Arquivo para 10 de março de 2015

AÉCIO, SUA INEXISTENTE BARBA, E OS BARBUDOS: CRISTO, MARX E FREUD

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????Durante toda pré-história os homens tinham barba. Alguns entendimentos podem ser inferidos sobre essa realidade. Os homens não se preocupavam com ter barba por trata-se de um caso natural, ter barba não lhes incomodavam e, também, porque não havia instrumento técnico para rapa-la. Com as evoluções epistemológicas e, consequentemente, a produção de um instrumento cortante, alguns começaram a fazer uso em si mesmo. O resultado foram barbas raspadas.

Na antiguidade era comum o uso de barba, assim como também na Idade Média. Mas um fato histórico levou muitos a cultuarem a barba: a representação patriarcal simbolizada como autoridade. Daí para frente essa categoria passou a dominar em muitos homens. Entretanto, alguns homens transfiguram o uso da barba com símbolo patriarcal para representação da responsabilidade histórica em que estavam engajados.

O certo mesmo, é que o cultivo da barba tem vários sentidos, mas sempre como expressão social. Houve um tempo em que a maioria dos homens não fazia mais uso do culto à barba. Isso ocorreu, em grande parte, no final do século XIX e XX. Um fator foi o hipócrita conceito burguês de que barba traduzia falta de higiene, sujeira do usuário.

Todavia, com o pós-guerra, e, consequente, com as novas formas de entendimento do mundo, eclodiram movimentos políticos, sociais, artísticos em que seus membros passaram a fazer uso da barba. Por exemplo, na década de 50, oriundo da década de 40, o movimento beatniks, impulsionado pelo poeta Jack Kerouac, que cartografou o movimento hippie. Os barbudos de então, têm na barba uma representação de liberdade que se expressava no protesto contra as forças do império capitalista promoter das guerras colônias, como no caso do Vietnam, com objetivos econômicos.

De lá para cá, uso da barba não perdeu essa representação. Entrou nas universidades, nas comunidades artísticas e operárias. Exemplo honesto de engajamento pela liberdade, Lula e sua barba. No Brasil, com a ditadura civil-militar, era um signo que para as forças repressivas representava subversão. O barbado era comunista, inimigo da ditadura. É muito simples entender essa “sabedoria” repressiva. Burguês não usa barba. Burguês é fariseu: é certinho, reto e limpinho.

Com essa história de cultuar a barba de modo displicente, muito nego ganhou um broto. A barba dava charme ao barbudo. Sem falar que também dava o charme do falso intelectual. Alguns brotos caírem nessa esparrela. Passavam a namorar o barbudo acreditando trata-se de um poeta, intelectual, qual o quê. O cara era um tremendo babaca. Muitas vezes dedo-duro. Porque a repressão usou esse recurso. Era comum descobrir dedo-duro barbado se passando por um cara livre. Um cara enturmado.

Pois bem, dos grandes nomes que elevaram e elevam a humanidade, três se revelaram incontestes barbados históricos. Cristo, Marx e Freud. Mas suas barbas transcendiam às imposições das etapas sociais. Não representavam o patriarcalismo, o compromisso e o modismo. Eram barbas por si mesmas. Portanto, barbas singulares em suas individuações. Só que essas barbas foram entendidas como modelos a serem seguidos. Daí um número de simuladores barbados: têm barbas, mas não têm. Na verdade, apenas uma caricatura.

Como é sabido de alguns brasileiros, Aécio Cunha, deixou a barba crescer. E, como também é sabido de alguns brasileiros, Aécio Cunha é um típico burguês que defende com destemor o ideário do sistema capitalista. E como defensor do sistema capitalista carrega os valores dele.

Sendo assim, sabe-se que a barba de Aécio não tem nenhuma semelhança com as barbas das três grandezas da humanidade. Assemelhar a Aécio com Cristo é destrambelhar a história. Aécio é ressentido. Cultua a vingança. Conspira continuamente contra Dilma que para ele é responsável por seu sofrimento. Ao contrário, Cristo não tem ressentimento. Não culpa ninguém, não persegue a vingança e nem julga. Não carrega um tribunal para condenar, porque não se toma como juiz. Em relação a Marx, não precisa caprichar nas tintas, como diziam nossos avós. Basta reafirmar: Aécio é um burguesaço. Cultua compulsivamente os valores capitalistas, principalmente a ambição. Já, com relação a Freud, é claríssima a confirmação edipiana de Aécio. Toda a carreira de Aécio foi pontuada pelos vínculos da proteção dos códigos do complexo de Édipo. Ele sempre precisou da imagem do pai para colher seus frutos da árvore triangular edipiana. Precisou do avô. O símbolo patriarcal do Édipo como estrutura do familismo. Daí que edipianizado permanece menino. Um quadro preocupante para o país, visto que uma nação não pode ser governada por um menino. Mas essa ameaça já passou. Mas em sua fantasia Aécio continua a ordenação edipiana. Por exemplo, a proteção que as mídias aberrantes lhes concedem. Aécio não escapa de Édipo.

Em síntese, a barba de Aécio não reporta a nenhuma dessas grandezas da humanidade. É uma barba caricata que só agrada a ele para poder fantasiar um ‘novo visual’. E poder afirmar fantasiosamente: “Vejam, agora sou outro”.

Mas na verdade, é Freud quem explica mais intrinsecamente essa questão. Para Freud a barba de Aécio não passa de uma ilusão. Porque a ilusão é um desejo sem objeto real. Freud é Freud, rapaziada! Não deu outra: Aécio raspou a barba. Era tudo ilusão!

Anúncios

NA CERIMÔNIA QUE SANCIONOU LEI DO FEMINICÍDIO COMO CRIME HEDIONDO DILMA MANDOU RECADO AOS CONSPIRADORES

e48d4eec-bfd5-467b-9e69-39e573bbeca4A presidenta Dilma Vana Rousseff, em entrevista coletiva, voltou a se posicionar defendendo a política de seu governo e ainda analisar as conspirações pregadas pelas direitas ressentidas e invejosas que não aceitam de qualquer maneira, credo ou fé a derrota nas eleições do ano passado.

Muito segura e contente com a ocasião, cerimônia em que sancionou a Lei que caracteriza o feminicídio crime hediondo, Dilma respondeu as perguntas e ainda mandou mensagem aos “reprimidos na meta”.  

“Eu proponho que todas as mulheres desmintam o velho ditado de que em brigo de marido e mulher não se mete a colher. Nós achamos que se mete a colher sim, principalmente se resultar em assassinato.

Meter a colher nesse caso não é invadir a privacidade, é garantir padrões morais, éticos e democráticos. Quem souber de caso de violência deve denunciar.

Acho que há que caracterizar as razões para impeachment, e não o terceiro turno das eleições. O que não é possível no Brasil é a gente também não aceitar a regra do jogo democrático. A eleição acabou, houve primeiro e segundo turno. Terceiro turno das eleições, para qualquer cidadão brasileiro, não pode ocorrer a não ser que você queira ruptura democrática. Se se quiser uma ruptura democrática, eu acredito que a sociedade brasileira não aceitará rupturas democráticas”, afirmou lucidamente, Dilma.

Veja, ouça o vídeo e faça sua inferência e construa sua posição democrática.

Quem foi o deputado do PSDB que intimidou Janot para proteger Aécio?

Janot foi intimidado por um capanga do PSDB e o povo brasileiro tem o direito de saber o nome quem foi o parlamentar que fez o serviço.

Antonio Lassance

Congressistas do PSDB disseram ao jornal O Estado de S. Paulo (7/3) que um de seus deputados federais foi até Rodrigo Janot, procurador-geral da República, assim que se soube que o doleiro Alberto Yousseff havia denunciado o senador Aécio Neves em uma de suas delações.
Segundo o termo de delação número 20, feito por Yousseff ainda no final do ano passado, o doleiro descreveu um esquema na estatal Furnas Centrais Elétricas que garantia o recebimento de propina pelo PSDB e pelo Partido Progressista.

O Estadão informou que um deputado federal funcionou como emissário para passar um duro ‘recado’ a Janot: a delação de Youssef contra Aécio deveria ser considerada como denúncia vazia, pois isso seria inaceitável para alguém que teve 53 milhões de votos.

Então é para isso que servem os votos dados a Aécio? Para intimidar o procurador-geral quando se tem alguma denúncia contra o PSDB?

Chamar a isso de ‘recado’ é eufemismo. Janot foi é intimidado por um capanga do PSDB que não sabe se portar como parlamentar. O caso deveria ensejar apuração, requerimentos de informação ao procurador-geral e processo por quebra de decoro contra o deputado.

Por sua vez, Janot, como qualquer autoridade da República, está sob as obrigações da Lei de Acesso às Informações. Tem o dever de divulgar publicamente sua agenda e de relatar qualquer encontro que seja objeto de questionamentos que digam respeito à suafunção.

O povo brasileiro tem o direito de saber quem do PSDB foi ao procurador-geral para intimidá-lo e o exato teor das conversas havidas.  Mais ainda se houve algum acordo.

A preocupação não é só com a figura de Janot, mas com a condição do Ministério Público Federal, que é um órgão da República que não pode se acovardar nem se render a qualquer tipo de barganha.

Janot é candidato a permanecer no cargo de Procurador-Geral do Ministério Público. Sua recondução obrigatoriamente passa pelo Senado, conforme manda a Constituição. Além da intimidação, se outros fatores pesaram em sua decisão, ele terá que dar satisfações.

Aécio está tão enrolado nas delações de Youssef quanto seu correligionário Antonio Anastasia, que está citado no inquérito e não recebeu a mesma graça do arquivamento. O capanga deve ter se esquecido de defendê-lo com a mesma empáfia.

O Estadão notoriamente é aliado do governador Geraldo Alckmin na disputa contra Aécio Neves pela candidatura tucana à disputa presidencial de 2018. Pouco importa.

O que realmente importa é a verdade e que ninguém, mesmo um parlamentar, ainda que seja um deputado que acha que pode tudo, pode intimidar o Ministério Público e ficar por isso mesmo.

Ainda mais importante é que procurador-geral da República que se preze não se deixa intimidar e nem barganha lugares em sua engaveta para esconder malfeitos de quem quer que seja.

(*) Antonio Lassance é cientista político.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Acesse esquizofia.wordpress.com

esquizofia.wordpress.com

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,196,262 hits

Páginas

Arquivos

Anúncios