CATÁRTICA, CONFUSA E COM CERTA ARQUITETURA: ESTÁ SENDO A QUEDA DE MICHEL TEMER, TEXTO DO ADVOGADO PEDRO DANIEL BLANCO ALVES, NO SITE JUSTIFICANDO

Catártica, confusa e com certa arquitetura: como está sendo a queda de Michel Temer

Na avalanche informativa que vem ocorrendo desde o dia 17 de maio de 2017, momento em que se soube, por estopim de matéria veiculada na edição de internet d’O Globo, da conversa espúria entre o magnata da JBS, Joesley Batista, e o presidente ilegítimo Michel Temer, impossível não ceder à perplexidade.

Como entender o que se opera nos bastidores articulados que orientam a insistência da Globo, por meio de seus jornais, em poucos dias demolir as bases, já praticamente inexistentes, do governo ilegítimo que ela mesma contribuiu para colocar no poder?

A própria jornalista Renata Vasconcellos, precedida pela chuva de pequenos microfones e dos 20 “tãs” que ambientam o single do plantão televisivo da emissora, parecia não conseguir esconder o nervosismo com o objeto da transmissão ao vivo. Ofegante, ao anunciar a “notícia que representa um forte abalo na vida política do Brasil”, instaurou naquela quarta-feira um clima de alerta nacional com um impacto maior do que se observou no vazamento da conversa entre Dilma Rousseff e Lula capitaneada pelo juiz Sérgio Moro em 16 de março de 2016 (dois meses antes da abertura do impeachment sem crime de responsabilidade encerrado em 31 de agosto).

Por ironia do destino, ao anunciar o áudio entre Dilma e Lula no Jornal Nacional de 16 de março de 2016, a jornalista trajava uma elegante camisa azul escura, diferentemente da última quarta-feira, em que apresentava uma versão vermelha da vestimenta.

É claro que não há qualquer relação entre as cores da camisa da jornalista com a conjuntura política, até porque não se alternam polaridades discursivas nesse nível estético. Entretanto, observar a força dos pequenos microfones do plantão global nos permite concluir que tal espaço de 1 ou 2 minutos é capaz de pulverizar a sensação de fundo a partir da qual emanam as percepções do público enunciatário acerca dos acontecimentos programados a vir (ou não) à tona.

Para ilustrar tal arranjo de polaridades, uma transmissão da TV Cultura de 18 de maio de 2017 merece ser analisada. Gaudêncio Torquato, que já foi consultor político de Temer, em participação no Jornal da Cultura, afirmou que o diálogo entre o dono da JBS e o chefe do Executivo não caracteriza algo anormal, já que “o presidente da república tem a obrigação, sim, de ouvir os principais empresários do país”. Em defesa de Temer, o consultor justifica que, simplesmente, Batista “pediu uma audiência com o presidente para conversar sobre a empresa dele, e o presidente aceitou conversar”.

Segundo o consultor, não se identifica qualquer problema com o acontecimento tornado público, ou mesmo com as falas registradas, que sob algum nível interpretativo não explicitariam a anuência do presidente da república em relação aos esquemas de corrupção tratados pelo empresário. Esquemas, aliás, que evidentemente são de conhecimento do presidente ilegítimo, a prosear sobre os quais com eloquente naturalidade.

Certo é que a opinião pública não acolheu o teor abissal do que anunciou o comentarista[1], dados os seus indefensáveis argumentos pretendentes a isentar o governo federal da conduta criminosa. Comparativamente, nem o Jornal Nacional conseguiu a proeza de abafar a gravidade do que se conversou na reunião secreta.

Apesar de ter acontecido em 17 de maio de 2017 com o governo ilegítimo de Temer algo que, psicologicamente, assemelha-se ao que ilustra a cena final do filme Bastardos Inglórios (2009), na qual Quentin Tarantino aniquila a figura de Hitler e da cúpula nazista em uma sala de cinema ardendo em chamas, representando o apelo inconsciente do público que catarticamente se vinga das atrocidades cometidas pelo Führer, ainda não se sabe o que está por detrás da atual campanha antitemer.

Reflexivamente, a conjuntura impõe que busquemos refúgio nas expressões artísticas, garantidoras de nossa sanidade e coerência. Mestre das ilusões de ótica, a partir de elaborações pictóricas que lidam com a perspectiva, o artista gráfico Maurits Cornelis Escher (1898-1972) foi capaz de num mesmo plano geométrico, cognoscitivamente possível, edificar estruturas impossíveis, como no caso de Waterfall (1961), em que uma cascata cai sobre um moinho que retroalimenta um sistema hidráulico inconcebível.

Despautério, sim, comparar a genialidade do artista com as corrompidas estruturas do governo ilegítimo e golpista e suas malhas de articulação. Contudo, fiquemos atentos às aparências: por que a Globo e seus jornais pouco suspeitos escolheram voltar as costas contra Temer?

Talvez o notável ilustrador fosse capaz de nos explicar, traçando retas interpretativas sobre um mesmo plano da aparência, que não se tratam de patamares distintos de movimento. Tal qual a compreensão da obra de Escher, a conjuntura política também depende de jogos de perspectiva para operar, ainda que se trate da revelação de algo incompreensível.

Seja como for, o presidente golpista está caindo. A propósito, tal qual a água que se ilustra na obra de Escher, ele nunca chegou a subir, senão por um conjunto de manipulações de perspectivas entabuladas.

Pedro Daniel Blanco Alves é advogado, participa do Grupo de Pesquisa Trabalho e Capital da Faculdade de Direito da USP.


[1] Algumas manifestações do público sobre as colocações do comentador podem ser verificadas na lista de comentários da publicação no YouTube.

Anúncios

0 Responses to “CATÁRTICA, CONFUSA E COM CERTA ARQUITETURA: ESTÁ SENDO A QUEDA DE MICHEL TEMER, TEXTO DO ADVOGADO PEDRO DANIEL BLANCO ALVES, NO SITE JUSTIFICANDO”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,014,105 hits

Páginas


%d blogueiros gostam disto: