Archive for the 'Cafézinho' Category

GOLPISTA É VOCÊ, MICHEL TEMER

Empossado sem dizer uma só palavra, claro, temendo a reação do povo, o golpista reuniu seu ministério de usurpadores da democracia e manteve seu comportamento autoritário, prepotente, determinando que nenhum ministro levasse desaforo para casa. Parece piada. Mas não é. Está demonstrado que todo golpe de Estado, que por si só, já é um estupro, para se firmar, se estabelecer ele impõe a violência, ele impõe a ditadura. Isso já ocorre em São Paulo.

Por ter sido empossado agora como presidente, atribui-se que agora ele não é mais decorativo, interino, ele é o cara. Dessa forma se dirigiu aos ministros: 

“Se nos chamarem de golpista, digam: ‘Golpista é você, que não respeita a Constituição’. Nós não estamos propondo ruptura constitucional. Além do mais, tivemos uma discrição absoluta. Agora, as coisas se definiram e as coisas precisam de muita firmeza.”

Temer reconhece que “no plano internacional, eles tentaram muito, e conseguiram com algum sucesso, dizer que no Brasil houve golpe. (…) Falou em golpe, nós precisamos responder. Não podemos deixar passar nenhuma palavra, se não eles vão tentar nos desvalorizar. (…) Não podemos tolerar essa espécie de afirmação. Quem tolerar, vou trocar uma ideia sobre isso. Não vou fazer caça às bruxas, mas não vou deixar que pensem que o governo não sabe responder.”

thumb image

Foi só ele dizer que não era para ninguém levar desaforo para casa que o povo em várias capitais e cidades do Brasil, como São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Florianópolis, Juiz de Fora, Fortaleza, Belém, Salvador, Recife dentre outras promoveram manifestações de rua e panelaço por ocasião de sua fala gravada onde declara que vai alterar a previdência social para poder continuar pagando os aposentados, que fará a reforma da previdência e a reforma trabalhista, com flexibilização de leis para priorizar a relação empregador-empregado.

Como já escrevemos anteriormente. Não reconhecemos Michel Temer como presidente da República Federativa do Brasil. Esse impostor será sempre tratado por nós como golpista. E assim trataremos todos que manifestaram apoio ao golpe, como por exemplos os 61 senadores.

Esses 61 senadores  impuseram uma derrota ao golpista do Jaburu. Por quê? 

Ele pretendia eliminar  Dilma Vana Rousseff impondo a perda de seus direitos políticos. Ficou desesperado, assim como o senadores do DEM e do PSDB quando viram o trem descarrilar. Os golpistas não obtiveram os dois terços e Dilma, se quiser, daqui a dois anos poderá se candidatar a um cargo eletivo e ele, o golpista está inelegível por oito anos de acordo com a justiça de São Paulo.

Temer, contrariado, ainda admitiu que sofreu uma “derrota” imposta por seu próprio partido, que apoiou em massa, com a liderança de Renan Calheiros, a proposta de Dilma ter o mandato cassado sem necessidade de perder seus direitos políticos.

Segundo o golpista, esse tipo de movimentação deveria ter sido discutida com ele antes, para não aparecer na imprensa como uma derrota para seu governo. Ele ecolaliou o episódio como um “embaraço”, com risco de “divisão” na base parlamentar. “Deveria ser um gesto nosso, de manter direitos políticos. Não podia ser uma derrota para nós. (…) Se Deus quiser não vai acontecer nada, mas já há partidos dizendo que podem deixar o governo.”

thumb image

Não precisaria o golpista provocar o povo. O povo  já percebeu o golpe a muito tempo e naturalmente a leva de protestos não começaram hoje. Eles estão replicando. E vai ganhar força porque amanhã começa a Semana da Pátria no Brasil e vai explodir manifestações para todos os cantos enquanto ele fugindo do Brasil está indo para a China – Vai pra China golpista – por aqui ficou o Pimpão, que vai receber as vaias que compartilhará com o interino, pois foi eleito por 61 senadores e não 54,5 milhões de votos.

 

Rua Irineu Marinho vai se chamar Leonel Brizola

Do CafezinhoRepasso o email que recebi do pessoal do núcleo Rio do Barão de Itararé:

Troca-Troca no Globo, sai Marinho entra BRIZOLA

VAMOS TROCAR O NOME da rua onde se localiza O Globo. MUDA Rede Globo – A rua é do povo !

A rua se chamará Leonel BRIZOLA

É uma justa homenagem a um brasileiro que enfrentou com bravura o império midiático dos marinhos. Lembrando que foi BRIZOLA quem conseguiu na justiça que o JN divulgasse uma retratação histórica.

Venha participar e convide seus amig@s !
O link no facebook para confirmar presença é: https://www.facebook.com/events/195105990651601/

Data: 19/07 sexta-feira
Hora da concentração: 17:00h
Concentração: na esquina do Edifício Balança mas não cai (Rua de Santana x Av Presidente Vargas)
Hora da atividade: 18:00h
Local da atividade: Rua Leonel BRIZOLA (EX- Rua Irineu Marinho)

MOTIVAÇÃO POLÍTICA

Após divulgação de documentação – até então sigilosa – ocultada por mais de oito anos do conhecimento do distinto público, todos ficamos sabendo da bilionária FRAUDE da Rede Globo que desviou DINHEIRO PÚBLICO (sonegação = CORRUPÇÃO).

E também existe – segundo consta nos documentos divulgados – a incriminação pessoal de membros da família Marinho.

Hoje se sabe que o processo foi “extraviado” (segundo informou o MPF-RJ) e na prática a Rede Globo e seus proprietários – OS MAIORES BENEFICIÁRIOS DO “extravio” – continuam impunes.

A VERDADE É DURA, A Rede Globo APOIOU A DITADURA

Obs.: a exemplo da vitoriosa manifestação de 03/07 – OCUPE a Rede Globo – que transcorreu democraticamente sem qualquer transtorno, solicitamos a TOD@S que auxiliem na realização desta manifestação, para que tenhamos o mesmo êxito.

Organização:
Barão de Itararé
Cidadania SIM ! “pig” nunca mais

O mensalão de Joaquim Barbosa!

Do Cafézinho

Os leitores estão pedindo provas mais substanciais de que Joaquim Barbosa recebe salários da UERJ sem trabalhar. Os documentos comprovam que ele está ativo, “exercendo “atividades administrativas por autorização expressa do Reitor da UERJ”. Para mim, isso é uma prova que ele recebe salário e benefícios da instituição. Minha fonte fez uma estimativa do que ele deve ter recebido de 2008 até hoje e chegou ao valor de R$ 700 mil. Agora estamos atrás do contracheque do ministro na UERJ, para identificar o valor exato de seu salário. Trata-se de um emprego público, ou melhor, de uma sinecura pública, de um homem público, e bota público nisso, que o diga o Luciano Huck.

O Cafezinho pode errar evidentemente. A gente faz o possível, mas a nossa equipe é muito pequena: um só. Então vamos esperar aparecer o contracheque do senhor Joaquim na UERJ, ou receber mais informações antes de continuar batendo o bumbo nessa história.

Observem que não estou apontando nenhum crime do Joaquim. Apenas mostrando que ele é apenas mais um marajá do serviço público, como tantos outros. Como disse um amigo do Twitter, era a última virgem da zona. Não é mais.

Agora quero falar do mensalão de Joaquim Barbosa.  Refiro-me ao emprego dele no IESB, uma universidade que andou envolvida no escândalo da “multiplicação” de cursos, denunciado pela Istoé em fevereiro de 2000. Os outros ministros do STF dão aula na escolinha do Gilmar Mendes. Barbosa dá aula na escolinha da Eda, uma reacionária de coturno que defende o fim do direito ao voto para “analfabetos funcionais”.

Segundo minha fonte, Barbosa ganhava R$ 6 mil/mês em 2004 e hoje deve ganhar de R$ 10 a 20 mil por mês para dar uma aula por ano. E que aula! Na aula que deu este ano, a quantidade de asneiras por segundo proferida por Joaquim Barbosa está concorrendo ao Guiness.

Até aí tudo bem. São os regabofes de sempre que a república de bananas oferece aos poderosos, não importando o grau de estultice dos mesmos. O negócio é que o IESB, como já disse, é o mesmo curso denunciado numa reportagem da Istoé, como um dos que registraram crescimento “espantoso” na gestão de Paulo Renato, ministro da Educação no governo Fernando Henrique. Com um detalhe curioso: a dona do curso, a reitora Eda Machado é mulher do então homem forte do Ministério da Educação, Edson Machado de Sousa.

Confira o trecho da reportagem da Istoé (íntegra aqui).

Aberto há dois anos, o Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb) cresce a uma velocidade espantosa: já tem 12 cursos funcionando, soma três mil alunos e cobra uma mensalidade que, no caso do Direito, chega a R$ 570. O Iesb pertence a Eda Coutinho Barbosa Machado de Sousa, mulher do chefe de Gabinete do ministro Paulo Renato Souza, Edson Machado de Sousa. A mulher de Edson, uma professora aposentada que já trabalhou no MEC, juntou-se a dois empreendedores mato-grossenses e virou uma empresária do ensino. “Depois do Paulo Renato, houve um liberou geral no ensino superior. Mas isso gerou mais competição e o aluno passou a ter mais opções”, acredita ela.

Assim é a vida.  Mensalão da UERJ, mensalão do IESB, emprego pro filho na Globo. E quem paga o pato é o Pizzolato. Rimou.

Eda – que odeia a massa ignara, e acha que ela não deveria ter direito a voto – é a do meio.

Joaquim Barbosa recebeu R$ 700 mil da UERJ sem trabalhar

Do Cafézinho

Primeiro ele pagou, com dinheiro público, as passagens de avião da repórter da Globo que foi à Costa Rica cobrir a sua palestra. Depois pagou, de novo com verba pública, passagens para vir ao Rio assistir o jogo entre Brasil e Inglaterra. Não precisou pagar ingresso porque ficou no camarote do Luciano Huck. Logo em seguida descobriu-se que seu filho arrumou um emprego na Globo, no programa de… Luciano Huck.

Henrique Alves e Renan Calheiros, apanhados usando jatinho da FAB pra ver jogo de futebol, devolveram o dinheiro usado. No caso de Barbosa, a imprensa continua quieta. Ninguém quer decepcionar o “gigante” que, segundo o Datafolha, idolatra o Barbosão.

Ninguém quer arranhar a imagem do “menino que mudou o Brasil”, criada pela grande mídia para endeusar o homem que se vendeu ao sistema, que rasgou a Constituição para acusar e condenar, mesmo sem provas, os réus da Ação Penal 470.

A coisa não pára por aí. O laudo 2424, que investiga a relação entre o fundo Visanet, funcionários do Banco do Brasil e as empresas de Marcos Valério, traz uma denúncia séria: o filho de Barbosa teria trabalhado numa empresa que recebeu milhões da DNA Propaganda. Barbosa manteve o laudo em sigilo absoluto, apesar do mesmo trazer documentos que poderiam provar a inocência de Pizzolato – e prejudicar toda a denúncia do mensalão.

E agora, uma outra novidade: desde 2008, Barbosa usufrui de uma bela sinecura da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ): ganha sem trabalhar. O Estado do Rio já gastou mais de R$ 700 mil em salários para um cidadão que ganha muito bem no Supremo Tribunal Federal.

O Cafezinho, como de praxe, mata a cobra e mostra o pau. Estão aí os documentos que comprovam a situação de Barbosa. Ele deu aula na Uerj normalmente de 1998 a 2002. Em 2003, pede licença-prêmio e permanece até 2008 em licença não-remunerada. A partir desta data, porém, a vida sorri para Joaquim. Além do empregão no STF, da paixão súbita da mídia por sua pessoa, o reitor da UERJ lhe oferece uma invejável situação: passar a receber salários e benefícios mesmo sem dar aulas ou fazer pesquisas.

Consta ainda que Barbosa estaria brigando para receber reatroativamente pelos anos que permaneceu de licença não remunerada, de 2003 a 2008. Para quem acabou de receber R$ 580 mil em benefícios atrasados, não seria nada surpreendente se também conseguisse isso.

Ah, que vida boa!

Os meninos do Movimento Passe Livre estão certos: definitivamente, não são apenas 20 centavos!

Os documentos que comprovam a situação de Joaquim Barbosa:

 

 

 

Fascistas mascarados atacam manifestantes no Rio de Janeiro

De O Cafézinho

Eu quero fazer uma denúncia grave. A manifestação aqui no Rio seguia tranquila. Os trabalhadores marchavam com suas bandeiras. No carro de som, locutores defendiam propostas objetivas. Por volta das 18 horas, quando a passeata ainda estava concentrada junto à Candelária, houve um primeiro incidente envolvendo os “mascarados”, que jogaram pedras nos vidros da Candelária. A polícia veio, pediu para que um deles tirasse a máscara. O sujeito se recusou, o policial o segurou pelo braço. Outros mascarados cercaram o policial. Então a polícia jogou uma bomba de pimenta, causando transtornos em várias pessoas que não tinham nada a ver com os mascarados.

Aí o negócio se acalmou. Os locutores pediram para ninguém usar máscara. Tentou contemporizar.  Esse foi o grande erro.

Mascarados são inimigos dos trabalhadores. Tem que ser expulsos sumariamente das passeatas. São vândalos e fascistas, apesar de alguns usarem o rótulo de “anarquistas”. De anarquistas não tem nada.

Havia pelo menos uns três grupos de mascarados. Um se manteve desde cedo diante do Palácio Guanabara, sede do governo, bem distante das passeatas.

Um grupo ficou na Cinelândia, esperando a passeata. Outro, na parte de trás – foi esse que jogou pedras nos vidros da Candelária.

Em seguida, o grupo de trás se dirigiu para a frente, infiltrando-se no meio da passeata. Havia uns dois que dirigiam os grupos.

Os dois grupos se uniram na frente da passeata e marcharam juntos por algum tempo. Até que, de repente, o grupo inteiro, uns duzentos mascardos, se voltou e passou a marchar na direção da passeata. Posicionaram-se em frente ao carro de som da UGT, e ali permaneceram, bloqueando a passagem de mais de 50 mil manifestantes.

Vários faziam gestos ameaçadores com as mãos. Lançaram bombas. Dirigiram rojões na direção das pessoas.

A polícia entrou em cena com a delicadeza de sempre, lançando gás pimenta, bombas de efeito moral e atirando pro alto. O caos se instalou. As pessoas correram assustadas.

Eu estava com amigos, ao lado do Amarelinho, esperando a passeata chegar. Um grupo de amigos chegou correndo, com olhos ardendo. Levei-os para o escritório da minha esposa, na Alcindo Guanabara.

A passeata terminaria com uma grande assembléia popular para discutir a mídia. Os mascarados estragaram a festa.

Não eram “coxinhas”, apesar de circularem no mesmo universo de ideias e partilharem do mesmo tipo de radicalismo e truculência política. Eram jovens organizados, num esquema de guerrilha.

O serviço de inteligência do governo federal precisa, urgentemente, entrar em ação para descobrir quem está por trás desses grupos. Aliás, o serviço de inteligência precisa, em primeiro lugar, existir. O governo tem de dar estrutura à ABIN. Se não temos poderio militar, o mínimo que esperamos, para nos sentirmos seguros contra a influência externa, é um serviço de inteligência decente.

Os movimentos sindicais, por sua vez, tem de endurecer contra os mascarados. Alguma coisa tem de ser feita.

As bombas jogadas no palácio do governo indicam que o objetivo do grupo é desestabilizar. Qual a proposta que trazem?

Enquanto aguardávamos a confusão se amainar, conversamos sobre o tema. Teorias conspiratórias pipocaram. Um achava que era coisa de partido político, inclusive o PMDB, querendo produzir um clima de instabilidade. A teoria tem uma lacuna importante: que vantagem isso traria ao governador Sérgio Cabral? Ou será algo do PMDB acima do Cabral? Outros mencionaram a oposição: PSDB e DEM. Seja quem for, é gente querendo desestabilizar. Está conseguindo.

A hipótese de interferência estrangeira é algo que tem sido discutida no setor de inteligência do governo. Eu tenho uma fonte na Abin, que mencionou este fato. Na Primavera Árabe, houve muita ingerência externa, especializada em pegar carona em manifestações autênticas, e transformá-las em motivo de instabilidade.

O fato de estar marcada, para o final do ato, uma assembléia para discutir a mídia, também virou tema de nossas teorias de conspiração. Durante a passeata, havia grandes faixas e palavras de ordem contra a Globo. Os locutores cantavam, no alto do carro de som, o refrão mais famoso das passeatas: “A verdade é dura, a Globo apoiou a ditadura.”

Reiterando: dessa vez os mascarados não atacaram prédios públicos. Eles marcharam diretamente contra os próprios manifestantes. Foi uma agressão, uma declaração de guerra.

Isso vai ter troco. Me desculpem a violência. Jamais pensei que escreveria algo assim: da próxima vez que eu ver um mascarado na minha frente, terei que me controlar muito para não lhe dar um murro.

– See more at: http://www.ocafezinho.com/2013/07/11/fascistas-mascarados-atacam-manifestantes-no-rio-de-janeiro/#sthash.kT7kM0hh.dpuf


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,016,431 hits

Páginas

agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031