ENCONTRO DOS SEM TERRINHAS REÚNE CENTENAS DE CRIANÇAS EM CARUARU (PE)

Além de brincadeiras e oficinas lúdicas, os pequenos marcharam sobre a cidade e entregaram reivindicações às autoridades

Vinícius Sobreira

Brasil de Fato | Recife (PE)

Crianças participaram de brincadeiras, jogos, oficinas pedagógicas e também fizeram política - Créditos: Comunicação/Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra
Crianças participaram de brincadeiras, jogos, oficinas pedagógicas e também fizeram política / Comunicação/Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

Teve início no último domingo (8) e se estendeu até a terça-feira (10) mais uma edição do Encontro dos Sem Terrinhas de Pernambuco. É o 13º encontro infantil promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no estado. Este ano o evento reuniu 800 crianças de 4 a 12 anos de idade na cidade de Caruaru, região Agreste do estado.

Na noite de abertura do encontro, no domingo (8), as crianças brincaram com palhaços, houve apresentação de teatro de mamulengo, muita pipoca e algodão doce. A segunda-feira foi reservada para as diversas oficinas diretas, de pintura, capoeira, corda bamba, fabricação de sabonetes e outras, oferecidas por artistas e estudantes que se colocaram à disposição do encontro.

Um grupo de 100 crianças foi ao Centro Acadêmico do Agreste (CAA) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) para conhecer a instituição, foram à biblioteca, brinquedoteca e participaram de oficinas e jogos pedagógicos. Ainda na segunda as crianças socializaram o aprendizado das oficinas e, à noite, participaram de uma festa infantil, para dançarem e se divertirem.

Uma das dirigentes do MST que ajudam a construir o encontro é Rubneuza Leandro. Ela afirma que que o evento, sempre realizado na semana do dia das crianças, tem por objetivo trabalhar a infância dentro do movimento e fortalecer entre as crianças os valores e as vivência da infância sem terra. “As crianças participam do processo de luta desde a ocupação. E a luta tem de forjar os construtores do futuro”, afirma a sem terra. O encontro dos Sem Terrinhas ocorre desde 1996. Cerca de 100 dessas crianças participarão, em 2018, do 1º Encontro Nacional dos Sem Terrinhas.

Durante os três dias de encontro, são trabalhadas três dimensões da infância. A primeira, a lúdica, está presente nas brincadeiras, nos jogos, na programação cultural com palhaços. A segunda dimensão é a pedagógica, que está presente no estudo da temática do encontro – a deste ano foi alimentação saudável –, pelas músicas infantis construídas dentro do próprio movimento, as oficinas vivenciadas durante o encontro e até mesmo no ato de se deslocar de uma região para outra.

A terceira dimensão é a política e organizativa, que tem início já na preparação para ir ao encontro, na construção da pauta de reivindicações aos órgãos governamentais e culmina com a marcha, em que colorem as ruas com suas bolas de festa e ornamentos, fazendo uma caminhada festiva para o diálogo com os representantes do poder público.

Tanto na noite de abertura como em momentos da segunda-feira as crianças foram provocadas a responder o que elas querem para viver bem no campo. “Entraram na pauta a construção das escolas de nível médio, para que os jovens não parem de estudar ao concluir o fundamental e nem precisem sair dos assentamentos para estudar; contra o fechamento das escolas do campo, que é algo que tem afetado muito essas crianças, porque as prefeituras estão fechando as escolas; e os dois ônibus para as crianças irem ao 1º Encontro Nacional dos Sem Terrinhas, em maio de 2018”, diz Rubneuza Leandro.

Também entraram na pauta reivindicações ao Governo Federal, como o fim dos cortes nos recursos para reforma agrária e o início dos cursos do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), que são cursos técnicos nas áreas de agronomia, serviço social e história para a juventude sem terra.

As reivindicações foram entregues às autoridades nessa terça-feira (10), dia que começou cedo para os 800 pequenos. Eles saíram em marcha do Assentamento Normandia, passaram pelo Colégio Municipal até chegarem ao Marco Zero da cidade. No local as crianças entregaram suas pautas a representantes da Prefeitura de Caruaru, do Governo de Pernambuco e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), órgão do Governo Federal.

Rubneuza conclui que o encontro dos Sem Terrinhas visa fortalecer a vivência da criança e constituí-la como sujeito coletivo e de luta. “É isso que constitui a infância sem terra, forjando o construtor do futuro. Dentro da luta tem o lugar da infância e nessa infância precisamos alimentar o projeto de futuro, vivenciando no presente e na prática esse futuro em que as crianças possam viver com dignidade”, diz a dirigente.

Edição: Monyse Ravena

Anúncios

0 Responses to “ENCONTRO DOS SEM TERRINHAS REÚNE CENTENAS DE CRIANÇAS EM CARUARU (PE)”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,048,727 hits

Páginas

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

%d blogueiros gostam disto: