FLÁVIO AGUIAR: O MELHOR CARNAVAL DO MUNDO, OU O BRASIL É OUTRA COISA

INTRADUZÍVEL

Parodiando e invertendo Castro Alves: “Existe um povo que a bandeira empresta, Pra descobrir tanta criação e alegria…”

por Flávio Aguiar.

DHAVID NORMANDO/RIOTUR

O que o “Classe Médião” quer é devolver o Povão às senzalas e à escravidão do trabalho precário

Li, consternado, as observações de quem lamenta que o povo brasileiro se compraza com “a catarse” do desfile da escola Paraíso Tuiuti, com seu vampirão, e que um povo que assim se comporte jamais fará qualquer Revolução, sequer a Francesa. Respeito a opinião, mas discordo em gênero, número, grau, corpo e alma.

Além de se basear numa compreensão equivocada do que seja “catarse” a observação pula por cima do fato de que o Brasil é outra coisa. Não é a França tardia (como queriam os positivistas), não é a Rússia de 1917 nem o da revolução burguesa postergada (como queriam os comunistas), a China dos anos 40 (como queriam os maoistas), a Cuba de 59 (como queriam os foquistas) etc. O Brasil é o Brasil, e a gente, que fica escrevendo e pensando sobre ele, tem de entender isto, e pensa-lo a partir do que ele é, e não a partir do que a gente quer pensar que ele deveria ser. Sérgio Buarque fez isto. Raimundo Faoro, Antonio CandidoCelso Furtado… 

Uma das faces do complexo de vira-lata que assola a intelectualidade brasileira é a ideia de que as outras línguas são muito mais complexas do que o português do Brasil, e por isto são “melhores” e são um sinal de como outros povos são “melhores” do que nós, embora quem pense assim talvez goste de usar a expressão “de que o nosso”, sem se misturar com ele. Em outras línguas há palavras e conceitos que não conseguimos traduzir.

Pois bem, no Brasil há uma palavra que não dá pra traduzir em outra língua: “Povão”. Como traduzir? “Das grosse Volk”? “The big People”? “Le grand peuple”? “El pueblón”? “Il grande popolo”? Não faz o menor sentido. Mas a gente sabe que no Brasil existe esta coisa chamada “o Povão”, este que inventa e se compraz com o vampirão da Tuituti, com a ala das carteiras do trabalho, com a alegoria da manipulação dos coxinhas pelas mídias reacionárias.

O que quer o Povão no Brasil? É óbvio: quer votar. Porque este é o jeito, por ora, do Povão. Porque para o Povão este é o jeito de reconduzir Lula ao Palácio do Planalto. Pode ser que não dê. Pode ser que seja uma ilusão. Mas este – está mais do que óbvio – é o jeito do Povão, hoje, no Brasil. Contra o Classe Medião, a parcela da classe média que teima em querer devolver o Povão ao lugar de onde nunca deveria ter saído: a Senzala. Para continuar a ser identificar, ilusoriamente, com a Casa Grande, onde a elite gosta de ir a Miami fazer compras e de se imaginar em Davos – aliás, nome de rua num dos bairros chiques de Campos do Jordão, o “Nova Suíça”.

Pode ser que depois o Povão queira outra coisa. Mas uma coisa é certa: o Povão não é burro, ao contrário do que se pensa, à esquerda e à direita. Não vai dar murro em ponta de faca. Derrubar Temer nas ruas? Para quê? Para entronizar Rodrigo Maia? Que forças organizadas podem prometer um outro destino? Nas esquerdas reina grande balbúrdia, esta é a verdade. Lula unifica, mas de forma precária, pelas injunções legais, ou ilegais, melhor dizendo, que se tramam nos bastidores dos tribunais e debaixo das togas. O resto ainda é incógnita: Ciro? Manuela? Boulos? Wagner? Haddad? À direita, um deserto, exceto a certeza de Bolsonaro fascista e a incerteza de Marina vai com os outros.

Tem razão o Povão em hesitar, desconfiado, no Brasil: nisto que não cabe nos manuais já sabidos e decorados. Não cabe nos manuais da Revolução Francesa, da Norte-Americana, da Inglesa, da Russa, da Mexicana, da Cubana, da Chinesa, da Vietnamita, da Etc. Nem mesmo no manual do FMI o Brasil cabe. O Brasil é outra coisa.

Mas é uma coisa cheia de criatividade. Não vai fazer, esperemos, a Revolução Francesa, com sua guilhotina, nem a Cubana, com seu paredón, e olhem só no que deu a Russa e no que deu a Chinesa. Esperemos que nosso caminho seja outro.

O nosso, por mais incerto e não sabido que seja. Terra incógnita. Mas cheia de Povão, uma coisa que não existe em outras línguas nem plagas.

E sem euforias: isto não significa que sejamos melhores do que outros povos. Mas também não significa que sejamos piores nem inferiores. E este Carnaval de 2018 foi o melhor do mundo e dos últimos tempos.

registrado em: carnaval desfiles 2018 escolas de samba paraíso do tuiuti governo Temer revolução lula manifestoches povão

Anúncios

0 Responses to “FLÁVIO AGUIAR: O MELHOR CARNAVAL DO MUNDO, OU O BRASIL É OUTRA COISA”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,158,343 hits

Páginas

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Arquivos

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: