JAIR BOLSONARO VAI AOS EUA EM BUSCA DE DOADORES E LEGITIMIDADE INTERNACIONAL

Brazilian deputy Jair Bolsonaro looks on during a press conference he called to announce his intention to run for the Brazilian presidency in the October 2018 presidential election, at a hotel in Rio de Janeiro on August 10, 2017.A controversial politician and former army paratrooper, Bolsonaro called himself the "patriot" Brazil needs, adding he is the answer to Brazil's rampant corruption, crime and economic malaise. He won more votes than any other congressman from Rio de Janeiro state in the last general elections in 2014 and polls currently show him tied in second place for the presidency, behind leftist former two term president Luiz Inacio Lula da Silva. / AFP PHOTO / Apu Gomes (Photo credit should read APU GOMES/AFP/Getty Images)

PRESIDENCIÁVEL PARA 2018, Jair Bolsonaro visitará alguns estados americanos a partir de domingo: Flórida, Massachusetts, Nova York e Washington D.C., e deve ter uma recepção turbulenta. Ativistas brasileiros nos EUA já se preparam para deixar claro que as posições de extrema-direita do político não serão ignoradas.

Bolsonaro embarca nessa viagem com a esperança de angariar apoio estrangeiro para sua candidatura presidencial em 2018. Ele tem aparecido bem nas pesquisas: tem o segundo maior índice de apoio entre os eleitores, atrás apenas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ecoando a ascensão de Trump ao poder, o establishment político e a mídia no Brasil permanecem céticos quanto à possibilidade de o deputado do PSC conseguir capitalizar esse apoio.

Para os oponentes de Bolsonaro dentro e fora do Brasil, no entanto, a possibilidade de vitória do candidato linha dura é muito concreta. “Em tempos normais, Bolsonaro nunca seria considerado um candidato presidencial viável”, afirmou por e-mail Matias López, cientista político que é bolsista acadêmico na Universidade de Harvard. “Mas o nível de divisão e erosão institucional no Brasil permitiu que ele emergisse. Ele tem uma ampla base de conservadores de direita, e é mais forte entre os cidadãos de classe média com nível de instrução mais alto.”

Uma viagem pelos Estados Unidos poderia emprestar uma aura de legitimidade que a candidatura de Bolsonaro, ainda considerado um azarão, até agora não obteve. “A visita de Bolsonaro aos EUA é motivada, ao menos em parte, pela intenção de torná-lo um candidato sério e legítimo”, afirmou por e-mail Michael VanElzakker, membro da Massachusetts Peace Action (Ação pela Paz de Massachussets), que está ajudando a organizar os protestos. “Ele quer ter oportunidade de ser fotografado em Boston com ares de estadista respeitado, não como o fascista banal, misógino e violentamente homofóbico que é.”

Para Fufu Coelho, representante do Coletivo Boston Contra o Golpe, grupo de solidariedade entre Brasil e Estados Unidos sediado em Boston, ela e outros defensores do Brasil devem garantir que Bolsonaro não tenha uma recepção calorosa nos EUA. “As pessoas no Brasil que normalmente se alinham com essa pauta também admiram os EUA como modelo de nação a ser seguido”, disse Coelho, cujo grupo está trabalhando em conjunto com o Peace Action e outros, como o Democratic Socialists of America (Social-Democratas da América). “Por isso é muito importante que haja relatos vindos daqui, mostrando que Bolsonaro não será facilmente aceito.”

Ao longo do último ano, o deputado federal no sétimo mandato tentou amenizar o histórico de discurso inflamado e ofensivo, numa jogada para se reinventar como um candidato mais moderado e razoável. “Ele está tentando se passar por liberal, o que é, essencialmente, uma mentira”, disse por e-mail Nadia Comani, representante do grupo Defend Democracy in Brazil (Defesa da Democracia no Brasil), sediado na cidade de Nova York. “Ninguém que acompanhe uma pequena parte da história dele, pelos jornais ou por seus fracassos parlamentares, pode acreditar nessa narrativa.”

“Bolsonaro sabe que precisa se mover rumo ao centro para conseguir doadores de campanha e nivelar a competição, e me parece que essa viagem aos Estados Unidos tem a ver com isso”, diz Lopez. “Ele quer parecer mais presidenciável e ‘normal’.”

Women protest against the president of the Brazilian lower house Eduardo Cunha, Brazilian Vice-President Michel Temer and Jair Bolsonaro -a far right member of Congress who has praised Brazil's former military dictatorship and torture of opponents in the 1970s- in front of a banner reading "Women against the coup" in Sao Paulo, Brazil on April 26, 2016. Six out of 10 Brazilians want snap elections to resolve the country's political crisis in which leftist President Dilma Rousseff faces impeachment, a poll released Tuesday said. / AFP / Miguel Schincariol (Photo credit should read MIGUEL SCHINCARIOL/AFP/Getty Images)

Mulheres protestam contra o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em São Paulo (26/04/16).

Foto: Miguel Schincariol/AFP/Getty Images

EMBORA OS PROTESTOS possam transmitir a mensagem de que Bolsonaro não é o estadista moderado que atualmente finge ser, ele pode ainda assim esperar uma recepção calorosa dos seus anfitriões, brasileiros expatriados de direita. Sua viagem pela costa leste está sendo patrocinada por grupos e indivíduos que se esforçam para torná-lo mais palatável para o exterior. “Ele está ouvindo os investidores para que saibam o que esperar do próximo presidente”, disse Daniel Cunha, sócio da corretora de investimentos XP Securities, braço da brasileira XP Investimentos nos EUA.

A viagem começa pela Flórida no domingo. De lá, Bolsonaro seguirá para o norte, rumo a Massachusetts, onde passará dois dias comparecendo a eventos coordenados pelo Public Administration Institute, uma organização não governamental fundada pelos empresários brasileiros Julio Morais e Dario Galvão. “É uma grande oportunidade para que o Sr. Bolsonaro veja a importância econômica que a comunidade brasileira tem aqui nos Estados Unidos”, declarou Morais. “Ele ouvirá dos legisladores de Massachussets sobre o impacto econômico que os donos de negócios brasileiros trazem para a comunidade.”

A parte nova-iorquina da viagem está sendo coordenada pelo banqueiro Gerald Brant da Stonehaven, LLC, com grande foco em cortejar os brasileiros da indústria financeira. Brant não estava disponível para entrevista. Bolsonaro se reunirá com membros da corretora brasileira XP Securities em uma mesa redonda entre investidores e o deputado, de acordo com Cunha, da XP. É uma oportunidade para os clientes da XP avaliarem qual seria a cara do Brasil de Bolsonaro. (Cunha enfatizou a neutralidade política de sua organização diante das afirmações mais ofensivas do deputado. “O que estamos fazendo é o que sempre fizemos”, disse Cunha, “conectar investidores ao lado real dos agentes políticos e econômicos”.)

Bolsonaro também planeja se reunir com membros da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Procurado por The Intercept, Ted Helms, ex-executivo da Petrobras, que dirige a Câmara, citou trecho de um e-mail de convite para o debate. “O processo eleitoral e seu vencedor certamente afetarão o comércio e as relações entre Estados Unidos e Brasil”, declarou Helms. “Esses são tópicos fundamentais que a Câmara de Comércio tenta abordar por meio de painéis e seminários ao longo do ano.” Helms não teceu outros comentários depois de ler o texto do e-mail.

Os ativistas esperam chamar a atenção quando Bolsonaro chegar ao centro de poder dos EUA, em Washington. Bolsonaro espera conseguir uma audiência com os legisladores do Partido Republicano, de acordo com Cunha, e terminar sua viagem comparecendo à Brazil Initiative (Iniciativa Brasil), um projeto da Elliott School of International Affairs da Universidade George Washington.

Brazilian Expats for Democracy and Social Justice (Expatriados Brasileiros pela Democracia e pela Justiça Social), um grupo sediado em Washington, planeja protestar contra a visita de Bolsonaro ao Capitólio, mas disse ao The Intercept que ainda falta decidir a abordagem correta. “Não queremos dar a ele mais atenção do que o necessário, então ainda estamos avaliando nossas opções”, afirmou Aline Cristiane Piva, jornalista do blog Nocaute, e Veronica Slobodian, membro do grupo Brazilian Expats for Democracy and Social Justice, numa declaração conjunta enviada por e-mail.

O comparecimento à Universidade George Washington já encontra resistência. Está circulando para assinatura uma carta aberta pedindo à escola que reconsidere o convite. Os organizadores do evento, no entanto, insistem que será uma oportunidade de responsabilizar Bolsonaro por algumas de suas declarações passadas. “Vamos aproveitar a oportunidade para conversar e debater as questões controversas que ele apoiou”, disse Mark Langevin, o professor que coordena a Brazil Initiative. “E vamos ver se ele consegue se reposicionar. Se não passar nesse teste, então o debate servirá ao propósito democrático de mostrar respeito pelo processo.”

Tudo isso parece ótimo, disse Piva e Slobodian, mas dar uma plataforma para Bolsonaro ameaça normalizar sua candidatura. “Ele não é uma opção ‘liberal’, como vem sendo divulgado, mas um fascista antidemocrático que não merece sequer ser considerado uma opção presidencial”, entende ela. “Alguns o comparam a Donald Trump, mas acreditamos que seja ainda pior. Escutá-lo não é ‘dar espaço’ para um político de direita, como muitos acreditam, mas dar espaço para uma visão de mundo antidemocrática e carregada de ódio.”

Tradução: Deborah Leão

Anúncios

0 Responses to “JAIR BOLSONARO VAI AOS EUA EM BUSCA DE DOADORES E LEGITIMIDADE INTERNACIONAL”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,078,268 hits

Páginas


%d blogueiros gostam disto: