Archive for the 'Ditadura' Category

BREVES OPINIÕES SOBRE A ‘DEMOCRÁTICA’ DECISÃO DO STF EM AUXILIAR RENAN PARA CONTINUAR A DESCONSTRUÇÃO DO BRASIL

Resultado de imagem para imagens do supremo tribunal federal

Aqui apresentamos algumas opiniões de personagens envolvidos na produção da democracia no Brasil que hoje se encontra obstruída pela força deletéria dos golpistas que se irmanaram nos três poderes-hegelianos (os poderes que nascem da abstração-subjetiva negando a objetividade viva do povo) para satisfazerem seus interesses mórbidos – frustrações – de destruição dos direitos coletivos.

            Como não poderia ser diferente, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em apoiar Renan para que ele permaneça na presidência do Senado, mas sem poder ocupar o cargo de presidente da República, como se Temer fosse ser deposto antes da saída de Renan do cargo em fevereiro, levou várias personagens se manifestarem contestando tal decisão. Em síntese, para todos foi uma afronta cruel contra a democracia.

       Foi uma afronta imoral, não aceitável em um mundo humano, sem ser demasiado humano, pois é deste que sai a afronta, mas não é contra a democracia, já que a democracia não é um objeto, uma forma concreta, uma objetividade-fixa, algo que se possa atingir diretamente. A democracia é um processual, a vontade de potência, a virtú, o movimento real, o devir-contínuo que se move intensivamente como mutatio-renovatio como práxis e poieses. Portanto, nada imóvel, nada objetivo. Por essa ação constituinte não pode ser afrontada pelos golpistas que objetividades degeneradas, como poderia afirmar o filósofo Nietzsche.

     Vamos às opiniões.

     Sociólogo, Roberto Amaral – “O STF, outrora o guardião da Constituição, é o primeiro a ofendê-la”.

     Jornalista, Tereza Cruvinel – “STF salva Renan e completa-se bananal”.

     Jornalista, Marcelo Zero – “STF votou pelo fim da democracia”.

     Ministro do STF, Marco Aurélio – “Eu penso que nós poderíamos ter avançado como eu disse no voto no dia de ontem e que acabamos por endossar um verdadeiro deboche institucional. Isso está no voto, e ao partirmos para o famoso jeitinho brasileiro com a decisão, o Supremo saiu, ao meu ver, como instituição, última trincheira da cidadania, desgastado”.

    Economista, Ciro Gomes – “O Supremo se dobrou a Renan. Se achou uma saída vergonhosa. O episódio introduz a última variável de insegurança na crise: não contar com um judiciário firme. Estamos em estado de anarquia”.

   Jornalista, Luiz Nassif – “Como o Supremo conseguiu esquecer que uma ordem sua foi desrespeitada e manteve Renan Calheiros no cargo de presidente do Senado?

  Senadores – “Decisão do STF é acordão vergonhoso para votarem a PEC 55; não foi o Renan que ganhou”.

O RESPEITADO JURISTA INTERNACIONAL GEOFFREY ROBERTSON, ADVOGADO DE LULA NA ONU, DIZ QUE “MORO É UM JUIZ PARCIAL E QUE BUSCA AUTOPROMOÇÃO” E “É UMA FIGURA PERIGOSÍSSIMA”

         Um texto breve seguindo a brevidade do fato. O caso Sérgio Moro.

         Porém, antes do texto breve uma foto, divulgada pelo Mídia Ninja, que aurifica a harmonia dos justos.

O ilustríssimo e respeitabilíssimo jurista e advogado de Lula na Organização das Nações Unidas (ONU), o inglês Geoffrey Robertson, em palestra na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), entre outras afirmações sobre a conduta arbitrária do juiz Sérgio Moro contra Lula na Operação Lava Jato onde ele tenta de toda forma implica o eterno metalúrgico, afirmou que o juiz “é parcial e que busca a autopromoção.

 Para o ilustríssimo jurista, Moro, desenvolve verdadeira perseguição contra Lula que são observadas com decisões abusivas, como a gravação de grampos contra Lula e sua família, prisão coercitiva, além da gravação do presidente em conversa com a  presidenta Dilma e entregue a mídia que lhe apoia e lhe homenageia, a Rede Globo.

“Para deleite público, Moro entregou a gravação para a Globo em uma atitude extremamente política. Ele sabia que era ilegal gravar a Dilma e gravou assim mesmo. Um juiz que comete atos ilegais não deveria ser juiz. Algo assim nunca seria permitido em nenhum país civilizado.

Para mim, Moro é uma figura perigosíssima. Na Itália, por exemplo, Berlusconi, que deveria ser condenado, escapou da justiça. É perigoso quando juízes e promotores se tornam perseguidores.

Ele não entende qual é a ética do sistema judiciário. Nos Direitos Humanos Internacionais, há um princípio de presunção de inocência. Parece que isso não ocorre no Brasil. Moro criou uma expectativa de culpa. Na Europa, nunca se poderia afirmar antes do julgamento final. Por aqui, parece que é diferente.

Qualquer pessoa minimamente ilustrada em direito consegue chegar à conclusão de que Lula tem sofrido evidente agressões a direitos fundamentais”, analisou o ilustríssimo jurista.

Veja e ouça o vídeo da conferência e ative sua consciência democrática. Porém, veja a foto, divulgada pelo Mídia Ninja, que resume a harmônia dos justos.

 

 

DILMA, EM NOTA, REPUDIA A “PEQUENEZ” DOS GOLPISTAS PELA SUSPENSÃO DA VENEZUELA DO MERCOSUL. ESPERAR O QUÊ DOS OBSTRUÍDOS?

Resultado de imagem para imagens de dilmaA maioria da sociedade brasileira sabe que não se pode esperar qualquer ato de grandeza de golpistas. A única grandeza que eles praticam é a grandeza da estupidez. Obstruídos nos sentidos,na cognição e na ética não perpassam por eles qualquer corpúsculo de dignidade e inteligência. Vide exemplo o caso em que o golpista-mor pediu para que as famílias dos jogadores vitimados no acidente aéreo fossem encontrá-lo no aeroporto, como se ele fosse a figura mais ilustre do mundo. Um deus.

vene.jpgAgora, o entreguista Serra, como dublê de ministro das Relações Exteriores com várias delações na Lava Jato, impulsionado pela força de suas frustrações, onde o sintoma maior se expressa como contínuo derrotado ao cargo de presidente da República, usou de sua dor para suspender a Venezuela, primeiro país a se posicionar contra o golpe, do Mercosul. Ele chegou a afirmar que a Venezuela “aporrinha” o Mercosul.

Diante da violência diplomática – não esquecer que Serra é tão diplomata como os policiais que espancam manifestantes democratas – a presidenta eleita com mais de 54 milhões de votos, Dilma Vana Rousseff, publicou nota repudiando a violência internacional contra o país bolivariano classificando-o de “pequenez”. Também não esquecer que a “pequenez” inclui os governos da Argentina e Paraguai. O primeiro reacionário com tendência nazifascista. O segundo derivado de um golpe que serviu de modelo para as direitas do Brasil.

Leia a nota.

A decisão de suspender a Venezuela do Mercosul, anunciada pelos governos do Brasil, Argentina e Paraguai, é um ato e precedente perigoso e irresponsável pois compromete a convivência entre as nações da América do Sul.

Só faz política externa com porrete e ameaças um país imperial. Nação democrática tampouco desrespeita a soberania de um país-irmão.

A justificativa para a retaliação é inconsequente porque dos 41 acordos dos quais é exigida a adesão da Venezuela, o próprio Brasil não ratificou pelo menos cinco deles. Outros países do Mercosul também não adotaram algumas dessas normativas.

A suspensão é um recurso extremo e inadequado. No entanto, não se pode esperar muito do governo ilegítimo que usurpou o meu mandato por meio de um golpe parlamentar travestido de impeachment.

A medida mostra a pequenez do governo do Brasil diante das exigências da América Latina.

AVILTANTE O DELÍRIO DE TEMER, QUE POR MEDO DE VAIAS, QUER QUE FAMILIARES DOS JOGADORES DA CHAPE O ENCONTRE NO AEROPORTO. PAI SE REVOLTOU DIANTE DA INDIGÊNCIA DO GOLPISTA

Resultado de imagem para imagens da bandeira da chapecoense

Resultado de imagem para imagens de temer

  Não precisa ser filósofo nem psiquiatra para saber que, em relação à democracia, todo golpista é traspassado por corpos atavicamente patológicos. O que significa que eles não são instituídos de princípios ontológicos do mundo humano que torna todo estar-no-mundo, de cada indivíduo, reflexo da simpatia e da empatia universal. O compromisso histórico da Existência.

           Daí que não há que se esperar de golpista inteligência e ética em suas condutas. A inteligência que confirma a transformação contingente do existir em compromisso de escolha humana em liberdade, já que o homem é livre, com afirma o filósofo Sartre, para escolher sua existência comprometida e responsável por seu projeto histórico. Sabe-se que todo ser vivo é inteligente. E a demonstração maior é o seu conatus, seu perseverar na vida, como diz o filósofo Spinoza. Uma planta, uma formiga, todos às espécies, compõem suas vidas com outras vidas, e assim se mantém no processual natural.

         Porém, a inteligência humana, em função de sua produção cultural, passou a ser entendida como o que é apresentado como resultado de conhecimento institucional, como as determinadas pelas instituições de ensino, principalmente superior. Ledo despropósito, porque se trata de inteligência instrumental dirigida a um objetivo determinado pelo Estado através de suas instituições. O que não implica a vivência ética.

      Por isso se encontra pessoas inteligentes e éticas que não experimentaram qualquer escola, visto que ética não é um princípio derivado da prática de um curso. Embora seja possível se encontrar pessoas com curso superior com condutas éticas. O que não é o caso dos golpistas, já que a ética é prática composta com a inteligência. Inteligência e ética se constituem em um corpo só.

       O caso do golpista Temer é próprio de quem tem a inteligência concedida pela instituição universitária, divorciada da inteligência e da ética como vivência saída expressada como princípios ontológicos do mundo humano. Com medo de ser vaiado na cerimônia fúnebre aos jogadores da Chape, ele pediu que os familiares fossem encontrá-lo no aeroporto. Um delírio de grandeza que aviltou os familiares parentes dos mortos. Temer delira que é alguém de magna importância para o Brasil ao ponto de tentar ser ele o homenageado. Os familiares deveriam ir ao aeroporto para receber as honras dele. Logo ele, que é a figura mais detestada no Brasil atual. Claro que com coadjuvantes do mesmo naipe.

        Diante de tal aviltamento delirante, vários familiares se mostraram indignados, como foi o caso pai do zagueiro Felipe Machado, Osmar Machado.

       “Eu não vou de jeito nenhum. Ele que tem que vir aqui. Você acha que eu vou deixar o meu filho e vou lá dá um abraço nele só porque ele é presidente? Não eu não vou.

          Qual é a importância que vai um abraço nele para mim. Eu acho até uma falta de respeito dele ficar. Eu acho que ele teria que vir aqui participar, ficar aqui com nós. Agora o que ele tem de importante que ele vai esperar nós no aeroporto. Por que ele é presidente?

         Qual é o motivo que eu tenho para ir ao aeroporto? Receber um consolo dele? Eu acho o fim do mundo até esse tipo de… não estou acreditando que isso seja verdade”, analisou a situação aviltante Osmar Machado.

          Fatos não se comparam. Só os ingênuos fazem comparações. Porém, é possível fazer uso da imaginação. Por tal, não custa nada imaginar: se fosse Lula presidente?

 

DEPUTADO AFONSO FLORENCE, DEPOIS DA AMEAÇA DOS PROMOTORES EM DEIXAR A LAVA JATO, DISSE QUE “NÃO DÁ PARA CHANTAGEAR A OPINIÃO PÚBLICA”

Afonso Florence

  É simples entender, mas impossível acatar.

   Os promotores da Lava Jato queriam que os deputados tirassem do texto da proposta das 10 Medidas contra a corrupção a parte em que pede punição quando juízes e membros do Ministério Público cometerem abusos de autoridade. 313 deputados não acataram o pedido, já que como funcionários públicos devem receber o mesmo tratamento que outros agentes.

    Os promotores da Lava Jato não aceitaram a decisão e prometeram deixar a operação como protesto à decisão dos debutados. Diante da ameaça descabida, em função do seu grau de corporativismo-infantilizado, o deputado líder do Partido dos Trabalhadores, Afonso Florence, citando ilicitude cometida por membros da Lava Jato ao gravarem e divulgarem conversas entre a presidenta Dilma e o ex-presidente Lula, rebateu a ameça que para ele pode esconder motivações pessoais que cometeram atos ilícitos ou pretendem cometê-los.

      “Não dá para querer chantagear a opinião pública. Nós somos os legisladores. Eles (procuradores) usam os instrumentos aprovados no Congresso e sancionados pelo presidente da República. A todos cabe a responsabilidade, de acordo com suas atribuições.

        Ou cometeram ilícitos ou pretendem cometer e não querem ser submetidos às sanções previstas, porque o que foi aprovado é para ser aplicado em juiz e promotor que fugiram à regra da Lei e cometeram ilícito. O debate tem que ser feito de forma explícita. As regras estão aí para serem respeitadas. Ninguém pode ter privilégio e ser isento de investigação e responsabilização”, analisou o deputado.

       Não esquecer que os promotores, na pessoa de Dallaganol fez lobby na Câmara Federal para que o interesse da corporação fosse atendido. É ele um dos que se mostra mais atingido com a decisão dos deputados. Logo ele um promotor temente a Deus. 

ENQUANTO FORA (TEMER) OS MANIFESTANTES ERAM VIOLENTADOS IRRACIONALMENTE PELA POLÍCIA, DENTRO, ÀS ABERRAÇÕES APROVAVAM MAIS UMA VIOLÊNCIA CONTRA A CONSTITUIÇÃO

Não podia ser diferente. Sete meses de desmandos no Brasil promovidos pelo que há de mais indigente politicamente e mais degenerado eticamente, os golpistas continuam muito bem imobilizados em suas psicopatologias antidemocráticas.

Dando seguimento ao que foi iniciado com a expulsão de Dilma Vana Rousseff, do posto de presidente, eleita com mais de 54 milhões de votos-democráticos, que introduziu o país em uma perversa subjetividade expressada cruelmente como forma de violência contra a sociedade civil, os golpistas do Senado se cumpliciaram aos golpistas da Câmara Federal que votaram pela PEC 241, a filha bastarda do golpista-mor, Temer. Por 61 votos a favor, os antidemocratas senadores aprovaram, em primeiro turno, a PEC 55. Levando para o dia 13 a votação em primeiro turno.

Dia 13 eles, que só se desmobilizarão com a queda do chefe Temer, irão novamente oferecer ao povo brasileiro o indigno espetáculo promovido por quem representa a pior indigência política  que já se apossou (grilou) do Congresso Nacional.

Enquanto Renan, ditatorialmente, impedia a presença de pessoas nas galerias, fora (Temer) a polícia fazia com prazer e denodo o que sabe fazer quando estimulada por um chefe ditador: violentava os diretos da sociedade civil, movimentos sociais, estudantes, sindicalistas e outras entidades de se manifestarem democraticamente contra a violência antidemocrática promovida pelos golpistas do Senado.

Agentes infiltrados, bombas, balas de borracha, gás de pimenta, cassetetes, murros, chutes, todos os instrumentos que a polícia sabe fazer uso quando para cumprir ordem irracional. Resultado: várias pessoas feridas e algumas presas.

“Os trabalhadores mostraram que são capazes de resistir e lutar para manter seus direitos e evitar perdas. Temos a votação do 1° turno e sabemos que a manifestação, mesmo reprimida, foi grandiosa. Os vários movimentos sociais já se organizam para a votação durante o 2° turno da proposta. Nossa intenção é deixar claro que vamos reagir”, disse Graça Costa, secretária das relações de trabalho da CUT.

Para o deputado Paulo Pimenta, pelo teor da violência extremada, a ordem deve ter saído do Palácio do Planalto, através de Alexandre de Moraes da Justiça. A inferência de Paulo Pimenta decorre da forte semelhança da violência praticada em São Paulo, contra manifestantes, no tempo em que ele era secretário de segurança do Estado.

“Acredita-se que a ordem de ataque possa ter vindo do Palácio do Planalto, por meio do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, já que a operação que ocorreu nesta tarde em Brasília conteve muita violência, semelhante às ações da Polícia Militar de São Paulo, quando Moraes era secretário de segurança de Geraldo Alckmin”, observou ode deputado.

Veja as fotos e veja e ouça os vídeos para sentir e entender como é importante sua consciência política-democrática.

 

COM AS CENAS DE ESTUPIDEZ EXPLÍCITA PRATICADA PELA POLÍCIA CORRENDO MUNDO, TEMER, COM SUA INTELIGÊNCIA RISÍVEL, TACHOU DE “VANDALISMO” AS MANIFESTAÇÕES. TENTATIVA DE DISSIPAR O REAL

Resultado de imagem para imagens de temer

Temer já mostrou várias vezes que não é uma personagem dotada de uma cultura convincente. Sempre que se expressa não pode controlar o incontrolável que é o seu ser risível de tratar assuntos que não tem qualquer intimidade intelectiva. Junte-se a essa realidade de seu caráter de golpista então se tem alguém que causa cócegas. Mesmo em alguém que não tem riso frouxo.

Diante do crescente desejo da sociedade brasileira em vê-lo fora do poder, por ele e sua gangue usurpado do povo brasileiro, quando expulsaram Dilma Vana Rousseff da presidência da República, a compulsão por querer se explicar à sociedade como forma de defesa se tornou praxe. É aí que ele se mostra em sua total realidade: inteligência risível.

 No domingo foi aquele escabroso espetáculo histriônico-midiático que provocou riso coletivo coadjuvado por Renan e Rodrigo Maia. Os três tentaram defender o indefensável: que não queriam o que queriam: anistia para o Caixa 2, e assim, livrar os corruptos na Lava Jato. Sarro geral. Quem viu, como diz o poeta Belchior, “gozou de tanta emoção”.

Agora, sem saber nada sobre os vândalos, a não ser o adjetivo pejorativo usado pelos apedeutas políticos, tachou de “vandalismo” as manifestações promovidas pela consciência política nacional, e que foi reprimida violentamente por sua polícia. Uma forma de deslocar a realidade vista e testemunhada pela sociedade brasileira.

Mas o que ele não afirmou à sociedade, é que o verdadeiro vandalismo, no significado pejorativo usado por ele contra o conceito político-maquínico de vândalos, como afirmam os filósofos Deleuze e Guattari, ocorreu no Senado promovido por seus cúmplices golpistas.

É essa contínua tentativa de dissipar o real que faz Temer uma figura risível e desimportante para o povo brasileiro. Risível no sentido debochado, é claro.  


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,835,906 hits

Páginas

dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031