FÓRUM SOCIAL É PALCO DO LANÇAMENTO DE NOVO VOLUME DA ‘ENCICLOPÉDIA DO GOLPE’

APRESENTAÇÃO E DEBATE
“Este ato tem uma simbologia muito grande”, diz organizadora, lembrando que a primeira edição foi lançada durante o julgamento de Lula, em janeiro
por Redação RBA.
 
REPRODUÇÃO/CUTlivro fsm.jpg

‘Esse livro nos faz conhecer a história’, afirmou a senadora Gleisi Hoffmann ao lado da organizadora da obra

São Paulo – Na tarde desta quarta-feira (14) o Fórum Social Mundial, que começou ontem em Salvador e vai até sábado, foi palco do lançamento do livro Enciclopédia do Golpe Volume 2 – O papel da mídia. O livro traz 28 textos de jornalistas, cientistas políticos, economistas, juristas e ativistas que tratam sobre como a mídia corporativa influenciou na efetivação do impeachment da presidenta eleita em 2014, Dilma Rousseff, em 2016. O evento fez parte da agenda da CUT no Fórum.

O livro foi organizado pela jurista Mirian Gonçalves, que esteve na mesa de lançamento. “Foi muito difícil e trabalhoso lançar essa obra. Este ato tem uma simbologia muito grande. Lançamos a primeira edição em Porto Alegre quando o Lula foi julgado no Tribunal Regional Federal (TRF4). Ainda temos seis volumes pela frente. Temos grandes autores que se empenharam de forma voluntária nesse projeto. Ninguém ganhou nenhum centavo e espero que todos se apaixonem por ele, assim como eu me apaixonei”, disse.

A ex-ministra da extinta pasta de Políticas para Mulheres (governo Dilma) Eleonora Menicucci assina um dos textos. “O projeto desse livro é uma questão fundamental para o Brasil, uma questão de memória e verdade. Nós que fomos da geração presa em 1964 não admitimos viver mais uma ditadura. Lutamos desde aquela época pela memória e verdade do que aconteceu naqueles anos. Esse livro é isso neste golpe de 2016”, disse em referência à ditadura civil-militar (1964-1985).

Em seu texto, Eleonora fala sobre aspectos do golpe relacionados ao fato de Dilma ter sido a primeira presidenta mulher do Brasil. “Fui a primeira a escrever que o golpe tem diferentes facetas. O golpe de 2016 é sexista, misógino, patriarcal, fundamentalista, hipócrita, rentista, judiciário e, sobretudo, midiático”, disse. “Não tenho dúvidas de que esse golpe foi para estancar um governo de inclusão social. Os governos Lula e Dilma foram os que colocaram no orçamento, na política, as mulheres, a população negra, os indígenas, os LGBTI”, completou.

O jornalista Camilo Vannuchi falou sobre as chamadas fake news em um capítulo. “Mas percebi que o livro inteiro fala sobre isso. É impossível falar do papel da mídia nesses últimos anos sem falar das mentiras. Fiquei lembrando de uma revista semanal que tentou mostrar a Dilma como histérica, louca, que não tinha condições de trabalhar. O texto dizia que ela gritava, quebrava os móveis, mas quem convivia com ela não entendeu nada”. Vannuchi lembra que a capa da revista tinha uma foto com gritando, feita enquanto via um jogo, torcendo. “A revista faz uma matéria para sacanear a presidenta e escolhe uma foto que não tem nada a ver.”

“A mídia mente quando ela fala, por exemplo, que em uma praça tinha 500 mil pessoas de verde e amarelo e nós sabíamos que não tinha nem 5 mil. Tem um texto no livro, que não é o meu, que mostra um episódio de uma cobertura ao vivo da Globo. Quando entra no ar, a repórter ainda se preparava e ela aparece falando ‘isso, agora vocês se juntem e cantem o hino’. Ou seja, o jornalista, o editor direciona”, completou.

Mino Carta, autor da introdução do livro, aproveitou o espaço para fazer críticas ao PT e à esquerda brasileira. “Vejamos bem como se deu o golpe de 2016. Vamos encarar a situação com frieza, honestidade e desassombro. O golpe se deu porque, ao primeiro sinal de fraqueza de um governo petista, o que aconteceu, eles atacariam. Dilma errou, ela se elegeu com propostas que foram negadas ao chamar para o ministério da Fazenda um banqueiro”, disse em referência ao ex-ministro Joaquim Levy.

Última a falar, a presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), disse que o golpe foi para desestabilizar nossa frágil democracia e retirar direitos. “Esse livro nos faz conhecer a história e nos faz preparados para enfrentamentos futuros. As mesmas pessoas que pediram pelo golpe estão vendo que foram enganadas”, disse. “A elite brasileira não suportou a democracia formal pactuada no fim do regime militar. Eles defendem a democracia só quando eles estão no poder e com a esquerda na oposição para legitimá-los.” 

Anúncios

1 Response to “FÓRUM SOCIAL É PALCO DO LANÇAMENTO DE NOVO VOLUME DA ‘ENCICLOPÉDIA DO GOLPE’”



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,175,314 hits

Páginas

Arquivos

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: