Arquivo de novembro \30\UTC 2013

MOSTRA DE CINEMA E DIREITOS HUMANOS COMEÇA EM MANAUS TRAZENDO O CINEMA PARA QUEM NÃO O TEM DIREITO

IMG_5180A Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América do Sul chega em sua 8a edição como referência no debate dos direitos humanos através das imagens em movimento. Neste ano com o projeto “Inventar com diferença” a mostra chega a 600 pontos fora das grandes capitais sendo exibida até o dia 20 de dezembro em cineclubes, associação comunitárias, pontos de culturas etc.

Desta forma a cada ano que passa a Mostra traz novas imagens humanitárias produzidas por realizadores engajados no fim da exploração e qualquer forma de dominação de seres humanos.

Neste ano a Mostra trouxe produções de diversos países sulamericanos além de uma mostra indígena e uma homenagem ao documentarista Vladimir Carvalho que tem produções ímpares como O país de São Saruê, Barra 68 ou Conterrâneos Velhos de Guerra.

IMG_5152

Em Manaus, onde tirando o kinemasófico afinado não existe uma programação cinematográfica que chegue aos bairros e as pessoas relegadas pelo governo, a Mostra de Cinema e Direitos Humanos é o único espaço institucional para brotar a inteligência. Tudo sem o falso glamour da projeção de filme e festiva de filmes para uma classe mediana ignara feitos em Manaus pelas secretarias.

Desta forma na não-cidade de Manaus sempre a programação programada nunca adentra os bairros, ficando segregada em grande maioria a parte central da cidade. Mesmo a Mostra ocorrendo no centro da cidade, há a possibilidade como falamos da sociedade civil ampliar esta limitação geopolítica imposta sempre pelos secretários e governantes.

IMG_5167Da mesma forma que ocorreu no ano passado, estudantes de uma escola na proximidades foram “liberados” para assistir a mostra. Embora a presença de todos seja muito importante, há de se convir que eles são utilizados pela secretaria como forma de mostrar que em Manaus “tem jovens interessados”.

Porém ao contrário de cidades como Belém, São Luiz, Aracaju, Cuiabá, Rio de Janeiro etc, não existe um interesse das secretarias de cultura/educação em que os estudantes possam ir ao menos uma vez por mês (sem nenhum custo) a qualquer atividade cultural.

Desta forma os jovens, crianças e adultos em Manaus são distanciados da arte, que grande parte das vezes não chega aos bairros. Bom seria que os jovens tivessem acesso constantemente a estas experiências.

IMG_5177

IMG_5173

Nesta última quinta (28) a abertura do evento contou com a projeção do tocante curta “A onda traz, o vento leva” de Gabriel Mascaro e da animação “História de Amor e Fúria” de Luiz Bolognesi.

A organização da mostra deste ano ficou por conta da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) e da Universidade Federal Fluminense (UFF). Esteve presente na ocasião a representante da SDH, Ana Lúcia que conversou com nosso bloguinho sobre esta nova edição da Mostra e a importância dos cinemas trazidos.

IMG_5157

Nesta 8a mostra como nas 7 anteriores, há uma compreensão holística dos Direitos humanos. Sabemos que sempre vai ter um pouco mais de uma temática direcionada em determinada mostra, como neste ano na mostra indígena, mas não há um direcionamento. Temos também bons produtos com todas temáticas, o que contribui com a seleção independente. A 8a Mostra estárá em 26 capitais, no Distrito Federal e em centenas de outros espaços fora dos grandes centros, podendo uma cidade estar com mais do que três lugares de exibição. Isto é uma construção que só é possível quando a gente percebe que o Brasil não é só das instituições governamentais, mas que a gente precisa buscar parceira com a sociedade organizada, com quem pensa a cultura e tem interesse em trabalhar o humano de forma de ampliar o conhecimento, de sinergia, de aumentar a capacidade de entender o outro humano.

Os cinemas da Mostra criam a possibilidade de propiciar outros debates como de inclusão, de integração, de valorização das pessoas, da ética, da diversidade, da compreensão, da tolerância. Levam a refletir de forma integrada em que some, que seja uma sinergia das mais diversas variantes que se tem da cultura e também por que o Brasil é esta diversidade. Não podemos permitir um Brasil raivoso, sectário, de discriminação, conservador. Até por que o Brasil é um pais para todos, onde as pessoas se respeitem, se amem sem ódio e é o que temos tentado construir.”

IMG_5199
Ana Lúcia ainda destacou a importância da mostra deste ano contar com um novo parceiro, a UFF, e da preocupação da secretaria e do governo federal com a educação como uma forma geral de ampliar o desenvolvimento social.

A mostra conta hoje como parceira a Universidade Federal Fluminense, que tem também um departamento de produção cultural inegável, mas continua havendo o apoio do Ministério da Cultura. Pelo que temos percebido esta nova parceria será exitosa.

A Secretaria de Direitos Humanos tem feito o exercício ou condução da política de direitos humanos pela ministra Maria do Rosário, que é professora, que foi sindicalista do sindicato dos Educadores do Rio Grande do Sul, vereadora, deputada estadual, deputada federal. A atuação dela foi sempre relacionada a educação e a gente sabe que não há outro caminho no Brasil que não seja o de incentivar de forma mais ampla a educação. Não é simplesmente dar instrução, mas a educação como sendo a base que pode de fato gerar diferença e confirmar a liderança do Brasil. Por isto o presidente Lula apostou em carreira da docência superior, concurso público, em ampliar as universidades,as escolas técnicas, profissionalizantes e expandir em toda territorialidade do Brasil.”

Em Manaus a Mostra continua hoje e na próxima semana de quinta à sábado no Teatro da Instalação no Centro da Cidade. No próximo ano esperamos auxiliar nesta ampliação humana e cultural que o Cinema e Direitos Humanos propicia a todos.

PESQUISA SOBRE EDUCAÇÃO E COMPORTAMENTO SEXUAL MOSTRA QUE JOVENS SÃO DESINFORMADOS SOBRE O TEMA

soropositivo

Jovens entre 18 e 29 anos são desinformados sobre comportamento sexual, têm preconceito de gênero e são contra homossexuais. Esses dados são o resultado da pesquisa Juventude, Comportamento e DST/AIDS que foi aprovada pelo Comitê de Ética da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília e acompanhada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids (DST/AIDS) e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, encomendada pela Caixa Seguros.

Os dados. A educação sexual não deve ser ensinada em casa. Acreditam 75% dos jovens. A educação está relacionada com o início da vida sexual. Acreditam 70% dos jovens. Não teriam amigos ou amigas homossexuais: 11%. Se incomodariam com um professor homossexual: 9%. Se incomodariam ter irmão ou irmã homossexual: 22%. Para 4 entre 10 jovens entre as idades de 18 e 29, as mulheres que se vestem de forma insinuante não devem reclamar por sofrer violência sexual. Para esse tipo de violência 10% são indiferentes. Concordam em um homem agredir uma mulher quando ela recusa fazer sexo com ele: 9%. O homem bater na companheira que o traiu: 11%.

Foram entrevistados 1. 208 jovens, em 15 estados e no Distrito federal, 55% mulheres. 30% estudam, 56% foram reprovados, metade é católico, um terço evangélico, de 10, seis acessam internet, e navegam pelo menos duas horas por dia.

Analisando os dados, o doutor em saúde pública e coordenador da pesquisa, Miguel Fontes, teceu algumas considerações e rebateu alguns argumentos.

“A conversa com os pais é fundamental, ela faz com que os jovens se sintam muito mais à vontade para absorver e trabalhar as informações e as diferenças. Além disso, a pesquisa mostra que ter um professor como referência contribui para um jovem com maior nível de educação sexual.

Eles não têm tanto preconceito quando é fora de suas casas. Se perguntar se você tem um amigo gay, eles são mais abertos a isso, um professor, um pouco menos, mas quando pergunta sobre a família, um irmão, a intolerância aumenta consideravelmente.

A visão contemporânea da educação sexual daqueles que não têm muitos preconceitos, tabus, os que aceitam as diferenças, os que reconhecem a importância da educação sexual em todas as etapas da vida, não só na escola, contribui para saúde pública, analisou Miguel Fontes.

A FILÓSOFA MARILENA CHAUÍ, FALANDO NO FÓRUM IDEIAS PARA O BRASIL, DISSE QUE A ÙNICA FORMA DE POLITIZAR AS MANIFESTAÇÕES É A REFORMA POLÍTICA

Participando do Fórum Ideias para o Brasil, da Fundação Perseu Abramo, que vai até domingo, juntamente com o presidente da Central única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas e a cantora Karina Buhr, a filósofa Marilena Chauí fez várias considerações desde a herança do modelo da ditadura militar que permanece no Brasil passando pelas possíveis manifestações que ocorrerão no de 2014 com a Copa do Mundo, até a reforma política. Essa o ponto imprescindível para que os jovens se politizem e deixem a concepção alienada de política. A reforma política, que tem como seu principal tema, o fim do financiamento privado das campanhas eleitorais que é defendido pela CNBB, CUT, UNE, MST e OAB. Para todos eles, o financiamento empresarial é a grande abertura para corrupção nas instituiçõe

“É preciso uma reforma política que acabe com o que sobrou da ditadura. D´para entender porque muitos jovens dizem não gostar de política. Cabe a nós mudar isso.

Os antigos movimentos sociais precisam refletir sobre isso e aprender a conviver com essas novas formas, dialogando com elas.

A única forma de politizar as manifestações que se radicalizarão durante a Copa é pautar a reforma política no país”, disse a filósofa Marilena Chauí.

O DEPUTADO PERRELA TEVE SEU HELICÓPTERO PRESO PELA POLÍCIA FEDERAL COM 443 QUILOS DE COCAINA, SEU AMIGO AÉCIO NEVES, DIZ QUE NÃO VÊ VÍNCULO DELE “COM ESSA QUESTÃO”

https://i0.wp.com/www.conversaafiada.com.br/wp-content/uploads/2013/11/perrela.jpg

O senador do partido PSDB, representante das oligarquias capitalista brasileira, Aécio Neves – possível candidato à Presidência da República que poucos dão crédito -, falando sobre o episódio da prisão pela Polícia Federal do helicóptero do deputado estadual Gustavo Perrela (Solidariedade/MG), seu amigo, filho do senador Zezé Perrela (PDT/MG), também seu amigo, com 443 quilos de cocaína em uma fazenda no município de Afonso Cláudio, no Espírito Santo, tentando desviar suspeitas sobre o deputado, mas ao mesmo tempo tentando mostra que quer a investigação do ocorrido, disse não vê nada que vincule Perrela com o episódio

“Ele tem que explicar. Até hoje não ouvi nada que o vinculasse a essa questão. Temos que dar a ele o direito de defesa, mas é preciso que seja rapidamente esclarecido”, disse o senador playboy.

Apesar de tentar amenizar qualquer relação de Perrela com o episódio da cocaína apreendida, Aécio não pôde impedir que o deputado federal Fernando Francischini, do mesmo partido do dono do helicóptero, disse que vai pedir o afastamento de Perrela do partido.

Ainda em sua encenação de desviar a atenção de fatos claros para zonas obscuras, Aécio, falou sobre as denúncias de corrupção nos governos de seu partido afirmando que quer que seja feita a apuração profunda.

“Nós, do PSDB, queremos a apuração profunda de todas as denúncias, se houver pessoas próximas ou vinculadas ao partido que tenha cometido alguma ilicitude, que responsa por ela.

O que não podemos aceitar é a manipulação e falsificação de informações”, encenou Never.

PARA ADILSON DE SOUZA, TENENTE-CORONEL DA RESERVA DA POLÍCIA MILITAR DE SP, A VIOLÊNCIA DA PM É “RESQUÍCIO DA DOUTRINA DE SEGURANÇA NACIONAL” DA DITADURA

Já vem de muitos anos a ideia de que é preciso desmilitarizar a Polícia Militar em função do papel que vem desempenhando no Brasil. Há hoje na sociedade brasileira, de acordo com pesquisas de especialistas, uma descrença quase que geral na importância da instituição como sentido de segurança pública. Todas às pesquisas mostram que a população não acredita na Polícia Militar. E muitos dos entrevistados afirmam que a temem

Motivos para tal descrença são muitos. A PM tem siso constantemente noticia dos meios de comunicação. E notícia nada agradável para a população. O tema noticioso é sempre a arbitrariedade e a violência praticada por membros dessa instituição. Casos como o do pedreiro Amarildo, preso, torturado e mortos por policiais militares no Rio de Janeiro, e o caso do jovem Douglas Rodrigues, morto por um policia militar, em São Paulo, já são comuns no Brasil. Como disse uma sobrinha do pedreiro Amarildo: “as crianças são tratadas, na favela, com tapa na cara pelos policiais”. É uma violência que atinge a dignidade social, principalmente dos pobres e negros. E muitas vezes apoiada por algumas pessoas.

Todos esses temas foram discutidos no programa da TVT, Melhor e Mais Justo, que contou com a presença do tenente-coronel, Adilson Paes de Souza, autor do livro O Guardião da Cidade, que mostra como a Polícia Militar continua com a mesma mentalidade e ações da ditadura militar com sua Doutrina de Segurança Nacional. Para Adilson Paes de Souza é necessário desmilitarizar a PM e criar uma Polícia Civil. Em seu entender, a palavra autoridade perdeu seu sentido de responsabilidade para significar hoje violência, arbitrariedade e truculência. De acordo com sua observação, temas como violência policial, tortura e preconceito não eram debatidos nas 1.100 horas de aulas na formação dos policiais. Somente 90 horas de aulas eram dedicadas aos temas dos direitos humanos. Para Adilson de Souza é preciso entender quais os mecanismos que na mente e no ensino policial, “faz com que uma pessoa reduza a outra a objeto a ponto de praticar violência”.

“Desmilitarizar não é defender uma polícia sem armas, mas a existência de uma Polícia Civil. Não há a menor necessidade de que uma instituição de segurança pública seja militar. Essa condição leva a uma série de abusos e de tradição de subcultura da violência que é inaceitável no Estado Democrático de Direito.

Existem supostas autoridades que apregoam o extermínio e a morte. Isso exerce um efeito pedagógico nefasto sobre a mente de policiais militares e da sociedade civil, que faz com que eles defendam ideias como a pena de morte ” analisou o tenente-coronel reformado.

Para ele, o fato de desmilitarizar a PM constituísse em desarmar a Doutrina de Segurança Nacional que até hoje é atuante no Brasil. A violência extrajudicial praticada pela PM no Brasil já foi tema do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) que pediu para o governo brasileiro desenvolver políticas de segurança que mude esse quadro de violência praticada pela PM.

Para Ângela Mendes de Almeida, coordenadora do Observatório de Violências Policiais da Pontifícia Universidade Católica (PUC/SP) as ações dos militares nas periferias têm o objetivo de exterminar os pobres.

“Quando o jovem (Douglas Rodrigues) perguntou ao policial ‘por que você me matou?’, ele não percebeu que a polícia está lá para matar todos eles, para torturá-los, para humilhá-los e tem uma grande parte da população que aprova esse tipo de ação, desde que seja com o pobre”, observou Ângela de Almeida.

“ALGUÊM DA PRÓPRIA CÂMARA” MUTILOU O LAUDO MÉDICO SOBRE O ESTADO DE SAÚDE DE GENOÍNO, DISSE SEU ADVOGADO

O fato. O deputado federal licenciado José Genoíno, em razão de seu estado de saúde, no mês de setembro pleiteou junto a Câmara Federal sua aposentadoria por questão de saúde. Em decorrência das decisões do ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Genoíno foi preso em regime fechado quando sua pena é para regime semiaberto. No presídio da Papuda, ele teve um pico hipertensivo preocupante, cuspiu sangue e foi internado às pressas no Hospital Cardiológico do Distrito Federal.

Como Genoíno pretende o cumprimento da pena em regime domiciliar em função de seu estado de saúde, ele foi submetido a uma avaliação pelo Instituto Médico-Legal da Polícia Civil que diagnosticou sua saúde como grave. Joaquim Barbosa não deu bola para o laudo médico e indicou uma junta médica para fazer uma avaliação que possa decidir se Genoíno deve ou não cumprir pena em regime domiciliar. O resultado do laudo disse que Genoíno não tem problema de saúde grave. Foi então que o presidente da Câmara deputado Henrique Alves (PMDB/RG) disse que a questão da aposentadoria do deputado quem iria decidir seria a Câmara Federal. Mandou assim, uma junta médica o avaliar.

Assim, os médicos, em entrevista coletiva, divulgaram o laudo. Só que alguém da Câmara mutilou o laudo e entregou à imprensa, segundo o advogado de Genoíno, Luiz Fernando Pacheco. Percebendo que o laudo entregue a imprensa estava mutilado, e diante desse crime, ele publicou uma nota tratando do ocorrido.

“Não é possível aceitar que ignorantes de ocasião, movidos por indisfarçável conveniência política, que despreza os mais elementares imperativos humanísticos, procurem, acintosamente, comprometer a percepção do real, delicada e preocupante situação de saúde do deputado.

A defesa de José Genoíno não compactua e nem barganha com a dignidade e a vida de um homem que por três décadas, no Parlamento, marcou sua atuação como representante do povo livre do Brasil com absoluta transparência, espírito democrático e extremada honradez”, diz trecho da nota.

PARA MINISTRO DA JUSTIÇA, PSDB QUER MUDAR O FOCO DA INVESTIGAÇÃO SOBRE DENÚNCIA DE CORRUPÇÃO PRATICADA POR GOVERNADORES DO PARTIDO

Desde que as denúncias de pratica de corrupção nos governos Mário Covas, Geraldo Alckmin e José Serra, todos do PSDB, partido da burguesia-ignara, foram divulgadas por executivos das empresas multinacionais Alstom e Siemens que afirmaram haver ocorrido formação de carteis com propina no Metrô e Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), membros do partido têm se esforçado de todas as maneiras para descaracterizar as investigações realizadas pela Polícia Federal e o Ministério Público (MP). Isso com ajuda da mídia reacionária que é associada ao partido.

Parlamentares como o senador Aécio Neves – que poucos dão crédito -, senador Aloysio Ferreira, líder do partido no Senado – também denunciado no esquema de propina – e o deputado Carlos Sampaio, líder também do partido na Câmara, não param de tentar confundir as investigações e acusarem o ministro da Justiça, José Cardozo, porque o mesmo enviou os documentos das denúncias para a Polícia Federal e pediu que a instituição republicana fizesse a investigação. Aécio – o que poucos lhe dão crédito – chegou a pedir a demissão do ministro, enquanto entravam com uma representação contra Cardozo na Comissão de Ética Pública do governo. Só que esses fatos que foram denunciados pelos executivos já estão sendo investigados desde 2008. O que perturba os parlamentares reacionários.

Diante das posições defensivas e conturbadoras dos parlamentares que não querem a continuidade das investigações, e suas acusações contra o ministro, Cardozo deu entrevista afirmando que o PSDB pretende é desviar o foco das investigações sérias.

“Acho que há uma tentativa muito clara de evitar uma apuração imparcial e séria. Há pessoas que, por alguma razão que desconheço, estão querendo criar um tumulto, uma situação na qual quem cumpre a lei é acusado, para tirar o foco de uma investigação correta. Se alguém pensa que vai intimidar o Ministério da Justiça, a Polícia Federal e o Cade, está enganado.

A PF é subordinada ao ministério e, evidentemente, eu devo cumprir a lei, que diz que as denúncias que o ministério recebe devem ser mandadas para a Polícia Federal.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,978,162 hits

Páginas