR, SEMPRE, VERGAR, JAMÉ; 78% QUEREM CASSAÇÃO DE TEMER E 90% ELEIÇÕES DIRETAS JÁ!

Vagner Freitas

“A resistência de vocês é fundamental” – Dilma falando a Gregório Duvivier

Todo vergar simboliza submissão. Uma árvore não se verga ao vento. Ela compõe com o vento. Todo sorriso diante do opressor é sorriso opressor. Não podemos dizer que seja sorriso. O que é o sorrir? O que é rir? Rir é criar. Rir é entender o humor e com o sorrir refletir sobre a situação posta. Moro não ri frente ao tirano. O riso do escravo frente ao tirano escravo não é riso.

Isto posto nos leva a refletir sobre situação  política do Brasil neste momento. A nossa resistência, como disse Dilma é fundamental. Precisamos falar do que está acontecendo no Brasil toda hora. Precisamos denunciar as arbitrariedades e violências que se cometem por parte dos tiranos golpistas contra o povo brasileiro.

Por que o exército condecorou Moro? O que fez Moro para receber essa honraria? Quebrou com a economia, desenvolve uma perseguição seletiva contra Lula e o PT e por isso é condecorado. Um juiz não deve ser condecorado. Sua atitude de magistrado nada mais é do que sua obrigação. Julgar justamente. Não por convicção. Moro recebe prêmio da Rede Globo, Dória e agora do Exército, instituição nacional, que aparece em pesquisas com alto valor de reconhecimento. Só que com essa premiação entendemos que  compactua com o medonho.

As duas pesquisas publicadas pela Vox Populi/CUT e pelo Ibope demonstram que se as eleições para presidente fossem hoje, Luís Inácio Lula da Silva seria eleito em primeiro turno. Não teria para ninguém.

Duas situações dão respaldo a isso. A forma de governar de Lula e Dilma nos dois governos populares que empreenderam e que as políticas sociais adotadas beneficiaram o povo: Luz para Todos, por exemplo. Quem fez isso antes? Ninguém. A outra situação que está fazendo Lula manter o minarete apontado para ser tricampeão é a saga desenfreada da Globo, e demais mídias golpistas, empresários, e a justiça, que não é justiça brasileira que não julgou, não se posicionou diante do golpe (faz parte), da derrocada da economia, dos desmandos e roubos no país. Quanto mais “batem” em Lula, mais ele cresce na aceitação popular, porque a leitura que o povo faz do enredo é que ele representa a classe trabalhadora, como milhares, ele é contra tudo o que se está votando no congresso contra a classe.

A revista Carta Capital deste final de semana divulga mais informações da pesquisa da Vox Populi/CUT feita entre os dias 6 e 10 de abril com população maior de 16 anos de todos os Estados brasileiros incluído o DF com margem de erro de 2,2 para mais ou menos.

O destaque deste corte da pesquisa é que 78% dos brasileiros desejam a cassação do golpista Fora Temer e 90% querem eleições diretas já.

Tudo o que os golpistas vem impondo de mudanças prejudiciais ao povo contribui para esse quadro. O primeiro, claro. já foi o golpe que Dilma sofreu. Nesse golpe, atendendo interesses do capital, visava-se implantar o Estado mínimo. A PEC da morte é um exemplo, assim como o que Pedro Parente está fazendo na Petrobras e as investidas para controle da água doce de nosso país. Os interesses por terras na Amazônia é muito grande. E os interessados não são nacionais. São estrangeiros. E dentre os estrangeiros sobressaem representantes de grandes empresas. Os sistemas de vigilâncias da Amazônia nada mais são do que monitores de identificação onde estão nosso recursos minerais.

O cerco a Lula. Lula não é o proprietário do apartamento do Guarujá. 73 testemunhas, unânimes enunciaram que Lula não é o dono do apartamento. Léo Pinheiro está preso desde 2014. No seu primeiro depoimento inocentou Lula e por esse motivo inviabilizou sua delação. A procuradoria comandada por Delagnol e pelo juiz que não é das araucárias o deixaram preso. Leo Pinheiro quer sair do xilindró, Moro não tem provas para prender Lula, só convicção, a audiência de Lula é dia 03 de maio, precisa-se dessa prova, mas não há. O dia se aproxima, o Juiz de Brasília Vallisney de Souza quer ser mais rápido que Moro transformando Lula em réu. Há perseguição contra Lula, o Partido dos Trabalhadores e o povo.

Como diz o jornalista Josias de Souza “é desnecessária e arriscada a detenção de Lula”.

A situação do povo está muito difícil. Mais de 13 milhões de brasileiros estão desempregados. A fome e falta de dinheiro é grande. Ou paramos isso ou a derrocada nos levará ao buraco.

Por isso, o dia 28 de abril será muito importante: “A crise política só começará a ser debelada com novas eleições, e somente uma intensa mobilização popular, com os movimentos sociais e a população nas ruas, será capaz de antecipá-las”, enuncia Vagner Freitas, presidente da CUT, pois não temos como esperar do Legislativo qualquer solução. “Boa parte dos deputados e senadores que estão aí sabe que não será capaz de se reeleger em 2018, até pelos impactos da Lava Jato. Parecem negociar o fim de suas carreiras políticas.”

Todas as categorias de trabalhadores devem parar suas atividades, ir para as ruas, se manifestar, porque só assim nós derrubaremos os golpistas que nos impuseram tais mazelas. Resistir sempre, se vergar aos tiranos jamée.

PÁSCOA: A PASSAGEM DEMOCRÁTICA QUE CORTA O GOLPE

Construindo a democracia brasileira, e com um nome que continuará o desenvolvimento do nosso país. Lula pede passagem. Ele vem aí.

O golpe foi consolidado com a deposição da presidente Dilma eleita com 54.501.118 votos. Foi eleita, escolhida. Toda uma força antagônica da direita trabalhou para derrotá-la, mas uma força que saiu do povo venceu e a democracia brasileira em produção coletiva se construia tendo tiranos, golpistas a rondá-la.

Todas as forças progressistas apresentaram os motivos do golpe. Os interesses dos grandes capitalistas, de empresas nacionais e internacionais, governos, quebra de monopólios agiam para derrubar a presidente eleita pelo povo.

Neste momento não nos venha o dublê de presidente, Michel Temer tirar o corpo de fora, dizendo em entrevista numa emissora de televisão que um dos responsáveis pelo golpe foi o senhor golpista Eduardo Cunha quando não teve os votos que necessitava para escapar do processo de cassação na comissão de ética.  Isso foi uma das causas.

O dublê de presidente, como vice-presidente tramou. Ele queria o poder. Ele tramou o golpe. Muito antes, andava se queixando de isolamento. Tanto que escreveu uma carta se queixando da presidente. Ali estava uma das senhas para o golpe.

Outra desculpa está de que o golpe foi organizado quando a presidente da Petrobras Graça Foster demitiu todos os ladrões que operavam na estatal.

Agora se sabe que não é de hoje que interesses não republicanos operavam para quebra de monopólios da Petrobras e das telecomunicações estando por trás a Odebrecht e a Rede Globo de Televisão.

A Lava Jato iniciou a operação em em 2014. Muito do que está sendo revelado agora, que segundo Emílio Odebrecht questiona, porque não revelaram isso a 30, 20, 10 anos. A Lava Jato não tinha como revelar isso nesse tempo. Mas de março de 2014 para cá sabia de muita coisa. E por fazer parte do sistema jurídico do Brasil e aí capitaneado pelo STF não poderiam ter permitido que os brasileiros vivessem o que estão vivendo hoje. Desemprego, fome e o retorno da miséria.

O STF foi provocado, se pediu para interferir no que estava acontecendo e nada foi feito. Agora mesmo, com a divulgação das delações o STF e outros colegiados como Tribunais de Contas, CNJ estão ilesos. Para a ministra aposentada do STJ, Eliana Calmon, ratifica o que afirmou em 2011 de que havia bandidos escondidos atrás de togas, declara: “entendo que a Lava Jato pegará o Judiciário, mas só numa fase posterior, porque muita coisa virá à tona. Inclusive, essa falta tem levado a muita corrupção mesmo. Tem muita coisa no meio do caminho. Mas por uma questão estratégica, vão deixar para depois”, diz.

O judiciário nunca, nunca mesmo deve agir depois. O judiciário deve agir antes das injustiças serem praticadas. O golpe que a presidente Dilma Rousseff sofreu é um exemplo disso. O golpe teve o aval. O golpe foi presidido pelo Presidente do STF. Recursos chegaram ao STF para evitar o golpe. O STF impediu a posse de Luis Inácio Lula da Silva como ministro de Dilma Rousseff.

O golpe já aconteceu e as consequências estão ai. Inúmeros deputados, senadores que votaram a favor do golpe estão delatados por vários executivos de grandes empresas. Senadores, deputados, governadores que ganham eleições quantas disputam. Por quê?

Possuem muita grana. Recebem verbas oficiais, registradas no TSE. Recebem caixa 2 e por fora, sem nenhum registro há informações de mensalões, mensalinhos de acordo com o acerto entre o executivo, lobista e o candidato para facilitar favorecimentos em licitações e medidas provisórias.

A passagem para a democracia, a mudança, o novo só surgirá numa produção do povo. É necessário a compreensão de tudo isso, mas ir à práxis. E neste momento só temos uma saída. Eleições diretas para presidente da República, Senadores, Deputados Federais, governadores, estaduais, prefeitos e vereadores. Eleições para uma nova Constituinte e um reforma política que reveja, reavalie tudo de errado, de roubo, de corrupção que vivemos. É difícil acabar com esse mal, mas precisamos rever nossa forma de votar e escolher os homens que carregam novas formas de ver, propor mudanças para que nosso povo não sofra.

Isso só vai acontecer com a participação de todos. No dia 28 de abril de 2017 haverá uma greve geral contra todas as medidas que os golpistas já aprovaram e pretendem aprovar e corroborando conosco nessa caminhada estão todos os movimentos sociais, blogs sujos e a Igreja Católica que assumiu junto com milhões de brasileiros uma passagem democrática que corta o golpe.

 

MANAUS A NÃO CIDADE REFLETE SEUS POLITICOFASTROS E VIVE COM A BÁRBARIE: NOVAS DECAPITAÇÕES NO PRESÍDIO DO PURAQUEQUARA

Manaus é uma não-cidade, onde a violência parte dos seus senadores, com exceção de Vanessa Grazziotin e de todos os deputados federais que votaram a favor do golpe que depôs Dilma Vanna Rousseff, eleita com 54.501.118 votos.

Amazonino Mendes, o finado Gilberto Mestrinho e todos os seus prefeitos, junto com a classe empresarial nunca se preocuparam com o povo. A não cidade reflete essa dicotomia entre o poder público, o privado e seu povo.

A Zona Franca de Manaus foi a grande atração econômica criada pela ditadura para promover o desenvolvimento da região. Ficou só em Manaus. Não desenvolveu a cidade,  os municípios e nem os outros Estados da região.

A não-capital, despreparada, sem ordenamento nem políticas planejadas teve que conviver com os êxodos, com a chegada de muitas pessoas de todas as partes do Brasil, principalmente da própria região norte.

No período de 2003 a 2016 o governo federal com Lula e Dilma investiram muito no Estado do Amazonas e na não cidade. O que se construiu de moradias, de investimentos em educação foi tudo com verbas federais. Mas sem contrapartida do ente federado, temos a violência nas ruas e nos presídios. Isso coloca Manaus como uma das cidades mais violentas do mundo resultado da falta de políticas públicas dos governos que por aqui passaram e permanecem.

Manaus é uma não-cidade violenta. Cai por terra a ideia de que o brasileiro é cordial, hospitaleiro defendida por historiadores. Manaus é uma brutitude real. No primeiro dia de Janeiro, dia da paz,  a não cidade  brindou o país com um massacre na penitenciária Anisio Jobim.

Ontem, sexta-feira, dia 7 de Abril, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) divulgou que seis detentos da Unidade Prisional do Puraquequara foram mortos dentro da unidade e que a policia estava no local para reforçar a segurança. 

O que motivou as mortes ainda não foram esclarecidas. A Seap informou que uma vítima foi enforcada e a outra, decapitada.

Manaus virou a cidade da decapitação. Decapita-se presos nas penitenciárias e nas ruas desmembram corpos e colocam em sacos.

Se vê com isso a banalização da violência e o Estado e a prefeitura como não fizeram políticas de valorização da vida agora tem que conviver num permanente estado de guerra, colocando em risco a vida da classe trabalhadora.

Reafirmamos, Manaus é uma não-cidade, onde a violência toma proporções nazi-facistas e os dirigentes nos comandos políticos não tem políticas públicas para resolver a situação. Enquanto isso, o trabalhador tem que conviver com a certeza do assalto e da morte que regozija programas e jornais da manhã com sensacionalismo e falta de respeito pela vida.

A terra de Ajuricaba não merecia esse fim. Uma não-cidade onde os buracos são covas para enterrar seus filhos decapitados em presídios e nas vias públicas.

.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,051,453 hits

Páginas

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031