Archive for the 'Brasil Atual' Category

ATENÇÃO BRASIL! ÁUDIO QUE INCRIMINA AS ANOMALIAS SERÁ VAZADO EM INSTANTES.TEMER E AÉCIO SERÃO COMIDOS

É insustentável a permanência do golpista Temer no Palácio do Planalto. A situação política e econômica piora a cada instante. A Bolsa de Valores, BOVESPA está operando com um prejuízo como nunca dantes ocorrido.  Só resta a capitulação do dublê, golpista, usurpador do cargo de Dilma Vanna Rousseff, eleita com 54.501.118 votos dos democratas do Brasil. A queda do golpista mor caminha para um final feliz para estes democratas. Segundo o site de notícias 247,  “o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, acaba de pedir o levantamento do sigilo em que Michel Temer avaliza o pagamento de um mensalão para comprar o silêncio de Eduardo Cunha, seu parceiro no golpe parlamentar, que destruiu a economia e a imagem do Brasil; com a divulgação dos áudios, Temer não terá condições de ficar nem mais um dia no Palácio do Planalto e sairá da História como merece: pela porta dos fundos; carta de renúncia pode ser escrita ainda hoje.”

Belchior fez último show para poucas pessoas na sexta-feira. Morreu no sábado

Autor da canção “Como nossos pais”, cantor e compositor que morreu neste sábado, em sua casa, no RS, será velado em Sobral e em Fortaleza.

O cantor e compositor cearense Belchior será velado em Sobral, interior do Ceará, no Teatro São João. Depois o corpo será levado para Fortaleza, onde o velório não tem ainda local definido. São cogitados o Teatro José de Alencar ou o Palácio da Abolição. O enterro será no cemitério Parque da Paz, no túmulo dos familiares do artista.

De acordo com a família, Belchior fez um último show na noite anterior, em Santa Cruz do Rio Grande do Sul (RS), onde morava. Após reclamar de dores nas costas foi dormir. E não acordou mais. A polícia acredita que a morte tenha sido por causas naturais. O governo do Ceará já anunciou que fará o traslado do corpo para o estado em que o artista nasceu.

Antonio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes nasceu em 26 de outubro de 1946, em Sobral. Despontou no cenário musical brasileiro nos anos 1970 junto com uma geração de talento de ficou conhecida como “pessoal do Ceará”, assim definido pelo conterrâneo Fausto Nilo, compositor e arquiteto: “Desde o início do grupo, chamado por setores do meio musical de ‘Pessoal do Ceará’, termo que não adoto e não gosto, cada um tinha um projeto singular e diferente, com o Bar do Anísio como ponto de encontro. Foi apenas a coincidência de um período de luta por um lugar ao sol”.

Em O Belchior que a crítica vulgar não viu, publicado no site Outras Palavras, o jornalista Alberto Sartorelli lembra que o artista sabe, desde muito tempo, que “Eles venceram / e o sinal está fechado pra nós / que somos jovens” (Como nossos pais, Alucinação, 1976).

E que ele teve sua poesia impregnada pela frustração de não ter podido colocar em prática o projeto por um mundo melhor. “Sua música é mais verdadeira e mais revolucionária por isso: não promete a felicidade, mas  a impossibilidade dela no estado de coisas vigente.”

Alucinação, um dos álbuns marcantes da década de 1970, completou 40 anos no ano passado. Foi o seu segundo LP. O crítico Mauro Ferreira lembra que o LP “abriu as portas das rádios e do sucesso popular” para o cantor cearense, que se projetou em 1972 a partir da gravação de Mucuripe (dele e de Fagner) por Elis Regina.

Alucinação começa com três dos maiores sucessos de BelchiorApenas um Rapaz Latino-Americano, Velha Roupa Colorida e Como Nossos Pais. As duas últimas ficaram marcadas pela interpretação de Elis no LP Falso Brilhante, também em 1976. Também estão lá faixas como Sujeito de Sorte, Como o Diabo Gosta e A Palo Seco

Em nota, o governador Camilo Santana (PT) decretou luto oficial de três dias no Estado e reconheceu a importância de Belchior para a música brasileira.

Confira a nota na íntegra:

“Recebi com profundo pesar a notícia da morte do cantor e compositor cearense Belchior. Nascido em Sobral, foi um ícone da Música Popular Brasileira e um dos primeiros cantores nordestinos de MPB a se destacar no País, com mais de 20 discos gravados. O povo cearense enaltece sua história, agradece imensamente por tudo que fez e pelo legado que deixa para a arte do nosso Ceará. Que Deus conforte a família, amigos e fãs de Belchior. O Governo do Estado decretou luto oficial de três dias. 

COM TEORIA DA CONSPIRAÇÃO OU NÃO, GOLPISTAS COMEMORAM MORTE DE TEORI ZAVASCKI: “O SUBSTITUTO SERÁ INDICADO IMEDIATAMENTE”, “GANHAMOS TEMPO”

Atentado ou não contra Teori, o Brasil sofreu um golpe de Estado apolítico-jurídico-parlamentar-midiático em 2016 que roubou 54 milhões de votos da presidenta Dilma Vanna Rousseff e continua apresentando cenas como num cinema de Costa Gavras.

A direita brasileira não suportaria ficar 16 anos fora do poder na República. Depois,  amargar a partir de 2018 mais 8 anos ininterruptos com Luís Inácio Lula da Silva.

A partir do primeiro mandato de Lula para garantir governabilidade compôs com apolíticos que sempre tramaram contra princípios republicanos. Continuaram no segundo mandato. Com Dilma, ela deu uma brecada e isso contrariou interesses dos famintos, dos degenerados.

Tanto no governo de Lula como no de Dilma a corrupção foi combatida. Não havia um engavetador de processos na República.

Quando Aécio Never Cunha não reconheceu a vitória de Dilma e pediu recontagem de votos estava dada a largada para o golpe de Estado chancelado pelo STF que tudo permitiu alegando a interdependência entre os poderes.

Senadores, Deputados Federais, Empreiteiros, Empresas, lobbys estavam na mira de mega operações que  ameaçavam derrubar a República.

“É preciso estancar a sangria,” declarou Romero Jucá, conhecido como Caju no submundo do crime.

Fizeram de tudo para golpear a presidenta e o povo brasileiro, particularmente os seus 54 milhões de eleitores que a reelegeram.

Só que esse povo não se entregou. Foi às ruas. Discursou. Questionou e continua nas ruas questionando o golpe e as medidas contra a classe trabalhadora.

Esse mesmo povo atuou duramente contra o Congresso Nacional, contra a FIESP e contra o STF que nada fez para evitar o caos em que se encontra a nação brasileira.

O ministro morto poderia ter evitado que  o golpe solapasse 1,3 milhões de empregos só em 2016. Por que não afastou o Caranguejo? Por que autorizou a prisão de Delcídio Amaral? Por que só depois do golpe de Estado afastou Eduardo Cunha? Por que não foi mais incisivo com Moro após a divulgação do diálogo entre a presidenta Dilma e Lula?

Por que convivia com o hoteleiro Carlos Alberto Fernandes Filgueiras  que era julgado no STF por construção de propriedade num APA em Paraty semelhante a Paraty House dos donos da Globo? Esse hoteleiro era sócio do Banco BTG Pactual envolvido em tramas e tendo o ministro atuado beneficiando  um dos sócios do Banco, André Esteves, preso na época? Segundo um jornalista paraguaio, o hoteleiro fez fortuna também explorando serviços na fronteira do Brasil. Bastava observar só um desses desvios éticos do hoteleiro para o herói nacional de Moro não conviver com o dono do hotel onde propinas eram negociadas, né Renan Calheiros.

Conspiracion ou não, a morte do ministro tem tudo a ver com o golpe de Estado.

Neste janeiro de recesso forense ele e sua equipe trabalharam nas delações e nos processos.

Em fevereiro chamaria os 77 executivos da Odebrecht para novas diligências.

Só o conspirador mor contra Dilma na primeira delação aparece 43 vezes. Há ministros, senadores envolvidos nas trapaças.

Temendo a Papuda que em tempo de rebeliões cabeças estão rolando, ex-governador chora e berra que nem bezerro desmamado,  o gato Angorá, Moreira Franco disparou: “o substituto do ministro morto será indicado imediatamente.” No Sul do país, outro que não escapará duma penitenciária, Eliseu Quadrilha demonstrou numa frase a completude do golpe. “vai dar mais tempo para a homologação das delações da Odebrecht” e “Michel Temer vai indicar o substituto com a maior brevidade possível.”

Quando Quadrilha fala em tempo é o tempo deles aprovarem todo tipo de maldade contra o povo. Entrega do Pré-sal, reforma trabalhista e da previdência social, medidas que nos governos de Lula e Dilma nunca foram cogitadas.

Conspiração ou não conspiração, a morte do ministro deve ser investigada por organismos nacionais e observados por órgãos internacionais. Os golpistas não devem participar das investigações. Temos vários exemplos de mortes  em “acidentes” que não se configuram acidentes.

Para Francisco Zavascki, filho do ministro morto que em maio publicou em seu faceboock o recebimento de ameaças, essa prática continuou por emeio, rede social, mas tudo que deseja é que seu pai não tenha sofrido um atentado, pois não seria bom para o Brasil ter um ministro do STF assassinado.

 

TEMER DÁ SINAIS QUE CAIRÁ BREVEMENTE; CASSADO PELO TSE OU PELA PRESSÃO POPULAR

Resultado de imagem para imagem da primeira reunião de Temer com Ministros

Na entrevista concedida a cinco entrevistadores alcunhados de jornalistas que chamam o patrão de companheiro, segundo Mino Carta, do jornal golpista O Globo, além dos atos falhos em se comparar com Carlos Magno confundindo com rei Artur, percebemos um Fora Temer obinubilado pelo poder.

Ele se sente poderoso quando naquela mesa oval se reúne com seus ministros.

Transparece nessa fala o recalque, o ser insignificante que foi nos últimos cinco anos um vice decorativo, uma rainha da Inglaterra.

Se comparou ao rei franco Carlos Magno se confundindo com César Augusto, Nero, Calígula, rei Artur da Távoa Redonda.

Todos imperadores, reis.

Os que existiram chegaram ao poder pela hereditariedade ou por golpe de Estado.

O que não existiu é obra da ficção.

O rei está nu.

Fora Temer ainda não se mudou do Jaburu, não usou a faixa presidencial e nem tirou a fotografia como presidente.

Temer sabe que não ficará no poder por muito tempo.

Isso ficou evidente na forma como se reportou aos dublês de jornalistas de O Globo:

Indagado sobre o golpe disse: “golpe não pegou”. Aliás, pegou como “movimento político” daqueles que apoiam o governo destituído. “Como movimento político é bem pensado até”, disse.

Segundo o GNN de Luis Nassif, “com tom de voz alterado, segundo a própria reportagem, Temer bateu na mesa “seguidas vezes” e exclamou: “Eu quero que explique o golpe. Eu quero debater o golpe, quero que tenham argumentos. Porque o que está infernal no Brasil é essa irascibilidade. Isso está infernizando o país. Me digam qual é o golpe? Eu só quero governar. Para mim, é honroso (assumir a Presidência). Não é questão de vida ou morte.”

O Site continua: Em outra passagem, Temer disse que se for cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral por crime na campanha de 2014 entregará a presidência “sem maiores problemas”. Mas, para ele, o ideal é que novas eleições só ocorram em 2018. O agora presidente disse que defender novas eleições é que é um “golpe”.

As manifestações estão infernizando o país.

Temos um golpista sitiado.

Porque o que está infernal no Brasil é essa irascibilidade.

Foto: Mídia Ninja

Quando em junho de 2013 ocorreram as manifestações contra a presidenta Dilma puxadas pelos coxinhas elas não se sustentaram. 

Os coxinhas no início do golpe até a votação na Câmara eles se manifestaram. 

Sentiram o golpe.

Agora está sendo diferente. A população está nas ruas na maioria das cidades e capitais brasileiras tendo como ponto de referência de megas manifestações São Paulo. 

As Frentes Brasil Popular, Povo Sem Meto e todos os movimentos sociais estão nas ruas no seu 14º dia direto se manifestando contra o golpe jurídico-parlamentar-partidários-midiático.

É golpe porque houve uma ruptura democrática. A Constituição brasileira foi desrespeitada.

Assim como no dia 11 de setembro de 1973 o golpista Augusto Pinochet derrubou e matou Salvador Allende no Chile, assim os senadores com aval do STF e da mídia golpista mataram a democracia brasileira e nossa soberania.

Mataram nossa soberania porque sem discussão nenhuma os golpista estão entregando para empresas transnacionais poços ricos em petróleo e o nosso pré-sal. Estão vendendo por um preço abaixo do mercado. Carcará grita: Fora Temer!

É golpe porque a PEC 241 impõe por um prazo de 20 anos qualquer investimen: to em educação, saúde, saneamento, habitação. Reajuste salarial. A maior preocupação dos golpistas é com o rentismo.

É golpe porque os direitos trabalhistas conquistados irão passar por mudanças que são ensaiadas e apresentadas pela imprensa e que já motivam uma grande paralisação de todas as categorias no dia 22 de setembro se aliando aos bancários que já se encontram em greve e aos carteiros e outras categorias que a partir de hoje também entrarão em greve.

É golpe porque a presidenta não cometeu crime. Ela foi tirada do governo porque os golpista precisavam parar a sangria que a Lava Jato estava provocando em suas hostes.

Uma prova para isso é a demissão do Advogado Geral da União golpista. Ele já declarou e está na revista golpista  Veja narrando essa história.

Se mister Fora Temer acha que as manifestações estão infernizando o país, para continuar a irascibilidade, São Paulo, ontem, domingo, dia 11 de Setembro deu mais uma demonstração de não aceitar o governo golpista e bradou: Fora Temer!

Além de São Paulo houve manifestações em Porto Alegre, Curitiba, Fortaleza, Recife e em algumas cidades no estrangeiro.

E é golpe porque a Polícia Militar está barbarizando, prendendo, agredindo adolescente e jovens manifestantes assim como infiltrando informantes e agentes para provocar a polícia e depredar e depois responsabilizar as manifestações.

POLÍCIA DO PSDB DE GERALDO TEMER ALCKIMIN, DO MINISTRO DA JUSTIÇA, VOLTA A ATUAR COM QUE LHE É SUA MARCA: BRUTITEZ

:

A manifestação de mais de 100 mil pessoas ontem na capital paulista surpreendeu todos organizadores do evento como Guilherme Boulos que esperavam 30 mil manifestantes e muito mais ainda o títere Temer com seus 40 e 50 baderneiros quebradores de carro. Da China, Henrique Meireles, ministro golpista disse: “número bastante substancial de pessoas”.

O evento político-cívico desde o seu início às 16 horas no vão do MASP, na Avenida Paulista transcorreu dentro da maior tranquilidade.

A avenida foi lotando e depois das falas os organizadores decidiram ir ao Largo da Batata, região central de São Paulo.

No percurso carros, ônibus e motos passavam conduzindo policiais militares. Haviam alguns enfileirados que acompanhavam a manifestação.

Toda a manifestação transcorreu dentro da maior tranquilidade.

Foi só chegar no Largo da Batata que o couro comeu.

A polícia recebeu os manifestantes com tiros, bomba de gás lacrimogêneo, spray de pimenta e muito cacete, e cacetete.

Os brucutus não respeitaram crianças, idosos. Quem não tinha tomado bando levou uma enxurrada de água de um caminhão pipa que esperava os manifestantes.

Vídeo: Alckmin bombardeia senador!

Participavam da mega manifestação promovida pela Frente Brasil Popular, Movimento Povo Sem Medo dentre outras entidades, políticos como Eduardo Suplicy, que na correria perdeu a carteira porta cédulas, Senador Lindenbergh Farias, perdeu o celular e levou muito gás lacrimogêneo pela frente, ex-ministro da Ciência e Tecnologia Ricardo Amaral levou um tiro com bala de borracha no braço. Se não estivesse com uma camisa de mangas compridas teria fraturado-o. Estiveram por lá também Luiza Erundina, vereadores, deputados estaduais e muita gente. O povo.

"Ministro" de Temer foi quem massacrou em SP

A polícia barbarizou. Pôs pra correr quem participava do evento e aqueles que tomavam uma cerveja nos bares próximos. Isto aconteceu com o professor de tênis Valdemar Paixão, 56 anos. Valdemar estava sentado em um bar na região, quando as bombas começaram e ele teve que sair correndo. “Eu estava em um bar. Começaram a soltar bomba e gás lacrimogêneo, começou a arder os olhos. Acho que devia ter paz, senão o Brasil nunca vai andar para a frente”, afirmou para a Rede Brasil Atual. 

Outro relato: As bombas assustaram muitas pessoas. Entre elas, a estudante Ana Luiza Parra Spinola, 18 anos, que passou correndo pela reportagem da Agência Brasil ao lado de seu avô Geraldo Spinola. “Meu avô tem 90 anos. É a primeira vez que ele vem a um protesto. A gente tinha acabado de chegar. Moramos aqui perto e viemos porque estava pacífico. Eles jogaram bomba e meu avô tem dificuldade de locomoção”, reclamou a estudante. “Somos contra o golpe. Só estamos pedindo um governo legítimo.“Eles [policiais] querem causar a imagem de que nós, manifestantes, somos os ruins. Mas eles que começam”, ressaltou a estudante também para RBA.

Essa polícia que foi treinada pelo atual ministro da justiça Alexandre Moraes não veio para brincar. Ela está assumindo o que Temer o golpista falou na sua primeira reunião ministerial. Nada de ser chamado de golpista. Quando lhe chamarem de golpista reaja – diga golpista é você que não cumpre a constituição. Não leve desaforo pra casa.

A polícia que é treinada para isso não conta até 40. Manda ver.

Antes da manifestação ela prendeu logo de imediato 26 jovens que foram levados para o DEIC e que ficaram incomunicáveis com familiares e não foi permitido contato com advogados durante toda a noite.

Para tratar dessa brutidez, o senador Lindenbergh Farias, o deputado Paulo Teixeira e demais movimentos que lutam pela volta da democracia no Brasil, diretas já, nenhum direito a menos, contra a deposição de Dilma Vana Rousseff  organizaram uma entrevista coletiva na sede do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo para se posicionarem contra a onda de violência que está ocorrendo no Brasil a partir da capital paulista. O senador Lindbergh Farias, junto com outras pessoas e entidades peticionarão aos órgão direitos humanos da OEA denunciando a brutuculência da polícia golpista de Geraldo Temer Alckmin.

Só um lembrete. Nas manifestações pacíficas, ordeiras tem que se prestar muita atenção para os infiltrados da direita, da polícia e os black blocks que se aproveitam dessa manifestações para mostrar suas taras e perversões com isso objetivando prejudicar politicamente as manifestações contra os golpistas.

GOLPISTA AÉCIO FALA EM ÉTICA E FHC EMUDECE EM ENTREVISTA À REDE DE TELEVISÃO AL JAZEERA

 

Resultado de imagem para imagens da derrota de aécio e fhc para dilma

 

Resultado de imagem para imagens da derrota de aécio e fhc para dilma

O super citado nas delações premiadas da Lava Jato, Furnas, Mensalão mineiro, Aécio Cunha deu as caras ontem, falando em ética. A falácia aconteceu no Encontro Nacional com a juventude do PSDB. A pérola do ético senador foi essa: “Nessa hora de tanta desmoralização que estamos assistindo no Brasil, só tem uma razão que justifica a gente fazer política: é acreditar. Não dá para você ficar na política ou para querer um cargo, querer uma posição, querer um benefício,  qualquer que seja.”

Nessa hora de tanta desmoralização que estamos assistindo no Brasil ele se refere ao golpe, ao desgoverno Michel Temer. Um desgoverno desmoralizado. Com três ministros exonerados por corrupção. 

Fazer política para o golpista é acreditar. Acreditar, por exemplo que ele é ético. É o primeiro candidato derrotado numa eleição presidencial que não admitiu a derrota. É o apolítico mais citado, denunciado e protegido que não se consegue prender. Há uma mantra protegendo esse acidadão. A injustiça brasileira só prende quem pertence ao Partido dos Trabalhadores. Só estão presos pessoas ligadas ao PT e alguns empresários. Outros estão em prisões domiciliares, em mansões com tornozeleiras, mas Aécio Cunha prega ética. Mas nós sabemos quem  faz isso é porque seus malfazeres os condena. A última delação diz que ele abocanhou 3% na construção da cidade administrativa do governo mineiro.

Outro golpista que silenciou  para a rede de Televisão Internacional Al Jazeera foi Fernando Henrique Cardoso em uma entrevista de dez minutos com o jornalista Mehdi Hasan e que ficou sem dar respostas algumas vezes. Da Agência PT captamos a redação abaixo:

“O programa tinha o intuito debater sobre a situação política no Brasil e Hasan começou questionando se a presidenta eleita Dilma Rousseff  teria sofrido um golpe.

Logo em uma das primeiras perguntas, Hasan começou questionando porque para o governo Rousseff o atraso em pagamentos seria um crime (as chamadas pedaladas fiscais – que uma perícia já provou não terem sido responsabilidade de Dilma) se ele próprio havia cometido o mesmo ato em 2001, quando era presidente.

“Ela manipulou o orçamento fiscal”, argumentou Fernando Henrique, ao que retrucou Hasan: “Mas você também”, criando um certo constrangimento.

O constrangimento aumentou quando o jornalista da rede de televisão internacional questionou se não existiria uma hipocrisia no fato do presidente interino Michel Temer(PMDB) também ser alvo de um pedido de impeachment, e de tanto ele quanto o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), que lideraram o processo, terem sido citados em delações como beneficiários de propinas.

Ao que FHC considera que houve oportunismo por parte do PMDB e que eles se utilizaram dos protestos populares para derrubar uma presidente com base em outros interesses: “Eles têm outra razão, diferente da minha, para apoiar o impeachment”, alegou. “Mas você não vê ironia no fato de eles lideraram o impeachment?”, insistiu o jornalista, claramente indignado.

Hasan também notou que se o critério fosse a opinião popular, como defendeu FHC em uma das respostas, Temer também não teria legitimidade, já que uma pesquisa Datafolha de abril mostrava que 58% dos brasileiros queriam o impeachment do presidente golpista. Hasan então questionou se FHC seria a favor do impeachment também do interino: “Você apoia o impeachment de Temer pelas mesmas razões? 68% querem Temer impedido, segundo uma pesquisa. Se você ouve o povo, tem de apoiar.” Fernando Henrique alegou não ter conhecimento daquela pesquisa que o jornalista britânico citava. “Sim, é do Datafolha”, responde Hasan. “Você apoia o impeachment de Temer?”, insistiu, sem obter uma resposta clara.

Caso Petrobrás
O jornalista também lembrou que o próprio governo do FHC aparece em delações comobeneficiário de propinas de desvios da Petrobrás em 2002. Ao que FHC, irritado, respondeu apenas que “é mentira”.

Logo depois, Hasan questionou se o áudio vazado em que Romero Jucá (PMDB) afirma que é necessário tirar Dilma para parar com as investigações da Operação Lava-Jato não seria uma prova de que todo o processo é um golpe. Ao que FHC apenas foge da pergunta e responde vagamente que “as investigações continuaram”.

Como se lê, duas personagens dissimuladas. Um ex-presidente que promoveu um dos maiores desmontes de empresas públicas brasileiras com a privataria tucana e um outro que viria se não fosse 54 milhões de votos em Dilma Vanna Rousseff para promover o desmonte da riqueza do nosso país.

O golpe que essa gangue promoveu está surtindo efeito. Raimundo Parente na presidência da Petrobras tem a responsabilidade de entregar o pré-sal para as grandes empresas monopolistas internacionais.

São essas as personagens que na carta da presidenta Dilma à nação que vai falar das mudanças políticas e na economia tem que aparecer com o destino Papuda. Só isso. Golpista é traidor da Pátria e para traidor só penitenciária. 

 

 

PRESIDENTA DILMA DIZ NO PARÁ QUE “O GOLPE É TOMAR A ÁRVORE DA DEMOCRACIA E INFESTÁ-LA DE PARASITAS”

Dilma no Pará

Cumprindo o prometido de falar denunciando o golpe político-jurídico-parlamentar-midiático, nossa presidenta esteve hoje no Estado do Pará. O Estado de bravos patriotas que na Cabanagem lutaram contra a dominação  do governo português e contra uma elite de coronéis de barranco que naquela época já constituía as primeiras oligarquias dominantes econômicas e politicamente na região norte.

A presidenta foi lá, como uma Cabana, bradou para todos os cantos do Brasil seu grito por libertação desta Pátria que está sendo espoliada por esses golpistas inescrupulosos e parasitas. Nossa presidenta foi enfática, e declarou: “vamos nos manter mobilizados. Vamos nos manter atentos. Quando a gente grita, chia, eles voltam atrás. Se eu voltar no mês de agosto, ao voltar nós vamos reconstruir este país, vamos reconstruir a unidade entre nós, devolver os direitos que foram retirados, fazer a economia voltar a crescer e acabar com a tática do quanto pior melhor, a tática que eles plantaram para criar o ambiente do golpe. Agora estamos conscientes do que aconteceu.”

Mais adiante, lá na terra das mangueiras, do tacacá,  da maniçoba e do nosso companheiro Magrão, a presidenta disparou contra os parasitas “toda a história se concentra num momento”. “Está em curso no Brasil um golpe contra a democracia, contra os direitos individuais e coletivos, contra as políticas sociais, contra a afirmação do Brasil como nação soberana e contra nossas principais riquezas”, acrescentou, citando vários dos programas sociais e projetos desenvolvidos por seu governo, como o pré-sal e o Mais Médicos, ou políticas sociais representadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ameaçado pela política econômica de Temer.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,958,880 hits

Páginas

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031