Archive for the 'CMM' Category

MANAUS A NÃO CIDADE REFLETE SEUS POLITICOFASTROS E VIVE COM A BÁRBARIE: NOVAS DECAPITAÇÕES NO PRESÍDIO DO PURAQUEQUARA

Manaus é uma não-cidade, onde a violência parte dos seus senadores, com exceção de Vanessa Grazziotin e de todos os deputados federais que votaram a favor do golpe que depôs Dilma Vanna Rousseff, eleita com 54.501.118 votos.

Amazonino Mendes, o finado Gilberto Mestrinho e todos os seus prefeitos, junto com a classe empresarial nunca se preocuparam com o povo. A não cidade reflete essa dicotomia entre o poder público, o privado e seu povo.

A Zona Franca de Manaus foi a grande atração econômica criada pela ditadura para promover o desenvolvimento da região. Ficou só em Manaus. Não desenvolveu a cidade,  os municípios e nem os outros Estados da região.

A não-capital, despreparada, sem ordenamento nem políticas planejadas teve que conviver com os êxodos, com a chegada de muitas pessoas de todas as partes do Brasil, principalmente da própria região norte.

No período de 2003 a 2016 o governo federal com Lula e Dilma investiram muito no Estado do Amazonas e na não cidade. O que se construiu de moradias, de investimentos em educação foi tudo com verbas federais. Mas sem contrapartida do ente federado, temos a violência nas ruas e nos presídios. Isso coloca Manaus como uma das cidades mais violentas do mundo resultado da falta de políticas públicas dos governos que por aqui passaram e permanecem.

Manaus é uma não-cidade violenta. Cai por terra a ideia de que o brasileiro é cordial, hospitaleiro defendida por historiadores. Manaus é uma brutitude real. No primeiro dia de Janeiro, dia da paz,  a não cidade  brindou o país com um massacre na penitenciária Anisio Jobim.

Ontem, sexta-feira, dia 7 de Abril, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) divulgou que seis detentos da Unidade Prisional do Puraquequara foram mortos dentro da unidade e que a policia estava no local para reforçar a segurança. 

O que motivou as mortes ainda não foram esclarecidas. A Seap informou que uma vítima foi enforcada e a outra, decapitada.

Manaus virou a cidade da decapitação. Decapita-se presos nas penitenciárias e nas ruas desmembram corpos e colocam em sacos.

Se vê com isso a banalização da violência e o Estado e a prefeitura como não fizeram políticas de valorização da vida agora tem que conviver num permanente estado de guerra, colocando em risco a vida da classe trabalhadora.

Reafirmamos, Manaus é uma não-cidade, onde a violência toma proporções nazi-facistas e os dirigentes nos comandos políticos não tem políticas públicas para resolver a situação. Enquanto isso, o trabalhador tem que conviver com a certeza do assalto e da morte que regozija programas e jornais da manhã com sensacionalismo e falta de respeito pela vida.

A terra de Ajuricaba não merecia esse fim. Uma não-cidade onde os buracos são covas para enterrar seus filhos decapitados em presídios e nas vias públicas.

.

MANAUSPREV E OS DESMANDOS DE AMAZONINO COM DINHEIRO PÚBLICO

A situação do MANAUSPREV merece  uma abordagem crítica. O fundo previdenciário, dependendo do que o Banco Central do Brasil fizer com o BVA que está sob intervenção poderá amargar um prejuízo de R$ 450 milhões de reais investidos ali e que rendem abaixo dos rendimentos da poupança.

Não é de hoje que o MANAUSPREV está no centro de notícias ruins. Assim que terminou o mandato do prefeito cassado de Manaus, Amazonino Mendes já pululavam denúncias de que a esposa do Deputado Sidney Leite que havia dirigido o fundo não havia sido diligente nas aplicações dos recursos do Instituto.

Comprova-se agora que o instituto poderá sofrer um prejuízo de R$ 450 milhões caso o BVA não possa mais operar no mercado financeiro.

Não podemos em hipótese nenhuma deixar que uma situação dessa, envolvendo dinheiro público seja tratada assim. Como pode um órgão público, de governo investir dinheiro público num banco que não apresenta solidez? Por que  esse dinheiro não foi aplicado em bancos públicos, federais que dificilmente apresentariam solvência.

É necessário que se faça uma auditoria,  uma investigação de tudo, e responsabilize o prefeito cassado Amazonino Mendes e toda a diretoria do MANAUSPREV pelo prejuízo causado.

Além disso, órgãos municipais como Câmara Municipal e a própria prefeitura de Manaus devem ao instituto. A prefeitura de Manaus neste momento repassará uma quantia de cotas atrasadas e o prefeito Artur Neto depois de audiência com o ministro da Previdência e Assistência Social, Garibaldi Alves conseguiu deste, uma redução do pagamento de taxas e juros pelo atraso com o instituto federal.

Fraudes, corrupção no sistema previdenciário brasileiro tem sido comum e não vemos política e  financeiramente como uma boa atitude essa decisão do ministro de amortizar taxas e juros ao prefeito de Manaus. O que o ministro deve fazer é determinar que a polícia federal e outros órgãos fiscalizadores investiguem o que ocorreu e está ocorrendo neste momento no MANAUSPREV, caso contrário é mais um instituto com dificuldades de saudar seus compromissos com trabalhadores que hoje, aposentados, pensionistas recebem seus proventos desse fundo de previdência.

CHUVA TORRENCIAL INUNDA MANAUS E CAUSA PREJUÍZOS

 Manaus à margem do Rio Negro e do Amazonas vem sofrendo seu eterno problema de falta de água nas torneiras de seus habitantes. 

Para resolver esse problema uma frente fria que se desloca do sul/sudeste do Brasil vem causando prejuízos em São Paulo,  no Rio de Janeiro e cidades adjacentes com prejuízos ainda incalculáveis.

Por nossas bandas a situação também não é diferente. A chuva que caiu sobre Manaus na quarta-feira vinda daquelas bandas deu uma demonstração da perdulária administração passada. Ruas inundadas, carros enguiçados, lojas alagadas, trânsito imóvel. Essa situação demonstra o que não se fez durante todos esses anos no que diz respeito a saneamento básico na capital do Amazonas. Drenagem não dá voto. Tubulação de esgoto a população não vê. Só vê depois o prejuízo.

 Um exemplo disso, só um exemplo, foi o que ocorreu na Avenida Getúlio Vargas no centro. A via transformou-se num verdadeiro mar. A tubulação de esgoto não deu vasão à água da chuva torrencial e transbordou. Tudo indica que esse escoamento que é obra dos ingleses esteja entupida e sem manutenção.

 A administração do  prefeito Artur Neto, do PSDB paulistano tem mais uma das amostras de problemas que tem que ser resolvido imediatamente. Saneamento básico no centro da capital e cuidar dos moradores que vivem em área de risco como encostas, barrancos e buracos.

 No período chuvoso do ano passado houveram desabamentos de barrancos, alagamentos e mortes. O comportamento do prefeito cassado na época não foi nada edificante.

Que a população de Manaus precisa de água não resta dúvida, mas não água dessa forma destruindo tudo. Que os vereadores que neste momento brigam por gabinetes espaçosos cuidem de propor projetos inovadores que beneficiem a população e não visem única e exclusivamente seus interesses pessoais.

Mais chuvas cairão sobre a cidade e o prefeito não tem que estar discutindo com empresários gananciosos reajuste de tarifa no transporte urbano. Não adianta reajustar preço de passagem de ônibus se a cidade é uma buraqueira,  obrigando coletivos desviarem rotas, como no Mutirão, por exemplo, prejudicando inúmeros usuários que utilizam as linhas 014, 015, 016, 017, 442 dentre outras.

Não podemos em hipótese alguma deixar de tratar de tema tão importante como esse, pois somos nós, moradores de Manaus que pagamos 80% de taxa de esgoto para não ter seu tratamento, nem água e por ocasião de uma chuva ainda arcarmos com prejuízos materiais enormes fruto da inoperância de administradores incompetentes.

ASSASSINOS SÃO OS OUTROS

Com a devida permissão, meu Caro Jean-Paul Sartre.

As  14 mortes  por afogamento ocorridas na Ponta Negra na não cidade de Manaus não poderiam ter acontecido. As várias mortes que ocorreram na Avenida Getúlio Vargas quando inverteram o sentido com a implantação de um corredor de ônibus não era para ter ocorrido. As mortes na Avenida Joaquim Nabuco quando modificaram o sentido da via também não era para ter acontecido.

Assassino não  é  somente a pessoa que mata culposa ou dolosamente uma outra pessoa. Este último muitas vezes mata por prazer, com sadismo.

Entretanto há assassinos em potencial que não manifestam essa tara explicitamente, conscientemente. São assassinos e matam silenciosamente e sem constrangimento.

A psicanálise, a psicologia, a sociologia possuem estudos relacionados à essas pessoas.

Na não cidade de Manaus que se prepara para eleger prefeitos e vereadores convive com essa triste situação de matança de pessoas por irresponsabilidade do não prefeito cassado e hoje principal cabo eleitoral do ex-senador Artur Neto, Amazonino Mendes, assim como outros que passaram pela Prefeitura e Governo do Estado.

Não satisfeito com as mortes ocorridas na Avenida Getúlio Vargas, Avenida Joaquim Nabuco, João Coelho, obra de engenheiros da prefeitura que ceifou a vida de muitas pessoas que cresceram convivendo com um único sentido dessas vias e quando alteravam o sentido, mesmo com um trabalho de orientação, quem já estava condicionado enfrentou   o “laborum meta”.

O atual prefeito cassado da não Manaus, impedido de junto com a família Di Carli tomar o patrimônio do Governo Federal para fazer o camelódromo no porto de Manaus resolveu investir na ponta Negra. Remodelou-a. Foi a maior confusão com os antigos locatários dos bares e “points” ali localizados. Famílias inteiras revezavam-se nos seus empreendimentos para não perder  o negócio.

Além desse infortúnio vêem agora a interdição da praia porque a areia que ali foi colocada descobriu-se que é areia movediça. Seja lá quem for a pessoa que caia n’agua será sugada. Pode ser o nadador olímpico Felps, o Xuxa que não vai escapar da morte, pois a areia suga como um funil. A pessoa morre engolida pela areia movediça para o local projetada.

“Água não tem cabelo” se pronunciou uma autoridade da prefeitura transferindo a responsabilidade para os que jazem. Esse cidadão que é um dos assassinos deve ser  incriminado e denunciado para que os tribunais procedam os rituais de reparação, processo e ou condenação, pois trata-se de um assassino. É inconcebível que gastem pra mais de 50 milhões de reais numa obra que traga como conseqüência a morte de pessoas prematuramente.

Na história dessa praia que agora é de areia movediça,  anteriormente não víamos mortes ocorrerem nessa proporção. Havia a praia natural, os pedrais, mas agora com esse novo projeto comprova-se que os assassinos que não matam a sangue frio, matam com seus projetos  insanos, irresponsáveis.

E neste momento de eleição é bom que analisemos o histórico de todos os candidatos que postulam cargos públicos. Há dentre eles três que são violentos, fanfarrões  que não levam desaforo pra casa. Um deles ameaçou dar uma surra no presidente do povo brasileiro, Luis Inácio Lula da Silva. O outro em programa de televisão corria atrás de traficantes – os pequenos, arraia miúda e se mostrava pra sociedade como justiceiro. Hoje promete que no primeiro dia de trabalho vai mudar Manaus. São desses tipos que nós temos que nos livrar.

Infelizmente onde deveriam estar somente funcionários públicos trabalhando para promover a vida do povo, a melhoria de sua condição social, nesse meio reside assassinos em potencial responsáveis pelas 14 mortes da Ponta Negra e dos demais logradouros públicos planejados irresponsavelmente.  

PREFEITO CASSADO DISTRIBUI BRINDES PARA PROFESSORES E SERÁ CANDIDATO

Estamos a 6 meses das próximas eleições. O atual prefeito cassado da não cidade de Manaus, Amazonino Mendes vem deixando seus seguidores numa grande dúvida. Ser ou não ser candidato.

Nas entrevistas concedidas diz que não será candidato. Que vai aguardar as eleições para governo do Estado em 2014.

Está a procura de um candidato que possa substituí-lo. O galo que já foi prefeito tampão  aparece como cotado.

Com políticos do tipo de Amazonino, José Serra, Demóstenes Torres,   ninguém pode confiar no que dizem. Quem os conhece devem ficar com os dois pés à frente.

Amazonino será candidato a prefeito, pensa em ganhar a eleição e formar vitrine para o pleito de 2014.

Por que fazemos essa afirmação? Pelo conjunto de atitudes que vem tomando nos últimos tempos. Tem demonstrado jogo de interesses na relação  com o funcionalismo municipal concedendo reajustes para algumas categorias que vai de 10 a 100% nos salários, promovendo concursos em várias secretarias, divulgando o que tem feito através de mídias numa campanha pré-eleitoral; autorizando a contratação de mais de 500 agentes de trânsito com salário acima de R$ 1.500.

Além disso, autorizou a SEMED distribuir para os trabalhadores da educação, principalmente professores, uma pasta contendo uma camisa amarela (símbolo da abelinha) e vermelha (homenagem aos petistas my Darling) com o símbolo de seu governo, pincéis, pendrive, caneta, marca texto.

Com isso, dizemos sem dúvida de errar que Amazonino, o prefeito cassado da não cidade de Manaus será candidato e com a distribuição desses brindes, contratação de pessoal sem concurso,  caracteriza compra de votos, marca que motivou sua cassação pela insigne juíza Maria Eunice Torres do Nascimento no pleito passado.

Aos professores cabe um posicionamento: não vestir a camisa cabo eleitoral dele, pois se a educação está do jeito que se apresenta hoje, é conseqüência da falta de políticas responsáveis quando ele foi governador do Estado e prefeito antes do atual mandato.

A educação para Amazonino sempre ficou em último plano tanto é que nos últimos dias o que vem se falando, escrevendo, editando é que nos próximos concursos que a Prefeitura de Manaus irá realizar haverá funcionários com salários superiores de um professor para uma carga horária de 30 horas. Aí está a demonstração de um desrespeito à categoria do magistério. Mas infelizmente ainda há na categoria pessoas que não fazem a distinção de um político comprometido com a educação e um populista que quanto pior melhor para a manutenção dos mesmos nos comandos políticos da cidade e do Estado. E não adianta o Secretário de Administração justificar-se que já encontraram essas diferenças estabelecidas. Sim criadas pelo atual prefeito quando governou a cidade e quando governou o Estado. E tem sim, responsabilidades sobre a real situação.

Amazonino será candidato e virá apoiando um grupo de ex-secretários já fora de seu governo para o cargo de vereadores para lhes darem apoio na Câmara Municipal, pois Manaus como sede da copa do mundo desperta todos os interesses, tanto na Prefeitura como no Governo do Estado, e pessoas como Amazonino, não será um momento desses que o deixará  fora de cena, quando pessoas como ele, sentem-se sempre bem quando “paparicados” e no centro das atenções ocupando um cargo público e tem a mídia para exaltá-los como seres superiores aos demais.

   

    
        

PROFESSORES ANALFABETOS POLÍTICOS DA SEMED TIVERAM REAJUSTE JIQUITAIA-MUCUIM APROVADO NA CÂMARA A MANDO DE AMAZONINO

Lendo comentários feitos neste blog, percebemos que ainda há na categoria de trabalhadores da educação  aqueles que desconfiam de tudo que a direita, os patrões oferecem como dádiva, como reconhecimento. Quando numa das formações em pólo da SEMED-MANAUS foram eleitos diretores, pedagogos e professores para reelaborarem a lei 1126/2007 que instituiu o PCCS já havia certa desconfiança. Essa desconfiança aumentou por ocasião da primeira reunião na SEMED-MANAUS, no dia 31 de agosto de 2011 com parte setorial da categoria eleita, declarou um professor.

Na ocasião foi falado pelo assessor Suamy,  pela Gerente de Pessoal e pelo próprio Secretário Mauro Lippi, que ali iniciava um processo de discussão para reformulação do PCCS, pois, que consultados vários planos de salários de outras secretarias pelo Brasil, havia no da SEMED-MANAUS vários equívocos que só prejudicavam os trabalhadores e que com os debates seriam corrigidos.

Tanto o assessor, Suamy como o secretário Mauro Lippi elogiavam o prefeito pela iniciativa e que provavelmente haveria pessoas que sairiam daquele encontro falando mal da iniciativa. Fizeram questão de reafirmar que não visava interesses eleitoreiros e que todos participariam dos debates, dos cálculos e percentuais de ganhos.

Na ocasião, algumas vozes destoaram do proselitismo babal.  Havia professores desconfiando dos métodos de como seriam as reuniões, como  tratariam as propostas do novo PCCS, desconfiaram de como um político da categoria de Amazonino abria discussão para debater reajuste de salário de trabalhadores da educação quando no seu histórico nunca houve tal preocupação;  defendeu-se na ocasião que fosse adotado o piso nacional estabelecido para os professores.

Pela boca grande circulava que o prefeito-cassado daria um presente para a categoria por ocasião do dia dos professores. Realmente um “presente de grego” como fala o manifesto dos professores em movimento tendo à frente o professor Lambert e outros, foi confirmado.

Não houve mais discussões na SEMED-MANAUS. O projeto de PCCS que iniciou como promessa morreu e ressuscitou pelas mãos do deus Amazonino que tudo sabe acerca de custo de vida,  apenas com três alterações: pagamento integral de carga dobrada, aposentadoria e reajuste de 10%, votado dia 12 de dezembro de 2011, às 16 h na Câmara Municipal de Manaus, às pressas, impondo, como fez essa mesma Câmara e o Prefeito Serafim Correa numa  4 h da madrugada de 2007 mais uma derrota à categoria, que infelizmente possui ainda, apesar de professores, muitos analfabetos políticos que aplaudem Amazonino e participam de seus bailes e bailando vão dançando a valsa da vida enganada.

E o jiquitaia-mucuim reajuste de 10% só será pago no mês de janeiro de 2012 porque a folha dos barnabés fecha no próximo dia  15 de dezembro e não dará tempo para  sancionagem do prefeito e pagamento “festivo” ainda este ano.

Outros professores ouvidos pelo blog declararam que o SINTEAM não se manifestou sobre o assunto e  como alternativa há o “professores em movimento” discutindo questões políticas, salariais, pedagógicas de enfrentamento aos patrões e ao Sindicato.

Para esses professores a categoria sofreu um prejuízo enorme porque tal reajuste impõe perdas dissociadas do plano nacional de educação   e que só serão corrigidas com a categoria discutindo, debatendo e organizando-se, caso contrário a política da prefeitura perpetuar-se-á impondo revés que muitos professores não merecem, exceto, a claque e professores  analfabetos políticos que não são poucos.

PROTOCOLADO PELO VEREADOR WALDEMIR JOSÉ DECRETO LEGISLATIVO DO PLEBISCITO SOBRE CONCESSÃO DA ÁGUA EM MANAUS

Fotografia: Sérgio Oliveira

O vereador Waldemir José (PT) aproveita o suposto embate entre o prefeito Amazonino Mendes, cassado pela insigne juíza Maria Eunice Torres do Nascimento, e os vereadores aliados de Eduardo Braga (PMDB) para fazer passar pela Câmara Municipal de Manaus (CMM) posições que representam uma possibilidade democratizante de serviços públicos. Agora Waldemir conseguiu 16 assinaturas para dar entrada na proposta de decreto legislativo sobre o plebiscito da água.

Se aprovado, o projeto, que vai tramitar nas comissões da casa antes de ser aprovado, oficializará o plebiscito, tendo como base os artigos 16, 23 e 68 da Lei Orgânica Municipal (Loman) e artigo 14, inciso I da Constituição Federal, para que os eleitores do município de Manaus decidam a respeito da decretação ao não da caducidade da concessão de água.

Estando oficializado, o plebiscito que trata a proposta de decreto legislativo deverá ser realizado em 90 dias após a sua aprovação. Cabe ao TRE do Amazonas organizar todas as etapas até o resultado final.

Segundo a assessoria do vereador, aos eleitores será dirigida a seguinte pergunta: “A Prefeitura de Manaus deve permitir a continuidade da concessão conferida à Águas do Amazonas?”, cuja resposta será SIM ou NÃO.

Será vencedora a alternativa que for aprovada por maioria simples dos votos computados como válido, excluídos os votos em branco, de acordo com o resultado homologado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O quórum para avaliar o resultado desta consulta será de cinquenta por cento de eleitores do município de Manaus, registrados pelo TRE.

A assessoria lembra bem ainda como países como Itália, França e Alemanha passaram pela experiência do plebiscito e a população decidiu em sua maioria a não privatização do serviço.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,982,100 hits

Páginas

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930