BLOGOSFERA: REDES COLETIVAS/ALTERNATIVAS DE EXPRESSÕES CONSTITUINTES

PELO 1º ENCONTRO DE BLOGUEIROS PROGRESSISTAS

Não se pode negar que o advento da internet trouxe uma maior democratização da informação e a possibilidade da formação de uma mídia alternativa diante da grande mídia sequelada aliada à canhestra direita brasileira. Agora todo e qualquer cidadão pode entrar nessa rede e participar democraticamente do debate público. Alguns jornalistas que não tinham nem queriam lugar nas grandes redes entraram no filão dos blogs alternativos, que teve como um de seus fundadores o íntegro jornalista Luiz Nassif.

Antes, a Rede Globo, a Folha de São Paulo, o Estadão, Veja, IstoÉ e demais cópias fajutas nos estados poderiam deslanchar sua verve falseada de forma tirânica, contanto no máximo com a resistência fundamental de uma Caros Amigos e de uma Carta Capital.

Na última década, a grande mídia, conhecida, em sua empáfia, como 4º poder, passou a sofrer revezes devido à rápida proliferação de uma rede midiática alternativa formada por pequenos pontos em linha intensiva de atuação para o qual os velhos padrões de fabricação de verdades escamoteadas da grande mídia já não se podiam manter, modificando não somente as mídias, mas a própria realidade da política brasileira. Nas palavras de Paulo Henrique Amorim: “Antigamente, os tucanos de São Paulo davam três telefonemas e controlavam o Brasil. Eles ligavam para o Doutor Roberto (Globo), o Ruy Mesquita (O Estado de S. Paulo) e o Seu Frias (Folha de S. Paulo) e governavam a opinião pública brasileira. O que desmontou essa estratégia concentrada em três telefonemas foi a blogosfera.”

UMA EXPERIÊNCIA INTEMPESTIVA

Não que a grande mídia deixasse de existir e exercer poder de controle, mas é que uma nova forma, um novo medium passou a se sobrepor nos processos de comunicação. Alguns conhecidos jornalistas, como o citado Paulo Henrique Amorim, juntamente com Luiz Carlos Azenha e Rodrigo Vianna, que não se adaptaram nem aceitaram as tramas da rede Globo, perceberam essa mudança e também migraram para esta Ágora cibernética.

De seu lado, os grandes jornais e revistas, e até a televisão, tiveram que migrar para versão on-line, tendo que disponibilizar cada vez mais conteúdos gratuitos para se adaptar à velocidade de informação repassada por zilhões de blogs, que todos os dias têm suplantado as técnicas retrógradas dessas mídias sequeladas, formando uma rede de resistência que passa pela “criação de novos circuitos de cooperação e colaboração” que se espalham por todos os lugares, “facultando uma quantidade infinita de encontros” (Toni Negri e Michael Hardt).

Foi a incapacidade de compreender esta mudança, e sua impotência diante dela, que levou Serra a dizer no final da semana que passou que o governo financia alguns “blogs sujos”, quando a maior parte dos blogs não aufere – e provavelmente nem pretenda – nenhum lucro financeiro com sua atividade blogueira. Os blogs são uma espécie de atualização das guerrilhas que lutavam contra as ditaduras. Na chamada transição democrática, predominou a corrupção das oligarquias, mas agora elas vão sendo desbaratadas pelas novas armas, que passam pela inteligência na produção das informações.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO DESEJANTE

O caso é que nunca houve uma mídia imparcial no Brasil. E agora imparcialidade é o que não interessa mais a ninguém, mas os blogs são de longe os meios que menos escamoteiam notícias e acontecimentos. Não há nem comparação com as ‘barrigadas’ da mídia sequelada. Somos um exército de Brancaleone contra um exército imperial corrompido, que rui por causa de sua corrupção diante do humor e da ironia desmedida.

Por acusações como a de Serra, Diogo Mainardi acabou por fugir para a Itália por tantos processos que responde por calúnia, injúria e difamação. Os blogueiros quase não correm esse risco por dois motivos. Primeiro porque as formas jurídicas ainda não conseguiram reger pelo estatuto da Lei o Cybermundo. E, segundo, principalmente, porque as postagens dos blogs se baseiam eventos locais comprováveis ou na desconstrução/descodificação de notícias veiculadas na grande mídia.

É claro que o poder constituído sempre tentará colocar seu tentáculos na captura da virtualização, de modo a impedir sua atualização (Deleuze e Guattari) como no caso da Lei Azeredo, conhecida como AI-5 Digital. Mas é difícil que tais mecanismos consigam enquadrar os blogueiros devido ao movimento continuum de uma resistência indevassável e incapturável, que não aparece como uma doação, mas se constrói e se renova constantemente na navegação insondável.

FINALMENTE OPINIÃO PÚBLICA?!

Outro fator muito deferente das velhas mídias é o papel do receptor. A regra agora é a da interação. Portanto, não existe mais o receptor passivo. Nos jornais, revistas e TV – “feita por você” -, mesmo que nos indignasse um artigo, o máximo que faríamos era discutir com outros nosso desacordo, mas havia uma distância muito grande da emissão do discurso.

Quando no início de 2007, o filósofo Renato Janine Ribeiro, comovido, escreveu um artigo que deixava passar laivos de favorecimento para a “pena de morte”, milhares de e-mails lhe foram imediatamente enviados, centenas de blogs analisaram a conduta do filósofo, que teve que responder durante semanas por seu texto.

Ou seja, já não era possível esconder-se por detrás de uma intelignstzia privilegiada. Hoje, seja como mera doxa ou como atributo da razão, cada pessoa quer colocar a sua opinião. Devido a essa possibilidade de interação, há quem diga que atualmente no Brasil os blogs passaram a nortear a formação da opinião pública; ou seja, os comentários são, na verdade, enunciantes.

Se isso ocorre, é de uma outra ordem. Não é mais a opinião pública nem no sentido positivista de vontade do povo no governo nem no sentido de sondagem manipulável e fabricada. “Em vez de sujeito democrático, a opinião pública é um campo de conflito definido por relações de poder nas quais podemos e devemos intervir politicamente, através da comunicação, da produção cultural e de todas as outras formas de produção biopolítica (Negri e Hardt).”

O bom disso é que a multidão põe em crise o arremedo de democracia que é a famigerada democracia representativa, fazendo visível sua autonomia e seu desejo político, podendo permitir a consolidação de uma nova forma de democracia.

POR UMA DEMOCRACIA EM REDE

O que não se pode deixar de ver no 1º Encontro de Blogueiros Progressistas foi a polifonia das mais de três centenas de pessoas ali reunidas. Diferentes culturas, raças, formas de trabalho, cosmovisão, desejos, mas todas com o desafio de se comunicar e agir em comum enquanto se mantém internamente diferentes.

Como diz Luiz Nassif: “Nos últimos anos, montamos uma rede de grande impacto para impedir as maluquices da direita e o processo avassalador da mídia. Essa guerra acabou. Agora é preciso enfrentar as divergências entre nós mesmos – entre os blogueiros dessa frente. É uma oportunidade para mostrar que a blogosfera comporta essa democracia.”

O caso é que há singularidades; mas não, identidades. Isso não permite o endurecimento em um centro propulsor ou autoritário, fazendo da blogosfera um interessante espaço de lutas que torna observável o que temos constatado na efetivação de dois fenômenos:

1) Inesperadamente, em qualquer lugar pode surgir um foco de resistência e luta. Essas questões locais, ao contrário das revoluções tradicionais, às vezes podem até não se expandir horizontalmente, mas sobem verticalmente e se lançam para inúmeros pontos variados. É assim que um caso de homofobia em uma escola de Manaus de repente desperta o interesse de grupos na Austrália, por exemplo.

2) Em um instante, inúmeros blogs – às vezes com discordâncias em certos pontos -, numa rede disseminada, podem atacar no mesmo ponto com um objetivo comum para em seguida separar-se ou formar novas redes. É o que Negri e Hardt chamam de “inteligência de enxame”.

Esses encontros disseminados são a oportunidade para a fundação de um projeto político na blogosfera – não centralizado e não hierárquico -, que esteja em consonância com as novas formas de produção, que esteja integrada, para além da mídia, com a concretização da plenitude da vida. Ou seja, ao mesmo tempo que se luta contra o neoliberalismo, contra a corrupção da classe política, contra a falseação judiciária, vai-se formando em rede a prática ativa fundadora de uma existência melhor, de um Brasil melhor, de um outro mundo possível.

Anúncios

9 Responses to “BLOGOSFERA: REDES COLETIVAS/ALTERNATIVAS DE EXPRESSÕES CONSTITUINTES”


  1. 1 Anônimo segunda-feira, 23 agosto, 2010 às 9:02 am

    José,

    Putz…as vezes vc me mata de rir…querer acabar com uma força opressiva da verdade, segundos vc, para criar outra força opressiva da verdade…é como tirar Fugencio Batistas e os cassinos e colocar os assassinos irmãos Castro e as prisões contra opinião …blogueiros alinhados com o partido não estão nem aí para a verdade….”vc é um deles” só não sei se ganha alguma coisa ou se puramente quer defender o filho, PT, que ajudou a fundar…e que mesmo estando preso a todo tipo de falcatruas…vc como uma mãe de detento, defende, por amor ao filho.

  2. 2 Anônimo segunda-feira, 23 agosto, 2010 às 9:08 am

    ..antes eu entrava no kibeloco para dar uma risadas….agora venho aqui

    essa foi bem engraçada…principalmente a parte da corupção

    Ou seja, ao mesmo tempo que se luta contra o neoliberalismo, contra a corrupção da classe política, contra a falseação judiciária,

  3. 3 Luis Paulo segunda-feira, 23 agosto, 2010 às 6:27 pm

    Não sei se é incapacidade cognitiva ou babaquice mesmo desse anônimo. Como diria Habermas, todo conhecimento está atrelado à algum interesse, cabe, àqueles a quem o discurso é direcionado, saber distinguir a que interesses o discurso responde. Então é lógico que essa nova produção midiática também é comprometida mas, diferentemente, da grande mídia que profere um discurso para beneficiar a poucos, a grande maioria dos blogs estão se contrapondo a ela na defesa e sustentação de interesses genuinamente populares. Ou não está clara a diferença que existe entre o governo atual e o anterior? E a grande melhoria nas condições de vida de uma grande parcela da população que possibilita a construção de uma democracia real não são motivos suficientes para aqueles que estão compremetidos e se sentem responsáveis por toda a humanidade,como diria Hannah Arendt, se engajarem na defesa de um governo, que apesar dos erros cometidos, tem se mostrado muito mais capaz de promover transformações reais na vida do povo? Portanto, caro Anônimo, se você ri ao ver o comprometimento de alguns para com a causa democrática, das duas duas, ou vc é um crápula ou muito débil, de qualquer forma acredito que suas risadas são motivos mais que suficientes para nos mostrar que temos força, que podemos trilhar com nossas próprias pernas a construção desta democracia real alinhavada com os interesses da maior parte da população. E, caro Anônimo, quando a direita começa a rir é porque ela está tentando esconder o incomondo. No mais, gostaria de agradecer as pessoas ou a pessoa que gerencia este blog. Eu acreditava que vcs eram de uma associação, nem desconfiava que era só uma pessoa. Valeu pelo engajamento comunitário José. Abraços.

  4. 4 afinsophia terça-feira, 24 agosto, 2010 às 3:52 am

    Luis Paulo,
    este bloguinho é um vetor virtualizante da Afin.
    Numericamente, trabalham regularmente nele quatro pessoas, mas de vez em quando outros membros da associação participam, além de que, nessa Ágora virtual, de vez em quando alguns companheiros intempestivos compartilham os seus dizeres em comentários e postagens enunciantes.
    O caso do Anônimo é que ele é da ordem da mais baixa obviedade, por isso não costumamos responder aos comentários dele. Ele carrega um forte ressentimento em relação ao Marcos José, e por isso ele endereça seus insultos pessoais.
    É tão óbvio que o sabemos quem seja. Ele, que agora está assinando como “anônimo”, já assinou como “ex-aluno” e “sou seu fã”. O caso é de desespero pirangal, já que ele trabalha com um senador que, pelas últimas pesquisas, está a ponto de dançar nas próximas eleições.
    Mas não compomos com os comentários inertes dele, pois toda vez que aparece um companheiro intempestivo, como você, Luis, que declina o anglo da inteligência, entramos em um encontro alegre e movimentador das potências de agir, onde os impotentes não podem chegar, uma vez que não são afeitos à democracia.
    Abraços afinados!

    • 5 Anônimo terça-feira, 24 agosto, 2010 às 8:19 am

      Caro Luiz Paulo
      Não sei se é incapacidade cognitiva ou babaquice mesmo desse anônimo…o contrario sempre é encarado como sendo menos ou babaca? E a diferença de pensamento? Vcs estão sempre certos? …meu interesse é a verdade…errados sempre são os outros?

      …. se contrapondo a ela na defesa e sustentação de interesses genuinamente populares… O discurso da tutela do povo para validar um partido…isso é velho
      se engajarem na defesa de um governo, que apesar dos erros cometidos…Esses mesmos erros se fossem cometidos por outros seriam imediatamente considerados execráveis, mas como são os cumpanheiros…deixa passar…Ètica seletiva, não?
      Ou não está clara a diferença que existe entre o governo atual e o anterior? Política econômica é =, alguns programas deste governo são do outro governo, só muda o nome, na política externa so rola relação com ditadores e uma grande maquina de propaganda…
      Portanto, caro Anônimo, se você ri ao ver o comprometimento de alguns para com a causa democrática, das duas duas, ou vc é um crápula ou muito débil,…
      Caro Luiz Paulo, meu riso vem da desfaçatez com que se apresenta o alinhamento partidário em nome da Filosofia, como faz Marilena Chaui e muitos outros…minha revolta, olha o Homem revoltado do Camus, esta no engodo que fui submetido e que juntamente com toda uma escola passei acreditar no discurso de que toda a corrupção deve ser combatida…a verdade é que só os corruptos fora do partido devem ser combatidos…isso é engraçado ou não é? O engraçado é a incongruência, a conta não fecha e a verdade vai sendo escamoteada.

  5. 6 Anônimo terça-feira, 24 agosto, 2010 às 8:20 am

    Afinsophia
    Nunca ofendi a pessoa do prof. Marcos José, mas apontei suas incongruências, como o combate seletivo da corrupção, ex: Sarney, Collor, Rennan Calheiros, Jarder Barbalho, notórios corruptos, mas alinhados com o governo tudo bem. Mas Corruptos notórios aliados com o partido contrario não pode…esses são mais corruptos do que os nossos…isso não é no mínimo estranho?
    Quanto a ressentimentos não os tenho, tenho-o até na mais alta estima, mas pelos motivos já alencados me senti enganado…por isso resolvi entrar e apontar os furos do discurso…mas é claro que pra vcs não existe furo algum…e o mais fácil é me apontar como sendo da mais baixa casta da direita e blablablabla…não responde pq não existe resposta racional…toda resposta que justifique sempre será uma acusação …essa é a tática – vc é da direita –…eu sou filiado ,não praticante, de um partido da base aliada do governo.
    Realmente pensei ser só o Marcos José a assinar está pagina…todos os escritos são praticamente idênticos…os termos são os mesmos, os autores citados são os mesmo é tudo igual…foi essa forma de cooptação e mimetismo intelectual que me assustou e me afastou do grupo…quem pensa diferente sempre vai ser babaca, incapaz e muitas outras coisas desvirtuosas, mas quem pensa igual será considerado o sal da terra .
    P.s. Obviamente vc não sabe quem eu sou, mas não gostaria de deixar a impressão para terceiros, por isso vc se engana em pensar ser alguém ligado a algum político…minha motivação em vir aqui é puramente pessoal, por isso, já que os conheço, pelo menos quase todos, e agora conheço muito mais, deixá-los-ei em paz para a construção de “suas verdades”.
    Abraço

  6. 8 Sandro terça-feira, 24 agosto, 2010 às 9:04 am

    Entro aqui todos os dias, já a alguns meses, e esse cara enche a paciência, já era hora desse direitista vazar!

    ÉEEEEEEEEEEE1313131313131313131313


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,914,981 hits

Páginas


%d blogueiros gostam disto: