UM MÊS DE VIGÍLIA LULA LIVRE: NÚMEROS DE SOLIDARIEDADE E RESISTÊNCIA EM CURITIBA

PELA DEMOCRACIA
Organizadores e acampados fazem balanço positivo, destacando as expressões de apoio. Desde o primeiro dia de resistência, mídias alternativas e coletivos de comunicação se organizaram em uma ampla rede de colaboração, conseguindo ampliar a divulgação do Acampamento
por Ana Carolina Caldas, do Brasil de Fato.
RICARDO STUCKERT
acampamento Lula Livre

Ao longo dos 30 dias, as pessoas acampadas receberam certa de 25 toneladas de alimentos doados

Brasil de Fato – Esta segunda-feira, 7 de maio, marca 30 dias de resistência em frente à sede da Polícia Federal, no bairro Santa Cândida, em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está em custódia como preso político. Organizadores e acampados fazem balanço positivo, destacando as expressões de solidariedade. 

Para Regina Cruz, presidente da CUT-PR e uma das coordenadoras do acampamento Marisa Letícia e Vigília Lula Livre, em Curitiba, a resistência começou a ser construída antes do dia 7. “É mais de um mês de resistência. A partir do momento em que o Lula se dirigiu para o Sindicato do ABC, nós em Curitiba fizemos as primeiras reuniões com todos os movimentos e entidades que compõem a Frente Brasil Popular. Naquela noite não dormimos.  Ali começou a vigília, depois os atos em todo o Brasil, até o dia que montamos o acampamento em frente à sede da Polícia Federal”.

No sábado, 7 de abril, enquanto a resistência acontecia no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo (SP), a militância em todo o país também estava indo para as ruas em protesto à prisão política do ex-presidente Lula. Em Curitiba, quando a informação chega de que ele se entregaria à Polícia e se encaminharia para a cidade, imediatamente o acampamento começa a ser erguido nas imediações da PF.  

Unidade

“A unidade se consolidou naqueles instantes. Na mesma noite já tínhamos uma organização de comissões e desde lá isso continua. Temos grupos para estrutura, disciplina, segurança, programação, alimentação”, relata Regina ao fazer um balanço deste um mês de resistência.

As bombas no primeiro dia, a multa de 500 mil pela Prefeitura, o interdito proibitório, os constantes ataques de ódio são momentos que só fortalecem todos os que constroem este espaço de unidade e resistência, ” finaliza.

Personalidades

Após o primeiro dia, mais de 500 ônibus de todo o Brasil já visitaram a Praça Olga Benário, como foi batizado o espaço em que os eventos acontecem. No dia 01 de maio estiveram no Acampamento, milhares de pessoas dando o Bom Dia Lula, que ocorre todos os dias às 09 da manhã. Segundo informações da organização, foram recepcionados mais de 250 ônibus.

Um livro de presença foi aberto há duas semanas, dia 25 de abril, e há registro de mais de 3 mil pessoas assinando, que são do Paraná, de regiões de todo o país e fora dele, como argentinos, mexicanos, equatorianos, colombianos, italianos, franceses, ingleses, americanos, noruegueses, guatemalenses, entre outros.

Diariamente políticos de todo o Brasil se revezam nas visitas ao Acampamento e também artistas nacionais como Chico César, Inez Viana, Lucélia Santos, Orã Figueiredo e personalidades como as chef de cozinha Bela Gil e Bel Coelho, por exemplo.  Além do teólogo Leonardo Boff e o Prêmio Nobel da Paz Adolfo Perez Esquivel, que foram barrados na visita ao amigo Lula, porém deixaram palavras de apoio aos que fazem a resistência.

Nos seus primeiros dias, o acampamento contou com cerca de mil pessoas acampadas. Hoje há um revezamento das caravanas que chegam, totalizando cerca de 300 pessoas. Dentro do acampamento há uma organização bastante rígida com equipes de disciplina, estrutura, segurança e alimentação.

Alimentos doados

“Todo dia tem alguém subindo essa rua com seu saco de arroz, feijão ou outro alimento para doar ao Acampamento. Nós compramos comida apenas no primeiro dia e desde lá, com as doações, em especial do povo curitibano e das caravanas que chegam, estamos nos mantendo”,  conta Marcia de Lima, da coordenação de  estrutura do acampamento. Segundo ela, já chegaram a servir de 1200 a 1400 refeições ao dia.

Bruna, que é militante do MST, e também responsável pela alimentação, diz que foi surpreendida pelo expressivo número de doações. “Todo mundo estava bastante apreensivo com a hostilidade que poderíamos enfrentar. E, na parte de alimentação, ficamos surpresos com o tanto de doação de alimentos que recebemos. Temos um cálculo por cima de mais de 25 toneladas de alimentos doados”.

Artistas na programa cultural 

Anaterra Viana, uma das coordenadoras da programação diária da Vigília Lula Livre, conta que logo nos primeiros dias não cabiam artistas em um só dia. “Foram muitos e muitas que entraram em contato se dispondo a fazer parte da programação”, relata. Contabiliza-se que já passaram pelo “palco da resistência”, segundo organizadores, mais de 200 artistas. Uma Virada Cultural e uma Mostra de Cinema em defesa da democracia já foram realizadas no local e também na Praça Santos Andrade. 

Sobre o futuro das programações da Vigília, Anaterra diz que há uma consolidação deste espaço da resistência, inclusive para a cidade, e que algumas mudanças acontecerão para dar mais força ainda. Além da ideia de levarem o protesto contra a prisão arbitrária de Lula para todos os cantos da cidade, com panfletagens, haverá uma programação voltada para a formação política.

“Queremos agregar atividades de formação para que depois deste momento a gente leve algo para construir nosso futuro político. E, também para que as pessoas que vem de fora de Curitiba levem algo para passar para frente. Vamos fazer atividades de formação política”. 

Casa da Democracia 

Desde o primeiro dia de resistência, mídias alternativas e coletivos de comunicação se organizaram em uma ampla rede de colaboração, conseguindo ampliar a divulgação do Acampamento. Além das mídias brasileiras envolvidas, já se integraram jornalistas de mídias da Espanha, Argentina, entre outras localidades.

A Casa da Democracia é consequência desta organização, um espaço nas proximidades da sede da Policia Federal, que se ergueu a partir de financiamento coletivo e hoje conta com mais de 20 canais de comunicação. E é da Casa da Democracia que todos os dias, às 14h, que entra no ar o programa Democracia em Rede, iniciativa dos veículos de comunicação que estão cobrindo o cotidiano da Vigília Lula Livre.  

Anúncios

0 Responses to “UM MÊS DE VIGÍLIA LULA LIVRE: NÚMEROS DE SOLIDARIEDADE E RESISTÊNCIA EM CURITIBA”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,176,410 hits

Páginas

maio 2018
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: