Archive for the 'Ditadura' Category

DIANTE DA COMPULSIVA, OBSESSÃO IDEIA FIXA DE MORO, EM ACATAR DENÚNCIA MÍSTICA DE DANLLAGNOL, ADVOGADOS DE LULA REBATEM A ARBITRARIEDADE E CHAMAM O JUIZ DE MENTIROSO

 Lula.jpg

Diante de todo o histórico de perseguição e violação às garantias fundamentais pelo juiz de Curitiba em relação ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não causa surpresa a decisão por ele proferida nesta data (20/9/2916) determinando o processamento da denúncia protocolada pelo Ministério Público Federal em 14/9/2916.

Nem mesmo os defeitos formais da peça acusatória e a ausência de uma prova contra Lula, como amplamente reconhecido pela comunidade jurídica, impediu que o referido juiz levasse adiante o que há muito havia deixado claro que faria: impor a Lula um crime que jamais praticou.

Esse é um processo sem juiz enquanto agente desinteressado e garantidor dos direitos fundamentais. Em junho, em entrevista, o procurador da República Deltan Dallagnol reconheceu que ele e o juiz de Curitiba são “símbolos de um time”, o que é inaceitável e viola não apenas a legislação processual, mas a garantia de um processo justo, garantia essa assegurada pela Constituição Federal e pelos Tratados Internacionais que o Brasil se obrigou a cumprir.

Na qualidade de advogados do ex-Presidente, apresentamos uma exceção de suspeição (5/7/2016) – ainda não julgada – e temos convicção nos seus fundamentos. Esperamos que a Justiça brasileira, através dos órgãos competentes, reconheça que o juiz de Curitiba perdeu sua imparcialidade para julgar Lula, após ter praticado diversos atos que violaram as garantias fundamentais do ex-Presidente.

Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira

INTERROGATÓRIO DE DELCÍDIO MOSTRA COMO A LAVA JATO FORMA SUA CONVICÇÃO

 

  Artigo escrito pela honesta e inteligente jornalista Cíntia Alves.

 Jornal GGN – Na sexta, dia 16 de setembro, o Estadão publicou no Youtube o vídeo do último depoimento do ex-senador Delcídio do Amaral à Lava Jato. Este vídeo serve como um bom exemplo de como a força-tarefa usa a “teoria do fato” para colocar Lula no topo da pirâmide de toda a corrupção existente no plano federal. A teoria foi tratada em artigo de Luis Nassif, aqui noGGN, nesta segunda (19).

Em “Xadrez do não temos provas, mas temos convicções” consta a seguinte definição da teoria: “Antes de começar a investigar os investigadores montam uma hipótese de partida, e apegam-se a ela como se fosse matéria de fé. Julgam que qualquer correção da rota inicial poderá ser interpretada como erro. Insistindo na narrativa inicial, acabam forçando a barra, minimizando informações que não a confirmem, e forçando a busca de evidências que a reforcem.”

No caso de Delcídio – principal delator da Lava Jato contra Lula – essa “forçada de barra” está estampada na maneira como o representante do Ministério Público Federal conduz o interrogatório. 

Em diversos momentos, o interrogador não aprofunda denúncias que fujam de Lula – inclusive as que remetem ao governo FHC – e, quando faz perguntas sobre o ex-presidente, é sempre com a intenção de confirmar que ele sabia de tudo o que o ocorria na Petrobras, desde o início, e que a distribuições de cargos tinha um objetivo claro: arrecadar dinheiro para partidos

 

De acordo com o Estadão, o depoimento ocorreu em parceria com a Procuradoria Geral da República, onde há investigações sobre organização criminosa e obstrução de Justiça envolvendo Lula.

Delcídio chamava o procurador constantemente de “doutor Januário”, que pode ser Januário Paludo. Segundo o portal do Ministério Público Federal, ele integrou a equipe da Lava Jato em Curitiba, coordenada por Deltan Dallagnol, e agora atua como “colaborador”. 

O INTERROGATÓRIO

A primeira coisa que doutor Januário quis saber de Delcídio, dado seu protagonismo nos anos Lula e Dilma, foi a maneira como o governo foi configurado para acomodar aliados políticos a partir de 2003. Foi quando o ex-senador tentou explicar o impacto do mensalão (AP 470) no processo.

Segundo Delcídio, para facilitar a compreensão, o governo Lula precisava ser dividido em “duas etapas”. “Primeiro, quando começa o governo, o PT e partidos que apoiaram Lula desde o início – PL, PDT, PCdoB – eles, nos primeiros dois, três anos de governo Lula, tiveram protagonismo grande dentro da estrutura de cargos não só da Petrobras como de todo o governo. No caso específico da Petrobras, existia à época dois diretos, Renato Duque e depois o Nestor Cerveró. O Rogério Manso, que era diretor de abastecimento de Fernando Henrique Cardozo, continuou [mexendo com refinarias, oleodutos, comercialização de combustíveis]. Aparentemente era estranho que um diretor de abastecimento do governo FHC continuasse no governo Lula, mas houve acordo na época, com Antonio Palocci, no sentido de que Manso fosse mantido.”

O doutor Januário não quis saber detalhes do acordo para manter o ex-diretor de FHC na Petrobras. Prosseguiu questionando se já nos idos de 2003, os partidos que recebiam diretorias na estatal sabiam que podiam usá-los com “objetivos arrecadatórios”. É quando Delcídio volta a insistir na divisão do governo Lula em períodos antes e pós-mensalão, e deixa dois pontos bem claros: 

1. A corrupção passou a ser “sistêmica” quando o PMDB entrou na jogada, para dar sustenção ao governo na crise do mensalão.

2. O esquema de pagamento de propina de empresários interessados em obter contratos vultosos já existia antes da chegada do PT ao poder.

Disse Delcídio: “Há duas etapas muito claras. Na primeira fase do governo, não havia essa movimentação ou essa operação do ponto de vista de estrutura de campanha. Podiam existir situações episódicas, mas não era operação sistêmica. Isso aconteceu de 2005 para cá, aí sim os diretores passaram a exercer protagonismo político e gerencial muito mais intenso que na primeira etapa. E porquê eu faço esse registro, se o senhor me permitir…”

Neste trecho, Delcídio foi interrompido pelo procurador, que sentenciou: “Mas era sabido, desde o início do governo, que os diretores nomeados deveriam arrecadar dinheiro para os partidos que sustentavam a base. Isso era sabido por quem? Essa é a pergunta.”

Delcídio respondeu e, a partir daí, passou a colocar suas falas nos trilhos que levam a Lava Jato a Lula.

“Nesse início”, comentou, “isso [o esquema na Petrobras com fins arrecadatórios] era muito restrito. Era um grupo muito pequeno que tinha conhecimento ou ação sobre esse processo. O senhor viu que pela configuração que praticamente toda a diretoria da Petrobras [no início do governo Lula  era puro-sangue, do PT. Era muito restrito à estrutura maior partidária e evidentemente à própria presidência da República e à presidente Dilma, que era ministra de Minas e Energia. Tudo passava por ela também. Quando houve esse movimento…”

O procurador novamente interrompeu para saber “quem fazia parte desse grupo restrito?” que tinha conhecimento de que o PT usava a Petrobras para formação de caixa dois de campanha.

“No caso do PT, era o presidente do partido à época, e o tesoureiro, que era o Delúbio [Soares]. Lula participou ativamente dessas definições todas. A ação de Lula na Petrobras foi mais intensa, não só sob o ponto de vista da arrecadação, mas porque a Petrobras foi usada na agenda de desenvolvimento.”

Depois de listar Dilma, Lula, Delúbio e José Genoíno (que assumiu a presidência do PT após José Eduardo Dutra ser alçado ao comando da Petrobras), Delcídio ficou alguns segundos em silêncio e se corrigiu sobre Dilma: “Não sei se Dilma participou ativamente das indicações [dos cargos], não posso garantir, mas ela poderia presumir o que estaria por trás das indicações. Mas não sei se ela tinha total ciência da amplitude das ações dos diretores nomeados. Acredito que ela presumia.”

“Havia então essa indicação, já no início do governo, de intuito arrecadatório. Assim: propina, é isso?” Lula, então, sabia do que acontecia desde o início, questionou mais uma vez o procurador.

Delcídio, então, tentou concluir sua tese a respeito do impacto do mensalão no governo Lula. Disse que somente após a crise é que Lula admitiu que a ideia de José Dirceu de levar o PMDB para a base aliada do governo seria essencial a sobrevivência do mesmo. Inclusive para evitar um processo de impeachment. Quando PMDB e PP ganharam espaços antes ocupados por indicados do PT é que se “escancarou” a corrupção na estatal.

“Aí a máquina opera para atender partidos importantes da base para garantir a dita governabilidade. As coisas ficam mais escrachadas”, disse.

Mas emendou, em seguida, que “essa questão de arrecadação na Petrobras não vem desse governo. Vem de outros. Esse governo sistematizou e colocou as diretorias a serviço de partidos da base para garantir a sustentabilidade política do governo. Por que chegou a esse nível? Não só por razões políticas, mas porque a Petrobras foi usada como vetor de desenvolvimento do País. Entra o discurso do pré-sal, do modelo de partilha, do discurso do petróleo é nosso, não à privatização, do conteúdo nacional, das construções de estaleiros. Criaram um volume de projetos na companhia que ela se tornou a grande arrecadadora.”

Em suma, é pela importância dessa agenda para o sucesso do governo que Delcídio supõe que o ex-presidente sabia de tudo o que ocorria na Petrobras. “A Petrobras no governo Lula era espécie de ícone na estrutura de governo. Então merecia atenção especial e atuação particular dele no processo.”

E seguiu assim o diálogo:

Procurador: De que forma Lula comandava esse processo. Através de quem?

Delcídio: Na verdade, ele conversava com certa frequência com os diretores e o presidente. Eu tive muito pouco contato, estive em poucas reuniões. Mas quem fala com o presidente da República é o presidente da Petrobras, que não responde ao Ministério de Minas e Energia.

Procurador: E como se dava o processo arrecadatório de propina?

Delcídio: Isso era o partido que executava. Evidente que ele [Lula], como conversava com outros partidos, tinha acompanhamento em tempo real de como os partidos agiam na Petrobras. Ele tinha ciência. Não entrava na execução, mas ele sabia o que estava acontecendo.

Para sustentar sua tese, em outra passagem, Delcídio disse que as substituições na Petrobras ocorriam quando as lideranças partidárias informavam seus interesses ao chefe da Casa Civil. “Este agendava reunião com Lula para discutir os temas. Petrobras não tem como não passar pelo presidente.”

Tanto que Lula tinha conhecimento de quanto cada diretor arrecadava”, aponta Declídio, no caso do PT. Dos outros partidos, uma ideia dos valores, até porque ele conversava com os empresários. Ele tinha uma noção pelo tamanho dos negócios, mesmo não tendo detalhes.”

Delcídio, nesse depoimento, também qualificou o Petrolão como um esquema com o objetivo de “perpetuar o PT no poder”, exatamente como fizeram os procuradores da Lava Jato na denúncia contra Lula no caso do triplex.

O procurador só se deu por “satisfeito” quando Delcídio comentou os episódios do mensalão, da ameaça do impeachment de Lula e estendeu a corrupção sistêmica do PT e aliados para outros setores, como o de energia, com o PMDB reina desde que chegou à base aliada. O mesmo argumento foi usado pelo MPF quando da criação da “propinocracia”.

                   Veja e ouça o vídeo do interrogatório de Delcídio.

POLÍCIA DO PSDB DE GERALDO TEMER ALCKIMIN, DO MINISTRO DA JUSTIÇA, VOLTA A ATUAR COM QUE LHE É SUA MARCA: BRUTITEZ

:

A manifestação de mais de 100 mil pessoas ontem na capital paulista surpreendeu todos organizadores do evento como Guilherme Boulos que esperavam 30 mil manifestantes e muito mais ainda o títere Temer com seus 40 e 50 baderneiros quebradores de carro. Da China, Henrique Meireles, ministro golpista disse: “número bastante substancial de pessoas”.

O evento político-cívico desde o seu início às 16 horas no vão do MASP, na Avenida Paulista transcorreu dentro da maior tranquilidade.

A avenida foi lotando e depois das falas os organizadores decidiram ir ao Largo da Batata, região central de São Paulo.

No percurso carros, ônibus e motos passavam conduzindo policiais militares. Haviam alguns enfileirados que acompanhavam a manifestação.

Toda a manifestação transcorreu dentro da maior tranquilidade.

Foi só chegar no Largo da Batata que o couro comeu.

A polícia recebeu os manifestantes com tiros, bomba de gás lacrimogêneo, spray de pimenta e muito cacete, e cacetete.

Os brucutus não respeitaram crianças, idosos. Quem não tinha tomado bando levou uma enxurrada de água de um caminhão pipa que esperava os manifestantes.

Vídeo: Alckmin bombardeia senador!

Participavam da mega manifestação promovida pela Frente Brasil Popular, Movimento Povo Sem Medo dentre outras entidades, políticos como Eduardo Suplicy, que na correria perdeu a carteira porta cédulas, Senador Lindenbergh Farias, perdeu o celular e levou muito gás lacrimogêneo pela frente, ex-ministro da Ciência e Tecnologia Ricardo Amaral levou um tiro com bala de borracha no braço. Se não estivesse com uma camisa de mangas compridas teria fraturado-o. Estiveram por lá também Luiza Erundina, vereadores, deputados estaduais e muita gente. O povo.

"Ministro" de Temer foi quem massacrou em SP

A polícia barbarizou. Pôs pra correr quem participava do evento e aqueles que tomavam uma cerveja nos bares próximos. Isto aconteceu com o professor de tênis Valdemar Paixão, 56 anos. Valdemar estava sentado em um bar na região, quando as bombas começaram e ele teve que sair correndo. “Eu estava em um bar. Começaram a soltar bomba e gás lacrimogêneo, começou a arder os olhos. Acho que devia ter paz, senão o Brasil nunca vai andar para a frente”, afirmou para a Rede Brasil Atual. 

Outro relato: As bombas assustaram muitas pessoas. Entre elas, a estudante Ana Luiza Parra Spinola, 18 anos, que passou correndo pela reportagem da Agência Brasil ao lado de seu avô Geraldo Spinola. “Meu avô tem 90 anos. É a primeira vez que ele vem a um protesto. A gente tinha acabado de chegar. Moramos aqui perto e viemos porque estava pacífico. Eles jogaram bomba e meu avô tem dificuldade de locomoção”, reclamou a estudante. “Somos contra o golpe. Só estamos pedindo um governo legítimo.“Eles [policiais] querem causar a imagem de que nós, manifestantes, somos os ruins. Mas eles que começam”, ressaltou a estudante também para RBA.

Essa polícia que foi treinada pelo atual ministro da justiça Alexandre Moraes não veio para brincar. Ela está assumindo o que Temer o golpista falou na sua primeira reunião ministerial. Nada de ser chamado de golpista. Quando lhe chamarem de golpista reaja – diga golpista é você que não cumpre a constituição. Não leve desaforo pra casa.

A polícia que é treinada para isso não conta até 40. Manda ver.

Antes da manifestação ela prendeu logo de imediato 26 jovens que foram levados para o DEIC e que ficaram incomunicáveis com familiares e não foi permitido contato com advogados durante toda a noite.

Para tratar dessa brutidez, o senador Lindenbergh Farias, o deputado Paulo Teixeira e demais movimentos que lutam pela volta da democracia no Brasil, diretas já, nenhum direito a menos, contra a deposição de Dilma Vana Rousseff  organizaram uma entrevista coletiva na sede do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo para se posicionarem contra a onda de violência que está ocorrendo no Brasil a partir da capital paulista. O senador Lindbergh Farias, junto com outras pessoas e entidades peticionarão aos órgão direitos humanos da OEA denunciando a brutuculência da polícia golpista de Geraldo Temer Alckmin.

Só um lembrete. Nas manifestações pacíficas, ordeiras tem que se prestar muita atenção para os infiltrados da direita, da polícia e os black blocks que se aproveitam dessa manifestações para mostrar suas taras e perversões com isso objetivando prejudicar politicamente as manifestações contra os golpistas.

NOSSOS INIMIGOS DIZEM: É UM MOVIMENTOZINHO; NÓS DIZEMOS É A MULTIDÃO CONTRA TEMER E TODOS OS GOLPISTAS DA DEMOCRACIA BRASILEIRA

IMG_5143.JPGÉ o sétimo dia consecutivo que o povo está nas ruas de todo o Brasil protestando contra o golpe jurídico-partidário-midiático praticado pela classe rica brasileira contra a democracia do Brasil sem respeitar os resultados das urnas que impôs ao candidato derrotado Aécio Never fragorosa derrota em 2014.

Ontem, sábado, dia 03 de setembro de 2016, centenas de pessoas compareceram à Praça São Sebastião, na Zona Centro Sul da não cidade de Manaus, para expressarem seu descontentamento contra o golpe de Estado e manifestar posição firme de seguir protestando contra o desgoverno golpista até sua queda.

IMG_5049.JPG

Estiveram participando da manifestação representantes e filiados de partidos políticos como PT, PCB, PSOL, PSTU, Movimentos Sociais, Sindicatos de diversas categorias, O Grupo de Dança Maracatu, a Associação Filosofia Itinerante – AFIN, dentre outras instituições contrárias à brutitude que vive o Brasil no momento atual.

IMG_5173

Nas falas das representações todos foram unânimes em refletir sobre o atual momento vivido por nosso país. Foi falado sobre o que significa um desgoverno comandado pelo PMDB, PSDB, DEM e demais aliados ao golpe contra a classe trabalhadora e contra a soberania do nosso país.

IMG_5141

Didaticamente ouve quem explicasse que o golpe veio para parar a Lava Jato e vender, privatizar o Pré-Sal e todas as grandes empresas que dão lucro no Brasil. Mais, o principal objetivo dos golpistas é retirar direitos trabalhistas como 13º salário, férias, promover a reforma da previdência, aumentar a idade mínima da aposentadoria para 70 anos, acabar com o Minha Casa Minha Vida, ENEM, PROUNI, PRONATEC, Mais Médicos, cancelar o repasse de 7 bilhões para o Norte Nordeste investir em infraestrutura e aumentar os turnos de trabalho.

IMG_5146.JPG

Foi lembrado também que o golpe de Estado que a democracia brasileira sofreu e que a presidenta da República foi deposta teve a participação direta de todos os deputados Federais do Amazonas: do maior corrupto do Brasil segundo Sérgio Machado, Pauderney Avelino, Conceição Sampaio, Hyssa Abraão, Artur Bisneto, Alfredo Nascimento, Marcos Rota, Silas Câmara e Henrique Oliveira. Os senadores golpista foram são: Eduardo Braga e Omar Aziz. A única representante do Amazonas e defensora intransigente da democracia e da presidenta Dilma Vana Rousseff foi Vanessa Grazziotin. 

IMG_5121

Vários manifestantes ao mencionarem o nome dessas aberrações e na proporção que eram citados um coro em uníssono como numa ópera de Heitor Vilas Lobo ecoava rumo ao Teatro Amazonas assim: Golpistas, golpistas, golpistas. Fora Temer, fora Temer. Diretas já. Golpistas, fascistas, não passarão!

IMG_5073.JPG

Houve também pedido para que os amazonenses acompanhem e protestem contra a onda de violência que as polícias de São Paulo, Rio Grande do Sul e outras cidades vem cometendo contra os manifestantes contrários ao golpe de Estado.

IMG_4982.JPG

IMG_5148.JPG

O grupo Maracatu apresentou várias músicas com temas alusivos ao golpe de Estado e fez uma encenação tendo como referência os deputados e Senadores do Amazonas que são golpistas.

IMG_5084.JPG

IMG_5056

IMG_5197.JPG

IMG_5046.JPG

IMG_5147.JPG

IMG_5159.JPG

IMG_5189IMG_5197

IMG_5113De Paris, passando pelo Vaticano onde ontem o Papa Chico condenou o golpe e disse que o Brasil vive momento triste, contradiz o timoneiro da nau golpista de que somos 40 a 50 pessoas, um movimentozinho. É um movimentozinho, mas que está em toda parte, inclusive na não cidade de Manaus. É bom que os inimigos do povo pensem assim, e falem assim mesmo, porque é este povo que é capaz de promover mudanças, e principalmente, elas ocorrem quando:

A Rosa Vermelha desapareceu.

Para onde foi, é um mistério.

Porque ao lado dos pobres combateu

Os ricos a expulsaram de seu império.

(Epitáfio 1919 – Bertolt Brecht)

IMG_5052

 

NOSSOS INIMIGOS DIZEM

Em tempos de golpe mais um poema de Bertolt Brecht

Nossos inimigos dizem: A luta terminou.

Mas nós dizemos: Ela começou.

Nossos inimigos dizem: A verdade está liquidada.

Mas nós dizemos: Nós a sabemos ainda.

Nossos inimigos dizem: Mesmo que ainda se conheça a verdade

Ela não pode mais ser divulgada.

Mas nós a divulgamos.

É véspera da batalha.

É a preparação de nossos quadros.

É o estudo do plano de luta.

É o dia antes da queda

De nossos inimigos.

Nossos inimigos são todos os anticristos deputados,  senadores, ministros do STF e dos colegiados de justiça, da imprensa golpista, “jornalistas” sabujos  que perseguem, difamam pessoas honradas em defesa de seus interesses e de grandes impérios do capital internacional.

Nossos inimigos estão, hoje, no senado iniciando o julgamento de uma presidenta digna e honrada. Uma presidenta que não cometeu nenhuma ilicitude. Uma presidenta que nunca apareceu em nenhuma delação. Não possui dinheiro roubado e posto em conta no exterior. Uma presidenta que só pensou no bem do povo. Uma presidenta que possibilitou mudança de vida para milhares de cidadãos brasileiros.

Mas hoje, ladrões, corruptos, miseráveis moral e eticamente se arvoram no papel de juízes para condenar uma pessoa inocente.

Nossos inimigos estão dizendo que o golpe se constitui de legitimidade porque está sendo presidido pelo presidente do STF e que a presidenta irá se defender, por isso é legítimo.

Neste golpe nada é legítimo. Legítima foi a eleição da presidenta Dilma. Seus mais de 54,5 milhões de votos a colocaram no Palácio do Planalto para um mandato de 4 anos. A presença do ministro presidente do STF legitima o golpe, afirmam as mazelas golpistas. Os abraços e sorrisos do presidente do senado e do STF  e a promessa de votação do aumento salarial dos ministros do STF para depois do golpe é o pagamento da fatura como vários jornalistas, pensadores já afirmaram.

Mas a luta não terminou, como disse Bert Brecht. Lá na Colômbia, depois de 50 anos as FARC chegaram a um armísticio com o governo colombiano, chegaram a um acordo de paz. Nós estamos indo por outro caminho para chegar ao dia da queda de nossos inimigos.

A judicialização do golpe está só começando. Antônio Anastasia, corrupto amigo de Aécio, o derrotado, introduziu novos fatos no processo. Ele deve voltar à Câmara dos Deputados. Mas os golpistas, inclusive a representação da justiça maior que preside o golpe concorda com os detratores da democracia. Eles  acusam os senadores defensores de Dilma Rousseff de chicanas. Os senadores estão defendendo uma mulher digna. Eles rasgarão a Constituição Federal, mas na OEA e nas ruas o mandato da presidenta será defendido. O golpe não sairá barato. Aguardem ladrões e corruptos.

Nada de afagos a corruptos Lindbergh, Vanessa, Paim, Gleisi. Eles não são dignos de nós. Nenhum papo com ladrão, corrupto, mendicante, sabujo, sujo, ignóbil, pilantra, usurpador, golpista, canalha, medroso,  temente a deus, defensor da moral e dos bons costumes, defensor da família, do pai, da mãe.

Fora com tudo o que não presta. Fora Temer e todos senadores golpistas do Brasil. 

HOJE TEMER TREME E MALDIZ ZEUS

:

Sobre o suicídio do refugiado W.B.

Fiquei sabendo que você levantou a mão contra si mesmo/ Antecipando-se ao carrasco./ Depois de oito anos no exílio, observando a ascensão do inimigo/ Finalmente, levado a uma fronteira intransponível/ Você atravessou, segundo dizem, uma que era  transponível./ Os impérios desmoronam. Os chefes de cangues/ Circulam por aí como estadistas. Os povos/ Já nem podem ser visto sob tantos armamentos./ De modo que o futuro está na escuridão e as forças do direito/ São fracas. Tudo isto estava claro para você/ Quando destruiu um corpo torturável. (Bertolt Brecht)

:

Hoje, 5 de agosto de 2016, iniciam no Brasil mais uma olimpíada da era moderna. Quando a cidade do Rio de Janeiro venceu suas concorrentes quem governava o país era Luis Inácio Lula da Silva e o feito foi comemorado por todos os brasileiros. Naquele momento, na comitiva de Lula,  em Copenhague, na Dinamarca, estava o sabotador que hoje será trolado em todos os cantos do país, mas incisivamente no Rio de Janeiro no estádio do Maracanã.

temermanegarrincha

Estádio Mané Garrincha, jogo Brasil e África do Sul. Imagem que a Globo não divulgou.

Antes, porém, das vaias ao sabotador, queremos nos reportar sobre o surgimento, de forma rápida, sobre os jogos olímpicos. O primeiro aconteceu no ano de 776 a.C. quando um cidadão da cidade de Olímpia chamado Corobeu venceu a primeira corrida de 190 metros de distância, disputada contra seis outros concorrentes. O fato interessante da corrida é que ele despiu-se e correndo nu, poderia melhorar seu desempenho.

Durante 40 anos os jogos foram realizados em Olímpia e possuí sua raiz na mitologia grega ligada ao herói Hércules, filho de Zeus, que forçado a executar um trabalho forçado (dos doze dos quais foi condenado); limpar o estábulo de Audias, rei de Elis. No término, ele promoveu os jogos em Olímpia onde o escultor Fídias construiu um templo dedicado a Zeus, pai de Hércules, no ano de 440 a.C e os jogos foram a partir daí para homenageá-lo. Na era moderna, no ano de 1896, Pierre de Frédy, o Barão de Coubertin, passou a promovê-lo e passou a ter a dimensão capitalista que vemos hoje em dia.

Um dos objetivos dos jogos é promover a paz entre os povos. Mas, isso nem sempre foi possível. Atitudes não políticas em algumas delas estiveram presentes. Na Berlim, de 1936, o  Chanceler, Adolf Hitler, saiu do estádio e não participou da premiação do atleta negro norte americano vencedor de 4 medalhas de ouro, Jesse Owens. Em 1972, na cidade de Munique, o grupo palestino Setembro Negro matou 11 atletas judeus. Os Estados Unidos boicotaram a olimpíada de Moscou.

E, hoje, no Brasil vivemos uma situação semelhante as mencionadas acima. Temos um país ao pé de uma guerra civil por conta de um golpe de Estado jurídico-partidário-midiático.

temer-preocupado

Um governante, um estadista, querido por seu povo, na abertura de um grande evento internacional que será assistido por bilhões de pessoas não era para estar preocupados em utilizar sistema de som para abafar vaia contra si na hora de sua fala de 10 segundos e também não é para um ministro golpista, Eliseu Quadrilha, segundo o finado Antônio Carlos Magalhães andar fazendo ameaças para quem protestar contra a olimpíada e contra o sabotador.

Casa Brasil recebe o "Fora Temer"

Os golpistas estão tão apavorados que entendem que podem proibir o povo de se manifestar. Não entendem os golpistas que “povo é, segundo Michel Hardt e Antônio Negri, uno. A população, naturalmente, é composta de numerosos indivíduos e classes diferentes, mas o povo sintetiza ou reduz essas diferenças sociais a uma identidade. A multidão, em contraste, não é unificada, mantendo-se plural e múltipla. Por isto, segundo a tradição dominante da filosofia política, é que o povo pode governar como poder soberano, e a multidão, não. A multidão é composta de um conjunto de singularidades – e com singularidades queremos nos referir aqui a um sujeito social cuja diferença não pode ser reduzida à uniformidade, uma diferença que se mantém diferente.” Hardt, Michel e Negri, Antôno. Multidão, Record.

Como controlar então, as formas de manifestações desse povo que desde antes de 17 de abril vem se manifestando, protestando contra esse golpe de Estado.

Hoje, os golpistas não terão trégua. O povo vai se manifestar. O povo vai mostrar para o mundo o que está acontecendo no Brasil. Hoje Temer vai tremer, assim como todos os seu ministros golpistas e seguidores. Um evento que era para estar sendo festejado por todos é causador de uma cisão entre legalistas e golpistas. Sendo os legalistas a sua grande maioria. O golpe de Estado, hoje, diferente de 1964 que não teve tanques e militares prendendo opositores, temos um desgoverno cometendo crimes irreparáveis se não for contido, como por exemplo, a venda do pré-sal e privatização da Petrobrás. E vai além, um governo golpista que vai modificar toda a legislação trabalhista estabelecendo 12 horas de trabalho, fim das férias, 13º salários, FGTS, aposentadoria para homens só a partir dos 75 e 70 para mulheres, fim do Fies, Prouni, Minha Casa Minha Vida, Lei das Cotas, incentivo a terceirização, entrega da Casa da Moeda um de seus comparsas.

É contra tudo isso, que o povo, no Maracanã e nas cidades brasileiras e especialmente no Rio de Janeiro que recebeu manifestantes de todo o território nacional se manifesta vaiando essa anomalia, que sem voto, junto com o PSDB, PP, DEM e demais estão golpeando Dilma Vanna Rousseff, a democracia e a soberania brasileira.

Temer abre a Olimpíada

Mas, não será fácil aceitar isso. O povo não dará trégua para golpistas. Ou os senadores que pretendem votar a favor do golpe mudam seus votos ou eles entrarão para a história como golpistas, golpistas, golpistas e aquela festa na Dinamarca que se estendeu pelo Brasil não se transforme num enorme pesadelo contrariando princípios olímpicos.  

 

GOLPISTA TEMER AO AFIRMAR QUE ESTÁ PREPARADÍSSIMO PARA AS VAIAS NA ABERTURA DA OLIMPÍADA NO MARACANÃ CONFIRMA QUE NÃO ENTENDE NADA DE ESPORTE. JAMAIS VIU E OUVIU UMA MANIFESTAÇÃO DE GOL DAS TORCIDAS DO URUBU E DA GAVIÕES

Brasil. Rio de Janeiro, 05 de agosto de 2016. Abertura dos jogos olímpicos. Jogos que se revestem de um simbolismo especial. Disputa que o mundo ocidental propagou a partir da Grécia e envolve a maioria dos países do planeta Terra numa competição onde cada atleta exige o máximo de seus limites para conseguir a vitória, a medalha e os louros na coroação.

Nós, brasileiros, sempre assistimos os jogos realizados nos outros países. Na Espanha, em Barcelona, na China, na Rússia, na Inglaterra, nos Estados Unidos, com ou sem boicote. 

Agora que o maior evento esportivo terráqueo se realiza em solo tupiniquim, depois de todo um trabalho do presidente Doutor Honoris Causa de importantes Academias como Salamanca, na Espanha, do empenho e dedicação de Dilma Vana Rousseff, às portas da abertura do evento nos deparamos, no país, com um golpe de Estado político-jurídico-parlamentar-midiático que tira os principais executores do trabalho de preparo, construção de todos os ginásios, centros de treinamento, cidade olímpica, junto com os trabalhadores, é claro, de fora da abertura.

A presidenta Dilma Vana Rousseff disse que como coadjuvante não comparecerá porque o seu lugar é de honra, pois foi eleita por mais de 54,5 milhões de eleitores e é a presidenta do povo brasileiro, por se tratar de golpe de Estado o que Temer praticou não comparecerá, assim como Lula e nenhum outro ex-presidente da República do Brasil.

O usurpador Michel Temer falou nesta sexta-feira (29), em entrevista ao Grupo RBS, do Rio Grande do Sul, que está “preparadíssimo” para ser vaiado na abertura da Olimpíada. Ele disse que tem de cumprir o “dever institucional” de estar presente no evento.

“Estou preparadíssimo para as vaias. No Maracanã, como dizia o Nelson Rodrigues, se vaia até minuto de silêncio. Estou preparadíssimo, não tenho a menor dúvida disso. E tenho de cumprir esse dever institucional. Aliás, eu soube que os ex-presidentes nem vão. A brincadeira é que eles estão reservando as vaias só para o presidente”,disse.

O golpista fará uma declaração protocolar de 10 segundos na abertura dos Jogos Olímpicos.

A brincadeira. Vaia é brincadeira? A Vaia é cobrança, é protesto, é contestação, é negação, é reação. A vaia que o usurpador vai receber é muito mais que cobrança, protesto, contestação, é política. O usurpador vai ser vaiado porque chegou ao Jaburu tramando, sordidamente. Sem escrúpulos. Jarbas já tinha dito que golpista não tem escrúpulos. Só que nesse dia as vaias políticas vão dizer que não aceitam degenerados e ai, sim, estará marcada sua queda, pois é dos estádios que se pode analisar a popularidade de um político profissional. É nos estádios que se vê quando o político é querido ou odiado. São Bernado do Campo, no seu Estádio, Vila Euclides, durante a ditadura em plena greve dos metalúrgicos do ABC, lá pelos idos de 1981 ouviu e aplaudiu aquele que viria a ser o maior presidente do Brasil.

E ainda falando em vaias. Elas também vêm lá da Grécia. As vaias que ocorriam nas dionisíacas. Nas apresentações das peças teatrais. Quando o povo via que uma tragédia era que nem um governo golpistas protestavam, vaiavam, atiravam ovo, tomate, banana, batata, uva, abacaxi, pera, maçã, abacate, tucumã, buchada de bode e tudo que tinham a mão. E é isso que o povo brasileiro vai fazer nesse dia de agosto. Será um heleno-brasileiro denunciando um desgoverno golpista.

O evento vai ser transmitido para todo o planeta Terra. O golpista ao afirmar que está preparadíssimo para os apupos desconhece o que é duas das maiores torcidas do Brasil gritando gol de seus times: Urubus e Gaviões. Além de ser ensurdecedor, inexplicável, o golpista vai mostrar para o mundo que ele é uma anomalia e que num momento de confraternização, que na Grécia, as guerras eram cessadas durante a competição, na abertura dos jogos o mundo verá que no Brasil a guerra contra os golpistas, a ditadura do judiciário brasileiro vai está só começando, porque agosto inúmeras manifestações de ruas irão acontecer até a votação do golpe no Senado da República.

Divulgou-se que o impostor, em vez de ir sozinho ao evento levará a prendada do lar, filho, sogra e mais uns 47 convidados. O mordomo de conde Drácula podia evitar vexame para essas pessoas, porque quando a galera, vaiar no estádio, essa vaia não é só ali, mas em todo o Brasil onde há pessoas comprometidas com a democracia, com a soberania e contra a venda de poços de pré-sal como se anunciou ontem  que Raimundo Parente, ministro do apagão, já está cometendo esse crime que vai além do que Paulo César Costa roubou.

E para iniciar nossa vaia a Temer e todos os golpistas começamos por aqui. Fora Temer!

 

 

 


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,776,381 hits

Páginas

setembro 2016
D S T Q Q S S
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930