Archive for the 'Umbanda' Category

FALSOS EVANGÉLICOS ESCONDIDOS ATRÁS DA BÍBLIA APEDREJAM CRIANÇA ADEPTA DO CANDOMBLÉ

tumblr_lxnulydl8U1qhwi0mo1_500O filósofo Nietzsche diz que só se deve falar daquilo que se ultrapassou, caso contrário só se tagarela. Ou seja, do que se conhece por experiência e inteligência. O conceito de evangelho nos remete ao entendimento de um discurso que pode ser laico ou religioso. Ser científico ou sagrado.

Para que alguém possa evangelizar se faz necessário que esse alguém examine todos os elementos que constituíram o discurso como corpos semióticos dominados pelos evangelistas, seus criadores. Corpos históricos, políticos, econômicos, sociais, religiosos, artísticos etc. O que necessita um grau de sabedoria além da mediana. Sem esses instrumentos epistemológicos não se pode ter o poder de evangelizar, visto não se ter o conhecimento.

Como diz Nietzsche: não se pode falar porque não se ultrapassou o corpo evangelista. Não se compreendeu. O resto é só superstição produzida por uma mistificação e mitificação dos elementos que constituem o discurso, que foram levados ao plano abstrato do psiquismo de quem se diz evangelizador e confunde com crença. A crença é produto incontestável como realidade que saiu da experiência e da inteligência. Ou pode também ser significada como crença, como afirma o filósofo Clèment Rosset, aquilo que não tem objeto real que possa ser atingido pelo exame crítico. É só um devaneio. Uma fantasmagoria saída de um ente imaginado. Essa a crença dos falsos evangélicos.

Como os evangelistas, autores do discurso evangélico, Marcos, João, Matheus e Lucas apresentam um texto que mostra a necessidade da tolerância, compreensão e amizade para que alguém se torne evangelizado e representante de Cristo, toda intolerância, discriminação e rivalidade que são usadas apara eliminar o outro, não podem ser tidas como evangelização. Trata-se nada mais do que projeções das frustrações desses praticantes em forma de sadismo-dominador. Perseguição aos homossexuais, aos travestis, a imposição de um modelo familiar restrito ao patriarcalismo castrador, etc., não testemunham evangelização. Testemunha o uso calculista e interesseiro da Bíblia em benefício próprio. Como fazem falsos pastores e parlamentares, também, falsos evangelistas.

Pois foi exatamente por esses falsos evangélicos, que escondidos atrás da Bíblia, à menina de 11 anos adepta do Candomblé, moradora do Bairro Vila da Penha, em Irajá, Rio de Janeiro, foi apedrejada. Caso registrado na 38ª Delegacia de Irajá. Diante da violência que constitucionalmente é caracterizado de intolerância religiosa, membros da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) destacaram um advogado para representar a criança.

“Ela estava com um grupo de pessoas e um grupo de evangélicos, que estava do outro lado da rua, começou a demonizá-los e a xingá-los. Não se contentando com isso, jogou uma pedra. Eles estavam arrumados tinham bíblias e acusavam os praticantes de Candomblé de serem demoníacos.

Isso é ruim para a religião. Eu sei que a grande maioria dos evangélicos não é assim e cabe a eles ajudarem a identificar esses agressores. Eram pessoas da igreja, pessoas que estavam com bíblia”, disse Ivanir Santos, babalawo e membro da comissão.

A violência, para Leniete Couto, coordenadora da Coordenadoria Especial de Políticas Raciais de Promoção da Igualdade Racial do Rio de Janeiro, trata-se de ignorância e racismo.

“Há uma distorção histórica de colocara a cultura negra no sentido global, tanto a pessoa física quanto seus costumes sempre em um lugar de não existência ou um lugar negativo.

Não se respeita as religiões de matriz africana porque se diz que são do mal, que são ruins e com isso vem a invisibilidade e a negação da existência dessas pessoas. A invisibilidade cria um desconhecimento da história que faz com que as pessoas sejam rejeitadas e apedrejadas por ignorância e também por racismo”, analisou Leniete Couto.

Em nota a Polícia Civil afirmou que o caso foi registrado como lesão corporal no Artigo 20 da Lei 7716 – praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

O que se constata no Brasil atual é que há uma virulenta propagação da ignorância dos sentidos do que seja evangelista, evangelizador, evangelizar e evangélico. O que significa que o conceito real foi descartado da palavra para que a palavra, em sua forma vazia de conceito, sirva para garantir formas variadas de poder. Como poder de pastor e poder de parlamentar. Uma sórdida trapaça com o sentido livre e feliz da religião.

LEMBRANÇAS DO FILÓSOFO SPINOZA AOS FALSOS EVANGÉLICOS

O filósofo holandês Spinoza (1632-1677), autor da obra Ética, o melhor livro sobre os afetos alegres, a potência da vida ativa, entre outras obras escreveu uma que revela os erros, equívocos e enganos dos falsos profetas que transformaram a religião, em uma fonte de lucros para si através da exploração da superstição do povo. Trata-se do Tratado Teológico-Político onde o filósofo afirma ser a Bíblia um tratado político da formação do Estado do povo hebreu. Somente.

Eis aqui um breve trecho do tratado que ao ser comparado com a atuação dos falsos profetas se mostra profundamente atual.

“Inúmeras vezes fiquei espantado por ver homens que se orgulham de professar a religião cristã, ou seja, o amor, a alegria, a paz, a continência e a lealdade para com todos, combaterem-se com tal ferocidade e manifestarem cotidianamente uns para com os outros um ódio tão exacerbado que se torna mais fácil reconhecer a sua fé por estes do que por aqueles sentimentos.

Procurando então a causa desse mal, concluí que ele se deve, sem sombra de dúvida a se considerarem os cargos da igreja como títulos de nobreza, os seus ofícios como benefícios, e consistir a religião, para o vulgo, em acumular de honras os pastores. Com efeito, assim que começou na igreja esse abuso, logo se apoderou dos piores homens um enorme desejo de exercerem os sagrados ofícios, logo o amor de propagar a divina religião se transformou em sórdida avareza e ambição; de tal maneira que o próprio templo degenerou em teatro em que não mais se veneravam doutores da igreja mas oradores que, em vez de quererem instruir o povo, queriam era fazer-se admirar e censurar publicamente os dissidentes (…). Daí surgirem grandes contendas, invejas e ódio que nem com o correr do tempo foi capaz de apagar.

Não admira, pois, que da antiga religião não ficasse nada a não ser o culto externo (com que o vulgo mais parece adular a Deus que adorá-lo) e a fé esteja reduzida a crendice e preconceitos. E que preconceitos, que de racionais transformam os homens em irracionais, que lhes tolhem por completo o livre exercício da razão e capacidade de distinguir o verdadeiro do falso, parecendo expressamente inventados para apagar definitivamente a luz do entendimento”.

E Spinoza nós mostra qual o corpo que mantém os exploradores do vulgo dominado pela superstição. O medo!

Diz Spinoza: “A que pontoo medo ensandece os homens. O medo é a causa que origina, conserva e alimenta a superstição”.

Os falsos evangélicos agridem os que eles elevam como inimigos por medo estimulado pela irracionalidade dos falsos pastores que ambicionam nada mais do que o lucro. Por isso esses templos não passam de empreendimentos capitalistas cuja mercadoria é a superstição do fiel consumida por estes pastores como passagem para o especulativo paraíso.

Chamada de Zé Pilintra no Centro de Umbanda Maria Padilha

“Diz aí, saravá, seu zé,

Saravá, seu zé,

Saravá, seu zé,

Ele sempre ajuda quem nele tem fé”.

01 

 A Umbanda sendo religião de fé, de luz, enfim, amor ao próximo, tudo tem dono, tudo é mironga, e quando mais se aprende, mais tem de aprender, pois a sabedoria é Oxalá, abençoando quem quer aprender.

Povo de Umbanda,

Vem ver os irmãos teus.

02 

Defuma esses filhos,

Nas horas de Deus.

03 

A Mãe Nádia no início de seus trabalhos,defuma  sua casa  e seus presentes,pois é essencial para qualquer  trabalho na Umbanda, desagregando  forças negativa.

04 Ó Deus Pai de Misericórdia, de ao médium a compreensão perfeita da missão que lhe foi confiada. Deus nosso pai, Jesus e Maria, São João e São José, São Pedro abriu o Céu, Para aqueles que têm fé. Ó São Miguel Arcanjo, Por Deus se sois quem é, Rogai ao nosso Pai, Para aumentar a nossa fé.   

Banda eu…como gira!

Banda eu…como gira!

05 

Como gira dentro de um Gongáá

Banda eu como gira!

06 

Como gira dentro de um Gongáá

Gira prá todas as giras

Gira estes Filhos de Fé!

Gira estes Filhos de Fé!

07  

Como gira dentro de um Gongáá

Gira prá todas as giras

Gira estes Filhos de Fé!

Gira estes Filhos de Fé!

Salve!Seu Zé Pilintra!Salve! Zé Pelintra costuma ser homenageado numa chamada de cabloco, todo dia de 19 de março no centro de umbanda Maria Padilha. Ele é cabeça feita,

Tem um nome a zelar,

Mas desaforo não aceita,

Nunca se deixa levar,

Ele sempre ajuda quem nele tem fé,

Diz aí, saravá, seu zé,

É na palma da mão e cantando com fé,

Diz aí, saravá, seu zé,

 08 

Zé Pelintra começou sua missão aparecendo no culto à Jurema, ou Catimbó, na região Nordeste do país, onde estes espíritos eram chamados de Mestres. E, por ter esta característica, ele não aparece em uma gira específica na Umbanda, podendo se apresentar na Linha de Exus, Baianos, e em certos casos, nas de Pretos-Velhos.

09 

Os seus espíritos desencarnados há muitas décadas, passaram a realizar trabalhos espirituais dentro da Umbanda, na prática da caridade e para o progresso do ser humano.

10 

Com o passar do tempo, Zé Pelintra passou a ser visto na Umbanda como o Chefe da falange de Malandros, por apresentar-se como um espírito “boêmio”, “malandro” e brincalhão. Trabalha com seriedade, abrindo caminhos, resolvendo problemas financeiros, sendo um conselheiro, tendo sempre uma palavra amiga, uma ajuda, um trabalho de caridade.

11 

 Quando incorporado pode apresentar-se na linha de cabloco curador, ele e um exu curador, de forma brincalhona, dançando muito. As vestes nas quais, normalmente, se apresentam os espíritos que compõem essa falange, são o terno branco e gravata vermelha, cravo na lapela, chapéu panamá, com fita vermelha.

 12 

Zé pelintra quando vem traz sua magia

para saudar todos seus filhos e retirar feitiçaria

pisa na umbanda Zé pelintra que eu quero ver.

Mãe Nádia disse ao Afinsophia que:”Zé Pelintra é na Umbanda, e para alguns, um Exu embora não o seja. “O exu vira pra cabloco, e cabloco vira pra exu.”, tal comparativo acontece pelo fato de que Zé Pelintra não tem gira específica, manifestando-se muitas vezes nas giras de Exu, fazendo trabalhos juntamente com estas entidades, utilizando a mesma energia que seus “compadres” para combater e cortar as energias negativas”

13 

E como ele, os outros guias da casa ,feito seus cruzos( afirmação de cabloco),vem chegando…

 Salve o dia de Hoje!salve!Salve os guias da casa!

14 

Salve!Salve Nêgo Gerson!

15 Salve!salve os trabalhos firmados para cura!

16 

Salve !Salve seu Zibamba!Que como guia também  da casa , não pode faltar.

17 18 

Firmando ponto pra trabalhar!

 Seu nome é Cabloca Mariana !Bela turca Mariana!

19

Que aqui é chamada,na Umbanda

Para trazer seus sábios conselhos!

20Receitando tratamentos caseiros e oferecendo muita proteção!

Ela é curandeira!

Ela é filha de Umbanda.

21

Com a Graça de Deus

Seus maus Demanda.

22 

Abençoando na  Fé e força de Oxlá!

23 

Salve os trabalhos afirmados!Salve o dia de hoje!Salve seu Zé pilintra!

24

Ele é cabeça feita,

Tem um nome a zelar,

Mas desaforo não aceita,

Nunca se deixa levar,

Ele sempre ajuda quem nele tem fé,

Diz aí, saravá, seu zé,

É na palma da mão e cantando com fé,

Diz aí, saravá, seu zé,

Saravá, seu zé,

Saravá, seu zé,

Ele sempre ajuda quem nele tem fé.

 

— Centro de Umbanda Maria Padilha—

Responsável:Nádia Ribeiro.

Endereço:rua Barcelos n 2006-Praça 14 de Janeiro. CEP:69020-200.

Complemento:Próximo ao Colégio Estadual Primeiro de Maio.

Telefone:(092)3635-4411;991259136.

Xirê (festa) de Derrubada do Mastro de São Sebastião no Centro de Tambores de Mina Gegê-Nagô de Nochê Emilia de Tóy lissá

1

Para o Tambor de Mina, São Sebastião é um Xapanã, Rei da Praia do Lençol, Tóy Azaká ou pai Oxóssi.

2

 

Onde no Centro de Tambor de Mina Gegê-Nagô Emilia de Tóy Lissá, ocorre a Novena de São Sebastião (durante nove dias antes da festa),deste a fundação  do Centro,a derrubada do mastro,louvores,Pontos Cantados de Saudação,Hinos e a história contada na novena sobre São Sebastião,Saudando o Santo Guerreiro.

3

 

Ele é Católico, protetor dos Gays, dos que lutam pela liberdade, defendendo dos males da desunião e da discórdia.

4

Louvado Seja nosso Senhor Jesus Cristo por quem o valoroso São Sebastião padeceu e morreu, crivado de setas, amarrado a uma laranjeira.

5

Trazei-nos, glorioso Mártir, a paz. São Sebastião, velai por nós, atendei-nos, protegei-nos.

6

 Òké Wou!!!Òké Wou!!!

7

 

É Rei!É Rei!Sebastião!

É Rei!É Rei!Sebastião!

8 9

 

Ele é Xapanã!

Ele é Xapanã!

Ele é flecheiro atirador.

 

 

10

Ele é cabloco do mato.

Ó, viva Oxóssi, – é meu pai.

11

 

Ele é cabloco do mato.

Ó, viva Oxóssi, – é meu pai.

 

 

13

 

Oxóssi é Rei no Céu!

Oxóssi é Rei na Terra!

Ele não desce do Céu sem Coroa.

12

Ele não desceu do Céu sem Coroa

E sem a sua mungangas de guerra.

 Como toda Xirê (festa),tem participação coletiva de todos ,os Êres ,não ficaram de fora, pois eles são a energia infantil ligada aos Orixás.

14 15

 

São Sebastião! Santo Padroeiro!

São Sebastião!Santo Padroeiro!

16 17

 

Ilumina os filhos!E a mãe do terreiro!

Ilumina os filhos! E a mãe do terreiro!

18

 

Salve o São Sebastião!Salve!

Salve o Santo Guerreiro!Salve!

Nochê Hunjaí Emilia de Tóy Lissá nos disse que Oxóssi (Òsóòsi) é o deus caçador, senhor das florestas e de todos os seres que ali habitam orixá da fartura e da riqueza.

19

E o caçador veio, no Orí de  Pai Dinho de Azaká(vodum caçador, e muito raro) para receber a Saudação de todos os convidados,encantados e voduns presentes na Ilê.Em sua dança de ritmo “corrido”,simulando o gesto de atirar flechas para a direita e esquerda.Ele imita o cavaleiro que persegue a caça,num deslizar suave,e que as vezes pula e gira sobre si mesmo.

20

 

Seu Dia: quinta-feira.

Cor: azul-real e verde- folha.

Símbolos: ofá (arco), damatá (flecha), eruexim (rabo de boi).

21

 

Elementos da natureza: terra,matas e campos cultiváveis.                                                                       

Atributos de personalidade: paciência,curiosidade, cuidado da família.

23

 

Dominios: caça,agricultura,alimentação e fartura.

Alimentos preferidos e interditos: cabrito, javali ,coelho,faisão,milho e aluá de abacaxi e milho.

Depois da Saudação Pai Dinho de Azaká,falou ao Afinsophia sobre Oxósi no seu Orí( Coroa):

-Então: “ Azaká ou Oxóssi é o vodun ou Orixá que rege com todo prazer e satisfação ,minha Coroa ou Orí.Sua saudação na Mina é : Oke Wou.A Mina é muita importante na vida porque: Primeiro é o culto de minha querida Mãe,que escolheu como religião dela.E pó tantas coisas passadas, aprendi muito com ela. A Mina é a Nação na qual me identifiquei e casei com ela com as confirmações de meus Voduns ou Orixás. Hoje não sei nem definir a felicidade que sinto de ser um Vodunsi-re ou Graduado na Nação Mina Gegê-Nagô. Amo minha Mãe carnal e de Santo Nochê Mãe Emilia de Tóy Lissá.Amo meu Ilê ou Casa de Santo Ou Centro de Tambores.amo meu Vodun ou Orixá: Tóy Azaká ou Pai Oxóssi. Amo meu caboclo ou encantado: Seu Coly Maneiro, codoense do Codó”.

24

 

Òké Wou!! Òké Wou!!

Salve O Santo Guerreiro!Salve!

Salve São Sebastião!Salve!

Salve o dia de Hoje!Salve!

Salve Pai Oxóssi!Salve!

 

TERREIRO ZOGBODO MALE BOGUN SEJA, ROÇA DO VENTURA, NA BAHIA, FOI TOMBADO

Roça-do-Ventura-300x200

Em dezembro do ano de 2008, a veneranda vodunce Alaíde de Oyá, Alaíde Augusta da Conceição, presidenta da Sociedade Religiosa Zogbodo Male Bogun, solicitou ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) o tombamento da casa de candomblé matriarcal de tradição Jeje-Mahi. Os técnicos do Iphan realizaram os estudos e as avaliações e não deu outra: O Terreiro Zogbodo Male Bogun, conhecidíssimo como Roça do Ventura, foi tombado. O que significa que o terreiro para o culto das divindades Vodum está sob proteção legal.

“O terreiro tem uma particularidade, apresenta com clareza as distribuições funções dos rituais no terreno natural, coisa que os terreiros urbanos perderam muito. Os terreiros em geral, têm imenso valor, mas foram sendo apertados pelas construções e perderam espaço.

O tombamento, além de proteger a integridade do imóvel, garante que ele não seja invadido ou o espaço seja ocupado”, afirmou Jurema Machado, presidenta do Iphan.

Em Salvador, ainda foram tombados os seguintes terreiros: Terreiro da Casa Branca, Terreiro de Candomblé do Bate-Folha Manso Banduquenqué, Terreiro de Allaketo, Ilê Maroiá Laji, Terreiro do Axé Opô Afonja, Terreiro do Gantois Ilê Iyá Omin Axé Yiamassé. Já em São Luiz foi tombado o Terreiro Casa de Mina Jeje.

Axé, meu pai! Oxalá, minha mãe! 

 

Obrigação de Odún Itá no Ilê Axé Arawé Ajúnsún do Babalaorixá Frank de Obaluaê Ajagún

Para o Babalaorixá Frank de Obaluaê Ajagún cabe, por meio dos ritos,acumular,fortalecer e distribuir o axé dos orixás a seus filhos-de-santo e quaisquer outras pessoas que eventualmente recorram aos orixás em busca de ajuda.

1

Para que  possam ser saudáveis,prósperos,felizes e realizados, para que tenham vida longa e possam viver em paz e em equilíbrio com os orixás, isto é , com a natureza e sociedade.

2

E os pontos  em iorubá,foram cantados para chamar e saudar…

3

Os Orixás,acompanhados pelos Alabês, ao toque dos Tambores e Agogô.

4

A Ekédi Cassiana de Oyá puxando a entrada do ponto central do ritual

5 

E vieram as saídas do yaô Dionnes de Oxúm, para cumprir sua obrigação de Odún Itá.

6

 

A primeira, a saída de Yaô,mostrando a comunidade do candomblé que permanece na condição de Yaô, até atingir maior idade espiritual no axé.

7

 

A segunda,já vestido com roupas que demonstram sua idade(três anos),fios de contas de miçangas,moca,senzalas e gorro.esta saída mostra que o Yao atingiu meia idade dentro do candomblé,mas não se torna Babalorixá

8

Para a chamada de santo( Oxúm), acompanhado pela presença do Babalorixá Ribamar de Xangô.

9

Nesta mesma saída foi invocada a Orixá Mor de Dionnes:Oxúm.

10 11

Os filhos-de-santo iniciados para dançar e permitir que os orixás …

12 13

…se manifestem em seu corpo,

14

Com o toque do Adejar

15

Durante o transe se manifestar no Yaô Dionnes de Oxúm.

16

Preparando seu corpo para chegada da bela Oxúm.

17

E os Orixás foram se manifestando nos filhos da casa.

18 19

Amparados pela Cassiana de Oyá.

20 21

Ao canto dos pontos de afirmação

23

Ao ritmo dos toques dos tambores,agogô dos Alabês!

24 25

Antes de ser  recolhido ao quarto de santo,para a sua terceira saida, o Babalorixá Frank explicou que  Dionnes de Oxum iniciou-se em uma outra casa de axé, depois migrou para seu Ile.No ano de 2013 pagou obrigação de um ano com ele e em 2014 deu sua obrigação de três anos.

26

Ela saiu para terceira saída – Oxúm, já vestida adequadamente de branco,dançar para homenagear Oxalá,ser saudada pelos presentes…

Òróré Yéyé!

Òróré Yéyé!

27

Oxum Mariou

Oxum Mariou

Ariarou, ariará

Ariará,ariarou

28

Oh, Pomba branca

Pombinha de Oxalá

Oh, Pomba branca           

Pombinha de Oxalá

 

Oh, Pomba branca

Pombinha de Oxalá

Pombinha branca

De todos Orixás.

Na Nigéria mas precisamente em Ijesá,Ijebu e Osogbó, ocorre calmamente o rio Oxum, a morada da mais bela Iyabá, a rainha de todas as riquezas, a protetora das crianças, a mãe da doçura e da benevolência.

29 

No alto da cachoeira

Tem uma gruta do lado de lá

Tem um banquinho de ouro mamãe

Onde Oxúm vai se sentar

30

E ela se recolheu,. para sua saída de luxo.

31

E ela veio,para a quarta saída, dançando a ritualística sagrada dos Orixás.A deusa mais bela e mais sensual do Candomblé.

32Oxúm sai vestida com seus adereços:ade,ides,pulseiras e seu tão afamado abebé( espelho com cabo).

É a própria vaidade, dengosa e formosa,

33

Paciente e bondosa,mãe que amamenta e ama.

34

Um de seus oriquis, visto com mais atenção, revela o zelo de Oxúm com seus filhos.

35

Aué Baerissou

Aué Baerissou

É, é, é, nossa Oxúm

É, é, é, nossa Oxúm

36 37

O primeiro filho de Oxúm,chama-se Ide, é uma verdadeira joia,

38

Uma argola de cobre que todos os iniciados de Oxúm devem colocar nos seus braços.

39

Seu papel social-Rainha amante.

Cores: Amarelo e dourado.

40

Seu emblema ritual-leque-espelho(Abebé).

Dia: Sábado.

 

41

Símbolo: Água Doce( Rios,Cachoeiras,nascentes,lagos).

42

Domínios: Amor, Riqueza, Fecundidade, Gestação e Maternidade.

43

Ó ,rosa de ouro

Maxumbembé  maxumbenbá.

44

Olha maxumbambá

Maxumbambá oriá.

45

E ela dançou, graciosa e elegante.

46

Oxúm é Linda

Oxúm é Formosa

47

Oxúm é Dengosa

Oxúm é Bondosa

48

Oxúm é Paciente

Oxúm é Mãe

49

Vem Saravá

Vem Saravá.

50

E todos a  saudaram a rainha da Água Doce

51

Saravá !Mamãe Oxúm!

52

 

Axé! Mamãe Oxúm!

53

Saravá! Mamãe Oxúm!

54

Axé! Mamãe Oxúm!

5556

Oxúm é a segunda esposa de Xangó e representa a sabedoria e o poder feminino.

57

 

Então ela se recolheu ao quarto de santo,para seu esposo Xangó dançar,na coroa de Ricardo de Xangô.

58

 

E Babalorixá Frank o acompanhou em sua majestosa dança.

59

 

Eh…Xangó Maior!

Xangó da Lei Maior!

61

 

Pererá Xangó, na Calunga

Pererá, Xangó

Pererá nosso Pai

Toma conta de filhos caburé.

62 63

E todos os Yaôs dançaram para saudar Xangó Rei e justiceiro e a todos os Orixás.

64 65

Saravá Obaluaê!

Saravá Xangó!

Saravá! Mamãe Oxúm!

66

 

Axé!A Todos os Orixás!

Axé!A Todos os Orixás!

67

 Saravá! O terreiro de Ilê Axé Arawé Ajúnsún!

68 69

Axé!Filhos de Fé!

Axé!Filhos de Fé!

Festa do Preto (Nêgo) Velho (Véio) Pai Joaquim no Terreiro de Pai Tota

No Terreiro de Pai Tota, festeja-se para saudar Pai Joaquim, afim de agradecer suas mirongas, suas mandingas ,e seus feitiços tanto de Umbanda como de Quimbanda.

umbanda

Os Pretos Velhos, tão sofredores no passado, tanto iluminados no presente, e mais ainda no futuro. Têm grande sabedoria, grandes curas, de poderosos feitiços, para fazerem o bem. Eles vieram escravos da África, e foram nominados de acordo com sua região de onde vieram: de Angola, do Congo, da Costa, etc.Eles têm a bênção de Santo Antônio, por causa da grande humildade que possuem.

umbanda1

A linha de Pretos Velhos na Umbanda é regida pelo mistério do ancião ,na força do Orixá Obaluayê,que é o Orixá sustentador da evolução,transmutação e transformação dos seres.Mas também podem se apresentar dentro de outras linhas de Orixás.

umbanda2

 

E as orações foram feitas… “O querido e amado mestre Oxalá senhor do princípio e do fim, senhor de tudo e de todos peço a vossa licença para invocar as vossas falanges”.

umbanda4

E os pontos de proteção espiritual, de chamada de saudação e afirmação foram tomando conta do terreiro.

umbanda5

Jesus e Maria, São João e São José

São Pedro abriu o Ceú                      

Para aqueles que têm fé

umbanda6

umbanda7

Ó, São Miguel Arcanjo

Por Deus se sois quem é

Rogai ao nosso Pai

Para aumentar a nossa fé.

umbanda8

Como é lindo o canto

Dos Pretos Velhos.

Ai meus Pretos Velhos

Ai meus Pretos Velhos

umbanda9

O canto é lindo

E de Humildade,

Arrastando os pés no chão

Eles vão prestando a caridade

umbanda10Lá na Costa da África

Lá no Reino de Angola

Lá no Congo,

Eu estou chamando!

Este povo descer.

Estou chamando

O povo D’Angola, d’Costa do Congo

Estou chamado

Neste Gongá

Todo Preto Velho!

umbanda11Estou chamando

O povo D’Angola, D’costa do Congo

Estou chamado

Neste Gongá

Todo Preto Velho!

umbanda12 

Está iluminado o meu Terreiro

Está cheio de flores o meu Gongá

Meu Pai Joaquim!

E tudo que eu faço

Meu Pai Joaquim

Alumeia os caminhos

Por onde eu passo

umbanda13 umbanda14

Salve Pretos Velhos!Alabé!

Salve Pretos Velhos!Alabé!

Saravá Pretos Velhos!

Saravá Pretos Velhos!

umbanda15 umbanda16

Pomba Gira Maria Padilha foi chegando ao Gongá,

umbanda17 umbanda18Com sua alegria, festejar a humildade, sabedoria, paciência e perseverança dos Pretos Velhos.

umbanda19 umbanda20 umbanda21 umbanda22

Pai Tota a recebeu, pois ela também tem o poder de abrir e fechar caminhos…

umbanda23 umbanda24 umbanda25Quando baixa no Terreiro é muito dançante…

umbanda26e alegre…

umbanda27Deixando o caminho aberto para as benção, levar os males e trazer de Aruanda, o festejado Pai Joaquim.

umbanda28Vai os males pela porta deixar!

Vai os males pela porta deixar!

umbanda29 umbanda30E pedimos as bênçãos das falanges de Aruanda!

Para nos abençoar!

Para nos abençoar!

umbanda31Preto Velho…

Quando chega ao Terreiro!

Preto Velho…

Quando chega ao Terreiro!

umbanda32 umbanda33Preto Velho…

Se esquece do Cativeiro

Preto Velho…

Se esquece do Cativeiro

umbanda34 umbanda35Pai Joaquim á,á,á!

Pai Joaquim á,á,á!

umbanda36 umbanda37Tem preto velho na Calunga

Filhos das Santas Almas

Vamos todos Saravá!

umbanda38Pai Tota chamou Pai Joaquim

umbanda39Com seus Filhos e Filhas para Saudar a sua chegada

umbanda40 umbanda41Oi, Salve Deus,

Salve Pai Joaquim!

Salve Pai Joaquim!

Que ele chegou!

Que ele chegou!

umbanda42 umbanda43Pai Joaquim é espírito,

Não tem sexo nem tem cor,

Pai Joaquim é preto velho

Com a fé de Nosso Senhor.

umbanda44E na esteira de palha ,os convidados foram chamados a se deliciarem com a s comidas de Preto Velho…

umbanda45 umbanda46Êêêê Êêê

Eu venho Saravá

umbanda47 umbanda48

Êêêê Êêê

Eu venho Saravá

umbanda49Êêêê Êêê

Os seus filhos abençoar

Êêêê Êêê

Os seus filhos abençoar

umbanda50Louvado seja o Terreiro de Pai Tota!

Louvado seja Pai Joaquim!

Louvado seja todos os Pretos Velhos!

Saravá!Saravá!

FALSO PAI DE SANTO, EM MANAUS, FAZ CAMPANHA PARA AÉCIO AFIRMANDO QUE DILMA É CONTRA AS RELIGIÕES AFROS

p1060335

Este Blog Afinsophia.com, é um vetor da Associação Filosofia Itinerante (Afin) que há 13 anos, em Manaus, compõem cartografias de desejos como agenciamentos de saberes e dizeres, da inteligência coletiva, que conduzem a novas formas de sentir, ver, ouvir e pensar. Dessa maneira, o afinsophia.com, encadeia segmentos produtivos com vários vetores sociais como forma de conteúdos e expressões. São vetores políticos, sociológicos, antropológicos, econômicos, estéticos, esportivos, religiosos, etc.

Por esta razão polívoca, ele produz encadeamentos com as religiões afros como o candomblé, umbanda, quimbanda, macumba entre outras que começou com um membro da Afin, professor e filólogo Maurício Colares, e agora é realizado pelo historiador e professor Alci Madureira. Para processar esse trabalho, a Afin participa de algumas festas de santos e registra nesse blog, através da fotografia e da literatura, essas festas com autorização dos Pais e Mães de Santos. É um trabalho já conhecido até fora do Brasil, e que muitas vezes serve de fonte de pesquisas para estudos de entidades ligadas a essas culturas e professores, estudantes e afins.

Como essas religiões fazem parte da inteligência coletiva, e o blog trabalha com elas, este vetor da Afin é conhecido por alguns Pais e Mães de Santos como blog religioso. Mas, como mídia, ele não é só aceitação. É também reprovação, principalmente pelos chamados evangélicos que fazem comentários ofensivos a essas religiões afirmando ser “coisa do diabo” e que seus membros “vão arder no fogo do inferno”. Expressões saídas dos sujeitos-sujeitados capturados pelo mais baixo grau de conhecimento. E é lógico que não os aprovamos. Nesse quadro, a Afin tem autoridade para tratar desse assunto com conhecimento e honestidade e leva-los até seus acessantes.

Agora, com o acirramento das eleições, tivemos a informação que um falso pai de santo, encontra-se visitando as casas de santo fazendo campanha para um dos candidatos das direitas, Aécio Neves, afirmando que Dilma e Marina são opositoras das religiões afros. Quanto a uma candidata, o falso pai de sando acertou. A candidata, também, das direitas, Marina. Ela é obreira da Assembleia de Deus que prega, obscuramente, a discriminação e a intolerância contra essas religiões.

No caso de Dilma, que é católica, a afirmação é uma afronta. Pois foi exatamente nos governos Lula e, agora, no governo de Dilma, que essas manifestações mais se desenvolveram e passaram a ter visível respeitabilidade, a ponto de ser criado um ministério para tratar dessas políticas que envolvem a singularidade negra que é contígua às religiões do candomblé, umbanda, quimbanda, macumba e outras. O que significa dizer, que “nunca antes na história deste país (como fala Lula)” as religiões tiveram tanta atuação e reconhecimento. Um signo exemplar é a introdução delas nos livros escolares didáticos.  

Foi então, que os membros das Afin aproveitaram a não realização do Grito dos Excluídos, nas ruas Manaus, evento que a entidade há anos participa, resolveu visitar algumas casas de santo para saber do efeito falso pai de santo. Aí, afinados, não deu outra: os Pais e Mães de Santos rejeitaram o falso pai de santo cabo-eleitoral. Com segura e clara lucidez eles afirmaram que sabem como se encontra o Brasil. Por isso, sabem em quem votar.

 Assim, ficou revelado que é por isso que ele é falso pai de santo: não tem a sensibilidade de contatar com as entidades.


USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Efeitos Justos para Suas Causas.
ADVOGADO ARNALDO TRIBUZY - RUA COMENDADOR CLEMENTINO, 379, SALA C (8114-5043 / 3234-6084).

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Frente Blogueira LGBT

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,396,974 hits

Páginas

julho 2015
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 236 outros seguidores