EM AUDIÊNCIA, PASTORAL DA TERRA APRESENTA DADOS SOBRE A VIOLÊNCIA NO CAMPO NO ÚLTIMO ANO, DO SITE JUSTIFICANDO

Em audiência, Pastoral da Terra apresenta dados sobre violência no campo no último ano

Em 2016 foram registrados 61 assassinatos em conflitos no campo, o que equivale a uma média de cinco assassinatos por mês. Destes, 13 foram de indígenas, 4 de quilombolas, 6 de mulheres, 16 de jovens com idade entre 15 e 29 anos, sendo 1 adolescente. Nos últimos 25 anos, o número de assassinatos só foi maior em 2003, quando foram registrados 73 casos.

Esses e outros dados compõem o Relatório de Conflitos no Campo Brasil 2016, da Comissão Pastoral da Terra (CPT), e foram apresentados nesta última quarta-feira (14) durante audiência pública promovida pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados.

As nossas disputas no campo não são só históricas, mas elas são marcadas por um quadro muito pouco alterado”, afirmou a procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, ao relembrar processos de dominação e violência de classes hegemônicas em detrimento de segmentos populacionais vulneráveis.

A procuradora também criticou medidas em tramitação no Congresso Nacional que afrontam direitos constitucionais já garantidos e colocam em risco as parcelas da população que mais carecem de proteção do Estado. Nesse sentido, Deborah Duprat destacou a PEC 95/2016, que limita os investimentos públicos em políticas sociais nos próximos 20 anos; a Medida Provisória 759/2016, que modifica diretrizes legais sobre a regularização de terras urbanas e rurais no país, transferindo grande parte de terras públicas para o domínio privado; e as reformas Trabalhista e da Previdência, que fragilizam as relações de trabalho e ampliam o tempo de contribuição.

A procuradora também criticou a reticência do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em divulgar a lista suja do trabalho escravo, formada por empregadores flagrados submetendo trabalhadores a condições análogas à escravidão, em clara tentativa de invisibilizar o problema e beneficiar os interesses das classes dominantes.

O relatório da Comissão Pastoral da Terra revelou, ainda, o aumento da bancada ruralista no Congresso brasileiro, fator que ajuda a compreender os motivos pelos quais apesar de toda a reivindicação dos movimento sociais tais reformas têm avançado com relativa facilidade. “É óbvio que isso tudo fica muito agravado com esse crescimento da bancada ruralista, que consegue paralisar a reforma agrária, a demarcação de terras indígenas, quilombolas e unidades de conservação”, afirmou a procuradora.

Cleber Cézar Buzatto, secretário executivo do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), corrobora o argumento. Para ele, quando o governo paralisa a demarcação de terra indígena, o processo de reforma agrária e de titulação de terra quilombola, reverte procedimentos que já tinham avançado administrativamente ou muda a estrutura do estado brasileiro para favorecer os interesses antagônicos a essas populações, está agindo em favor dos setores que agridem os povos e as populações do campo. 

O advogado e representante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Edemir Batista, chamou a atenção para as evidências de tortura relacionadas às mortes registradas. Em 2016 e 2017, comentou o advogado, “a gente viu muito esse lado do assassinato usando a tortura, como se isso fosse algum tipo de exemplo. Esse discurso de ódio reflete lá no interior, no campo, justamente como se agora fosse possível fazer tudo, inclusive cometer assassinato”.

Citando a recente chacina no Pará, Edemir afirmou que o grande número empresas privadas que fazem a segurança das fazendas demonstram que “esses lugares no Brasil eram verdadeiros barris de pólvora prontos para explodir. Se não tomarmos rapidamente uma definição de intervir nisso, pode ter certeza de que, infelizmente, nós vamos continuar aumentando as estatísticas de assassinato, de tortura e de perseguidos no campo. O campo brasileiro precisa de socorro”, disse o representante do MST.

O deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ) explicou que o aumento da violência no campo não é alheio ao aumento da violência em geral. De acordo com o Mapa da Violência 2016, o Brasil está entre os 10 países que mais mata jovens no mundo, sendo a maior parte negros e pobres, das periferias das grandes cidades. “Isso não é uma determinação divina, não é um acaso. Isso é algo que tem a ver com a estrutura da escravidão, da injustiça social, da negação do direito à vida dos povos originários. Quando você tem, ocupando o aparelho de Estado, aqueles que vocalizam o seu ódio a esses segmentos, de uma maneira em geral, aí a situação se agrava”, afirmou o deputado.

Infelizmente, estamos diante de um cenário que nos permite antever que essa violência no campo não atingiu o seu patamar máximo”, finalizou a procuradora Deborah Duprat.

Com informações da procuradora federal dos Direitos do Cidadão 

Anúncios

0 Responses to “EM AUDIÊNCIA, PASTORAL DA TERRA APRESENTA DADOS SOBRE A VIOLÊNCIA NO CAMPO NO ÚLTIMO ANO, DO SITE JUSTIFICANDO”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,050,594 hits

Páginas


%d blogueiros gostam disto: