Arquivo para abril \30\UTC 2013

FESTIVAL VARILUX DE CINEMA ACONTECE EM 45 CIDADES BRASILEIRAS

Festival Varilux 2013

Segue abaixo a lista com os filmes que passarão em 45 cidades brasileiras. Confira se a sua está na listagem:

“Entre as cidades que irão receber o Festival na primeira semana (1 a 9 de maio) estão: Belo Horizonte, Brasília, Cotia, Curitiba, Campinas, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Indaiatuba, João Pessoa, Jundiaí, Macaé, Nova Friburgo, Porto Alegre, Recife, Resende, Ribeirão, Rio de Janeiro, Salvador, Santos, São Gonçalo, São Paulo, Sorocaba e Vitória.
Na segunda semana (10 a 16 de maio) : Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Blumenau, Floripa, Londrina, Maceió, Manaus, Maringá, Natal, Palmas, Santa Maria, São Luís e Tubarão.”

Cinemas e filmes desta edição:

1. “A DATILÓGRAFA“;
2. “ACONTECEU EM SAINT-TROPEZ“;
3. “ADEUS, MINHA RAINHA“;
4. “ALÉM DO ARCO-ÍRIS“;
5. “ANOS INCRÍVEIS“;
6. “CAMILLE CLAUDEL 1915“;
7. “FEITO GENTE GRANDE“;
8. “FERRUGEM E OSSO“;
9. “O HOMEM QUE RI“;
10. “O MENINO DA FLORESTA” – animação;
11. “OS SABORES DO PALÁCIO“;
12. “PEDALANDO COM MOLIÈRE“;
13. “PRENDA-ME“;
14. “RENOIR“;
15. “UMA DAMA EM PARIS“.

Vai rolar ainda uma homenagem a Benoît Jacquot no IMS no Rio de Janeiro.

“De 4 a 12 de maio, o Instituto Moreira Salles – Rio de Janeiro apresenta um ciclo especial em homenagem ao cineasta Benoît Jacquot e uma seleção dos filmes do Festival Varilux de Cinema Francês.
A Mostra contará com a presença do diretor dia 4 de maio, após a sessão de Adeus, minha Rainha.

Confira a programação completa abaixo.

Instituto Moreira Salles
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
Tel.: (21) 3284-7400; Fax: (21) 2239-5559
Entrada franca.”

Homenagem à Benoît Jacquot:

1. “A MORTE DO JOVEM AVIADOR INGLÊS“;
2. “ESCREVER“;
3. “ADEUS, MINHA RAINHA” com a presença do diretor e possivelmente de Léa Seydoux, que estará alguns filmes da programação;
4. “ATÉ JÁ“;
5. “NO FUNDO DA FLORESTA“;
6. “SADE“;
7. “SEM ESCÂNDALO“.

Seleção Varilux em exibição no IMS:

1. “CAMILLE CLAUDEL 1915“;
2. “FERRUGEM E OSSO“;
3. “O MENINO DA FLORESTA“;
4. “RENOIR“.

ESTUDOS INTERNACIONAIS AFIRMAM QUE BRASIL ELIMINARÁ POBREZA EXTREMA E TRABALHO INFANTIL

Dois informes internacionais divulgados nesta segunda-feira demonstraram com muito otimismo os avanços brasileiros frente as questões da redução do trabalho infantil e da miséria a partir das políticas  do Governo Dilma em continuidade ao governo Lula.

No primeiro pronunciamento feito pelo representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Jorge Chediek, o Brasil efetivamente acabará com a extrema pobreza e conseguirá cumprir uma das principais promessas da presidenta Dilma Vana Rousseff.

Ele veio ao país e conheceu o estudo Vozes da Nova Classe Média se mostrando muito otimista: “Vemos que políticas públicas sociais e econômicas farão com que o Brasil atinja o resultado de 100% de redução da pobreza extrema. E a ONU tem um compromisso assumido de combate à pobreza. Pensamos muito nisso, mas [pensamos] pouco no ponto de chegada, que é a classe média. É muito útil o Brasil estar pensando neste ponto de chegada”.

Segundo o ministro e presidente do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), Marcelo Neri,  “o fim da miséria é apenas o começo”. Segundo ele, a desigualdade teve uma “queda espetacular (…) Em 2012, mesmo com [baixo crescimento do PIB] o chamado Pibinho, 35% das pessoas subiram [de nível social], enquanto 14% caíram. Isso mostra que o país vive mais prosperidade e oportunidade, e menos desigualdade” .

Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a redução do trabalho infantil

Já a OIT divulgou o seu Informe Mundial sobre o Trabalho Infantil, afirmando que o programa Bolsa Família, desde a sua criação, reduziu em 8,7% a quantidade de crianças trabalhando no campo e 2,5%, nas áreas urbanas.

Segundo a  diretora do Programa Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil da OIT, Constance Thomas   as políticas de proteção social são cruciais no combate a esse tipo de trabalho, que atinge cerca de 215 milhões de crianças no mundo, e por isto “O relatório demonstra claramente que investir na proteção social por meio dos pisos de proteção social definidos em nível nacional é uma parte fundamental da resposta na luta contra o trabalho infantil, que inclui também o acesso a empregos decentes para os adultos e a educação para as crianças”.

O que se percebe nos dois pronunciamentos é o reconhecimento dos órgãos mundiais voltados ao desenvolvimento humano no avanço brasileiro durante os governos Lula e Dilma que vêm reduzindo os índices vergonhosos da desigualdade social, e que em breve conseguirão erradicar dois grandes problemas: pobreza e exploração do trabalho infantil. Desta forma o país deve continuar avançando para que finalmente estas duas graves questões sejam solucionadas.

MPF denuncia coronel Ustra por ocultação de cadáver na ditadura militar

da Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo denunciou, pelo crime de ocultação de cadáver, o coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, comandante do Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna de São Paulo (DOI-Codi) no período de 1970 a 1974. Também foi denunciado pelo mesmo crime o delegado aposentado Alcides Singillo, que atuou no Departamento de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops-SP) na ditadura militar.

Na ação, ajuizada na última sexta-feira (26), Ustra e Singillo são acusados de ocultar o cadáver do estudante de medicina Hirohaki Torigoe, então com 27 anos, morto no dia 5 de janeiro de 1972. Torigoe foi membro da Ação Libertadora Nacional (ALN) e do Movimento de Libertação Popular, organizações de resistência à ditadura.

De acordo com o MPF, a versão oficial do crime – divulgada à imprensa duas semanas após o desaparecimento do estudante – sustenta que Torigoe foi morto na Rua Albuquerque Lins, no bairro de Higienópolis, na zona oeste de São Paulo, em um tiroteio com a polícia. Segundo as fontes oficiais da época, a demora na divulgação da morte ocorreu porque a vítima usava documentos falsos, com o nome de Massahiro Nakamura.

No entanto, o MPF contesta a versão oficial com base no depoimento de duas testemunhas: André Tsutomu Ota e Francisco Carlos de Andrade, presos na mesma data. De acordo com os depoimentos, Torigoe foi ferido e levado ainda com vida ao DOI-Codi do 2º Exército, no bairro do Ibirapuera, onde foi interrogado e submetido à tortura.

As testemunhas afirmaram que os agentes responsáveis pela prisão de Torigoe tinham pleno conhecimento da verdadeira identidade do detido. Apesar disso, de acordo com o MPF, todos os documentos a respeito da morte da vítima, inclusive o laudo de necropsia, a certidão de óbito e o registro no cemitério, foram elaborados em nome de Massahiro Nakamura.

Para o MPF, além de utilizarem o nome falso nos documentos de óbito e de sepultarem clandestinamente o estudante no Cemitério de Perus, em São Paulo, os subordinados de Ustra negaram aos pais de Torigoe informações a respeito do filho desaparecido.

Na ação, o órgão acusa Ustra de enterrar clandestinamente Hirohaki Torigoe, falsificar os documentos sobre a morte com o intuito de dificultar a localização do corpo, ordenar a seus subordinados que deixassem de prestar informações aos pais da vítima e de retardar a divulgação da morte em duas semanas, com a intenção de ocultar o cadáver e garantir a impunidade pelo homicídio.“A conduta dolosa de ocultação do cadáver resta totalmente caracterizada pelo fato de que os pais da vítima estiveram nas dependências do DOI-Codi antes da divulgação da notícia do óbito, em busca do paradeiro do filho. Lá, porém, funcionários do destacamento sonegaram-lhes a informação de que Hirohaki Torigoe fora morto naquele mesmo local e que seu corpo fora clandestinamente sepultado com um nome falso”, ressalta o texto da ação.

Desde 2006, um inquérito civil público busca localizar os restos mortais de Hirohaki Torigoe. “Até hoje permanecem os restos mortais de Hirohaki Torigoe ocultos para todos os fins, inclusive os penais”, afirma o MPF.

O delegado de Polícia aposentado Alcides Singillo é acusado de deixar de comunicar a correta identificação e localização do corpo à família da vítima, o cemitério onde ele supostamente foi enterrado e o cartório de registro civil onde a morte foi registrada. De acordo com o MPF, Singillo era, na época, delegado do Deops de São Paulo e tinha ciência da identidade do estudante, pois colheu o depoimento do verdadeiro Massahiro Nakamura, que foi a delegacia após a notícia de que Torigoe usava seu nome.

Segundo o advogado de Ustra, Paulo Esteves, o ex-coronel nunca participou de nenhum tipo de violação de direitos. “A violência não foi apanágio da vida dele”, disse. A reportagem não conseguiu localizar o advogado do ex-delegado Singillo.

 

SEGUNDA-FEIRA DOMINICAL

Dia das boas almas

bolsonaro feliciano  camara senado A Procuradoria da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados declarou pretende entrar nesta semana com uma representação contra os deputados “negadores da vida” Marco Feliciano e Jair Bolsonaro  pelo crime de quebra de decoro parlamentar.  Segundo Wadih Damous, o presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos  da OAB, “Eles estão divulgando vídeos e difamando pessoas se valendo da imunidade parlamentar. A representação será baseada nisso”.

O recurso será feito a Corregedoria da Câmara exigindo punição aos parlamentares devido à campanha veiculada na internet contra os deputados Jean Wyllys , Erika Kokay, Domingos Dutra. No vídeo postado por Bolsonaro  estes deputados são colocados como inimigos da família brasileira, uma vez que defendem os diretos de brasileiros, incluindo a população homossexual.

Para a OAB a ação depende da conclusão da procuradoria, já que “essas questões técnico-jurídicas têm de ser vistas com muito cuidado. Não vou colocar a OAB numa aventura jurídica, de entrar num jogo partidário. Assim que tivermos uma petição consolidada, ingressaremos na Câmara com a representação. (…) Pensar que tais absurdos partem de representantes do Estado, das estruturas do Congresso Nacional, é algo inimaginável e não podemos ficar omissos. Direitos Humanos não se loteia e não se barganha”.

A ação da OAB não envolve apenas a difamação gerada pelos irracionais parlamentares, mas um entendimento que pessoas que representam o povo brasileiro devem respeita-lo em sua heterogenia, e respeitar aqueles que defende a pluraridade. Porém, presos em seu mundo fantasioso, os deputados não tem condições de serem representantes.

refugiados refugees imigrantes imigrantsSegundo o Comitê Nacional para os Refugiados (Conare) e a Agência da ONU para Refugiados durante os últimos três anos, o número de imigrantes que solicitaram refúgio no Brasil cresceu 254%.  Os países que lideram em número de solicitações é Angola com 1060 refugiados  seguido da Colômbia com 738 refugiados no Brasil.

O presidente do Conare, Paulo  disse que “essas pessoas, geralmente, já constituíram família, estão integradas socialmente no Brasil e já têm empregos”. Atualmente há cada vez mais um número maior de solicitações, e por isto deve se aprimorar o atendimento para diminuir o tempo de espera dos povos que pedem refúgio.

Abrão ainda afirma que Ipea fará sugestões ao Conare para que, com as entidades parceiras como Acnur, Cáritas e Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH), avaliem e busque conjuntamente soluções para este problema tão sério.

O Brasil, ao contrário da xenofobia europeia aos imigrantes vem voltando suas políticas públicas e criando cada vez mais maneiras de receber estes imigrantes e dar condição para que todos os países envolvidos nas relações internacionais brasileiras possa ter um desenvolvimento conjunto com políticas públicas responsáveis.

Russian gay-rights activists fly national flag next to poster with a caricature painting of Russian President Putin and Prime Minister Medvedev during CSD parade in BerlinO presidente russo Vladimir Putin declarou nesta semana que pretende modificar os acordos de adoção de crianças firmados com todos os países que autorize o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Esta fala ocorreu na mesma semana em que a França aprovou o casamento gay. As modificações seriam retroativas e poderiam “desadotar” crianças deste país independente do tempo da adoção.

Em seu preconceito bradou com determinação afirmando que considera ” correto fazer modificações nos tais documentos. É uma questão atual e temos de pensar sobre isso (…) Devemos reagir ao que está acontecendo a nossa volta. Respeitamos os nossos parceiros, mas também pedimos que respeitem as tradições culturais e normas éticas, legais e morais da Rússia”.

Mesmo que desde 1993 a Rússia tendo descriminalizado a homossexualidade, vemos que a homofobia ocorre generalizadamente no país, a começar pelo presidente e parlamentares. A Rússia demonstrou um grande desagrado nos acordos de adoção com a França, uma vez que há várias agências francesas que tem convênio com o país.

russia-gay-MEntendemos que esta falsa preocupação, que usa como desculpa as tradições russas, nos mostra que no frio russo, onde é comum homens terem comportamentos afetuosos como o beijo na boca, há uma tentativa irracional de proteger as crianças e cidadãs russas dos nefastos casais homossexuais. Isto já demonstra que há uma ideia em que a Rússia seria um país que destina suas crianças a outros que considera puros. Uma atitude micronazista baseada em que o país se macula pela sua situação de diversidade. E também vemos que as adoções que já ocorreram não podem ser desfeita e tirar as crianças de famílias já construída. Isto mostra a dificuldade deste país em lidar com uma fobia dos homens e mulheres livres.

pirate-bay-wikileaksO portal de notícias WikiLeaks, cuja função é divulgar documentos “sigilosos” de governos do mundo todo, e o sítio global Pirate Bay venceram nos tribunais uma disputa contra a Visa, uma das grandes operadoras de cartões e pagamentos.  Um tribunal islandês tomou a decisão de obrigar a empresa a liberar as doações feitas na sua rede para as contas do portal.

Caso o roubo praticado por esta grande empresa capitalista, que nada mais faz além de usurpar descaradamente o dinheiro alheio, seja indiferente para os magnatas das operadoras, a multa estipulada pelo tribunal é de 800 mil Kronas (cerca de 13.774 reais) diárias.

Julian Assange, nunca satisfeito e sempre atuante na luta contra o capitalismo e contra os países dominadores e manipuladores da informação, publicou que agora o foco da luta será contra as outras empresas que praticam o mesmo tipo de crime, a Mastercard e a Paypal.

De acordo com Assange: “Nós agradecemos ao povo islandês por mostrar que não serão molestados por empresas poderosas apoiadoras de Washington como a Visa. E nós mandamos um aviso para as demais companhias envolvidas no bloqueio de fundos: vocês serão os próximos.”.

 

Fluminense-Volta-Redonda-Foto-LANCEPress_LANIMA20130428_0099_1As peladas mornas que rolam Brasil afora continuam fazendo até os brutos chorarem. No carioquinha, nenhuma surpresa, o Foguinho bateu o Resende e o Fluzinho passou pelo Volta Redonda. Agora, as equipes duelam na final da desejada Taça Rio, que está entre os maiores campeonatos de pelada do mundo.

Gremio juventudeNo gauchinho mais triste do que gaúcho depois de churrasco, o Internacional passou pelo Veranópolis e vai para final da Taça Farroupilha contra o Juventude, que bateu no desesperado Grêmio. No mineirinho mais frio que o pão de queijo vendido no Mineirão, o Cruzeiro venceu o Villa Nova e o Galinho passou pelo desconhecido Tombense.

Ponte Preta x CorinthiansJá a maior pelada de todas, o Paulistinha, começou sua fase de mata-mata matando os torcedores de tédio. No jogo dos bichos, o porquinho perdeu nos pênaltis para o peixinho de Neymídia, ator global. A Ponte Preta, para não perder o costume, morreu na praia contra o apático Corinthians. O São Paulo sofreu mais que apaixonado ouvindo música do Roberto Carlos para vencer o Penapolense. E o Mogi Mirim derrotou o Botafogo de SP.

 

Campeonato Paulista jogo Santos x Palmeiras

Campeonato Paulista, Santos X Palmeiras

Artistas e intelectuais promovem manifesto por Cinemateca Brasileira

“A Cinemateca Brasileira, fundada há mais de 60 anos por intelectuais e amantes do cinema, passou ao Governo Federal em 1984. Desde então vem desenvolvendo de forma regular sua vocação de preservar a memória audiovisual, tendo atingido um nível de excelência reconhecido em âmbito nacional e internacional.

Ao longo do tempo, a sua precariedade institucional foi compensada pelo apoio decisivo da SAC – Sociedade Amigos da Cinemateca, criada em 1962, configurando uma parceria público-privado, que se tornou uma das marcas valiosas de seu sucesso.

Nos últimos meses, a Cinemateca vem enfrentando dificuldades que colocam em risco sua missão institucional. A interrupção dos projetos apoiados pela Sociedade Amigos da Cinemateca acarretou a dispensa de mais de 50 trabalhadores, alguns deles com vínculos muito antigos com a Cinemateca. Essa mão de obra, treinada por mais de 20 anos é indispensável para a instituição, não pode ser simplesmente descartada, sob pena de não ser jamais reposta.

Em vista da urgência da situação, vimos apelar à Ministra da Cultura Marta Suplicy para que, independentemente de reformulações que venha a promover na instituição, determine o fim da intervenção da Secretaria do Audiovisual na Cinemateca Brasileira e restabeleça os canais de entendimento com a SAC, visando a retomada imediata dos trabalhos regulares, o reaproveitamento dos quadros qualificados e, em última instância, a preservação da própria integridade da memória audiovisual brasileira.

Abril de 2013.”

Já assinaram o Manifesto:
Antonio Candido – Lygia Fagundes Telles – Affonso Beato – Arrigo Barnabé Benjamim Taubkin – Betty Faria – Bob Stam – Bruno Barreto – Eduardo Escorel Fernando Moraes – Francisco Ramalho Jr. – Hector Babenco – Jean-Claude Bernardet – Jorge Bodansky – Jorge Peregrino – José de Abreu – José Roberto Aguillar – José Roberto Torero – Lauro Escorel – Luiz Carlos Barreto – Mariza Leão – Maureen Bissiliat – Moacir Amâncio – Moacyr Goes – Pedro Farkas – Sara Silveira – Sergio Muniz – Sergio Rezende – Sergio Santeiro – Suzana Amaral Walter Lima Jr – Yael Steiner – Zulmira Ribeiro Tavares

Através da lista do Fórum Nacional de Cineastas:

Alain Fresnot – Ana Maria Magalhães – André Klotzel – André Sturm – Aurélio Michiles – Beto Brant – Cao Hamburger – Carlos Riccelli – Claudio Kahns – David Kullok – Dodô Brandão – Eliana Fonseca – Eunice Gutman – Fernando Meirelles Guilherme de A. Prado – Gustavo Rosa de Moura – Gustavo Steinberg – Helena Solberg – Ícaro Martins – Isa Albuquerque – João Daniel Tikhomiroff – João Jardim – Jorge Alfredo – Jorge Duran – José Carone Júnior – José Joffily – Kiko Goifman – Lucia Murat – Luiz Carlos Lacerda – Luiz Dantas – Luiz Villaça – Mallu Moraes – Marcelo Machado – Marina Person – Matias Mariani – Maurice Capovilla Mauro Farias – Miguel Faria Jr. – Mirela Martinelli – Murilo Salles – Omar Fernandes Aly – Oswaldo Caldeira – Paulo Morelli – Philippe Barcinsky – Renato Ciasca – Ricardo Dias – Ricardo Pinto e Silva – Ricardo Van Steen – Roberto Gervitz – Rodolfo Nanni – Rossana Foglia – Sergio Bloch – Sergio Roizemblit Silvio Da-Rin – Tadeu Jungle – Tata Amaral – Tereza Trautman – Tete Moraes Vera de Figueiredo

E também:

Adrian Cooper, Adriana Rouanet, Aída Marques, Alba Liberato, Alberto Baumstein, Alex Magalhães Vieira, Alexandre Elauiy, Anderson Craveiro, André Carvalheira, Andrea Tonacci, Antonio Urano, Augusto Cezar, Atalia Haim, Bernardo Ferreira, Beth Sá Freire, Bettina Turner, Bruno Barrenha, Carlos Nascimbeni, Cássio Starling, Celina Becker, Cesar Charlone, Cezar Moraes, Chantal Marmor, Chica Mendonça, Chico Liberato, Christain Lessage, Christian Petermann, Claudio Leone, Cosmo Roncon, Cristhine Lucena, Diogo Costa, Eduardo dos Santos Mendes, Elisandro Dalcin, Fernanda Luz, Fernando Duarte, Fernando Fonini, Francisco Costa Júnior, Geraldo Ribeiro, Guido Araújo, Humberto Silva, Idê Lacreta, Ivan Hlebarov, Ivonete Pinto, Jailson Almeida, Jaime Prades, João Horta, João Paulo Maria, João Vargas, José Luiz Sasso, Juliana Motta, Júlio Wainer, Kiko Mollica, Leo Edde, Leonardo Crescente, Liloye Brigitte Boubli, Lito Mendes da Rocha, Louis Robin, Lucas Bettine, Lucila Avelar, Lúcio Kodato, Lúcio Vilar, Luiz Adelmo Manzano, Luiz Fernando Noel, Luiz Leitão de Carvalho, Marcela Lordy, Marcello Bartz, Marcelo Marques, Marcos Botelho Jr., Marcos Santilli, Maria Cristina Amaral, Maria Emília Bender, Maria Elisa Freire, Marilia Alvarez Melo, Marilia Santos, Mario Masetti, Matheus Parizi Carvalho, Natalia Piserni, Ninho Moraes, Patrícia Guimarães, Patrick Tristão Ludgero, Paulo Castilho, Paulo Klein, Paulo Rufino, Paulo Zero, Pedro Vieira, Pedro Gabriel Amadeu, Pedro Lacerda, Pedro Olivotto, Rita Maria Terra, Roberto Faissal Jr., Sergio Trabucco Ponce, Suzana Amado, Suzana Villas-Boas, Tico Utiyama, Umbelimo Brasil, Vânia Debs, Vânia Perazzo Barbosa, Vera Hamburger, Vera Arruda Esteves.

Apoios podem ser dados através do e-mail: assinaturascinemateca@gmail.com

Jovens do campo terão direito a 5% dos lotes da reforma agrária

da Agência Brasil/EBC

Os jovens do meio rural terão, a partir deste ano, 5% dos lotes da reforma agrária em todo o Brasil. Com isso, o governo espera assegurar, nos assentamentos com vinte lotes ou mais, a permanência (ou o retorno ao campo) de jovens trabalhadores rurais solteiros até 29 anos, residentes ou com origem no meio rural.

“O nosso trabalho tem uma visão de acolhimento dos jovens que foram buscar conhecimento, oportunidades fora do assentamento e que depois de passar por um período de aprendizado – seja de qualificação profissional ou de vivência fora do assentamento – decidem retornar e transformar o lote da reforma agrária como seu espaço de vida e convivência com a sua família”, explica Guedes.

Segundo o presidente do Instituto de Colonização e Reforma Agrária, Carlos Guedes, a medida, estabelecida em portaria do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, é inédita, já que estimula o fortalecimento dos laços familiares e a manutenção dessas comunidades no campo.

A portaria também trata da “sucessão rural”, e vai beneficiar jovens cujos pais tenham dois ou mais filhos e que sejam assentados ou agricultores familiares, como prioritários no assentamento em lotes vagos em decorrência de desistência, abandono ou retomada, localizados em projetos de assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

O Semiárido brasileiro tem exemplo de jovens, que apesar das dificuldades impostas pelo clima, querem continuar no campo ou retornar a ele. É o caso de Sérgio Queiroz, de 26 anos, morador do Projeto de Assentamento Santo Expedito, a 87 quilômetros de Barra, na Bahia. O artesão já morou em Salvador, mas retornou ao sertão há dois anos.

“A vida do campo para mim é um recomeço: onde eu moro há um cenário maravilhoso. Eu mesmo planto e consumo a minha própria plantação e tenho uma visão de crescimento muito grande. Por eu ser artesão é onde encontro todas as minhas peças. Além de tudo, tenho a tranquilidade. Apesar disso, há o sol com frequência, o calor. A gente ‘briga com a natureza’ para sobreviver. Na cidade há os aparelhos tecnológicos, e aqui no campo, não. É você e a natureza direto. O agricultor tem de ter orgulho de estar nessa riqueza, não preconceito”, argumenta.

Sérgio disse que quer trabalhar com os jovens do assentamento para provocar a autoestima deles por viver na zona rural. “Temos de tirar a venda dos olhos das pessoas e mostrar que aqui é a mesma zona urbana, só que nós temos o privilégio de ter esse cenário que eles não tem. Vou começar esse trabalho com as crianças, porque é educando crianças que se educa o adulto”, acredita.

Daiarc Silva, de 23 anos, moradora da mesma comunidade de Sérgio, não teve oportunidade de morar fora do campo, mas afirma não ter vontade de deixar a região onde cria sua filha de dois anos. “Isso aqui é um bem que nem todo mundo tem e nem vai ter”, descreve.

“Tem muita gente que reclama de trabalhar no campo, de ficar no sol. Mas não tem coisa melhor do que colher o seu próprio alimento, o que você plantou e sabe de onde vem. Eu vivo isso. As dificuldades são relacionadas ao sol e ao transporte. O agricultor, pai de família, trabalha de sol a sol para ter e vender o alimento. Mas ele faz isso para ver seus filhos crescerem, estudarem. Ele não teve essa oportunidade, mas quer que o filho tenha”, conta.

Os jovens camponeses reivindicaram mais escolas no meio rural, já que muitos precisam percorrer quilômetros para estudar nos centros urbanos. “Nossa realidade aqui é diferente, não é como eles imaginam. Não quero ser só um morador do campo, quero ser respeitado”, disse Sérgio Queiroz.

De acordo com a secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação (Secadi/MEC), Macaé Maria Evaristo, o governo vai reforçar a formação de professores para atuar na escola do campo. Segundo a secretária, esse é um dos grandes desafios do MEC. Quarenta e três universidades do país vão oferecer licenciatura em educação do campo e formar 4 mil professores para atuação nos anos finais do ensino fundamental e ensino médio.

“Estamos trabalhando no acesso, permanência e aprendizagem do aluno que estuda no campo com o Pronacampo. Além da formação de professores, a prioridade é a construção de mais escolas em 2013, pricipalmente para atender ao ensino médio porque nessa etapa temos um índice menor de alunos no campo”, explicou.

Informações do MEC apontam que 23,18% da população rural com mais de 15 anos são analfabetos e 50,95% não concluíram o ensino fundamental. Dados do Censo Escolar referentes ao ano passado registraram que o número de matrículas nas áreas rurais obteve a alta mais expressiva, quando o número de matrículas saltou de 81.155 para 125.634 nos anos iniciais do ensino fundamental, e de 52.010 para 82.087 nos anos finais, um crescimento de 54,8% e de 57,8%, respectivamente. O ensino médio em tempo integral nas zonas rurais cresceu 34%, com uma evolução de 10.675 matrículas para 14.369.

“Desde o ano passado, a ampliação do Mais Educação, que é o ensino em tempo integral, tem permitido que a escola mobilize a comunidade com artes, cultura e recreação. Também temos atividades que dialoguem com o território local, como horta escolar, agroecologia, estudos sobre a memória da comunidade”, disse Macaé.

SABATINA MIDIÁTICA

Êxtase da informação: simulação. Mais verdadeira que a verdade. Jean Baudrillard

Êxtase da informação: simulação. Mais verdadeira que a verdade. Jean Baudrillard

@ Indios aldeia maracanã RioO prédio do antigo Museu do Índio, que desde o fim do ano passado vem sendo reivindicado pelos índios que lá moravam e que há pouco mais de um mês foi esvaziado, foi ocupado na tarde de ontem por um grupo de mulheres indígenas que buscavam promover a reintegração de posse do local e exercer “os direitos indígenas”.

Um outro grupo de índios e defensores da causa manifestaram do lado de fora pela devolução do imóvel. O lider indígena Tiuré Potiguara protestou contra a expulsão do povo que tem vivido em condições precárias: “Infelizmente nós temos parentes que estão em uma situação de precariedade total porque não aceitaram essa migalha, essa esmola do governo lá em Jacarepaguá. Nós estamos lutando nessa resistência. Nós precisamos do nosso imóvel, não precisamos morar em contêiner”.

Indios aldeia maracanãO local, que nos planos do governo seria demolido e que não o foi por intervenção popular, logo recebeu a presença do Batalhão de Choque da Polícia Militar que com um grande efetivo e um helicóptero isolaram a área. Segundo o defensor público federal no Rio de Janeiro, Daniel Macedo, a reintegração de posse do antigo museu pelos índios só poderia ser feito por ordem judicial e não valendo-se da própria força ainda mais porque “a polícia, infelizmente, no Rio de Janeiro, tem um histórico de truculência. E a defensoria também não vai admitir isso”.

Mesmo sabendo que a ocupação não se sustenta pela lei do homem branco, a retirada dos índios que já ocupavam aquela terra e todas as outras que o branco se apossou, não se pode deixar que os autóctones de nossa nação sejam desrespeitados e vivem em condições opressoras em uma moradia inadequada própria da exclusão presente na cultura capitalista do branco dominador. Se a presença enraizada dos autóctones nesta área que lhes pertence é uma afronta para a justiça de origem européia resta ao nosso povo continuar lutando contra esta falsa justiça.

@ santiago_de_cuba(1)Chefes de Estado que participaram ontem da Cúpula da Associação dos Estados do Caribe (EAC) em Porto Príncipe, Haiti pediram o fim do bloqueio econômico dos Estados Unidos a Cuba, além de discutir mecanismos para aumentar a integração regional. Presidido pelo presidente do Haiti, Michel Martelly, o encontro teve a participação dos presidentes da Colômbia; da Costa Rica; do México; do Chile e de Honduras, além de enviados da Venezuela, do Suriname, de Barbados, de El Salvador e de Belize.

Ao final do encontro foi assinado um documento nomeado de Declaração de Pétion Ville, que oficialmente pede ao fim do embargo a Cuba e trata das relações envolvendo um plano de ação de 2 anos para a educação, cultura, ciência e tecnologia, relações econômicas externas, redução e prevenção de desastres e do combate ao narcotráfico.

Este encontro além de marcar toda a união dos povos e governos do Caribe marca uma posição da América Latina fortalecida, autêntica e independente das imposições do imperialismo norte-americano/europeu.

Desta forma além desta atitude racional de impor através da inteligência um posicionamento contra o embargo norte-americano vemos a presença de unidade em um discurso que defende a soberania dos povos latinoamericanos e da solidariedade a ilha caribenha de Cuba, que há decadas resiste ao embargo econômico que lhe é imposto por uma economia maior e destruidora.

vladoO prefeito de São Paulo Fernando Haddad sancionou nesta semana um projeto de lei que prevê que ruas que tenham nome de autoridades e políticos com histórico de desrespeito aos direitos humanos, como os ligados a ditadura militar, poderão mudar de nome.Antes desta lei uma rua só poderia mudar de nome por lei quando houvesse um endereço igual ter seu nome modificado por lei, quando existisse algum endereço igual ou caso expusesse seus moradores ao ridículo.

Com a mudança os moradores podem solicitar alteração de nome de qualquer via pública através de um abaixo assinado, e de quebra sugerir o nome que homenageie uma figura históricas importante. Um dos endereço que urge uma mudança no bairro Vila Leopoldina, é a Rua Doutor Sérgio Fleury, delegado de polícia que participou e organizou diversas sessões de torturas. O novo nome da rua será Frei Tito, que foi torturado pelo delegado.

Este projeto sancionado é de autoria dos vereadores Orlando Silva e Jamil Murad que junto com o projeto do vereador Nabil Bonduki, que proíbe nomeação de rua ou lugar com nome de autoridades que participaram do governo militar, mudarão a cidade de São Paulo que ficará livre de qualquer exaltação de seus verdugos.

Este avanço de São Paulo mostra pro país a necessidade de enfrentar este passado negro e apagar qualquer louvação a estes maleficentes.Na Argentina há alguns anos o país inteiro proibe qualquer forma de nomeação ou homenagem a apoiadores do regime assassino dos militares. Mais do que qualquer forma de ressentimento, é uma forma de não deixar que esta subjetividade linha dura participe da construção urbana, e seja valorizada pela população.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,014,825 hits

Páginas