O PAPEL DA MULHER NA SOCIEDADE MODERNA

Drª. Maria Eunice Torres do Nascimento*

mulher-texto-eunice

A vida tem duas faces: Positiva e negativa.

O passado foi duro mas deixou o seu legado

Saber viver é a grande sabedoria.

Que eu possa dignificar, minha condição de mulher, aceitar suas limitações.

E me fazer pedra de segurança dos valores que vão desmoronando.

Nasci em tempos rudes.

Aceitei contradições lutas e pedras

como lições de vida e delas me sirvo.”

Cora Coralina

.

Enquanto o homem e a mulher não se reconhecerem como semelhantes, enquanto não se respeitarem como pessoas em que, do ponto de vista social, política e econômico, não há a menor diferença, os seres humanos estarão condenados a não verem o que têm de melhor: a sua liberdade.”

Simone de Beauvoir

.

As transformações sociais ocorridas nas últimas décadas, desencadearam também profundas mudanças e redefinição do papel da mulher na sociedade moderna.

BREVE HISTÓRICO

No que se refere especificamente à história de lutas e conquistas, em nível mundial, Santos (2002) destaca as seguintes datas:

8 de março – Dia Internacional da Mulher: É uma das datas mais importantes, pois neste dia, no ano de 1857, as operárias da fábrica têxtil Cotton, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, fizeram uma greve, em protesto contra uma jornada diária de 16 horas e baixos salários. Como resposta à manifestação, os patrões mandaram incendiar o prédio e 129 mulheres morreram queimadas.

19 de abril – Dia do Índio: As mulheres indígenas são ainda mais vítimas da discriminação e sofrem preconceito de gênero e raça, bem como opressão. A data foi escolhida em 1940, durante o 1º Congresso Indigenista Interamericano, na cidade de Patzcuaro, no México. O Brasil adotou a data em 1943.

25 de abril – Dia Latino-Americano da Mulher Negra: Assim como as índias, as negras também enfrentam discriminação de gênero, raça e opressão. As comemorações pelo Dia Latino-americano da Mulher Negra podem incorporar também o 21 de março, Dia Internacional contra a Discriminação Racial, instituído pela ONU, em razão do massacre de 70 jovens negros em Sharpeville, na África do Sul (1960).

27 de abril – Dia da Empregada Doméstica: As empregadas domésticas enfrentam o preconceito de gênero e o social. Faz-se necessário reconhecer o trabalho dessas mulheres, que não é valorizado por ser realizado dentro de casa.

28 de maio – Dia Internacional de Ação pela Saúde da Mulher: As questões relacionadas à saúde das mulheres foram discutidas por especialistas do mundo inteiro em 1987, na Costa Rica, durante o V Encontro Internacional Mulher e Saúde. Após esse evento, foi decidido que o dia 28 de março marcaria a urgência de ações em favor da saúde feminina.

05 de junho – Dia Mundial da Ecologia e do Meio Ambiente: Este dia também pode ser comemorado sob uma perspectiva feminina, haja vista que são as mulheres que mais preservam o meio ambiente, ao praticar formas menos ofensivas de manipulação da terra, como a agricultura familiar, por exemplo.

15 de outubro – Dia Internacional da Trabalhadora Rural:  Não se pode perder a oportunidade de celebrar as conquistas já obtidas e nem de cobrar mais ações promotoras da igualdade de gênero no campo. Nesse dia, deve-se destacar a importância das mulheres rurais na agricultura, na segurança alimentar e no desenvolvimento da zona rural.

25 de novembro – Dia Mundial de Combate à Violência Contra a Mulher:  Em 25 de novembro de 1960, duas irmãs foram brutalmente assassinadas na República Dominicana, durante o regime do ditador Trujillo. Desde 1981, o dia é usado, em vários países, como alerta para a necessidade de combater a violência contra as mulheres. Para marcar a data, é importante promover discussões sobre o tema.

01 de dezembro – Dia Mundial de Combate à Aids: As estatísticas mostram que as mulheres são as maiores vítimas da AIDS. A cada ano, vinte mil pessoas são contaminadas no Brasil. Em 1987, a relação era de 16 homens com a doença para cada mulher. Já em 2002, a proporção é de 2 para 1. E neste contexto, a importância dada à saúde da mulher vem crescendo nos últimos anos, com o surgimento de redes governamentais e não-governamentais específicas que trabalham para melhorar a qualidade do atendimento prestado.

10 de dezembro – Declaração Universal dos Direitos Humanos: Somente a partir de 1948, os homens e as mulheres passaram a ser considerados como titulares de direitos individuais e sociais. A Declaração provocou reação imediata por parte de grupos de mulheres e uma verdadeira luta foi empreendida. As primeiras datam já no início da década de 50, mas os avanços mais significativos só viriam a partir da década de 70, com a realização dos ciclos de conferências mundiais sobre os direitos das mulheres.

A MULHER NA MODERNIDADE

Na sociedade moderna, a mulher está cada vez mais conquistando seu espaço no ambiente profissional e participando das mudanças ocorridas na contemporaneidade. Aos poucos as habilidades e características femininas começam a ser valorizadas pela sociedade, deixando a mulher, aos poucos de ser uma mera coadjuvante em determinados segmentos sociais e profissionais, possibilitando cada vez mais o seu acesso às posições estratégicas em suas profissões.

Em relação ao trabalho, tais mudanças são ainda mais visíveis. Isto porque com o processo de reestruturação produtiva e com o crescente número de mulheres no mercado de trabalho, a mão-de-obra feminina tem sido cada vez mais aceita e solicitada. Contudo, este contingente feminino ainda tem sido sujeito a algumas limitações, ou tem sofrido dificuldades quanto ao seu acesso a cargos que exigem maior qualificação ou que oferecem maiores possibilidades de ascensão na carreira, especialmente no que se refere a dinâmica de conciliação das demandas familiar e profissional.

Ao longo das últimas décadas do século XX, as conquistas sociais femininas e no mercado de trabalho foram muitas, no entanto ainda está aquém do ideal. As mulheres têm hoje maior participação, não só no mercado de trabalho, como também nas esferas política e econômica e elas já estão mais à vontade e escolhem de forma mais livre com quem e como querem estabelecer suas relações conjugais.

Na realidade, as mulheres foram da esfera doméstica à ocupação de diferentes funções na sociedade moderna, mas estas conquistas sociais têm sido alcançadas e assimiladas de forma diferente pelas mulheres. O alcance e assimilação das conquistas sociais femininas variam de acordo com a classe social, o grau de escolaridade e a possibilidade real para superar as desigualdades de oportunidades entre homens e mulheres que ainda existem e persistem na sociedade atual, tanto na família como nas mais diferentes esferas sociais.

Outro ponto importante a salientar é que as mulheres ainda ocupam menos cargos de poder e prestígio e continuam a ser vistas como as principais responsáveis pela casa e pela família.

Na sociedade atual a mulher vem aprendendo a lidar com os problemas e aos poucos vem aprendendo e sabendo discernir as dificuldades encontradas na dupla e algumas, na tripla jornada de trabalho, no lar e fora dele. As mulheres vêm ao longo dos anos participando para a construção de uma sociedade mais justa, de um mundo melhor e mais equilibrado, no qual se desenha um novo papel para a mulher moderna.

A MULHER NA AMAZÔNIA

No contexto da sociedade amazonense, mais especificamente na sociedade manauara, são escassas, para não dizer quase inexistentes, as publicações e registros históricos acerca do papel da mulher na sociedade local. No entanto, tem-se conhecimento que a mulher manauara vai ocupando cada vez mais os espaços nas fábricas do Pólo Industrial de Manaus, nas universidades, no judiciário, bem como em todos os setores da economia local, contribuindo de forma significativa para o desenvolvimento da sociedade manauara como um todo.

Em novembro de 1994, foi realizado o I Encontro Amazônico Sobre Mulher e Relações de Gênero, objetivando reunir pesquisadores da Região Norte (Amazonas, Pará, Maranhão, Acre, Amapá, Rondônia e Roraima) e, conjuntamente, discutir os assuntos que estavam sendo estudados no meio acadêmico em torno da questão da mulher. Já em abril de 1996, ocorreu o II Encontro Amazônico sobre Mulher e Relações de Gênero, organizado mais uma vez pelo Grupo de Estudos e Pesquisas Eneida de Morais (GEPEM) e Rede Regional Norte-Nordeste de Núcleos e Pesquisas sobre Mulher e Relações de Gênero (REDOR). A proposta em discussão que tinha como título “Mulher e Modernidade na Amazônia” foi apontar os dilemas da modernidade em cujo contexto emergiram as questões da desigualdade de gênero, embutidas nas denúncias dos movimentos feministas organizados nas lutas pela conquista da cidadania da mulher.

Passando por questões que obliteravam a visibilidade do sujeito político mulher na construção da sociedade, utilizando-se das teorias explicativas das Ciências Sociais.

Por meio destas teorias, denunciou-se o processo de desigualdade e opressão que subordinava as mulheres a estereótipos desvalorizadores e de justificação das desigualdades sociais sofridas milenarmente. De um tempo de exclusão, em que as explicações sobre as diferenças de gênero para definir as hierarquias sociais e históricas determinando comportamentos e práticas sexistas, saltou-se para um tempo de denúncias a essa exclusão e à perspectiva de dar visibilidade ao sujeito, que é a mulher.

A história da mulher no contexto da modernidade na Amazônia pode ser contada de várias formas, evidenciando-se através destas, os traços de exploração, de violência e espoliação, de conquistas e de dominação sócio-político-econômico e cultural. Neste contexto, entrelaçam-se sucessos de fatos e conquistas nas linhas escritas pela historiografia regional. E neste cenário, as mulheres estão circunscritas em uma hierarquia de gênero, de classe e de etnia. Logo, faz-se necessário conhecer o “outro lado” da história oficial, que aponta para as rupturas com o essencialismo de figuras masculinas, brancas e burguesas, evidenciando-se, com isso, múltiplas dimensões da realidade amazônica, onde convivem homens e mulheres constituindo, através de suas experiências e práticas, um cotidiano rico e diferenciado, marcando, com isso, a diversidade e deixando de estimular a complementaridade.

HOMENAGEM

Drª. Maria Eunice Lopes de Lucena Bittencourt

Drª. Nelbe Ferraz de Freitas

Jornalista Tereza Teófilo

Jornalista Josely Azaro

Drª. Marlene Ramos da Silva

Escrivã Eladis Delzuita de Paula

Drª. Andreia de Souza Pinto

Drª. Ana Lúcia Beraldo Amed Silva

Drª. Vânia Maria David Barbosa

.

AGRADECIMENTOS

A DEUS

À PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO AMAZONAS

*A digníssima juíza Maria Eunice envia-nos esse belo texto. Para este bloguinho, ela é a homenageada, pela sua eticidade em preservar a justiça em Manaus. Bela Vitória!

Leia também da juíza Maria Eunice:

HISTÓRIA DO DIREITO ELEITORAL, POLÍTICA E SUA DEMOCRATIZAÇÃO

About these ads

155 Responses to “O PAPEL DA MULHER NA SOCIEDADE MODERNA”


  1. 1 Anônimo quinta-feira, 8 março, 2012 às 2:25 pm

    obrigado esse testo me ajudou muito

  2. 2 edvaldo quinta-feira, 8 março, 2012 às 2:30 pm

    adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii nota 100000000000000000 valeu

  3. 4 YGOR segunda-feira, 12 março, 2012 às 11:06 am

    que legal adorei esse texto e bem explicido e curioso

  4. 5 LEO quarta-feira, 14 março, 2012 às 2:58 pm

    NÃO HA NADA MELHOR… VOCES SÃO A NOSSA DOR DE CABEÇA TAMBEM O NOSSO PARACETAMOL.

  5. 6 cissa carvalho sábado, 17 março, 2012 às 3:59 pm

    gostei muito do texto…me ajudou muito como inspiração para a minha tese de conclução de curso….

  6. 7 Rhayssa sábado, 17 março, 2012 às 4:21 pm

    Olá eu me inspirei no seu texto para fazer uma poesia diferente, espero que não atrapalhe em nada , desde já obrigado!

  7. 8 Andréa viana terça-feira, 20 março, 2012 às 9:21 am

    Adorei o texto, é bastante claro e objetivo.
    Mim encheu de inspiração, ocupando o vazio que faltava para fazer a minha redaçã. rsrs

    Obrigada!

  8. 9 Mayara Andrade quinta-feira, 22 março, 2012 às 9:13 am

    Muito bom, o texto espreçou bem o papel da mulher e a valorização do seu espaço…

  9. 11 Fabiano segunda-feira, 2 abril, 2012 às 2:58 pm

    O texto indica que devemos valorizar cada vez mais a mulher em todos os seus perfis.

  10. 12 Sonia Brilhante quinta-feira, 19 abril, 2012 às 8:43 pm

    É verdade, as conquistas vem ocorrendo muito lentamente, mas o importante é que não paramos.

  11. 14 Mickaely Fayfer domingo, 29 abril, 2012 às 1:05 pm

    Esse texto é muito bom.
    Quem a mulher não é mais valorisada.

    Obrigada!!!

  12. 15 Micaeli da Silva Chaves domingo, 29 abril, 2012 às 1:21 pm

    Esse texto está aprovadissimo.
    Além de está valorisando a pessoa maravilhosa que é a mulher ele está ajudando os estudantes a fazer uma boa radação.
    Parabéns!

    E o meu muito obrigada!!!!

  13. 16 vivi quarta-feira, 2 maio, 2012 às 12:39 pm

    amei mto bom me ajudou mtooo este texto esta otimo

  14. 17 Carol quarta-feira, 16 maio, 2012 às 8:25 pm

    Gostei muito. Esse texto me ajudo e me inspirou muito.

  15. 18 dayane milani quinta-feira, 24 maio, 2012 às 9:04 am

    gostei muito do seu texto,me ajudou a construir minha redação……….
    obrigada….(comemtando um pouco sobre seu texto) parabens para nos mulheres que a cada dia estamos adquirindo a independência e nao importa qual for a profissão q executamos,todas devem ser respeitada e remunerada igualmente entre homens e mulheres..

  16. 19 Anônimo quinta-feira, 24 maio, 2012 às 10:55 am

    Sem texto tem q partir da sensibilidade da mulher objetivo e claro adorei!!!!

  17. 20 Anônimo terça-feira, 19 junho, 2012 às 1:35 pm

    Você mulher, apartir de hoje para dar a luz gemerás de dor. E tu homem, a partir de hoje para sustentar a sua família transpirarás. Aqui foi dada a funcao da mulher e do homem na sociedade. É uma vergonha hoje vermos homens e mulheres se demitindo das suas funções. Na medida em que a mulher vai se demitindo da sua função, as sociedades vão se degradando. Ela é o centro da existência, da educação, é o espelho das sociedades. Se observarem, na medida em que as mulheres lutam pela conquista do espaço que na verdade já têm, as sociedades vão degradando. Já não há quem toma conta das futuras gerações. filhos abandonados nas creches e ruas, já não querem nascer porque o dinheiro nao chega para muita família,….. Mas de que forma vocês agradecem aos vossos antepassados por terem vos nascido? Aprovando o aborto? Vós mulheres, sós rainhas por natureza. É uma questão dos homens repensarem que ao pé do valor da mulher o homem não pensa chegar.
    DC

  18. 22 Anônimo domingo, 24 junho, 2012 às 1:35 pm

    a mulher deve ter o mesmo respeito que o homem

  19. 24 Anônimo quinta-feira, 5 julho, 2012 às 9:32 am

    valew me ajudou mt…

  20. 25 andressa quinta-feira, 5 julho, 2012 às 9:34 am

    valew esse texto me ajudou mt!!!

  21. 28 Júlia Walsh quinta-feira, 16 agosto, 2012 às 5:02 pm

    Uma pesquisa me trouxe até aqui.
    Desde q tenho parado pra pensar sobre o papel da mulher na sociedade atual que venho pesquisando.
    Muito bom o conteúdo! A mulher tem q saber reconhecer todas as suas facetas e se orgulhar delas, se utilizando de cada uma como um trunfo.
    Parabéns!

  22. 29 Fabi segunda-feira, 3 setembro, 2012 às 6:23 pm

    P-E-R-F-E-I-T-O, continua assim, seu texto está de parabéns.

  23. 30 Anônimo sexta-feira, 21 setembro, 2012 às 4:25 pm

    Gostei muito de ler. Muita informacao de pesquiza

  24. 31 valmir terça-feira, 2 outubro, 2012 às 12:27 am

    muito bom o texto, as mulheres pela trajetória e esforsos de igualdades merecem todo reconhecimentos,e ira me ajudar no trabalho de administracão.parabéns!!!Òtimo texto!!!

  25. 32 Maria Dulce sexta-feira, 11 janeiro, 2013 às 12:44 pm

    Ótimo texto. Vai me ajudar no vestibular ^^ Obrigada.

  26. 34 Diandro segunda-feira, 18 março, 2013 às 6:16 am

    ADOREI É MUITO IMFORMATIVO continuem assim.(ja agora so gay)

  27. 36 LAURA quarta-feira, 14 agosto, 2013 às 8:12 am

    AMEI A EXPLICAÇÃO SOBRE A MULHER NA POLITICA E NA SOCIEDADE MODERNA…….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




USAR O CONTROLE REMOTO É UM ATO DEMOCRÁTICO!

EXPERIMENTE CONTRA A TV GLOBO! Você sabe que um canal de televisão não é uma empresa privada. É uma concessão pública concedida pelo governo federal com tempo determinado de uso. Como meio de comunicação, em uma democracia, tem como compromisso estimular a educação, as artes e o entretenimento como seu conteúdo. O que o torna socialmente um serviço público e eticamente uma disciplina cívica. Sendo assim, é um forte instrumento de realização continua da democracia. Mas nem todo canal de televisão tem esse sentido democrático da comunicação. A TV Globo (TVG), por exemplo. Ela, além de manter um monopólio midiático no Brasil, e abocanhar a maior fatia da publicidade oficial, conspira perigosamente contra a democracia, principalmente, tentando atingir maleficamente os governos populares. Notadamente em seu JN. Isso tudo, amparada por uma grade de programação que é um verdadeiro atentado as faculdades sensorial e cognitiva dos telespectadores. Para quem duvida, basta apenas observar a sua maldição dos três Fs dominical: Futebol, Faustão e Fantástico. Um escravagismo-televisivo- depressivo que só é tratado com o controle remoto transfigurador. Se você conhece essa proposição-comunicacional desdobre-a com outros. Porque mudanças só ocorrem como potência coletiva, como disse o filósofo Spinoza.

Quer linha de corte? Este é esquizo. Acesse:

CAMPANHA AFINADA CONTRA O

VIRTUALIZAÇÕES DESEJANTES DA AFIN

Este é um espaço virtual (virtus=potência) criado pela Associação Filosofia Itinerante, que atua desde 2001 na cidade de Manaus-Am, e, a partir da Inteligência Coletiva das pessoas e dos dizeres de filósofos como Epicuro, Lucrécio, Spinoza, Marx, Nietzsche, Bergson, Félix Guattari, Gilles Deleuze, Clément Rosset, Michael Hardt, Antônio Negri..., agencia trabalhos filosóficos-políticos- estéticos na tentativa de uma construção prática de cidadania e da realização da potência ativa dos corpos no mundo. Agora, com este blog, lança uma alternativa de encontro para discussões sociais, éticas, educacionais e outros temas que dizem respeito à comunidade de Manaus e outros espaços por onde passa em movimento intensivo o cometa errante da AFIN.

"Um filósofo: é um homem que experimenta, vê, ouve, suspeita, espera e sonha constantemente coisas extraordinárias; que é atingido pelos próprios pensamentos como se eles viessem de fora, de cima e de baixo, como por uma espécie de acontecimentos e de faíscas de que só ele pode ser alvo; que é talvez, ele próprio, uma trovoada prenhe de relâmpagos novos; um homem fatal, em torno do qual sempre ribomba e rola e rebenta e se passam coisas inquietantes” (Friedrich Nietzsche).

Daí que um filósofo não é necessariamente alguém que cursou uma faculdade de filosofia. Pode até ser. Mas um filósofo é alguém que em seus percursos carrega devires alegres que aumentam a potência democrática de agir.

_________________________________

BLOG PÚBLICO

Propaganda Gratuita

Você que quer comprar entre outros produtos terçado, prego, enxada, faca, sandália, correia, pé de cabra ou bola de caititu vá na CASA UYRAPURU, onde os preços são um chuchu. Rua Barão de São Domingos, nº30, Centro, Tel 3658-6169

Pão Quente e Outras Guloseimas no caminho do Tancredo.
PANIFICADORA SERPAN (Rua José Romão, 139 - Tancredo Neves - Fone: 92-8159-5830)

Fique Frio! Sabor e Refrescância!
DEGUST GULA (Avenida Bispo Pedro Massa, Cidade Nova, núcleo 5, na Rua ao lado do DB CIdade Nova.Todos os dias).

O Almoço em Família.
BAR DA NAZA OU CASA DA VAL (Comendador Clementino, próximo à Japurá, de Segunda a Sábado).

Num Passo de Mágica: transforme seu sapato velho em um lindo sapato novo!
SAPATEIRO CÂNDIDO (Calçada da Comendador Clementino, próximo ao Grupo Escolar Ribeiro da Cunha).

A Confluência das Torcidas!
CHURRASQUINHO DO LUÍS TUCUNARÉ (Japurá, entre a Silva Ramos e a Comendador Clementino).

Só o Peixe Sabe se é Novo e do Rio que Saiu. Confira esta voz na...
BARRACA DO LEGUELÉ (na Feira móvel da Prefeitura)

Preocupado com o desempenho, a memória e a inteligência? Tu és? Toma o guaraná que não é lenda. O natural de Maués!
LIGA PRA MADALENA!!! (0 XX 92 3542-1482)

Efeitos Justos para Suas Causas.
ADVOGADO ARNALDO TRIBUZY - RUA COMENDADOR CLEMENTINO, 379, SALA C (8114-5043 / 3234-6084).

Decepcionado com seus desenganos? Ponha fé nos seus planos! Fale com:
PAI GEOVANO DE OXAGUIÃ (Rua Belforroxo, S/N - Jorge Teixeira IV) (3682-5727 / 9154-5877).

Quem tem fé naõ é um qualquer! Consultas::
PAI JOEL DE OGUM (9155-3632 ou paijoeldeogum@yahoo.com.br).

Belém tá no teu plano? Então liga pro Germano!
GERMANO MAGHELA - TAXISTA - ÁGUIA RADIOTAXI - (91-8151-1464 ou 0800 280 1999).

E você que gostaria de divulgar aqui seu evento, comércio, terreiro, time de futebol, procurar namorado(a), receita de comida, telefone de contato, animal encontrado, convites diversos, marocagens, contacte: afinsophiaitin@yahoo.com.br

Frente Blogueira LGBT

Outras Comunalidades

   

Categorias

Blog Stats

  • 3,196,671 hits

Páginas


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 187 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: