Archive for the 'CUT' Category

SEGUNDO A PESQUISA CUT/VOX POPULI, TEMER É ISSO AÍ E AQUI: O PIOR PARA O BRASIL

Resultado de imagem para imagens de temer

            Pesquisa realizada pela CUT/Vox Populi, entre os dias 10 e 14 de dezembro, e publicada ontem, com 2500 pessoas, sendo a primeira depois do vazamento das delações que apontam Temer e seus golpistas no esquema de propina, apesar da proteção concedida pela mídia golpista, também autora do golpe, revela que Temer teve uma subida de desvalorização de seu desgoverno em todos os quesitos.

         Temer aparece na opinião dos pesquisados nos piores lugares. Uma demonstração de que a mídia acéfala que pretende ser a consciência do povo, não tem esses poderes. Se tivesse, o povo teria Temer na mesma consideração que ela tem: um “líder do Brasil” ou o “brasileiro do ano”. O povo, desde o golpe, percebeu que os golpistas não tinham quaisquer condições sensorial, intelectual e ética para governar o Brasil. Além dessas aberrações com as quais ninguém pode ser tratado como racional e social, trata-se uma usurpação de um governo eleito com mais de 54 milhões de voto que concretizaram Dilma Vana Rousseff como a responsável governamental pela democracia.

        Vejamos os patamares de Temer saídos das observações que a CUT/Vox Populi afirmaram como responsáveis pelas belas posições do golpista-mor.

     – Somente 8% avaliam como positivo o desgoverno de Temer. Devem ser os que participam no desgoverno e os golpistas que invejam e odeiam Dilma e a democracia.

     – Falta de legitimidade.

     – Impopularidade do governo do PMDB.

     – Agenda recessiva reprovada pela maioria do povo brasileiro.

  Vamos à opinião do povo que a Rede Globo e suas congêneres não conseguiram dissipar.

     – Para 55% dos brasileiros o Brasil vai piorar. Para os nordestinos a piora de é 71%.

     – 70% acreditam que o desemprego vai aumentar.

     – 55% avaliam negativamente seu desgoverno.

     – 49$ acreditam que o combate à corrupção vai piorar.

     – 87% rejeitam a reforma da previdência.

     Vagner Freitas, presidente nacional da CUT, fez sua análise sobre a pesquisa que confirma que o povo brasileiro já concretizou o Fora Temer. Faltam só às eleições diretas.

         “A agenda golpista é pior do que o confisco da poupança feita pelo Collor. Não é com arrocho, desempregos e o fim das aposentadorias que o Brasil vai sair da crise. Isso só contribui para aumentar a pobreza, a violência e fazer o país andar para trás.

        A pesquisa mostra que a classe trabalhadora vai aos poucos se conscientizando dos prejuízos causados por esse governo e, com certeza, vai se organizar, se mobilizar cada vez mais para reverter essa situação”, analisou Freitas.

 

OPRESSORES INTENSIFICAM CAMPANHA PARA QUE LULA SEJA ELEITO PRESIDENTE EM 2018: LULA TEM 35% DIZ VOX POPULI/CUT. E MAIS…

lu.jpg

Um homem sublime é um ser que atingiu o mais alto grau de humanidade. Não a humanidade como sentido mistificado, mitificado, psicológico, saído de um sistema axiológico envolto pela moralina, os valores humanos, demasiados humanos. Os valores dos esgotados, ressentidos, os que têm o espírito e o instinto corrompidos por esses valores que fazem com que eles desesperem quando não são considerados por alguém que eles julgam importante.

          Um homem sublime, como dizem os filósofos Spinoza e Nietzsche, é um ser que escapou dessa axiologia ressentida dos invejosos e odientos, juízes e julgadores dos que não se submetem as dores da ambição e mendacidade da gente miúda, como diz Nietzsche.

      Lula é esse ser que atingiu o grau maior da humanidade. Daí porque Lula libera a potência história que transforma e produz outras existências que não são submetidas à psicologia dos esgotados. A humanidade em Lula não é uma abstração alienada do movimento real. Aí o grande pavor que a gente miúda tem dele.

        O instituto de pesquisa Vox Populi junto com Central Única dos Trabalhadores (CUT) divulgou sua nova sondagem para às eleições de 2018. Não deu outra: Lula tem 35% do reflexo da humanidade do povo brasileiro.

        Mas para a humanidade ser mais expressa, leiam a pesquisa. Os esgotados estão mais desesperados. Os quadros mostram a razão de tanta perseguição ao homem que alcançou o mais alto grau de humanidade como ser-político na acepção filosófica que o conceito considera.

 estimulada-alckmin.jpg

estimulada-aecio.jpg

espontanea.jpg

gosta-ngosta.jpg

melhor-pres.jpg

ficou-sabendo.jpg

parciallidade.jpg

certo-ou-errado.jpg

mais-acertou.jpg

                              E mais. A pesquisa mostra rejeição a Temer de mais 80%. E 70% reprovam a PEC 241. 

COM A MÚSICA DE CHICO, “APESAR DE VOCÊ” COMO CORPO INCIDENTAL ARTISTAS GRAVAM VÍDEO CONTRA A FILHA ABERRANTE DE TEMER: PEC 241

pec 241

Para combater o arbítrio da filha aberrante de Temer, o golpista que junto com sua trupe escarnecedora da democracia tomaram de assalto o Brasil, artistas como Omar Prado, Beth Mendes, Tonico, Beth Carvalho, Wagner Moura, entre outros, gravaram o vídeo Não À PEC 241 organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Assista o vídeo e grave também sua voz consciente.

“SÓ A LUTA TE GARANTE”, ARTIGO DE ROBERTO VON DER OSTEN, DA CONTRAF-CUT

Roberto von der Osten

Começamos a Campanha Nacional deste ano num cenário de crise econômica, de instabilidade política, de violentos ataques aos trabalhadores e em plena efervescência do processo de impeachment da presidenta Dilma.

Apesar desta conjuntura desestimuladora, sabíamos estar iniciando uma negociação com o setor que mais lucra na economia do país. Não deveriam ter problemas de ordem financeira para atender nossas reivindicações. Entretanto, escaldados pela campanha de 2015, antevíamos confusão.

A cuidadosa escolha da imagem e do mote da campanha dialogaram com a delicadeza da rosa vermelha para lembrar as discriminações que as pessoas sofrem nos bancos. A construção da figura da rosa somou os símbolos da igualdade, resistência, luta e tolerância.

Como mote adotamos a frase “Só a luta te garante!”, lembrando que não adianta ficar passivo no local de trabalho sem envolvimento na greve. A demissão, o assédio moral, o adoecimento, as discriminações e a exploração atingem principalmente as pessoas que não se defendem. Foram escolhas muito felizes.

No aspecto da organização, cumprimos todos os rituais de nossa campanha. A consulta nacional, os debates nos sindicatos, as conferências regionais e a Conferência Nacional. Entregamos nossa Minuta de Reivindicações aos banqueiros no dia 9 de agosto e iniciamos as negociações em 18 e 19 de agosto.

Rapidamente percebemos que os banqueiros pretendiam impor uma derrota exemplar para os bancários. Após infrutíferas rodadas de negociação, os banqueiros só foram capazes de nos apresentar uma proposta de reajuste de salários de 6,5%, feita no dia 29 de agosto, diante de uma inflação de 9,62%.

No dia seguinte a esta proposta a presidenta Dilma foi impedida, assumindo a presidência o seu vice, Temer. As coisas ficavam mais claras.

O Comando Nacional dos Bancários avaliou que esta proposta insuficiente estava seguramente vinculada à mudança de direção do governo, afinal o presidente que assumia nunca escondeu seus objetivos de atacar direitos fundamentais dos trabalhadores.

A coordenação do Comando comunicou aos banqueiros que levaria a proposta às assembleias de avaliação, mas que defenderia a sua recusa. Nada disso alterou a posição intransigente dos bancos.

As assembleias decidiram por quase unanimidade que a gente entraria em greve a partir do dia 6 de setembro. Isto de cara era um desafio. Seríamos a primeira grande categoria a entrar em greve após a posse de um governo golpista, privatista e neoliberal.

Tudo apontava para um feroz enfrentamento. De um lado os bancários, uma categoria de grande mobilização, articulados em uma unidade nacional de grande poder de ação. De outro os banqueiros, o segmento mais poderoso da economia e os organizadores da linha macroeconômica do governo. Foram os escalados para dar uma demonstração de força para o movimento sindical, mostrando que os tempos mudaram e que agora o jogo é bruto.

Iniciamos a mais longa greve da categoria, que ligeiro adquiriu uma força que surpreendeu os banqueiros. Diferente do que tinham projetado, tiveram de ir mudando suas ofertas e retomando as negociações interrompidas para desestabilizar o movimento.

Desde o primeiro dia da greve os nossos dirigentes assumiram o protagonismo do enfrentamento. Resolveram que era preciso resistir. Não aceitaram a derrota que os banqueiros queriam impor.

Surpreendentemente animados, com bom humor e coragem, a greve cresceu. Começamos com a adesão de 7.359 agências e no 14º dia já estávamos com mais de 13 mil agências e 36 centros administrativos paralisados, número superior ao 21° dia da greve de 2015.

Os bancários e bancárias da base, que não haviam entendido as lutas dos sindicatos desde o início do ano em defesa da democracia e de nossos direitos, começaram a se reaproximar por entenderem que coisa pior estava por trás da dureza dos banqueiros. Sentiram confiança e que estavam bem representados. Isto estimulou e redobrou a coragem dos dirigentes sindicais.

O Comando Nacional, por sua vez, conseguiu rapidamente decodificar, ter clareza e serenidade para tomar as decisões corretas em meio aos diferentes caminhos e escolhas que se apresentaram no processo das negociações.

Foram 31 dias de lutas, de ansiedade e de muita força de vontade até a assembleia que aceitou a proposta que conquistamos dos bancos. É bem verdade que não conseguimos a reposição de inflação, mas conseguimos algo muito maior, a oportunidade de politização e o respeito da categoria que representamos. Se o acordo não é o dos nossos sonhos, está longe também de ser a derrota que os banqueiros desejavam nos impor.

Inauguramos uma nova era nas nossas negociações com o acordo inédito de dois anos. Um novo momento se apresenta para o movimento sindical bancário brasileiro. Chegou a hora de provar que a nossa luta não é só por índice de reajuste. Vamos nos organizar mais e defender as pautas que também são fundamentais, para além da remuneração. O tiro dos banqueiros saiu pela culatra.

A conquista do abono dos dias parados coroou a campanha e calou os que duvidavam da nossa capacidade de luta na conjuntura adversa. Prevista para ser utilizada como punição para todos os trabalhadores e seus sindicatos, foi derrotada pela nossa tenacidade.

Agora é a oportunidade de render homenagens aos dirigentes sindicais que tiveram a capacidade de dobrar os banqueiros e sair vitoriosos da primeira grande greve, num momento de virada na correlação de forças e na luta de classes. Cada sindicato participou orgulhosamente e todos os dias mandaram para a Contraf suas fotos, suas conquistas e suas ousadias. Não ficaram na defensiva.

Mas temos que parabenizar principalmente a categoria bancária, esta categoria orgulhosa da sua mobilização e da sua unidade. Cada bancário e cada bancária, por todo o Brasil, em todas as cidades, estiveram disciplinadamente, pacificamente e convictos na frente de uma agência ou centro administrativo conversando com os companheiros de trabalho, animando, encorajando, convencendo, dizendo que coragem não é não ter medo. É dominar o medo. Foram dias e dias de paciência e de fé verdadeiras.

Outras categorias imediatamente homenagearam nossa Campanha Nacional pela coragem e pelo resultado. Diversos textos de análise acadêmica relataram o ineditismo da campanha e a magnitude da nossa resistência.

Se o governo e os banqueiros pretendiam nos derrotar e fazer da nossa derrota um aviso para todas as outras categorias, não deu certo. Pelo contrário, mostramos que é possível lutar contra eles.  Mostramos que com mobilização, com a unidade e com a capacidade de negociação dos trabalhadores podemos garantir direitos e avançar, mesmo nas condições mais imprevisíveis.

Somos um exemplo de luta, de criatividade e de resistência.

Só a luta te garante!

Roberto von der Osten é presidente da Contraf-CUT e um dos coordenadores do Comando Nacional dos Bancários

 
 

GOLPISTAS: NÃO PERMITIREMOS ATENTADO À DEMOCRACIA BRASILEIRA

A Presidente Dilma Vana Rousseff pediu em entrevista aos blogueiros, quarta-feira, no terceiro andar do Palácio do Planalto que todos nós, cidadãs e cidadãos lutemos contra o golpe. Já estamos nas trincheiras armados com nosso parabelo: o verbo.

Todo degenerado, corrompido, religioso ao extremo esconde patologias nocivas a si e o que é pior, prejudicial aos outros. O corrupto quando fala demais contra a corrupção é porque é uma forma de sublimar essa patologia de se apropriar do dinheiro público e privado.

Os golpistas despacharam para vender o Brasil à terra de Tio Sam, o senador Aluísio Nunes Ferreira, aquele envolvido nos escândalos dos 300 paus. Como já aconteceu com Alkmim foi recebido por várias brasileiras que depois de falsa bajulação estamparam: não ao golpe no Brasil. Isso é uma demonstração de como essa turma de golpistas é “amada” pelo povo e como golpistas esse pessoal da burguesia ignara é campeã de ser trolada por pessoas que os reprovam.

Os golpistas vão à América tramar, arquitetar, trair a pátria e agora estão querendo inviabilizar a ida da presidente à ONU para assinatura do Acordo de Paris sobre mudança do clima que teve a participação de destaque do nosso país. Temem os indigentes que ela denuncie para mais de 60 chefes de Estados o golpe que nossa democracia vem sofrendo. Dizem, os usurpadores que a presidente vai denunciar o golpe e deixará a imagem do país prejudicada e em situação constrangedora.

A presidente deve denunciar, ratificar o que a imprensa internacional está mostrando do ato golpista capitaneado por Aécio Cunha, pelo conspirador-mor, Temer, Serra, Agripino, Rede Globo, os 367 deputados picaretas , Padilha e demais sórdidos para que o mundo saiba que a presidente não cometeu crime de responsa. Ela falará como chefe de Estado e como tal deve denunciar sim, estes golpistas. E se continuarem achando ruim a presidente já devia era denunciar ao Tribunal de Haia.

Se o pior acontecer no Brasil todas as instituições serão responsabilizadas. Os poderes da República são independentes, mas na nossa compreensão, se os dois poderes, executivo e legislativo cometerem algum crime o judiciário tem que ser o árbitro do litígio. Não é o que está acontecendo. No STF seus ministros estão subestimando o poder do povo. O ministro frequentador de Shopping, Celso Melo fala  que o tribunal estabeleceu o rito do impeachment, só que insistimos dizer que esse recurso está na Constituição sim, mas  só pode ser usado em crime de responsabilidade.  A presidente Dilma Rousseff não cometeu esse crime,  por isso ela deve denunciar o atentado à violação dos direitos da Presidente da República e que os conspiradores atuam como se golpe já tivesse concretizado.

Temer forma Ministério. Isso é um atentado. Eduardo Cunha, réu no STF está pressionando o presidente do Senado pra apressar o golpe no Senado, mas Renan já deu um pito no Caranguejo que não apressará e nem procrastinará. O TSE já está tramando para desvincular Temer da chapa de Dilma para possível cassação da presidente porque o PT recebeu dinheiro na campanha de 2014. O STF adia julgamento da liminar que liberara Lula para assumir como Ministro da Casa Civil de Dilma  e para comprovar que o judiciário representa os interesses da classe dominante brasileira aceitou a delação premiada de Delcídio nas falas que aparecem Dilma e Lula

Lula foi condescendente com esses ministros, com o judiciário ao chamá-los de acovardados. Eles não são acovardados, eles representam a elite brasileira, eles julgam para beneficiar o grande capital. Mas se o povo se meter numa guerra civil não foi por falta de aviso do Ministro Marco Aurélio de Melo. Os ricos que eles defendem são 1% da população. O povo são milhões. Só o exército de Dilma conta com mais de 54 milhões de soldados eleitores. Milhares de outras pessoas que não votaram na presidente são contra o golpe.

STF é hora de prender Eduardo Cunha, todos os traidores da pátria e o senado arquivar o relatório imprestável que admitiu o golpe.

Infelizmente é pedir demais, vocês nunca farão isso. Vocês são da mesma classe. Na classe de vocês não há traição, não há brigas.

Mas a partir de amanhã a massa vai começar a se movimentar, aquele povo que viu aquela barbárie domingo na Câmara dos deputados aguentou porque seu líder Lula pediu paz nos acampamentos, mas muita gente ali não aceitou a continuidade da aberração e ontem em São Paulo já organizaram as manifestações pra balançar o Brasil tendo como culminância o dia 1º de maio – Dia do Trabalhador. Depois disso não estão descartadas invasões de terras, bloqueio de rodovias, greve geral, e inviabilidade do impossível governo golpista de Michel Temer. Não reconheceremos governo golpista.

O próprio Diretório Nacional do PT aprovou dia 19 de abril, em São Paulo, uma Resolução que no seu final diz: “Se a oposição de direita insiste na rota golpista, reafirma que não haverá trégua, nem respeito a um governo ilegítimo e ilegal.”

 

CUT E FUP AFIRMAM QUE O ACORDO DO GOVERNO COM O PSDB PARA APROVAR A PL DE SERRA FOI UM “DOS GOLPES MAIS BRUTRAIS NA CLASSE TRABALHADORA”

serra90430

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Federação Única dos Petroleiros (FUP) publicaram nota protestando contra o acordo que o governo Dilma fez com as direitas comandadas pelo PSDB para aprovar em urgência urgentíssima a PL que tira da Petrobrás o direito de explorar o pré-sal entregando para multinacionais do petróleo como a Chevron por quem Serra (PSDB/SP) lutou e luta para beneficiá-la.

Durante a votação urgentíssima na quarta-feira, o senador Requião (PMDB/PR) lembrou a relação de Serra com a empresa petroleira Chevron denunciada pelo site Wikileaks.  Segundo o site, através de documentos secretos, o senador do partido da burguesia-ignara se comprometera com a empresa no ano de 2009.

“O Wikileaks assegurou que o senador Serra havia prometido (à petroleira Chevron) acabar (com o domínio do setor) pela Petrobrás”, lembrou o senador Requião na hora da votação.

Tanto a CUT como a FUP prometeram realizar manifestações nas ruas contra a decisão errada do governo Dilma que entregou o pré-sal ao capital internacional com ajuda das direitas e do próprio governo.

“É um dos golpes mais brutais na classe trabalhadora. Um golpe no projeto democrático popular, voltado para distribuição de renda, geração de emprego e investimento em políticas públicas que melhores a vida dos brasileiros.

Os senadores aprovaram um projeto de José Serra que privatiza o pré-sal. Isso significa que o Senado abriu mão da soberania nacional e de todos os investimentos gastos com pesquisas na área de petróleo nos últimos anos.

A luta feita pelo Brasil para que os recursos oriundos do pré-sal sejam investidos na melhoria da educação e saúde dos brasileiros foi ignorada pelo Senado.

O governo renunciou à política de Estado no setor petróleo e permitiu um dos maiores ataques que a Petrobrás – única empresa que tem condições de desenvolver essa riqueza em benefício do povo brasileiro – já sofreu em sua história.

Fazer acordo para aprovar o projeto de Serra é o sinal mais claro de que o governo se rendeu às chantagens e imposição do Parlamento e do mercado, rompendo a frágil relação que tinha com os movimentos sociais e sindical, criando um constrangimento para os senadores que mantiveram a posição em defesa do Brasil.

O governo precisa aprender que é preferível aprender com dignidade do que ganhar fazendo concessões de princípios.

Estaremos nas ruas contra este projeto que entrega a maior riqueza do povo brasileiro as multinacionais estrangeiras”, diz trecho da nota.

MOVIMENTOS SOCIAIS COMO MST,UNE,CUT, CTB, CMP, MAM, MDH, UNEGRO, LEVANTE POPULAR CONFIRMAM DEFESA DE DILMA

images-cms-image-000471591

Semana que vem os movimentos sociais e as entidades dos direitos humanos realizarão uma reunião com a presidenta Dilma para tratar da ameaça de impeachment e também sobre temas relativos aos interesses gerias do povo brasileiro, como a lei antiterrorismo que de acordo com o senador reacionário investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) Aloysio Nunes, do partido da burguesia-ignara, PSDB, deve incluir os movimentos sociais. Mas antes desse encontro, militantes dos movimentos sociais se encontraram no Palácio do Planalto com o ministro-chefe da Secretaria de Governo Ricardo Berzoini para discutir a agenda que será usada na reunião com Dilma.

Dilma já mostrou interesse em receber os militantes e tratar de assuntos como geração de emprego, maior oferta de crédito para o consumo e capital de giro para as empresas recuperarem a produção, itens que já se encontram nos documentos que serão entregues a presidenta.

Segundo Raimundo Bonfim, coordenador da Central de Movimentos populares, e Carina Vitral, presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), o movimento social não está condicionado só à luta contra o golpe e as manifestações de ruas e a atos do governo, como afirma a mídia oficial do golpe.

“Afirmamos que não condicionamos a nossa posição contra o impeachment ao atendimento da pauta dos movimentos”, disse Bonfim.

O mesmo afirmou a líder estudantil Carina Vitral.

“A reunião é para seguir pautando os avanços, mas não, como divulgou a imprensa, que os movimentos estariam condicionando apoio à luta ao atendimento de nossas bandeiras.

O que os movimentos sociais têm conhecimento é que de que hoje o inimigo são os que querem o impeachment. Se acontecer o impeachment as coisas vão ficara muito piores, seja na luta contra o ajuste fiscal, seja contra o conservadorismo”, analisou Carina.

Para os movimentos sociais o fim da ameaça do impeachment possibilita discussão de outras pautas.

“Eliminando o fantasma do impeachment, o governo terá melhores condições de dialogar no sentido de atender as reivindicações. Do ponto de vista mais específico, algumas pautas são a priorização da reforma agrária, a continuidade do Minha Casa Minha Vida, e a implantação do Plano Nacional da Educação, entre outras”, afirmou Bomfim.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,912,020 hits

Páginas

março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031