Archive for the 'CPMI' Category

RELATÓRIO FINAL DA CPMI DA PETROBRÁS PEDE INDICIAMETO DE 52 PESSOAS E IRONIZA RELATÓRIO PARALELO DAS DIREITAS

941093-petrobras_-4

O relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), Marco Maia (PT/RS) que investigou os casos de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, na estatal Petrobrás, apresentou o relatório final onde pede o indiciamento de 52 pessoas envolvidas nos atos criminosos.

Foram 19 votos a favor do relatório e 8 contra. Entre os nomes citados encontram-se – como não podia ser o contrário – os de Paulo Roberto Costa, Renato Duque e Nestor Cerveró, todos ex-diretores da Petrobrás. O relatório também pede o aprofundamento das investigações da compra da Refinaria de Pasadena, na California, Estados Unidos. Também foi pedido o aprofundamento nas investigações das empresas envolvidas em corrupção como Camargo Correa, Andrade Gutierrez Construções, Caide União, Consórcio Renest, construtoras OAS e Queiroz Galvão.

Durante a apresentação do relatório final, as direitas, comandada pelo partido da burguesia-ignara, PSDB, proporcionou uma cena macabramente cômica. Apresentou seu relatório paralelo com teor de ataque ao governo e pedindo o indiciamento de 59 pessoas. O grotesco relatório é que ele pede também os indiciamentos da presidenta Dilma Vana Rousseff, da presidenta da Petrobrás Graça Foster, e do senador do Partido dos Trabalhadores de Pernambuco, Humberto Costa.

Diante do ridículo, mas sem se ridicularizarem, as direitas, como sempre em eterna campanha eleitora, prometem iniciar outra CPMI para o início do ano 2015. Uma esperança-alucinada que podem tirar Dilma do cargo de presidente e alocar um de seus grotescos representantes-cobiçosos.

Diante do ridículo apresentado pelas direitas, o deputado Sibá Machado (PT/AC) disse que o relatório não é para “aliviar as costas de ninguém”.

“O relator não se deixou levar por onda alguma. O relatório não tem o princípio de aliviar costas de ninguém.

Eu vi muito no Brasil a ideia da indignação. Eu queria dizer que se a indignação é no mérito do ilícito da administração, o que não dizer também de escândalos tamanhos em governos estaduais? São 33 indiciados em São Paulo. A responsabilidade tem que ser por igual, a indignação tem que ser para qualquer feito”, observou Sibá.

Por sua vez, o senador Humberto Costa, afirmou que o relatório das direitas é baseado em matérias da imprensa e não em investigações como da CPMI.

“O relatório paralelo é baseado em matérias da imprensa e não em fatos. O mais grave é que ao final esse relatório faz referência a parlamentares citados nesses vazamentos.

Cerveró disse que eram mais ou menos 33 parlamentares. Aqui citaram três ou quatro, sendo um deles morto. Essa CPMI não teve acesso a delação premiada. Se eu tivesse qualquer dúvida sobre parlamentares citados, teria pedido quebra de sigilo”, disse Humberto Costa. 

Até as pedras que não rolam sabem que o que a imprensa acéfala expressa sobre o governo popular é um composto fúnebre de alucinação e delírio. E o mais enfermo, ela realiza a projeção que esses elementos psicopatológicos podem se tornar realidade. Uma projeção impossível de se materializar na democracia, visto ser a democracia ser um corpo-coletivo-real.

ANOTAÇÕES APREENDIDAS PELA LAVA JATO INDICAM QUE AÉCIO PEDIU AOS SENADORES ÁLVARO DIAS E MÁRIO COUTO PARA “FAZER CIRCO” EM RELAÇÃO CPMI

77DDF4FE613A31E1AD8F37BCF2C5A13B886882FEC29512AB3EA36C0439923D4A

É do conhecimento até das pedras que não rolam, que quando surgiu a noticia da instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar denúncias de corrupção e pagamento de propina na Petrobrás, os chamados oposicionistas do PSDB, para não dizer todas as direitas, não queriam. Mas depois passaram a fazer encenações como se tivessem interesse.

Lula, que não é um impostor político como a chamada oposição, em tom de zombaria-filosófica, afirmou que queria que a oposição viesse com a CPMI. O que significa que ele sabia que os impostores da política não pretendiam nada, porque sabiam que envolvia diretamente eles. Ou como Lula gosta de verbalizar: “maracutaia”.

A mídia, também impostora, tentou de toda às formas implicar apenas o Partido dos Trabalhadores (PT) no fato. Mas não conseguiu como se observa nos entendimentos sobre o caso das pedras que não rolam. Hoje a sociedade brasileira sabe que a corrupção na Petrobrás tem o fluxo maior desembocado nos desgovernos de Fernando Henrique onde os dois principais nomes do banditismo começaram a atuar nesses. O doleiro bandido profissional Youssef e Paulo Roberto Costa.

Agora, com a divulgação das anotações apreendidas pela Operação Lava Jato nos escritórios da UTC Operações em São Paulo, onde consta que o senador boa-vida e derrotado em sua ambição individualista para a presidência da República, Aécio Cunha, do partido da burguesia-ignara, teria sido “pressionado pela CNO para não aprofundar”. Uma espécie de maneirar contra a Construtora Norberto Odebrecht.

As anotações também trazem informações de que o frustrado conspirador contra o governo Dilma, havia “escalado” dois senadores amicíssimos de ideias-burguesas, o lustroso Álvaro Dias e o falso herói, Mario Couto, todos do PSDB, para “fazer circo”. Aí a comprovação do que Lula falou: o PSDB não queria a CPMI. Ele sabia e sabe que toca nele.

Daí salta a velha e matreira interrogativa: Por quê as empreiteiras se reuniram para produzir estratégia de defesa sobre as acusações que iriam aparecer na CPMI? Resposta ilustríssima: Elas sabem quem são seus parceiros. A prova insofismável é o fato da CNO, pedir para o senador boa-vida maneirar. Se ela não tivesse nenhuma intimidade com o falastrão não iria fazer tal pedido.

JUSTIÇA FEDERAL MANDA SOLTAR CACHOEIRA, MAS JUÍZA O MANTÉM PRESO POR CAUSA DA OPERAÇÃO SAINT-MICHEL

Novamente Carlos Augusto Ramos, vulgo Carlinhos Cachoeira, preso com sua corriola em 29 de fevereiro pela Polícia Federal por força da Operação Vega e Monte Carlo, sentiu a ilusão da liberdade penitenciária, mas teve que se contentar com sua permanência onde se encontra.

A Justiça Federal mandou soltar o mafioso, mas a juíza Ana Cláudia de Oliveira Costa Barreto da 5ª Vara Criminal de Brasília determinou que ele continuasse onde se encontra: na Penitenciária da Papuda, em Brasília. A decisão é de 11 de outubro, entretanto só foi divulgada ontem, dia 16. A decisão é relativa a Operação Saint-Michel em que Cachoeira é acusado de fraudar o sistema de transporte público do Distrito Federal. Ela disse que a sentença desse caso deve sair, no máximo, dentro de 30 dias.

Para a juíza Cachoeira não pode ser solto porque ele “ainda representa risco concreto à ordem pública”.

“Em razão do inegável poderio econômico do réu, exibido as escâncaras na mídia, as outras medidas cautelares previstas na legislação não seriam suficientes para resguardar a ordem pública, uma vez que, no atual momento processual, deve preponderar o interesse da sociedade”, disse Ana Cláudia Barreto.

Ela disse também, que não é possível aplicar sanções alternativas nele, como proibi-lo de falar com os réus ou frequentar lugares, por isso “não o impediria de cooptar novos membros para seu grupo e organizar novas ações semelhantes àquelas que estão sendo apuradas neste juízo”.

Enquanto isso, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) de Cachoeira através de seus líderes, resolveu prorrogar os trabalhos. O prazo de extensão das atividades do colegiado será definido após o segundo turno das eleições. Os chamados oposicionistas querem uma prorrogação de 180 dias, já a base governista prefere um tempo menor.

CPMI VAI CONCEDER UM MÊS DE DESCANSO PARA CACHOEIRA. SÓ VAI VOLTAR AOS TRABALHOS DIA 8 DE OUTUBRO

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira vai suspender os trabalhos para voltar somente dia oito de outubro, depois das eleições do primeiro turno. Durante esse descanso para Cachoeira os parlamentares, segundo o relator da comissão Odair Cunha (PT/MG), vão analisar todas as documentações que se encontra nas mãos da CPMI.

“É necessário amplificarmos toda a análise que temos na CPMI, até porque as oitivas têm sempre o código de silêncio típico da máfia e de uma organização criminosa. A nossa compreensão é a de que, como há o código claro da organização criminosa, é mais produtivo que nos concentremos na análise dados”, disse Odair Cunha.

Já o deputado Rubens Bueno (PPS/PR) entende que a paralisação significa o fim da CPMI, e que não motivo para suspender a CPMI por causa das eleições.

“Estão enterrando a CPMI. Estão usando uma desculpa esfarrapada para não se investigar.

Não temos nenhum parlamentar candidato. Isso é uma desculpa sem cabimento. Tínhamos que quebrar o sigilo das doze empresas de laranjas da Delta”, contrariou o deputado Bueno.

Por sua vez, o deputado Paulo Teixeira (PT/SP) para amenizar as acusações de que a paralisação da CPMI saiu de um “acordão” entre o PT e o PSDB disse que era negativo continuar os trabalhos da CPMI durante o período eleitoral.

“Não podemos deixar que as eleições contaminem os trabalhos, por isso optamos por voltar aos trabalhos em outubro”, disse Paulo Teixeira sem dizer nada. 

EX-DIRETOR DO DNIT, PAGOT, DISSE NA CPMI DO CACHOEIRA QUE DEMÓSTENES PEDIU AJUDA PARA A DELTA

O ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Luiz Antônio Pagot, disse em depoimento da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que o ex-senador Demóstenes Torres, cassado por quebra de decoro parlamentar decorrente do fato de ser amicíssimo do mafioso Carlos Augusto Ramos, vulgo Carlinhos Cachoeira, preso no dia 29 de fevereiro com sua corriola, fez lobby para beneficiar a Empresa de Construções Delta em obras no Mato Grosso.

Nas investigações realizadas pela Polícia Federal a Delta aparece como o elo financeiro da quadrilha do contraventor Carlinhos Cachoeira. Durante o período em que prestava serviço ao mafioso era dirigida por Fernando Cavendish. Cavendish irá comparecer à CPMI hoje, dia 29, para prestar esclarecimento sobre seu suposto envolvimento com a quadrilha de Cachoeira acusado que é de fazer repasses de sua empresa, para empresas fantasmas ligadas a Cachoeira.

Luiz Antônio Pagot durante seu depoimento disse que foi convidado, em fevereiro de 2011, por Demóstenes Torres, para participar de um jantar na casa do então senador. Quando lá chegou, viu que se encontravam presentes, além de outras pessoas, Cláudio Abreu, diretor da Delta, no Centro-Oeste, e Fernando Cavendish, dono da empreiteira.

Durante o momento que antecedia o embate gastronômico, eles conversaram sobre vários temas, como sabores e marcas de vinhos, desenvolvimento do Brasil, e da possibilidade do governo federal ter ou não verba para o PAC 1 e 2. Depois de encararem o objeto da sedução lobbysta, o jantar, Demóstenes chegou perto dele, convidou para uma sala reservada, e mandou ver.

“Durante o jantar, foi conversado sobre vinhos, desenvolvimento do Brasil, e o senador perguntou se ia ter dinheiro para o PAC 1 e 2. Quando terminou, ele me chamou para uma sala, apenas eu e ele. Ele disse então, que tinha dívidas com a Delta e que precisava ter uma obra para a empresa com o carimbo dele”, revelou Pagot.

Ele completou dizendo que não beneficiou a Delta, e que jamais cobrou 5% de ágil para empresas interessadas em obras do DNIT.

“Nunca fiz qualquer tipo de cobrança à empresas para qualquer tipo de assunto, principalmente para empresas consultoras de projetos”, afirmou Pagot. 

EM DEPOIMENTO À CPMI PROCURADORES DA REPÚBLICA AFIRMAM QUE CACHOEIRA MONTOU UMA MÁFIA E QUE AINDA É ATUANTE

Em depoimento à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) os procuradores da República em Goiás, Lea Batista de Oliveira e Daniel Rezende, responsáveis pelas operações Vegas e Monte Carlo, da Polícia Federal, voltaram afirmar que o contraventor Carlos Augusto Ramos, vulgo Carlinhos Cachoeira, preso no dia 29 de fevereiro com sua corriola, comanda uma organização criminosa com caráter mafioso, e que Carlinhos Cachoeira cooptou agentes do Estado para melhor por agir.

“O certo é que a operação desvelou uma máfia, uma sociedade bem estruturada, mais lucrativa que uma grande empresa. Um grupo profissionalizado, estável, permanente e habitual, montado para o cometimento de crimes de natureza grave. A sua existência por mais de uma década foi suficiente para montar uma estrutura estável e entranhada no seio do Estado.

Uma organização criminosa armada, complexa e com característica mafiosa. O principal traço dessa organização é o código do silêncio orquestrado. A postura dessa organização criminosa, decorrente de um código de silêncio, é típico das organizações criminosas com objetivo de escudar a organização e seus membros. O código está bem claro aqui na CPI e na Justiça Federal”, analisou a procuradora Lea de Oliveira.

No entender do procurador Daniel Rezende, as dificuldades nas investigações decorrem do fato da legislação brasileira ser deficitária referente ao enquadramento de organizações criminosas complexas. Segundo ele, o uso de escutas telefônicas é decorrente do fato de agentes do Estado terem sido cooptados pela organização criminosa. Ele falou também das ameaças que sofreram.

“Não é uma investigação voltada para o solitário social e o criminoso individual. Estamos tentando construir determinadas teses para que possamos desenvolver o trabalho de enfrentamento de organizações criminosas infiltradas no seio do Estado. O Estado se torna muito mais vulnerável quando essas organizações se infiltram, principalmente quando é na área de segurança.

Com essa cooptação dos agentes do Estado, ficou mais difícil o trabalho de campo, por isso o uso das interceptações telefônicas.

Tivemos que alterar totalmente a nossa rotina e isso faz com que nossas famílias passem a absorver. Não é segurança para nós, membros do Ministério Público, mas também para nossas famílias”, observou o procurador Daniel Rezende.

CPMI CONVOCA NOVAMENTE CARLINHOS CACHOEIRA ENQUANTO CAVENDISH VAI DEPOR NO DIA 28

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) de Carlinhos Cachoeira, preso no dia 29 de fevereiro acusado de comandar uma quadrilha que envolvia agentes públicos, políticos e empresários, além de jornalistas como Policarpo Junior, diretor da sucursal da revista nazifascista, Veja, vai convocar novamente o mafioso.

A decisão foi impulsionada pelas declarações dadas por sua companheira, a dondoca Andressa Mendonça, a um programa de TV onde ela afirmou que Carlinhos Cachoeira estava disposto a falar. Todavia, Cachoeira, quando se apresentar novamente para depor pode permanecer calado. Segundo afirmação do presidente da comissão. O contraventor quando foi pela primeira vez depor na comissão não falou. Disse que só falaria em juízo. O que não fez.

Outra convocação que foi aprovada pelos membros da CPMI, foi a de Fernando Cavendish, ex-presidente da Delta Construções, e amigo do peito do governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral (PMDB/RJ), salvo de ser convocado também para depor na comissão por força de tramas entre membros do PMDB e do governo.

A empresa Delta Construções é acusada de participar dos esquemas de corrupção comandos pelo meliante Carlinhos Cachoeira. Empresa tinha negócios no setor rodoviário e tinha transito no governo federal e outros estados, principalmente no Rio de Janeiro.

O depoimento do ex-presidente da Delta está marcada para o dia 28 deste mês de agosto.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,913,142 hits

Páginas

março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031