Arquivo para dezembro \31\UTC 2010

PREVISÕES DO PROFETA ZOROASTRO PARA 2011

Sentindo que era chegada a hora de sua transubstanciação espiritual, o profeta Zoroastro se afastou da cidade em direção às montanhas. Então, envolvido pela fluência de Aura-Mazda, sentou entre a fronteira de Ormuz, o bem, a clareza e o conhecimento, e Ahrima, o mal, a escuridão e a ignorância, e meditou sobre o futuro dos brasileiros.

Em transe, para além do presente, onde o movimento e as ondulações policrômicas fundam o infinito intensivo temporal, Zoroastro viu sua consciência forma-se em visões indicativas, no mesmo momento em era absorvido pela imagem mais resplandecente do momento histórico do Brasil: Lula. Em suas visões, imagens fugidias bruxuleavam intensivas em uma dança fugidia.

Um pouco atrás de Lula, Zoroastro viu Dilma Vana Rousseff envolta em névoas imagéticas procurando a todo custo aderirem a sua forma e essência. Foi então que o futuro do Brasil se configurou diante do profeta Zoroastro. E ele passou a identificar quem se encontrava na potência ética e intelectiva de Ormuz, o bem e sabedoria, e quem se encontrava sob a força do mal e da ignorância. Nesse momento, Zoroastro sorriu e começou a profetizar.

AS PROFECIAS

O presidente Lula, depois que deixar o cargo e passar a ser Lula, o metalúrgico, irá se dedicar a um breve descanso. Mas como é um homem singular, com atributos naturais, deixará logo o descanso para se engajar no que mais sabe fazer: política, no sentido filosófico do conceito transformado em práxis.

Lula vai conversar intensamente com a presidenta Dilma, e com alguns de seus ministros, mas sua práxis maior será viajar pelo Brasil afora em contato com o povo, pregando a democracia entre a juventude. Além de quê, fará muitas viagens para o exterior em conferências, ensinando como transformar um país fracassado em uma potência mundial, respeitada e invejada. Ganhará o Prêmio Nobel da Paz, fazendo com que toda a direita do país deixe o país para morar nos Estados Unidos.

Será convidado para ser presidente do Corinthians, mas não aceitará. Também, rejeitará o pedido para ser técnico da seleção brasileira. Fará parceria com Zeca Pagodinho e MV Bill, compondo canções onde o tema principal é o povo. Em suma, o ano de 2011 para Lula será a continuidade do que ele assumiu como sua existência calcada no bem e na sabedoria. Isto é, princípios que fazem os homens felizes.

A presidenta Dilma, ao assumir o cargo, nos primeiros meses do ano de 2011, terá uma maré mansa, mas logo surgirão conflitos que com coragem e inteligência ela vai resolvê-los. Como ocorreu durante os oito anos do governo Lula, seu governo será marcado pela perseguição do invejoso ódio comandado pela mídia, o que não lhe afetará, visto que aprendeu a lidar com essa ralé durante o governo Lula.

Alguns homens de organizações nazistas, e afins, ofendidos pelo Brasil ser governado por uma mulher, vão passar os quatro anos de seu governo protestando. Porém, ao chegar o fim do mandato, ao sentirem que Dilma é amada pelo povo, vão deixar o país partindo para um planeta atrás do planeta Plutão, e fundar a primeira colônia nazi-fascista só de homens interplanetária. Como não existe mulher, a colônia terá vida curta: eles vão escafeder-se.

Dilma aumentará o valor pago ao Bolsa Família e o número de famílias beneficiadas, fazendo com que seja confirmado como o maior programa do mundo em transferência de renda. Além da ampliação dos programas Minha Casa, Minha Vida. ProUni, Luz Para Todos, e criará outros programas sociais que beneficiarão mais ainda o povo brasileiro.

Para Dilma, o ano de 2011 não será apenas um ano de reconhecimento do que fazer, mas do fazer.

Quanto aos personagens dos partidos retrógrados, nada mudará. Continuarão fortalecendo suas patologias. Fernando Henrique continuará o vetusto invejoso sentado em seu trono do rancor, fragmentando-se, ressentidamente, a cada sucesso do governo Dilma. Serra continuará conspirando dentro do PSDB para ser o candidato de 2014. Aécio, conforme o costume que adquiriu no sul maravilha quando era playboyzinho nas praias do Rio, vai levar tudo na vida mansa, e Serra, aproveitar-se-á para serrar suas pretensões à Presidência da República. Arthur Neto vai fazer um curso de Moral e Cívica para disputar uma vaga na Câmara Municipal de Manaus como vereador. Agripino Maia continuará, junto com Ronaldo Caiado, fazendo calunismo social no parlamento. Essa dupla fundará um Curso de Fuxicos Políticos. O senador Itamar Franco vai tentar mudar o topete do lado de sua cabeça. O senador Álvaro Dias vai fazer parceria na Folha de São Paulo como articulista, em duas mãos, com Danuza Leão, na coluna Rancor Faz Bem para a Pele.

A mídia de mercado, mais conhecida como mídia sequelada moral e intelectivamente, vai continuar sua peregrinação de ódio contra a democracia. E novamente, como aconteceu no governo Lula, vai tomar outra porrada: Dilma vai sair incólume. Inatingível. Linda e vendendo saúde política. E, para a dor maior da mídia sequelada, a Rede Globo terá mais queda em suas audiências, e haverá uma grande migração de seus membros para outras emissoras.

Os articulistas dos tipos dos conspiradores Mainardi e Rinaldo Azevedo, do mais deprimente pasquim do Brasil, a Veja, vão continuar com suas enfermidades dermatológicas: pruridos jornalisticosmigrans. Tratável somente em ditadura, mas incurável enquanto estiverem no ambiente democrático.

Roberto Carlos comerá pelo Natal o peru da Globo, e Pelé, com sua síndrome Michael Jackson, continuará distante da causa negra, ajudando o fortalecimento da ambição branca. Ronaldo, jogador do Corinthians, vai continuar confirmando a tese do jornalista Paulo Henrique Amorim, como o único jogador obeso com mais de 30 anos que permanece em um time da primeira divisão do futebol.

O depurado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, se destacará no parlamento como a personagem do ano. Ele vai mostrar entre os membros da Câmara sua capacidade de articulação que aprendeu junto com seus amigos no circo. Já o jogador Romário vai fazer o mesmo que fazia em seu final de carreira como jogador. Toda vez que tiver um projeto do governo Dilma para ser aprovado e precisar do último voto, ele vai lá e marca a favor do governo.

O Amazonas, como é um estado paralisado há décadas, assim permanecerá. Dessa forma, é um estado em que não há profecia, visto que ao contrário dos outros estados do Brasil, como o Pará por exemplo, que já teve governadora do Partido dos Trabalhadores, sua história é só tristeza, que continuará na gestão do governador eleito Omar Aziz, cuja carreira política está ligada aos reacionários governadores que lhes antecederam, Gilberto Mestrinho, Amazonino Mendes e Eduardo Braga, sem esquecer sua descendência, também, no prefeito Alfredo Nascimento.

A prova da triste continuação do desnecessário ao povo amazonense encontra-se na manifestação da escolha de seu secretariado, com a maioria ligada aos reacionários governantes, que para a mídia subserviente é chamado de cúpula. Omar, que começou sua subida na “política” amazonense no atabalhoado PC do B, que fazia protesto na década de 80, quando já não havia inimigo verde para se protestar, sendo o primeiro dos auto-cognominados de esquerda a passar de malas e cuias para o lado da direitaça, representa hoje, o que o PC do B, e a maioria do PT, representa: o ponto-imóvel da política reacionária que domina a terra amazonaniquim.

O caso é tão impressionante que daqui de cima dessa montanha é possível ver o único ponto que não se move na Terra: o Amazonas, Executivo e Legislativo.

Assim como os governos no Amazonas, a mídia continuará na sua posição deprimida, defendendo os interesses dos governantes, sem qualquer soluço que poderá mudar. Na mesma cadência espectral vão os chamados artistas. Quanto à Universidade do Amazonas, também permanecerá inane, rebuscando falsas teses para serem traçadas pelo mofo dos CDs e DVDs do carreirismo como mito de iniciação a uma morte legalizada. A classe média manauara, em sua indiferença, continuará alienada da história.

Mas para quem espera um desfecho bom para a sinceridade jurídica da insigne juíza Maria Eunice Torres do Nascimento, que cassou Amazonino Mendes antes desse ser empossado prefeito, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmará sua cassação. Dessa forma, os buracos de Manaus serão impedidos de engolir a cidade, o transporte coletivo de violentar a população, a água correrá nos canos das moradias, será criado serviço de entretenimento público e outras necessidades públicas que são obrigações do poder municipal, mas que não são cumpridas.

Minhas profecias para o ano de 2011 não acabaram. Vou decifrar outras visões, e logo profiro.

Fiquem com Aura-Mazda!

O POVO TE SAÚDA, LULA!

Pela primeira vez na história do Brasil tivemos um candidato que saiu do povo. Um presidente-operário. Luiz Inácio Lula da Silva. E o que aconteceu? “Como nunca antes na história desse país”, houve um governo que fez o país avançar em todas as áreas, com equilíbrio e responsabilidade, sem soluções paliativas imediatistas. Regulação do Estado a curto e longo prazo…

Hoje, no último dia do governo Lula, este bloguinho saiu às ruas e por diversos bairros de Manaus e tomou ao acaso as opiniões de pessoas, homens e mulheres, de diferentes gerações, de diferentes profissões e atividades, enfim, aqueles que acompanharam as movimentações democráticas de Lula durante esses oito anos agora avaliam suas realizações. Com a palavra, então, o povo…

Uma família lulista: a mulher Maria do Rosário, o marido José Raimundo e as gêmeas Suzy e Sara.

Eu adoro o Lula. Eu gosto dele já há muito tempo mesmo, desde quando ele ainda não era o nosso presidente que eu via a luta dele. Quando ele veio a ser presidente, e com o governo que ele fez, deu a esperança que a gente pode conseguir as coisas mesmo vindo de baixo. Um estudante pobre pode estudar, pode batalhar e conseguir uma coisa melhor. Antigamente a gente não tinha essa expectativa: o rico era o rico; o pobre era o pobre. O rico podia fazer faculdade, o pobre não podia fazer faculdade porque não tinha dinheiro para pagar faculdade. Tinha toda essa distinção, depois que o Lula entrou veio toda essa esperança. Se ele que não tinha faculdade, não tinha nada na vida, ele conseguiu chegar e trouxe essa esperança pro povo. Por exemplo, ele colocou o ProUni, que ajudou muita gente. Eu sou uma testemunha. E não só eu, mas Izabelle, Elias, Felipe, meu filho, meus sobrinhos, todos entraram através do ProUni e estão se dando bem. Pra nossa vida, o Lula foi maravilhoso. Da época que eu me lembro dos presidentes, não existe presidente melhor. A mamãe me fala que o Getúlio Vargas também foi um bom presidente, pena que ele se matou. Mas eu acredito que o Lula foi o melhor. Eu acho que ninguém vai esquecer ele. Eu tenho certeza de que se ele quiser voltar depois desses quatro anos da Dilma, ele volta pra mais oito anos. Tudo que o Lula fez ele não pensou só nele, no grupo dele, ele não pensou só em São Paulo, no Rio de Janeiro ou em Brasília, pra cada um ele distribuiu. Se ele não fez mais foi porque não deu, porque havia muita necessidade, mas que ele queria, isso queria. O que ele podia fazer ele fez.” (Maria do Rosário, doméstica)

O governo Lula, em nome do Amazonas, eu digo que foi o melhor governo que já apareceu. O Lula não lembrou só das metrópoles do Brasil, não só São Paulo, Rio de Janeiro, os estados do Sudeste, mas de todos. Isso é um ponto muito grande que se tem que ressaltar na carreira do Lula. Ele ajudou a Zona Franca, auxiliou com que novas empresas viessem pra cá. Isso aumentou o emprego. Foi muita boa para todos a passagem dele. Com certeza ele honrou os metalúrgicos.” (José Raimundo, metalúrgico)

Sobre o governo Lula, acho que ele atingiu muitos dos seus objetivos em relação à população brasileira, mesmo vendo como um governo populista, poderia ter feito muito mais pelo país, quando assumiu o governo, ele assumiu sozinho, pois se dependes-se do PT, ele não administraria bem o país, e que agora eu espero que o próximo governo continue as políticas públicas do pais.” (Wesson Mesquita, eletricista)

Eu achei o governo Lula bom por que aumentou o salário várias vezes, e ele foi um bom presidente, ele ajudou muita gente principalmente os pobres, por que os outros presidentes não lembram dos pobres só lembram dos ricos. Foi um governo muito bom pois aumentou os salários, teve o Bolsa Família que ele fez o projeto, pra mim foi maravilhoso.” (Daniele Santos, cozinheira)

Seu José Rodrigues, suas vizinhas e as crianças.

Eu acho que do Getúlio Vargas pra cá ainda não teve nenhum presidente que fosse tão bom quanto o Lula. A pessoa que disser que o Lula não foi um bom presidente não sabe o que é um bom governo, porque no governo Lula melhorou salário, melhorou condições de vida dos trabalhadores. Quando tinha crise lá fora afetava aqui. Essa crise que teve não afetou nada aqui, principalmente no Amazonas. Eu passei no governo do Fernando Henrique uma penúria de trabalho, no governo Lula não parei um minuto, tô direto trabalhando. Pra mim, o melhor presidente do Getúlio Vargas pra cá foi o Lula, sem dúvida nenhuma.” (José Rodrigues, motorista operador)

Pra mim o Lula foi um dos melhores presidentes dos últimos anos. Foi o melhor presidente que o Brasil já teve depois da ditadura. Você pode reparar que hoje em dia melhorou a vida de muita gente. O pessoal da classe baixa passou a ser classe média, e assim por diante. O Lula não acabou com a corrupção, mas amenizou muita coisa. A gente vê hoje em dia o pessoal de colarinho branco sendo preso: prefeitos, governadores, empresários, juízes, advogados… Todos que fazem corrupção sendo julgados. Além disso, sem entrar em detalhes, ele tem programas fundamentais.” (Juscelino Freire, motorista da Prefeitura de Manaus)

O sapateiro Cândido e Lula…

Blog Intempestivo – Qual a importância do governo Lula, nesses oito anos em termos de melhorias?

Cândido (Sorrindo) – Pessoalmente, nenhuma.

BI – Nenhuma?

Cândido – Pessoalmente nenhuma porque ele foi o primeiro político do Brasil que não governou para atender as pessoas particularmente, mas para todos os brasileiros.

BI – E tu estás entre esses brasileiros.

Cândido – Mas não como pessoa privilegiada. Como brasileiro. Assim como deve fazer todo governo. Governar para todos, e não só para seus parentes, amigos e eleitores comprados.

BI – E como profissional, o governo Lula é sentido na meia sola?

Cândido – Não.

BI – Não!?

Cândido – Não, porque já não existe mais sola. Agora é tudo na borracha.

BI – E aumentou o preço da borracha? Diminuiu a freguesia ou aumentou?

Cândido – O preço da sola de borracha continua o mesmo de quando Lula começou. E o preço que eu cobro para consertar os sapatos continua o mesmo. É aí que o Lula aparece na minha profissão. Muito do que ele fez aparece na minha profissão. Por exemplo, o Bolsa Família. Ali embaixo tem uma família que nunca trouxe sapato pra consertar. Agora, os filhos estão no Bolsa Família, e já trazem sapato pra consertar. Isso mostra que aumentou a freguesia. É isso que eu quero dizer com não melhorou pessoalmente. Tá tudo junto. Todo mundo tá bem. Por quê? Porque o Lula trabalhou para todos. Olha a avaliação do cara: 87%, recorde internacional. Dizem que talvez o Getúlio Vargas chegasse próximo. Não acredito. Além de quê, os tempos eram outros. Eu gosto do Getúlio, mas ele não chega aos pés de Lula como trabalhador. Getúlio tinha muita propaganda. Lula não tem, a propaganda de Lula é seu trabalho. Bolsa Família, Luz Para Todos, Minha Casa, Minha Vida, e outros trabalhos. São milhões de brasileiros fora miséria. E a classe média foi quem ficou melhor. Até os banqueiros também estão contentes.

BI – Tu votaste sempre no Lula?

Cândido – O que que tu acha? Eu sou trabalhador. Eu ia votar no Serra?

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Eu achei que foi bom. Teve muita gente que ele beneficiou com a casa própria, foi uma maravilha isso. Eu ainda não tive essa sorte que muita gente teve, e foi ótimo para as pessoas que conseguiram. E sobre a saúde, eu acho que o sistema de saúde é precário. Não achei nenhuma melhora no sistema de saúde. Mas tinham muitas colegas minhas que não tinham condições que agora tão na faculdade, muitos de nós garis estão na faculdade.” (Maura, gari)

É um governo que fez a diferença, em todos os aspectos: político, social e religioso, sobretudo na valorização das pessoas mais necessitadas como é o caso daquelas que não tinham condições de ingressar em uma faculdade. E agora podem por meio do ProUni. Outro é a aquisição da casa própria através do programa Minha Casa, Minha Vida. Outro ponto importante é o relacionamento do estado do Amazonas. Foi um presidente que valoriza muito nossa cidade. Ele é um governante carismático, pois sempre agradecia a Deus por sua conquistas. Indubitavelmente, o Lula fez e faz a diferença.” (Cleider Borges, Professora e gestora)

Como autônomo, eu só tive benefícios deste governo, eu já trabalhei empregado, no governo Collor, Sarney e Itamar, e passei um arrojo, que me levou a viver como borracheiro, no governo FHC. Ele governou para poucos pessoas, eu não estava entre esses poucos… As pessoas que têm dinheiro para gastar sem se preocupar com as necessidades básicas não têm como sentir as melhoras do Lula, melhoras para nós, pobres, você pense no Bolsa Família.. Um pai que tem quatro filhos para cuidar, e agora ele pode ter no seu orçamento uns 280 reais do Bolsa Família dos quatro filhos. Es benefícios que ela trouxe para as famílias, eu tô falando das famílias que conseguem alimentar seus filhos com esse dinheiro para que eles possam estudar, pagar uma faculdade, ou mesmo usar o dinheiro para comprar remédios, isso não é dar esmola e dar condições pra gente viver melhor, o dinheiro arrecadado pelos impostos são para beneficiar a gente… O Luz para Todos, quem vive no interior sabe a importância disso. Meu irmão mora em Autazes, sempre gastou dinheiro para manter um gerador de energia funcionando para manter sua plantação, sua vida, agora não gastou dinheiro para ter luz onde mora, o governo fez sua parte… (Ezequias Alves, borracheiro)

A respeito do presidente Lula, não teve coisa melhor, foi o melhor presidente do mundo. Os anos que ele governou com certeza foram o melhor para o Brasil. Tanto no Brasil como no exterior, ele comandava também as informações políticas do Brasil. E no Brasil, todo povo está ciente de que foi um ótimo presidente. E com certeza, como ele tá saindo agora do cargo, passando para Dilma, que é a continuação do trabalho dele. E eu espero também que ela continue esse trabalho que ele desenvolveu e eu tenho certeza que o Brasil, do jeito que tá crescendo, vai crescer cada vez mais. E eu espero que o Brasil seja um dos melhores países do mundo e que tenha os grandes produtos de desenvolvimento, de importação, de exportação…” (Arlindo Castro, encarregado de limpeza)

O governo Lula foi bom para o menos favorecidos, um governo que nos favoreceu conseguir minha casa, um curso na Universidade e também pra minha família e pra muitas famílias, para meu irmão, que achava que não ia beneficiar, mas para os menos favorecidos, a maioria da população, ele cumpriu as promessas.” (Suzana Soares, professora)

Maria Marilis e Dona Maria Monteiro, filha e mãe

O Lula foi o melhor presidente que teve no Brasil até hoje. Um governo muito bom para muitas e muitas pessoas, principalmente para os jovens, que queriam estudar e não conseguiam. Com os programas do Lula, a maioria deles tá conseguindo. O governo dele foi também pros idosos. Quem dança podia dançar. Pela minha experiência de vida, as coisas ficaram muito boas com o governo do Lula. Eu acho que de todos os presidentes que entraram nesse Brasil, só ele mesmo fez muita coisa pelos amazonenses. Não digo nem os pobres, mas aqui no Amazonas quantos havia que precisavam saber o que era um banco de escola? De todos os presidentes que entraram, ele é único. Eu me lembro do Juscelino também, o JK, que não era mau. Lembro do Figueiredo, que era péssimo. O Getúlio Vargas, lá atrás, eu peguei um pouco do trabalho dele, do governo dele. Naquela época eu era jovem e morava no interior – imagina o interior naquele tempo -, a gente não tinha participação em nada. Mas eu lembro que ele foi bom, deu o direito de as pessoas terem carteira assinada. Ele foi bom, mas não chegou nem aos pés do Lula.”(Dona Maria Monteiro, doméstica)

Pra mim o governo Lula foi o melhor durante os 42 anos da minha vida. Outro governo eu praticamente não conhecia. Esse foi o único. Foi o primeiro presidente que me deu a chance, e não só pra mim, de fazer faculdade. Eu sempre tentei, tentei, nunca conseguia, depois que surgiu o ProUni ganhei uma bolsa. Ele fechou com chave de ouro os oito anos dele. Quatro anos foram meus. O curso de Administração que estou terminando são quatro anos. Então quatro anos foram meus. Ele foi o melhor presidente. Outro como ele, talvez só ele de novo.” (Maria Marilis, operária industrial e estudante de Administração)

INTERVENTOR VAI TOMAR POSSE NA FUNDAÇÃO MEDICINA TROPICAL ATÉ A INDICAÇÃO DA NOVA DIRETORIA

Por força de uma ação pedida ao Ministério Público (MP) pela candidata ao cargo de diretora da Fundação Medicina Tropical, Dra. Graça Alecrim, que viu falhas no processo de escolha dos candidatos com base no novo estatuto modificado na gestão do então diretor da instituição, Sinésio Talhari, a escolha do novo diretor pelo governador do estado está sub judice.

De acordo com o entendimento da Dra. Graça Alecrim, os itens apresentados pela diretoria atual, para servirem de parâmetros para contar pontos na seleção dos candidatos, fere a livre concorrência, e exorbita a isonomia dos proponentes ao concurso.

Como o diretor atual da instituição, Sinésio Talhari, pleiteia continuar no cargo, portanto apresenta-se, também, como candidato, o tempo de sua gestão terminou hoje, dia 31. Assim ele, e todo seu corpo administrativo, mais os funcionários indicados, deixam seus cargos nessa data.

Diante do impasse jurídico, foi designado para ocupar o cargo de diretor da instituição, com função de interventor, a partir do dia 3 de janeiro, o médico Marcos Guerra, funcionário da fundação, e ex-professor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), cuja atuação ocorrerá durante três meses, prazo em que se espera que tudo tenha sido definido e o novo diretor escolhido.

Enquanto isso, o ambiente no interior da Fundação Medicina Tropical é de visível disputa direcional, envolvendo quase todos os funcionários, sendo que a maioria se mostra pró candidata Dra. Graça Alecrim. Para seus adeptos, a direção atual não administrou o órgão com o sentido democrático que exige toda instituição pública. A inter-relação e a infra-relação com os agentes públicos da instituição se traduziram em incômoda distância. O que impediu a realização de uma coerente administração, visto que o espírito público desapareceu diante da posição hierarquizante exacerbada da direção em relação aos funcionários. O que chega até a refletir no desempenha do exercício médico/científico/humano, o fundamento da existência da instituição: paciente/terapia/cura. A gestão de Sinésio Talhali, segundo funcionários, se resumiu ao significante técnico representado em ostensiva propaganda arquitetônica. Alterações na estrutura física da instituição.

EM CLIMA DE FESTA LULA, DIZ QUE MINHA CASA, MINHA VIDA CUMPRIU A META DE 1 MILHÃO DE MORADIAS

Em Salvador, completando sua última viagem como presidente do Brasil, ao lado da presidenta da Caixa Econômica Federal Maria Fernanda Ramos Coelho, o presidente Lula, alegre e contente, e em alguns momentos chegando a chorar, discursou para o povo baiano, confirmando que seu governo cumpriu a meta estipulada de construir 1 milhão de moradias. Aliás, uma meta que foi ultrapassada, já que na verdade os números são maiores: 1 milhão e 3 mil pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

Alguns companheiros dos meios de comunicação disseram que a gente não ia fazer o contrato de 1 milhão de casas. Possivelmente, algumas pessoas estavam acostumadas com um tipo de governo que ficava com a bunda na cadeira e não se importava de chamar seu companheiro para cobrar o que tinha de cobrar.

Venho aqui para lavar a alma. Um milhão e 3 mil casas contratadas. Fizemos isso para dizer àqueles que duvidavam, que nunca mais ousem duvidar da capacidade de construção de casa dos trabalhadores brasileiros e do governo que está terminando a resolver o problema do déficit habitacional do país. Pata àqueles que escreveram que não íamos entregar, que reescrevam e peçam desculpas”, discursou Lula.

Em meio aos aplausos e gestos de carinho, o presidente Lula falou sobre a gestão da presidenta Dilma Vana Rousseff, que mostrará para os machistas que as mulheres sabem administrar tão bem como os homens, ou melhor.

Se ela fracassar, os machistas de plantão vão dizer que lugar de mulher é lavando o chão, limpando cocô de criança. Só que as mulheres têm tanto ou mais competência que nós homens.”

Lula também falou sobre a crise que atingiu todos os países, mas que o Brasil soube como evitar. Lembrou da situação de países como os Estados Unidos, Europa e Japão, que sofreram com a crise econômica quando antes se colocavam como os grandes conhecedores dos problemas dos países sulamericanos, e de outros países do mundo.

Foi gostoso passar pela Presidência da República e terminar o mandato vendo os Estados Unidos em crise, vendo a Europa em crise, vendo o Japão em crise, quando eles sabiam tudo para resolver os problemas da crise brasileira, da crise da Bolívia, da crise da Rússia, da crise do México”, avaliou Lula.

Depois de Salvador, onde esteve à convite do governador Jacques Wagner, para inaugurar setores habitacionais, Lula deu uma esticada até Fortaleza, sendo recepcionado pelas autoridades locais e o povo.

Em seu giro de fim de mandato, rumo ao descanso do guerreiro, Lula se apresentou em videoconferência para eventos simultâneos em Canoas, São Paulo, Rio Grande do Sul, Campinas e Manaus.

E, para colocar mais fogo na festança, o instituto de Pesquisa CNT/Sensus divulgou sua 110ª pesquisa, confirmando o vício dos brasileiros. Lula tem 87% de aprovação pessoal, e 83% de avaliação de seu governo. Um vício imposto pela maioria dos brasileiros, colocando-o em uma posição recorde que “nunca antes na história deste país” ousou acontecer. Na verdade, nunca antes na história mundial um líder governamental saiu do governo com tamanha aprovação. Só ele. O Sapo Barbudo.

Enquanto isso, a elite ultradireitista, na pessoa de seu personagem mais invejoso se morde de ódio. E o povo, parafraseando velho lobo Zagalo, diz: “Eles vão ter que engolir o Sapo Barbudo por todas as histórias mesquinhas deles”.

E já se preparando para continuar o vício, a pesquisa mostra que 69,2% aguardam um governo positivo da primeira presidenta eleita no Brasil. Para 27,7% dos brasileiros, Dilma fará um ótimo governo, e para 41,5% ela fará uma boa administração.

É o fim de um mandato que chega ao fim sem chegar ao fim. Um mandato que continua em sua potência política construtiva que começou com o nordestino, arigó, Lula, e, a partir de 1º de janeiro, continua suas intensidades com a mulher Dilma Vana Rousseff.

MINISTRO DA JUSTIÇA INDICA O NOVO DIRETOR DA POLÍCIA FEDERAL

O futuro ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, indicou ontem, dia 29, o novo diretor da Polícia Federal. Trata-se do atual superintendente da Polícia Federal do Estado de São Paulo, ex-chefe da Divisão de Repressão e Crimes Fazendários de Brasília, e que está na instituição desde 1995, Leandro Daiello Coimbra, de 44 anos, que será empossado no dia 2 de janeiro.

Queremos que a Polícia Federal continue na mesma linha de atuação, com uma gestão republicana. Tendo certeza que, dessa forma, a Polícia Federal será um importante elemento de atuação do Ministério da Justiça.

Não foi uma escolha simples diante do quadro altamente qualificado existente hoje na PF”, considerou José Eduardo Cardoso.

O novo diretor da Polícia Federal irá substituir o atual diretor Luiz Fernando Correa, que já entrou com pedido de aposentadoria.

Cardoso também indicou o atual ministro da Justiça Paulo Barreto para ocupar a secretaria executiva do ministério.

MAHMOUD ABBAS NA POSSE DE DILMA

Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Nacional Palestina, chega hoje, dia 30, para participar da cerimônia de posse da presidenta Dilma Vana Rousseff no dia 1º de janeiro. Da estada de Abbas no Brasil, ainda não foi definido se ele terá um encontro particular com o presidente Lula e a presidenta Dilma Vana Rousseff, segundo informação do embaixador-chefe da delegação especial no Brasil, Ibraim Al Zeben.

Ele vem participar e agradecer pessoalmente ao presidente Lula e ao chanceler Celso Amorim todo o apoio prestado durante os últimos dez anos”, disse Ibraim.

Mas o presidente da Autoridade Nacional Palestina não vem ao Brasil apenas para participar da posse da primeira presidenta eleita do Brasil. Ele vem para lançar a pedra fundamental da futura sede da Palestina no Brasil.

O impulso para a instituição da sede da Palestina no Brasil se deu depois que o governo Lula reconheceu o Estado Palestino com todas as fronteiras existentes em 1967.

DEPUTADO CAIADO, COM A CARA MAIS CAIDA DE INVEJA, PROTESTA CONTRA O “CAMPO DE LULA”

De quem poderia vir o protesto sobre a mudança do nome do poço Tupi, da Petrobras, para Campo de Lula? Somente de um triste e invejoso deputado do Dem. O inoperante deputado federal, ruralista defensor e submisso da ditadura, Ronaldo Caiado.

O triste deputado, como não tem tese para o Brasil – como poderia dizer o senador/educador, Cristovam Buarque -, em um rompante de inveja e despeito, resolveu defender que o Ministério Público Federal (MPF) peça na Justiça uma ação de improbidade administrativa contra o presidente recordista de popularidade do mundo, Lula.

Fui informado sobre o gesto do presidente da Petrobras em mudar Tupi para Lula. O que se espera é que o Ministério Público seja no mínimo eficiente, o que é obrigação dele, e encabece a ação pelo descumprimento da Constituição Federal”, esbravejou caiado de inveja o triste deputado.

Mas a revelação de toda sua dor, que é também de todos os partidos de direita que “amam” Lula, se encontra nesse ensandecimento rancoroso.

Vou solicitar que o assunto seja levado a diante, pois é mais uma maneira de burlar a lei, de desrespeitar a legislação vigente, de ele se endeusar no mandato de presidente.”

Esse caiado é tristemente engraçado. Como que um presidente como o Lula pode querer se “endeusar” se ele já foi endeusado por seu governo portentoso e pelo povo?

Inteligência de quem é só caiado de política. Mascarado politicamente com cal e água. Nada da púrpura produtiva da democracia.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Arquivos

Blog Stats

  • 4,001,043 hits

Páginas

dezembro 2010
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031