Arquivo para setembro \30\UTC 2015

SENADOR RANDLOFE (PSOL), VEREADORA HELOISA HELENA (PSOL) E O DEPUTADO MOLON (PT), TRÊS CABEÇAS E A MESMA SENTENÇA: AMBIÇÃO

[DIARIO - 14]  DIARIO/NACIONAL/1_MATERIAL ... 28/09/15

Toda pessoa, em sociedade, têm o direito individual de escolher seus caminhos. Produzir seus espaços individuais. Construir suas objetividades individuais. Em síntese: toda pessoa é livre para escolher o que lhe apetece individualmente. O contrário seria cerceamento de liberdade. A liberdade de escolha levou o filósofo Sartre a politizar esse direito ao afirmar que todo indivíduo é responsável por sua escolha. Até escolher não escolher.

As escolhas individuais seguem sempre o objetivo comum de satisfação pessoal. Essas escolhas, por serem individuais, não implicam a satisfação do outro, embora só possam se realizar na relação com o outro. Uma pessoa para comprar um alimento, que comerá individualmente, precisa se relacionar com o comerciante. Porém, não importa a ela como vai o comércio de seu vendedor se vai bem ou ruim. O que ela necessita é da mercadoria que ela vai consumir domesticamente.

Em suas escolhas individuais o fator norteador dessas pessoas são suas satisfações que são impulsionadas por seus interesses. Todavia, quando uma pessoa encontra-se traspassada por códigos de grupos, entidades e classes essa pessoa já não pode colocar seus interesses individuais acima dos interesses dos grupos, das entidades e das classes que ela encontra-se inserida. Seus interesses não são mais só seus, mas refletem os interesses dos grupos.

Assim, quando uma pessoa faz parte de um partido político progressista, ela tem um entendimento do que é ser partido progressista e partido retrógado. Esse entendimento lhe confere um pensamento que lhe dispõe na democracia de forma diferente do retrógado. Ilustrando: PSDB, DEM, PTB, PPS, SD. Enquanto o retrógado defende os interesses da classe burguesa, muito bem estabelecida, em que a sociedade em geral é preterida em função dos privilégios dessa classe, o progressista defende os interesses mais amplos, mais populares.

Na corrida pela troca de partidos, o deputado do Partido dos Trabalhadores, mais votado no Rio de Janeiro, Molon, depois de mais de dez anos, se filiou ao partido Rede de Marina Silva. O mesmo fizeram o senador pelo estado do Amapá, Randolfe Rodrigues do PSOL, e a vereadora Heloisa Helena – que já foi senadora -, também do PSOL. Dois partidos com programas progressistas que visam mais os direitos do povo do que simplesmente os interesses da burguesia, como dizia Heloisa Helena, antes e depois de sair do PT.

Todos os três ao deixarem seus antigos partidos, segundo eles, para conferirem racionalidade a suas decisões, afirmaram que entravam na Rede porque nela eles poderão realizar seus ideais políticos. Molon saiu acusando o PT de não tomar outra direção. De não transforma seu modo de atuar. Randolfe disse que foi para REDE porque pode realizar seus princípios políticos. Heloisa Helena disse que Marina é opção de nova atuação e que acredita em Marina.

Como se pode conceber, os três negaram a racionalidade política de sujeitos progressistas, já que a Rede é de Marina. Não é um partido. É o reflexo de como se posta Marina. Marina é individualista, como já afirmou a deputada Erundina, concentradora, fundamentalista que chegou a atribuir a vontade de Deus na morte de Eduardo Campos para que ela fosse escolhida candidata à presidência da República. Além de se tornar cabo-eleitoral de Aécio no segundo turno das eleições.

Embora tenham individualmente o direito de escolher o que lhes apetece como interesses, os três ao preterirem seus partidos progressistas escolhendo a Rede de Marina, não respeitaram os interesses da população, mas seus interesses individuais. Uma possibilidade de concretização de suas ambições individuais simulada em interesse coletivo. Molon vai sair como candidato à prefeitura do Rio. O que significa que ele no PT possivelmente não teria essa chance no partido. Randolfe e Heloisa Helena, também seguem os mesmo interesses individuais simulados de coletivo. Heloisa foi exultante: “Rede Sim! Porque Marina merece e o Brasil precisa!”

É possível que com Marina, que está tentando fortalecer sua Rede, eles possam concretizar suas ambições fato que não estavam mais encontrando respaldo em seus partidos. O que confirma o que afirmou o presidente do PT, Rui Falcão. Para ele a saída é impulsionada por interesses pessoais.

Em suas ambições pessoais os três foram acometidos do estado de escotomização: não viram que Marina também é individualista e vaidosa. Nada cristã, como ela apregoa em seus cultos na Assembleia de Deus. Escotomizados confundiram o sentido político partidário e se impuseram a mesma sentença.

Ao tentar blindar Cunha, jornalismo da Globo coleciona vexames

Cunha.jpg

TV dos Marinho parece manter acordo com Eduardo Cunha e “terceiriza” acusações contra presidente da Câmara.

por Helena Sthephanowitz

Em depoimento na sexta-feira (25) aos investigadores da Operação Lava Jato, João Augusto Henriques, preso como operador do PMDB, afirmou ter aberto uma conta na Suíça para pagar propina ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Segundo Henriques, o pagamento teria sido ordenado por Felipe Diniz, filho do falecido deputado federal Fernando Diniz (PMDB-MG). A propina seria ligada à negociação de um campo de petróleo em Benin, na África, pela diretoria internacional da Petrobras, onde Cunha teria influência na época.

A notícia foi publicada primeiro no jornal O Estado de S. Paulo. Diante da grande repercussão, no sábado (26) o Jornal Nacional foi obrigado a reproduzir trechos do jornal impresso, sem fazer qualquer apuração própria. Os fatos até foram narrados de acordo com a notícia original, mas a chamada e principalmente a conclusão da matéria foram mais um vexame jornalístico da TV Globo.

O telejornal soltou esta pérola ao vivo e em cores para encerrar a matéria: “O Jornal Nacional não conseguiu falar com Eduardo Cunha sobre a nova denúncia, mas quando foi citado pelo delator Júlio Camargo como destinatário de US$ 5 milhões, Cunha disse que desmentia com veemência o que chamou de ‘mentiras do delator'”.

Traduzindo: Eduardo Cunha e sua assessoria fugiram de dar explicações sobre a nova denúncia, então o JN “vestiu a camisa do deputado” e publicou uma resposta antiga de uma denúncia anterior.

Isso não é jornalismo. O JN agiu como a própria assessoria de imprensa do deputado. Não é a primeira vez, como já mostramos em nota anterior aqui na Rede Brasil Atual.

Diante disso fica a pergunta: que acordo tem a TV Globo com Eduardo Cunha para dar tanto vexame jornalístico?

Quase toda a imprensa tradicional blindou Cunha quando ele se lançou candidato à presidência da Câmara dos Deputados, ignorando episódios polêmicos de sua biografia. Mas, a partir de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, persistiu em investigá-lo, a cada dia surgem fatos novos que complicam a situação do parlamentar. Fica cada vez mais difícil, pra não dizer impossível, esconder a investigação no noticiário.

Ontem (28), a Folha de S.Paulo desengavetou outra “novidade” antiga. Publicou que Cunha é investigado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por ter recebido dinheiro desviado do Prece – fundo de pensão da Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae) do Rio de Janeiro – entre 2003 e 2006.

A “novidade” é antiga porque a processo na CVM foi aberto em 2012. Será que se a Folha tivesse publicado antes da eleição para presidente da Câmara, em fevereiro deste ano, Cunha teria chegado a presidente da Casa?

Na noite de ontem, novamente o Jornal Nacional reproduziu a notícia da Folha, também sem fazer apuração própria. Parecia até estar se justificando ao “amigo” Cunha: “Foi a Folha que soltou, então não teve como abafar”.

É assim que vemos a imprensa tradicional se comportando como os ratos que abandonam o navio quando começa o naufrágio. Enquanto Cunha estava em ascensão, o bajulava, blindava e mantinha seu passado engavetado. Só quando despontou a real ameaça de cair em desgraça começaram a desengavetar os malfeitos sabidos há tempos.

Notícias desses desvios no Prece existem desde 2006, quando este fundo de pensão foi investigado na CPI dos Correios. O que seria novidade de fato é porque ainda “não veio ao caso” até hoje uma investigação séria feita pela Procuradoria-Geral da República, mesmo havendo um processo administrativo aberto há três anos na CVM.

Mas isso nenhum jornal da imprensa tradicional quer saber. Ainda.

DILMA DISCURSA NA ABERTURA DO DEBATE GERAL DA 70ª ASSEMBLEIA GERAL DA ONU E FALA SOBRE EMOCRACIA, PORTINARI, REFUGIADOS, PALESTINA E ISRAEL…

dilma_onu28092015_00184684Direitas se mordem, babam de inveja, a bílis sobe para o cérebro arruinado e a urticária moral goteja. É Dilma discursando na abertura do debate geral da 70ª Assembleia Gral da Organização das Nações Unidas (ONU) para 193 chefes de Estados. Uma estadista sem glamour, sem vaidade, sem arrogância, pura simplicidade de quem governa um país com uma classe media invejosa, impotente, coxinha oleosa e impregnada de fungo hipócrita, trapaceiro e golpista.

Um dos fundamentos de uma existência ontologicamente autêntica é a composição dos afetos, cognição com a democracia. O que faz de Dilma um ser ontologicamente comprometido com o povo brasileiro com autoridade suficiente para falar sobre democracia, fome zero, inclusão social, justiça, imposição de Israel sobre a Palestina, refugiados, Portinari, redução de gazes, recorrer às palavras de Mujica para fortalecer o tema democrático, entre outros temas pertinentes a vida do Planeta Terra. Autoridade que nenhum representante das direitas tem.

“A democracia não é perfeita, porque os homens não são perfeitos, Mas devemos trabalhar para melhorá-la, não para sepultá-la.

Esperamos que o controle da inflação e a retomada do crescimento e do crédito contribuirão para recuperação do nosso país. Essas são as bases para o novo ciclo de crescimento e desenvolvimento baseado no aumento da produtividade e na geração de mais oportunidades de investimentos para manter e ampliar o emprego para os cidadãos.

As sanções da lei devem recair sobre todos os que praticam ou praticaram atos ilícitos, respeitados os princípios do contraditório e da ampla defesa. Essas são as bases de nossa democracia.

Queremos um país em que as leis sejam o limite. Muitos de nós lutamos por isso quando as leis e os direitos foram vilipendiados durante a ditadura. Queremos um país em que os governantes se comportem rigorosamente segundo suas atribuições, sem ceder a excessos, além de juízes que julguem com liberdade e imparcialidade, sem pressões de qualquer natureza, desligados de pressões político-partidárias. Jamais transigindo com a presunção da inocência de quaisquer cidadãos.

O governo e a sociedade não toleram a corrupção, mas que o combate tem que ser feito dentro dos limites da lei.

O Brasil está de braços abertos para acolher refugiados. É um absurdo impedir o livre trânsito de pessoas. O Brasil é um país de acolhimento, um país formado por refugiados. Recebemos sírios, haitianos, homens e mulheres de todo o mundo. Assim, como abrigamos há mais de um século europeus, árabes e asiáticos, estamos abertos e de braços abertos para receber refugiados. Somos um país multiétnico.

Não se pode postergar a criação de um Estado palestino que conviva com o Estado de Israel. Não é tolerável a expansão dos assentamentos nos territórios ocupados.

As mensagens dos murais de Cândido Portinari, Guerra e Paz, permanece atual”, discursou Dilma concluindo lembrando da obra de Portinari concedida pelo governo brasileiro à ONU.

EM INSERÇÃO DO PARTIDO DOS TRABALHADORES LULA MOSTRA O FATOR PRECÍPUO QUE IMPEDE AS DIREITAS CHEGAREM AO PODER

Não precisa comentário! Veja as inserções e confirme que às direitas estão decididamente perdidas.

MST LANÇA CD CANTADO POR TRABALHADORAS E TRABALHADORES CONTANDO O S 30 ANOS DO MOVIMENTO

5c639ada-68d6-47b7-b60c-f9b9b8ea5f7aÉ uma coletânea composta por mais de 20 canções antes nunca gravadas para comemorar os 30 anos de luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Na semana passada, em Goiás, durante o 2° Encontro Nacional de Educadores da Reforma Agrária ( Enera) houve o pré-lançamento do CD.

Todas as músicas compostas têm como tema a luta pela reforma agrária e seus desdobramentos como ameaças dos latifundiários, os perseguidos, mortos, conquistas, trabalhos na agricultura, relações das famílias MST, e a influência da posição da Igreja Católica no movimento.

Outro sinal inédito do CD é que as músicas são interpretadas por trabalhadoras e trabalhadores. O que situa nas interpretações a sensibilidade e a sensibilidade de que vive a experiência de ser membro do movimento contribuindo com veracidade com a estética musical. Um sinal que destoa do cantor que canta composições alheias com temáticas individualistas seguindo um modelo da fonografia da indústria musical da sociedade de consumo associada com as mídias de mercado, na esteira Faustão, Serginho Altas Horas.

O CD tem a participação de Zé Pinto um dos mais antigos integrantes do MST.

“A resistência eu o MST tem, e que o povo brasileiro tem, é muito por causa desta arte brasileira, realmente. É essa arte brasileira, de raiz, que tem segurado essa organização nesse pique”, disse Zé Pinto.

Assista o vídeo breve, porém intemporal em seu conteúdo.

A SÍNDROME FARILISTEU DOS GOLPISTAS

 

cruz-invertida-na-roupa-ou-em-acessorios-2A palavra valise é um composto linguístico de duas palavras. É muito comum encontrar essa partícula-locução nos esquizofrênicos que liberam os sentidos usuais das palavras produzindo uma terceira palavra. Freud se afastou dos esquizofrênicos exatamente porque não conseguiu estabelecer relações linguísticas com eles, já que a psicanálise é uma ciência da práxis da linguagem, segundo Lacan. O certo mesmo, é que Freud sentiu pavor das palavras valises, porque não tinha diante de si um corpo linguístico para interpretar. Fugiu para as neuroses.

Na literatura, Lewis Carol, de acordo com o filósofo Deleuze, com sua personagem Alice criou e abusou de palavras valises. Alice no País das Maravilhas ou diante do Espelho desfila magnificas e cativantes palavras valises como os esquizofrênicos. As palavras valises são uma espécie de devir linguístico que escapa das palavras cristalizadas como palavras de ordem usadas e abusadas pelo significante cotidiano.  

A palavra valise como corpo ativo que escapou da linguagem sedimentada usualmente, confere outros entendimentos a quem a ela recorre. Transcende a prisão imposta pela palavra sentido social. É o caso da palavra valise farilisteu. Farilisteu é uma palavra valise composta pelas palavras fariseu e filisteu. Embora apresentem diferenças em suas individualidades, ou seja, quando estão separadas, elas possuem noções comuns em seus corpos.    

O fariseu é o indivíduo que simula ser o cumpridor fiel da lei e por isso apresenta uma santidade. O filisteu não é somente o indivíduo que não pertence a uma tribo semita como mostra o rei Davi. Aquele de origem não semita. Mas os dois, tanto o fariseu como o filisteu têm corpos que compõem a noção comum. O fariseu é um hipócrita, um indivíduo que coloca a mentira em ação. Não é fiel a lei, não é ético. O filisteu não é somente não semita é um ser abjeto que na modernidade, segundo o filósofo Nietzsche, “é um burguês de espírito vulgar e estreito”.

A palavra valise farilisteu elimina as duas individualidades tornando-as uma só. Temos, então, um individuo mais examinável. Um indivíduo mais fácil de ser apreendido sem qualquer ocultação. É uma palavra valise que não tem a potência criativa da palavra valise dos esquizofrênicos e nem das palavras valises de Alice, porque se originou de duas palavras sem potência criativa.

É essa a psicopatológica síndrome dos golpistas: farilisteu. São farilisteus eles, porque mostram o que realmente são mesmo querendo que os outros não saibam. Hipócritas, mentirosos, corruptos, trapaceiros, egoístas, desonestos, revanchistas, fingidores, dissimulados, bajuladores, ambiciosos, indigentes mentais e morais, estúpidos, embrutecidos, aberrações, dissipados, covardes, todos farilisteus.

São esses indivíduos acometidos pela síndrome farilisteu que pretendem depor Dilma da Presidência da República por não suportarem mais uma vitória da democracia do governo popular. São essas psicopatologias morais, como desvio de personalidade, que pretendem comandar o Brasil depois da execução do golpe. Mas, como a democracia é a psicoterapia dos tiranos e dos escravos, degenerados políticos, o golpe será malogrado, como malograda são suas falsas-existências.

Sintetizando o farilisteu-golpista pela perspectiva de Nietzsche, ele é “um hipócrita burguês de espírito vulgar e estreito”. Não podia ser diferente.

LULA JÁ HAVIA DITO SER NECESSÁRIA A REFORMA DO CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU, AGORA DILMA REAFIRMA

images-cms-image-000451206A presidenta Dilma Vana Rousseff, em Nova York, para participar na segunda-feira, dia 28, da 70ª Assembleia-Geral da ONU, disse durante discurso na reunião do G4 composto, além do Brasil, Alemanha, Índia e Japão, que se faz necessária à reforma do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

Para Dilma essa reforma se faz necessária porque desde a fundação da ONU, em 1945, o mundo passou por muitas mudanças. Naquela época havia 51 estados e o Conselho era composto por 11 estados, agora são 193 estados e o Conselho é composto apenas de 15 estados.

Dilma falou também sobre as mudanças climáticas, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que substituem os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) que se encontra em vigor até o fim do ano.

“Acredito que quando se trata da paz e segurança coletiva, que hoje estão ameaçadas, os resultados não avançam muito. Por isso, a reforma do Conselho é a principal questão pendente. Nós precisamos de um Conselho renovado, que reflita adequadamente a nova correlação de forças mundial.

Em 1945 eram 61 estados que integravam a Assembleia-Geral das Nações Unidas e o Conselho de Segurança tinha 11 membros, portanto, 22%. Hoje são 193 estados e um Conselho composto de 15 membros. Portanto, uma queda bastante significativa do percentual de representação.

Acredito que a adoção, este ano, da agenda 2030, vai permitir que se dê passos concretos para que nós encontremos soluções para um problema relevante, que é a questão da mudança do clima”, discursou Dilma, a presidenta que as direitas frustradas invejam e odeiam. Também conhecidas por direitas degeneradas ou aberrantes.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,000,904 hits

Páginas

setembro 2015
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930